Găsiți următorul dvs. carte preferat

Deveniți un membru astăzi și citiți gratuit pentru 30 zile
Construindo Bilhões - Parte 2: Construindo Bilhões, #2

Construindo Bilhões - Parte 2: Construindo Bilhões, #2

Citiți previzualizarea

Construindo Bilhões - Parte 2: Construindo Bilhões, #2

evaluări:
4.5/5 (3 evaluări)
Lungime:
267 pages
4 hours
Editor:
Lansat:
Jun 3, 2019
ISBN:
9781547590513
Format:
Carte

Descriere

Da autora best seller do USA Today, Lexy Timms.

Deveria ser apenas uma noite. 

Só que dar uns amassos com seu chefe quando a namorada dele entra no escritório não parece tão inocente.

Talvez a ex-namorada de Jimmy tenha um pouco de ressentimento contra eles. Talvez esbarrar com eles uma semana depois somente alimenta o fogo e sua determinação para derrubá-los. E se não eles, pelo menos a empresa de Jimmy.

Para Ashley, concentrar-se no trabalho é muito melhor do que olhar as mídias sociais. Ela é boa com números — é o que ela faz de melhor — e quando não consegue descobrir porque os números não estão se ajustando para a empresa, ela começa a investigar.

Quando a verdade aparece, Jimmy não acredita nela.

Quanto você está disposto a arriscar por quem você ama?

Como a canção de sucesso, O AMOR MACHUCA.

Construindo Bilhões

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Editor:
Lansat:
Jun 3, 2019
ISBN:
9781547590513
Format:
Carte

Despre autor

"Love should be something that lasts forever, not is lost forever."  Visit USA TODAY BESTSELLING AUTHOR, LEXY TIMMS https://www.facebook.com/SavingForever *Please feel free to connect with me and share your comments. I love connecting with my readers.* Sign up for news and updates and freebies - I like spoiling my readers! http://eepurl.com/9i0vD website: www.lexytimms.com Dealing in Antique Jewelry and hanging out with her awesome hubby and three kids, Lexy Timms loves writing in her free time.  MANAGING THE BOSSES is a bestselling 10-part series dipping into the lives of Alex Reid and Jamie Connors. Can a secretary really fall for her billionaire boss?

Legat de Construindo Bilhões - Parte 2

Cărți conex

Previzualizare carte

Construindo Bilhões - Parte 2 - Lexy Timms

Timms:

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, armazenada ou introduzida em um sistema de recuperação ou transmitida, de qualquer maneira ou por quaisquer meios (eletrônico, mecânico, fotocópia, gravação ou outro) sem a autorização prévia por escrito de ambos, o proprietário dos direitos autorais e da editora, acima mencionada, deste livro.

Esta é uma obra de ficção. Nomes, personagens, lugares, marcas, mídia e incidentes são produtos da imaginação da autora ou são usados ficticiamente. Qualquer semelhança com uma pessoa real, viva ou morta, eventos ou locais, é mera coincidência. A autora reconhece o status de marca registrada e proprietários de marca registrada dos vários produtos citados nesta obra de ficção que tenham sido usados sem permissão. A publicação/uso destas marcas registradas não está autorizada, associada ou patrocinada pelos proprietários da marca registrada.

––––––––

Todos os direitos reservados.

Liberdade

Construindo Bilhões Parte #2

Copyright 2018 por Lexy Timms

Capa por: Book Cover by Design

Construindo Bilhões

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Encontre Lexy Timms:

Boletim Informativo de Lexy Timms:

http://eepurl.com/9i0vD

Lexy Timms Facebook Page:

https://www.facebook.com/SavingForever

Lexy Timms Website:

http://www.lexytimms.com

Quer ler mais...

De GRAÇA?

Cadastre-se no boletim informativo de Lexy Timms

E ela lhe enviará

Uma leitura paga, de GRAÇA!

Cadastre-se para receber novidades e atualizações!

http://eepurl.com/9i0vD

Construindo Bilhões Parte 2 Sinopse

Da autora best seller do USA Today, Lexy Timms.

