Sunteți pe pagina 1din 80

MATEMÁTICA FINANCEIRA EM EXERCÍCIOS

MATEMÁTICA FINANCEIRA EM EXERCÍCIOS Professor: Brunno Lima E-mail: brunnolima@euvoupassar.com.br Facebook:

Professor: Brunno Lima

MATEMÁTICA FINANCEIRA EM EXERCÍCIOS Professor: Brunno Lima E-mail: brunnolima@euvoupassar.com.br Facebook:

Facebook:

MÓDULO IV: ØFLUXO DE CAIXA Ø VALOR ATUAL ØTAXA INTERNA DE RETORNO ØEQUIVALÊNCIA DE CAPITAIS
MÓDULO IV:
ØFLUXO DE CAIXA
Ø VALOR ATUAL
ØTAXA INTERNA DE
RETORNO
ØEQUIVALÊNCIA DE
CAPITAIS

REVISÃO

REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS
DIAGRAMA DE FLUXO DE CAIXA Exemplos: a) uma aplicação de R$ 10.000,00 pela qual o
DIAGRAMA DE FLUXO DE CAIXA
Exemplos:
a) uma aplicação de R$ 10.000,00 pela qual o investidor
recebe R$ 12.000,00 após três anos.
REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

b) um investidor aplicou R$ 2.000,00 e recebeu 4 parcelas bimestrais de R$ 850,00, sendo a 1ª após 6 meses da aplicação.

REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

OPERAÇÕES FINANCEIRAS NO DIAGRAMA DE FLUXO DE CAIXA

REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS
Exemplo: Determinar o valor presente do fluxo de caixa abaixo com uma taxa de 20%
Exemplo:
Determinar o valor presente do fluxo de caixa abaixo
com uma taxa de 20%
compostos.
ao ano no regime de juros
REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

VALOR PRESENTE LÍQUIDO

REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

Exemplo:

(INSPETOR FISCAL- PREF. SÃO PAULO/1998-FCC) O esquema abaixo representa o fluxo de caixa de um investimento, em reais, no decorrer de 3 anos.

SÃO PAULO/1998-FCC) O esquema abaixo representa o fluxo de caixa de um investimento, em reais, no
REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

Se a taxa anual for de 20%, capitalização composta, o valor atual líquido desse investimento, na data zero, será de:

a) R$ 6.200,00

b) R$ 5.400,00

c) R$ 4.678,00

d) R$ 3.125,00

e) R$ 2.675,00

REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

TAXA INTERNA DE RETORNO

REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS
Exemplos: a) (INSPETOR FISCAL- PREF. SÃO PAULO/1998-FCC) Uma pessoa pretende investir em um projeto que
Exemplos:
a) (INSPETOR FISCAL- PREF. SÃO PAULO/1998-FCC) Uma
pessoa pretende investir em um projeto que possibilitará
o seguinte fluxo de caixa:
Ano
Fluxo de Caixa (R$)
0
- 5.000,00
1
1.000,00
2
6.000,00
REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

A taxa anual de retorno i, i > 0, correspondente a esse fluxo, é igual a:

a) 10,0%

b) 12,0%

c) 15,0%

d) 16,5%

e) 20,0%

REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS
b) (ESCRITURÁRIO-BANCO DO BRASIL-SP/2006-FCC) O gráfico abaixo representa o fluxo de caixa referente a um
b) (ESCRITURÁRIO-BANCO DO BRASIL-SP/2006-FCC)
O gráfico abaixo representa o fluxo de caixa referente a
um projeto de investimento com a escala horizontal em
anos.
REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

Se a taxa interna de retorno correspondente é igual a 20% ao ano, então X é igual a:

a) R$ 21.600,00

b) R$ 20.000,00

c) R$ 18.000,00

d) R$ 15.000,00

e) R$ 14.400,00

REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

EQUIVALÊNCIA DE CAPITAIS

Dois ou mais capitais, resgatáveis em datas distintas, serão equivalentes se, levados para uma mesma data focal à mesma taxa de juros, resultarem em valores iguais.

REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

PROPRIEDADE FUNDAMENTAL DA EQUIVALÊNCIA DE CAPITAIS EM JUROS COMPOSTOS No regime de juros compostos, uma vez verificada a equivalência para uma determinada data focal, ela permanecerá válida para qualquer outra data focal. Em outras palavras, a comparação de capitais em juros compostos não depende da data focal considerada. Esta propriedade aplica-se tanto a capitais isolados quanto a conjuntos de capitais. É importante lembrar que esta propriedade NÃO É VÁLIDA para o regime de capitalização simples.

de capitais. É importante lembrar que esta propriedade NÃO É VÁLIDA para o regime de capitalização
REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

Exemplos:

a) Verifique se são equivalentes os seguintes projetos, sabendo-se a taxa de juros é composta de 20%.

ANO

Projeto X (R$)

Projeto Y (R$)

0

-500,00

-1.000,00

1

0,00

1.200,00

2

1440,00

720,00

REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS
b) Verifique se são equivalentes, na data 0, os seguintes projetos, sabendo-se a taxa de
b) Verifique se são equivalentes, na data 0, os seguintes
projetos, sabendo-se a taxa de juros é simples de 10%.
ANO
Projeto X (R$)
Projeto Y (R$)
0 -100,00
-300,00
1 110,00
0,00
2 240,00
600,00
REVISÃO DE CONTEÚDOS
REVISÃO DE CONTEÚDOS

c) Verifique se são equivalentes, na data 1, os seguintes projetos, sabendo-se a taxa de juros é simples de 10%.

ANO

Projeto X (R$)

Projeto Y (R$)

 

0 -100,00

-300,00

 

1 110,00

0,00

 

2 240,00

600,00

Projeto X (R$) Projeto Y (R$)   0 -100,00 -300,00   1 110,00 0,00   2

QUESTÕES DE CONCURSOS

01)

(ANALISTA DE REGULAÇÃO-ECONOMISTA-ARCE/AGOSTO DE 2012-FCC)

Uma pessoa tem com um certo credor a seguinte dívida:

Uma pessoa tem com um certo credor a seguinte dívida: Hoje ela combinou com esse credor

Hoje ela combinou com esse credor substituir esses títulos por dois outros, de valores nominais iguais entre si, um a vencer daqui a 4 meses e o outro daqui a 5 meses. Se, nessa transação, vão utilizar juros compostos à taxa de 6% ao mês, o valor nominal de cada um desses novos títulos, segundo o critério do desconto composto racional, será de, aproximadamente,

nominal de cada um desses novos títulos, segundo o critério do desconto composto racional, será de,
nominal de cada um desses novos títulos, segundo o critério do desconto composto racional, será de,
nominal de cada um desses novos títulos, segundo o critério do desconto composto racional, será de,
nominal de cada um desses novos títulos, segundo o critério do desconto composto racional, será de,
nominal de cada um desses novos títulos, segundo o critério do desconto composto racional, será de,
nominal de cada um desses novos títulos, segundo o critério do desconto composto racional, será de,
nominal de cada um desses novos títulos, segundo o critério do desconto composto racional, será de,
nominal de cada um desses novos títulos, segundo o critério do desconto composto racional, será de,

a) R$ 2.000,75.

b) R$ 2.002,64.

c) R$ 2.004,53.

d) R$ 2.006,21.

e) R$ 2.008,98.

02) (ANALISTA JUDICIÁRIO-CONTABILIDADE-TRT 6ª REGIÃO/MAIO DE 2012-FCC)

Um eletrodoméstico está sendo vendido nas seguintes condições:

Preço à vista = R$ 2.580,00;

Condições a prazo e R$ 1.995,00 em 60 dias.