Deveria ser apenas uma noite. 

Só que dar uns amassos com seu chefe quando a namorada dele entra no escritório não parece tão inocente.

Talvez a ex-namorada de Jimmy tenha um pouco de ressentimento contra eles. Talvez esbarrar com eles uma semana depois somente alimenta o fogo e sua determinação para derrubá-los. E se não eles, pelo menos a empresa de Jimmy.

Para Ashley, concentrar-se no trabalho é muito melhor do que olhar as mídias sociais. Ela é boa com números — é o que ela faz de melhor — e quando não consegue descobrir porque os números não estão se ajustando para a empresa, ela começa a investigar.

Quando a verdade aparece, Jimmy não acredita nela.

Quanto você está disposto a arriscar por quem você ama?

Como a canção de sucesso, O AMOR MACHUCA.

Conteúdo

Construindo Bilhões

Encontre Lexy Timms:

Construindo Bilhões Parte 2 Sinopse

Capítulo 1

Capítulo 2

Capítulo 3

Capítulo 4

Capítulo 5

Capítulo 6

Capítulo 7

Capítulo 8

Capítulo 9

Capítulo 10

Capítulo 11

Capítulo 12

Capítulo 13

Capítulo 14

Capítulo 15

Capítulo 16

Capítulo 17

Capítulo 18

Capítulo 19

Capítulo 20

Capítulo 21

Capítulo 22

Capítulo 23

Capítulo 24

Capítulo 25

Capítulo 26

Capítulo 27

Parte 3 Sinopse:

Construindo Bilhões

Encontre Lexy Timms:

LEITURAS GRATUITAS?

Mais por Lexy Timms:

––––––––

Capítulo 1

Jimmy

(Uma semana depois)

Big Steps estava cada vez mais por cima e parecia que minha aliança de noivado estava fazendo maravilhas. Os homens já não questionavam mais se eu era um homem comprometido durante um jantar de negócios ou em uma reunião com investidores. Até o momento ninguém estava me perguntando com quem eu tinha casado — provavelmente presumindo — e eu nunca oferecia a informação.

Só que eu sabia qual era o meu verdadeiro amuleto de sorte. Poderia culpar o anel o quanto quisesse, mas ter Ashley oficialmente ao meu lado era a melhor coisa que poderia ter acontecido comigo. Com a minha empresa também.

Nós nos vimos oficialmente por uma semana inteira. E embora tê-la por perto estivesse fazendo maravilhas para a minha disposição, isso fez do trabalho um exercício de moderação. Olhar para cima e ver seu escritório bem ali era difícil. Houve momentos em que eu me imaginei entrando em seu espaço, trancando a porta e transando com ela em cima da sua mesa com o sol se pondo abaixo da linha do horizonte e sua pele bonita iluminada com as cores decadentes do pôr-do-sol.

Ela era uma distração do melhor tipo.

Olhei para cima e vi sua cabeça abaixada, anotando furiosamente alguma coisa. Números ou equações. Provavelmente anotações. Ela teve a reunião com o Sr. Matthews que eu participei como um observador e ela se portou com uma postura que qualquer mulher teria inveja. Ela foi gentil, mas firme em seus temas de discussão. Sr. Matthews precisava se comprometer com uma doação trimestral como o resto dos investidores ou haveria uma taxa que seria decretada todas as vezes que um dos seus cheques não fosse liberado. Ashley delineou nitidamente todos os problemas que seus cheques pendentes nos fizeram passar e as taxas que acompanharam, caindo em contas das quais não deveríamos sacar.

Ela foi direta com seus números, ótima com seu contato visual e apenas gentil o suficiente para ruir as paredes do Sr. Matthews. Não somente ela conseguiu que ele se comprometesse com um investimento trimestral, ela também conseguiu que ele se comprometesse com um investimento trimestral mínimo que era dez mil dólares a mais do que ele estava pagando inicialmente.

A mulher não fazia ideia do que era capaz.

Senhorita Ternbeau?