680,00

entrada

de

R$

=

A taxa de juros simples mensal cobrada na venda a prazo é

= A taxa de juros simples mensal cobrada na venda a prazo é a) aproximadamente 1,84%

a) aproximadamente 1,84% a.m.

b) 2,30% a.m.

na venda a prazo é a) aproximadamente 1,84% a.m. b) 2,30% a.m. c) 2,50% a.m. aproximadamente
c)
c)

2,50% a.m. aproximadamente 3,68% a.m.

d)

e) 5,00% a.m.

na venda a prazo é a) aproximadamente 1,84% a.m. b) 2,30% a.m. c) 2,50% a.m. aproximadamente
na venda a prazo é a) aproximadamente 1,84% a.m. b) 2,30% a.m. c) 2,50% a.m. aproximadamente

03) (ANALISTA JUDICIÁRIO-CONTABILIDADE-TRT 6ª REGIÃO/MAIO DE 2012-FCC)

Para comprar um carro, Maria realiza uma pesquisa em 3 Instituições Financeiras e obtém as seguintes propostas de financiamento:

Instituição A: Entrada de R$ 7.900,00+1 prestação de R$ 8.240,00 para 30 dias após a entrada. Instituição B: Entrada de R$ 7.800,00 + 1 prestação de R$ 8.487,20 para 60 dias após a entrada. Instituição C: Entrada de R$ 7.652,80 + 2 prestações de R$ 4.243,60 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa de juros compostos é de 3% ao mês, a proposta de financiamento

para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa de juros compostos é

a ) da i nsti tui çã o A é a mel ho r.

b)

da i nsti tui çã o B é a mel ho r.

c) da i nsti tui çã o C é a mel ho r.

o B é a mel ho r. c) da i nsti tui çã o C é

d) das instituições A e C são equivalentes.

e) das instituições A, B e C são equivalentes.

çã o C é a mel ho r. d) das instituições A e C são equivalentes.
çã o C é a mel ho r. d) das instituições A e C são equivalentes.

04) (AGENTE FISCAL DE RENDAS-SEFAZ-SP/AGOSTO DE 2009-FCC)

Considere o fluxo de caixa a seguir, com os valores em reais.

o fluxo de caixa a seguir, com os valores em reais. Se a taxa interna de
o fluxo de caixa a seguir, com os valores em reais. Se a taxa interna de
o fluxo de caixa a seguir, com os valores em reais. Se a taxa interna de
o fluxo de caixa a seguir, com os valores em reais. Se a taxa interna de

Se a taxa interna de retorno deste fluxo é igual a 8%, o valor de X é igual a

caixa a seguir, com os valores em reais. Se a taxa interna de retorno deste fluxo
caixa a seguir, com os valores em reais. Se a taxa interna de retorno deste fluxo

a) R$ 5.230,00

b) R$ 5.590,00

c) R$ 5.940,00

d) R$ 6.080,00

e) R$ 6.160,00

a) R$ 5.230,00 b) R$ 5.590,00 c) R$ 5.940,00 d) R$ 6.080,00 e) R$ 6.160,00

05) (AGENTE FISCAL DE RENDAS-SEFAZ-SP/ABRIL DE 2006-FCC)

A representação gráfica abaixo corresponde ao fluxo de caixa de um projeto de investimento com a escala horizontal em anos.

um projeto de investimento com a escala horizontal em anos. taxa interna de retorno referente a
um projeto de investimento com a escala horizontal em anos. taxa interna de retorno referente a
um projeto de investimento com a escala horizontal em anos. taxa interna de retorno referente a
um projeto de investimento com a escala horizontal em anos. taxa interna de retorno referente a

taxa interna de retorno referente a este projeto é

Se a

taxa interna de retorno referente a este projeto é Se a igual a 10% ao ano
taxa interna de retorno referente a este projeto é Se a igual a 10% ao ano

igual a 10% ao ano e X + Y = R$ 10.285,00, tem-se que é igual a:

X
X

a) R$ 3.025,00
b) R$ 3.267,00
c) R$ 3.388,00 R$ 3.509,00 R$ 3.630,00

d)

e)
e)
a) R$ 3.025,00 b) R$ 3.267,00 c) R$ 3.388,00 R$ 3.509,00 R$ 3.630,00 d) e)
a) R$ 3.025,00 b) R$ 3.267,00 c) R$ 3.388,00 R$ 3.509,00 R$ 3.630,00 d) e)

06) (ANALISTA JUDICIÁRIO-CONTABILIDADE-TRT 6ª REGIÃO/MAIO DE 2012-FCC)

Uma empresa está avaliando a compra de uma nova máquina por R$ 320.000,00 à vista. Estima-se que a vida útil da máquina seja de 3 anos, que o valor residual de revenda no final do terceiro ano seja de R$ 50.578,00 e que os fluxos líquidos de caixa gerados por esta máquina ao final de cada ano sejam de R$ 99.000,00, R$ 150.040,00 e R$ 99.825,00, respectivamente. Sabendo que a taxa mínima de atratividade é de 10% a.a., a compra da nova máquina

e R$ 99.825,00, respectivamente. Sabendo que a taxa mínima de atratividade é de 10% a.a., a
e R$ 99.825,00, respectivamente. Sabendo que a taxa mínima de atratividade é de 10% a.a., a
e R$ 99.825,00, respectivamente. Sabendo que a taxa mínima de atratividade é de 10% a.a., a
e R$ 99.825,00, respectivamente. Sabendo que a taxa mínima de atratividade é de 10% a.a., a
e R$ 99.825,00, respectivamente. Sabendo que a taxa mínima de atratividade é de 10% a.a., a
e R$ 99.825,00, respectivamente. Sabendo que a taxa mínima de atratividade é de 10% a.a., a
e R$ 99.825,00, respectivamente. Sabendo que a taxa mínima de atratividade é de 10% a.a., a
e R$ 99.825,00, respectivamente. Sabendo que a taxa mínima de atratividade é de 10% a.a., a
a)
a)

apresenta valor presente líquido positivo.

b) apresenta valor presente líquido negativo.

c) apresenta valor presente líquido igual a zero.

d) apresenta taxa interna de retorno igual à taxa mínima de atratividade.

e)

de

atratividade de 10% a.a.

é

economicamente

inviável

à

taxa

mínima

retorno igual à taxa mínima de atratividade. e) de atratividade de 10% a.a. é economicamente inviável
retorno igual à taxa mínima de atratividade. e) de atratividade de 10% a.a. é economicamente inviável
retorno igual à taxa mínima de atratividade. e) de atratividade de 10% a.a. é economicamente inviável
retorno igual à taxa mínima de atratividade. e) de atratividade de 10% a.a. é economicamente inviável
retorno igual à taxa mínima de atratividade. e) de atratividade de 10% a.a. é economicamente inviável
retorno igual à taxa mínima de atratividade. e) de atratividade de 10% a.a. é economicamente inviável
retorno igual à taxa mínima de atratividade. e) de atratividade de 10% a.a. é economicamente inviável

07) (ANALISTA JUDICIÁRIO-CONTABILIDADE-TRT 6ª REGIÃO/MAIO DE 2012-FCC)

Um empréstimo de R$ 100,00 é feito para ser pago em duas parcelas mensais e consecutivas de R$ 133,00 cada uma. Supondo taxa de juros compostos e sendo i a taxa de juros mensal acordada, a expressão que representa a maneira correta para se obter i é dada por:

e sendo i a taxa de juros mensal acordada, a expressão que representa a maneira correta

08) (TÉCNICO MINISTERIAL-ESPECIALIDADE: CONTABILIDADE- MPE-PE/MAIO DE 2012-FCC)

Para pagar a despesa da locação de um equipamento, a despesa com os funcionários e também outras despesas, uma empresa contraiu um empréstimo bancário de R$ 70.000,00. Esse empréstimo será pago em 2 parcelas mensais iguais, em 30 e 60 dias, com a incidência de juros compostos de 1% ao mês. O valor de cada uma das parcelas do empréstimo será, em reais, de aproximadamente:

parcelas do empréstimo será, em reais, de aproximadamente: a) 35.350,00. b) c) 35.420,00. 35.526,00. d) 35.703,50.
parcelas do empréstimo será, em reais, de aproximadamente: a) 35.350,00. b) c) 35.420,00. 35.526,00. d) 35.703,50.
parcelas do empréstimo será, em reais, de aproximadamente: a) 35.350,00. b) c) 35.420,00. 35.526,00. d) 35.703,50.
parcelas do empréstimo será, em reais, de aproximadamente: a) 35.350,00. b) c) 35.420,00. 35.526,00. d) 35.703,50.
parcelas do empréstimo será, em reais, de aproximadamente: a) 35.350,00. b) c) 35.420,00. 35.526,00. d) 35.703,50.
parcelas do empréstimo será, em reais, de aproximadamente: a) 35.350,00. b) c) 35.420,00. 35.526,00. d) 35.703,50.
parcelas do empréstimo será, em reais, de aproximadamente: a) 35.350,00. b) c) 35.420,00. 35.526,00. d) 35.703,50.

a) 35.350,00.

b) c)
b)
c)

35.420,00.