Observei Ashley olhar para mim enquanto segurava o telefone do escritório na orelha.

Sim, Sr. Sheldon?

Você poderia vir ao meu escritório o mais breve possível? Tenho algumas coisas que gostaria de passar para você.

Estarei lá assim que puder, ela disse.

Observei-a abaixar o telefone enquanto ela sorria e balançava a cabeça. Ela terminou o que estava fazendo enquanto eu me recostava na minha cadeira e a observava. Adorava quando o cabelo ruivo caía sobre seu rosto. Inferno, geralmente eu adorava quando ela usava o cabelo solto. Ela estava fazendo isso mais agora. Ela ainda usava um elástico de cabelo ao redor do pulso, mas durante a semana passada, ela usou o cabelo solto.

E parte de mim estava convencida de que era para mim em particular.

Você queria me ver? Ashley perguntou.

Feche a porta, por favor. Esta reunião é privada, eu disse.

Ela virou-se e fechou a porta enquanto eu me levantava e caminhava até ela.

Então, qual é este super segredo...?

Abafei seu sentimento com um beijo. Minha mão pressionou a parte inferior das suas costas enquanto as mãos dela alisavam meu peito. Fechei os olhos e senti que ela agarrava meu casaco. Esta pequena ação provou que ela queria meu corpo mais perto. Eu a pressionei silenciosamente na porta fechada do meu escritório, minha mão serpenteando pelo seu bumbum e segurando apenas um punhado.

Mas quando abri os olhos e interrompi o beijo, ela tinha uma expressão quase dolorida no rosto.

Você está bem? eu perguntei.

Você me chamou no seu escritório só para me beijar? Ashley perguntou.

E se eu fiz isso?

Não estou reclamando. Só...

Não te chamei aqui só para beijá-la, eu disse. Também queria convidá-la para jantar hoje à noite.

Isso é um convite? Ou apenas uma declaração do convite que você ia fazer?

Você tem sorte que eu tomei meu café esta manhã. Eu realmente acompanhei esta declaração.

Seu sorriso acendeu um fogo em meu peito enquanto minha mão deslizava do seu bumbum para seu cabelo. Passei meus dedos através dele, estudando a maneira como ele emoldurava seu rosto. Passei meu polegar ao longo do seu rosto corado, seus olhos fechando enquanto ela absorvia meu toque.

Jante comigo hoje à noite, Ashley.

Adoraria jantar com você, ela disse.

Mas ainda havia aquela expressão em seu olhar e eu queria saber por que ela estava lá.

O que está passando pela sua mente? eu perguntei.

Esta é a primeira vez que nos beijamos em seu escritório desde ... você sabe. Tudo.

Você pode dizer o nome dela. Ela não é o Voldemort.

Mas ela é perigosa. Você não vê isso? ela perguntou.

Nina não é perigosa. Está apenas chateada.

Ela disse que vai fazê-lo pagar e parecia que ela estava falando sério.

E eu tenho certeza que naquele momento ela estava falando sério. Mas Nina é uma mulher que não compreende como operar sem que alguém lhe dê dinheiro. Ela mordeu a mão que a alimentava e se queimou. Acontece com o melhor de nós.

Ainda não compreendo muito bem como seu arranjo com ela funcionava, ela disse.

Era simples. Ela precisava que suas dívidas fossem pagas e eu precisava de uma mulher que viesse sempre que eu convocasse para participar de um evento de caridade ou um evento social. Eu cuidava das suas necessidades e ela cuidava das minhas.

Sim. Você não percebe como isso soa estranho, não é?

Compreendo exatamente quão estranho isso soa. Mas agora, eu tenho você. E isso é tudo que eu quero me concentrar, eu disse.

Ainda estou preocupada. Sou uma mulher, Jimmy.

E uma ótima mulher, ainda por cima, eu disse com um sorriso.

Sei como a mente de uma mulher funciona. Se ela realmente quer fazer algo com você, ela encontrará uma maneira.