35.526,00.

d) 35.703,50. e) 36.042,30.

09) (AUDITOR-FISCAL TRIBUTÁRIO MUNICIPAL I-PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO-MARÇO DE 2012-FCC)

I-PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO-MARÇO DE 2012-FCC) Em uma loja, um computador, cujo preço é R$

Em uma loja, um computador, cujo preço é R$ 2.200,00, pode ser vendido nas seguintes condições:

é R$ 2.200,00, pode ser vendido nas seguintes condições: − à vista, com abatimento de 10%

à vista, com abatimento de 10% no preço ou em duas parcelas, sendo a primeira delas dada como entrada, correspondendo a 25% do preço. A segunda, que corresponde ao restante financiado a juros compostos à taxa de 4% ao mês, deve ser paga ao completar 2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no primeiro e no segundo casos, é verdade que

2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
2 meses da data da compra. Se R e S são, respectivamente, os totais pagos no
a) S = 2R. S = R + R$ 354,64. b) c) d) R =
a) S = 2R. S = R + R$ 354,64. b) c) d) R =

a)

S = 2R. S = R + R$ 354,64.

b)
b)

c)

d) R = S R$ 179,52.

e) S R = R$ 99,52.

S + R = R$ 4.312,00.

a) S = 2R. S = R + R$ 354,64. b) c) d) R = S
a) S = 2R. S = R + R$ 354,64. b) c) d) R = S
a) S = 2R. S = R + R$ 354,64. b) c) d) R = S

10)

(ANALISTA JUDICIÁRIO-CONTABILIDADE-TRE-SP/MARÇO DE 2012-FCC)

Dois projetos de investimento (I e II), mutuamente excludentes, estão representados pelos fluxos de caixa abaixo.

estão representados pelos fluxos de caixa abaixo. Os valores presentes líquidos dos dois projetos são iguais

Os valores presentes líquidos dos dois projetos são iguais e a taxa mínima de atratividade é igual a 10% ao ano. O valor de X é igual a

líquidos dos dois projetos são iguais e a taxa mínima de atratividade é igual a 10%
líquidos dos dois projetos são iguais e a taxa mínima de atratividade é igual a 10%
líquidos dos dois projetos são iguais e a taxa mínima de atratividade é igual a 10%
líquidos dos dois projetos são iguais e a taxa mínima de atratividade é igual a 10%
a) R$ 8.800,00. b) R$ 8.855,00. R$ 8.965,00. R$ 9.350,00. R$ 9.900,00. c) d) e)
a) R$ 8.800,00. b) R$ 8.855,00. R$ 8.965,00. R$ 9.350,00. R$ 9.900,00. c) d) e)

a) R$ 8.800,00.
b) R$ 8.855,00. R$ 8.965,00. R$ 9.350,00. R$ 9.900,00.

c)

d)
d)
e)
e)
a) R$ 8.800,00. b) R$ 8.855,00. R$ 8.965,00. R$ 9.350,00. R$ 9.900,00. c) d) e)
a) R$ 8.800,00. b) R$ 8.855,00. R$ 8.965,00. R$ 9.350,00. R$ 9.900,00. c) d) e)

11)

(ANALISTA JUDICIÁRIO-CONTABILIDADE-TRE-PR/FEVEREIRO DE 2012-FCC)

Considere dois projetos X e Y, mutuamente excludentes, representados pelos fluxos de caixa abaixo:

excludentes, representados pelos fluxos de caixa abaixo: A taxa mínima de atratividade é de 10% ao
excludentes, representados pelos fluxos de caixa abaixo: A taxa mínima de atratividade é de 10% ao

A taxa mínima de atratividade é de 10% ao ano (capitalização anual). Então, o valor presente líquido do projeto

A taxa mínima de atratividade é de 10% ao ano (capitalização anual). Então, o valor presente
a) X é igual ao dobro do valor presente líquido do projeto Y . b)
a) X é igual ao dobro do valor presente líquido do projeto Y . b)
a) X é igual ao dobro do valor presente líquido do projeto Y . b)

a) X é igual ao dobro do valor presente líquido do projeto Y.

b)

c) Y é igual a R$ 2.000,00. d) X mais o valor presente líquido do projeto Y é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em R$ 1.700,00.