Você não deveria se preocupar com ela. Nina está tentando começar as coisas, tentando nos separar para que ela possa voltar e tentar tirar minha carteira do bolso novamente. Conhecendo-a, dentro de um mês, ela não terá como pagar pelo estilo de vida luxuoso que eu lhe proporcionava. Isso é tudo sobre dinheiro. Ela não tem mais pauzinhos para mexer.

Jimmy, eu não...

Eu a silenciei com outro beijo e senti que ela derretia em mim. Seus braços deslizaram ao redor do meu pescoço e seus dedos se enroscaram nos cachos inferiores do meu cabelo. Seu toque enviou arrepios pela minha coluna. Sua língua parecia como veludo na parte interna da minha bochecha. Ela se segurava em mim sem esforço, puxando as minhas partes sombrias que eu queria satisfazer.

Como fizemos naquela noite.

Vou aguardar ansiosamente pelo jantar, Ashley disse quando interrompeu o beijo.

Irei buscá-la na sua casa, eu disse.

Posso encontrá-lo lá. Está tudo bem.

Ashley, deixe-me buscá-la para nosso encontro hoje à noite.

De qualquer maneira não vou ficar lá por muito mais tempo. Estou me mudando em algumas semanas.

Parabéns. Para onde? eu perguntei.

Ocean Homes.

É um lugar muito bom e difícil de entrar. Parabéns.

Você já disse isso.

Mas vou buscá-la hoje à noite, eu disse.

Jimmy.

Não. Ashley, quero levá-la para jantar, o que significa que que quero buscá-la. Não me importa onde você mora agora ou onde você está prestes a morar. Quero buscá-la, levá-la para jantar, pagar pelo jantar e em seguida deixá-la em casa. Está tudo bem?

Eu a observei suspirar enquanto balançava a cabeça e sorria.

Tudo bem. Ok. Te vejo por volta das oito?

Perfeito. Até mais.

O resto do dia passou no ritmo de uma lesma. Concentrar foi difícil, mas eu sabia que havia um prêmio para mim no final do túnel. Se eu conseguisse fazer tudo, poderia trocar de roupa no escritório, sair para pegar Ashley e não ter de me preocupar sobre o trabalho que iria me seguir até o final de semana. Eu ouvia enquanto o resto prédio de escritórios se esvaziava nas ruas movimentadas de Miami, as luzes do corredor diminuindo para um rugido monótono. Digitei toda a informação que eu precisava no sistema e verifiquei novamente minha agenda, certificando-me de que tudo estava certo antes de levar a papelada para o escritório de Ross.

Então chegou a hora de me trocar.

Puxei o endereço residencial de Ashley do seu arquivo profissional e descobri por que ela não queria que eu a buscasse. Ela morava em uma parte muito precária de Miami. Se eu soubesse disso antes, teria ligado para qualquer pessoa que fosse necessário para fazer com que ela se mudasse imediatamente. Ela estava em uma parte muito perigosa da cidade e como uma mulher solteira, não era bom para ela morar lá, muito menos entrar e sair do seu carro sozinha. Desci no elevador, entrei na minha Bugatti e costurei pelo trânsito para chegar até ela.

Estacionei no seu prédio de apartamentos e ela estava esperando por mim no lado de fora como se não compreendesse as pessoas desagradáveis que circulavam nesta parte da cidade. Desci do carro determinado a convencê-la a se mudar imediatamente, mas seu traje me fez parar de repente. Suas curvas estavam cobertas com um vestido roxo escuro que caía dos seus ombros e emoldurava seus seios voluptuosos perfeitamente. Agarrava-se à sua cintura antes de cair em uma saia que era mais alta na frente do que na parte de trás.

E seus saltos altos. Os saltos roxos escuros flexionavam suas pernas e exibiam suas panturrilhas tonificadas.

Ela estava de tirar o fôlego e eu esqueci tudo sobre o discurso ensaiado na minha cabeça.

Ei, Jimmy.

Sua voz suave me arrancou do meu transe enquanto estendia a mão para pegar a dela. Eu a levei até os lábios para beijar e a conduzi ao redor do carro. Ajudei-a a entrar e depois contornei o carro rapidamente para nos tirar daquele lugar.