X é igual a R$ 3.000,00.

é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em
é igual a R$ 5.700,00. e) X supera o valor presente líquido do projeto Y em

12) (ANALISTA DE CONTROLE-ÁREA ATUARIAL/DEZEMBRO DE 2011-FCC)

A dívida referente a um empréstimo, realizada na data de hoje, deverá ser liquidada por meio de duas prestações. A primeira prestação, no valor de R$ 26.010,00, vence daqui a 2 meses e a segunda, no valor de R$ 21.224,16, vence daqui a 3 meses. O devedor propõe quitar a dívida de uma única vez daqui a 1 mês. Utilizando o critério do desconto composto real com uma taxa de 2% ao mês, tem-se que o valor desta prestação única deverá ser de

tem-se que o valor desta prestação única deverá ser de a) R$ 45.000,00. b) R$ 45.200,00.
tem-se que o valor desta prestação única deverá ser de a) R$ 45.000,00. b) R$ 45.200,00.
tem-se que o valor desta prestação única deverá ser de a) R$ 45.000,00. b) R$ 45.200,00.
tem-se que o valor desta prestação única deverá ser de a) R$ 45.000,00. b) R$ 45.200,00.

a) R$ 45.000,00.

b) R$ 45.200,00.

c) R$ 45.500,00.

d) R$ 45.750,00. e) R$ 45.900,00.

prestação única deverá ser de a) R$ 45.000,00. b) R$ 45.200,00. c) R$ 45.500,00. d) R$

13) (ANALISTA DE CONTROLE-ÁREA ATUARIAL/DEZEMBRO DE 2011-FCC)

Uma empresa realiza um investimento em projeto que apresenta o fluxo de caixa abaixo:

em projeto que apresenta o fluxo de caixa abaixo: Se a taxa mínima de atratividade é

Se a taxa mínima de atratividade é de 12% ao ano (capitalização anual) e o valor presente líquido é igual a R$ 12.000,00, então o desembolso inicial d) apresenta o valor de a) R$ 40.250,00. c) R$ 45.500,00. e) R$ 48.000,00. b) R$ 42.500,00. d) R$ 47.500,00.

inicial d) apresenta o valor de a) R$ 40.250,00. c) R$ 45.500,00. e) R$ 48.000,00. b)
inicial d) apresenta o valor de a) R$ 40.250,00. c) R$ 45.500,00. e) R$ 48.000,00. b)
inicial d) apresenta o valor de a) R$ 40.250,00. c) R$ 45.500,00. e) R$ 48.000,00. b)
inicial d) apresenta o valor de a) R$ 40.250,00. c) R$ 45.500,00. e) R$ 48.000,00. b)

14) (ÁREA DE CONTROLE-ÁREA CONTÁBIL-TCE-PR/DEZEMBRO DE 2011-FCC)

O fluxo de caixa abaixo refere-se a um projeto de investimento em que se apurou uma taxa interna de retorno (TIR) de 7% ao semestre.

caixa abaixo refere-se a um projeto de investimento em que se apurou uma taxa interna de
caixa abaixo refere-se a um projeto de investimento em que se apurou uma taxa interna de
caixa abaixo refere-se a um projeto de investimento em que se apurou uma taxa interna de
caixa abaixo refere-se a um projeto de investimento em que se apurou uma taxa interna de
caixa abaixo refere-se a um projeto de investimento em que se apurou uma taxa interna de
caixa abaixo refere-se a um projeto de investimento em que se apurou uma taxa interna de

O valor do desembolso inicial (X) deste projeto, em reais, é tal que

a) X 33.500.
b) 33.500 < X 33.750.
c) 33.750 < X 34.000. 34.000 < X 34.250. X > 34.250.

d)

e)
e)
b) 33.500 < X ≤ 33.750. c) 33.750 < X ≤ 34.000. 34.000 < X ≤

15)