O sorriso que cruzou seu rosto enquanto o carro acelerava para longe deixou minha pele formigando.

Então, para onde estamos indo? Ashley perguntou.

Para algum lugar adequado para este bonito vestido que você está usando, eu disse.

Olhei para cima e vi seu rubor enquanto uma risadinha escapava dos seus lábios.

Você está incrível, Ashley.

Este terno ficou muito bem em você também, Jimmy.

Estamos indo no Joe’s Stone Crab. É um lugar excelente para frutos do mar e eles têm música ao vivo hoje à noite.

Oh, dançar. Não danço desde...

Minha sobrancelha arqueou enquanto eu olhava para ela. Eu a vi pressionando as coxas juntas enquanto interrompia seu sentimentalismo. Sabia o que ela estava prestes a dizer. Ela não dançava desde a noite da festa, a noite que seu corpo se abriu para mim e me apresentou a um mundo que nenhuma outra mulher tinha me lançado.

Voltei meus olhos para a rua enquanto minha mão serpenteava sobre a dela.

Entramos no restaurante e a banda já estava tocando. Fizemos nossos pedidos de comida e bebida e em seguida estendi a mão para Ashley. Ela a pegou com carinho, a mão delicada na palma da minha mão.

Eu a rodopiei para a pista e a levei por toda parte.

Nós dançávamos e ríamos. Eu a rodopiava para dentro e para fora. Eu me inclinava e a pegava, içando-a no ar antes de pegá-la contra o meu corpo. Eu a inclinava para trás e sorria para ela, observando a maneira como seus lindos olhos se iluminavam.

Não fazia ideia por que esta mulher trazia tanta alegria a minha vida, mas estava determinado a manter esta alegria pelo maior tempo possível.

Eu a trouxe de volta e puxei-a para perto do meu corpo. A música desacelerou e as luzes diminuíram um pouco, nossos corpos balançando com a música. Sua mão estava aconchegada na minha e meu braço estava ao redor da parte inferior das suas costas. Ela balançava comigo, curvando-se o mínimo possível enquanto seu corpo se moldava ao meu.

Nunca pensei que me divertiria tanto com um homem sem uma conversa constante, Ashley disse.

Às vezes, as pessoas não precisam conversar para apreciar a presença do outro, eu disse.

Ainda bem. Tenho certeza que ela não tem muito sobre o que conversar.

Aquela voz irritante fez com que eu contraísse minha mandíbula. Olhei para a mulher parada ao nosso lado enquanto Ashley ficava de queixo caído em estado de choque. Lá estava ela, a maldição da minha maldita existência com aqueles duros olhos cinza e aquele cabelo preto liso que caía como uma armadilha à espera de pegar qualquer homem rico que se aproximasse dela para que ela pudesse afundar suas garras nele.

Nina.

Com alguma amiga dela que ficava olhando para Ashley com uma expressão de desgosto no rosto.

Nina, eu disse.

Jimmy. Não deveria me chocar que você tenha saído com seu último animal de estimação.

Senti Ashley ficar tensa em meus braços enquanto eu a puxava para mais perto de mim.

É assim que você se sentia? eu perguntei. Um animal de estimação? Esta é Ashley, minha nova Gerente de Contas para meus investidores.

Imagino que as pessoas ainda podem chegar até o topo usando o sexo, a amiga de Nina disse.

Senti Ashley estremecer enquanto meus olhos olhavam para ela. Podia ver seus olhos se enchendo de lágrimas, apesar dela querer contê-las. Seu rosto estava ficando vermelho e o sorriso no rosto de Nina estava

Ați ajuns la sfârșitul acestei previzualizări. Înscrieți-vă pentru a citi mai multe!
Pagina 1 din 1

Recenzii

Ce părere au oamenii despre Construindo Bilhões - Parte 2

4.7
3 evaluări / 0 Recenzii
Ce părere aveți?
Evaluare: 0 din 5 stele

Recenziile cititorilor