(ANALISTA DE CONTROLE-ÁREA ECONÔMICA-TCE-PR/DEZEMBRO DE 2011-FCC)

Uma pessoa, desejando comprar um carro, realiza uma pesquisa em 3 concessionárias obtendo as seguintes propostas:

Concessionária 1: entrada de $ 5.800,00+1 parcela de $ 10.609,00 para 30 dias após a entrada. Concessionária 2: entrada de $ 6.000,00+1 parcela de $ 10.609,00 para 60 dias após a entrada. Concessionária 3: entrada de $ 5.850,00+2 parcelas de $ 5.304,50 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa de juros compostos é de 3% ao mês,

parcelas de $ 5.304,50 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa
parcelas de $ 5.304,50 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa
parcelas de $ 5.304,50 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa
parcelas de $ 5.304,50 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa
parcelas de $ 5.304,50 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa
parcelas de $ 5.304,50 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa
parcelas de $ 5.304,50 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa
parcelas de $ 5.304,50 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa
parcelas de $ 5.304,50 para 30 e 60 dias após a entrada. Sabendo que a taxa

a) a melhor proposta de compra é a da concessionária 1.

b) a melhor proposta de compra é a da concessionária 2.

c)

a melhor proposta de compra é a da concessionária 3.

2. c) a melhor proposta de compra é a da concessionária 3. d) as melhores propostas

d) as melhores propostas de compra são as das concessionárias 2 e 3.

e)

equivalentes.

propostas

das

concessionárias

as

1,

2

e

3

são

16) (ESCRITURÁRIO-BANCO DO BRASIL-SP/2006-FCC)

Um televisor é vendido em uma loja onde o comprador pode escolher uma das seguintes opções:

I.

R$ 5.000,00, à vista sem desconto.

 

II.

R$

1.000,00

de

entrada

e

um

pagamento

de R$ 4.500,00 em 1 (um) mês após a data da compra.

A taxa de juros mensal cobrada pela loja no pagamento da segunda opção, que vence em 1 (um) mês após data da compra é de:

a) 30%

da segunda opção, que vence em 1 (um) mês após data da compra é de: a)
da segunda opção, que vence em 1 (um) mês após data da compra é de: a)
da segunda opção, que vence em 1 (um) mês após data da compra é de: a)
da segunda opção, que vence em 1 (um) mês após data da compra é de: a)
da segunda opção, que vence em 1 (um) mês após data da compra é de: a)

b) 25%

c) 20%

d) 15% e) 12,5%
d)
15%
e)
12,5%

17) (CONTADOR-CEAL/2005-FCC) O preço de venda de um televisor é igual a R$ 1 200,00. O comprador poderá adquiri-lo por meio de uma das

1 200,00. O comprador poderá adquiri-lo por meio de uma das financeiramente equivalentes: seguintes opções, I.
financeiramente equivalentes:
financeiramente equivalentes:

seguintes opções,

de uma das financeiramente equivalentes: seguintes opções, I. À vista com 10% de desconto; II. Dois

I. À vista com 10% de desconto; II. Dois pagamentos iguais a R$ 600,00, sendo o primeiro no ato da compra e o segundo um mês após. O comprador propõe ao vendedor adquirir o aparelho por meio de um só pagamento a vencer em um mês. Utilizando a taxa de juros implícita na segunda parcela da opção II, este pagamento único, para que a equivalência financeira seja mantida, teria que ser de

segunda parcela da opção II, este pagamento único, para que a equivalência financeira seja mantida, teria
segunda parcela da opção II, este pagamento único, para que a equivalência financeira seja mantida, teria
segunda parcela da opção II, este pagamento único, para que a equivalência financeira seja mantida, teria
segunda parcela da opção II, este pagamento único, para que a equivalência financeira seja mantida, teria
segunda parcela da opção II, este pagamento único, para que a equivalência financeira seja mantida, teria
segunda parcela da opção II, este pagamento único, para que a equivalência financeira seja mantida, teria
segunda parcela da opção II, este pagamento único, para que a equivalência financeira seja mantida, teria

a)

R$ 1 200,00 R$ 1 350,00

b)
b)

c) R$ 1 500,00

d) R$ 1 600,00

e) R$ 1 800,00

a) R$ 1 200,00 R$ 1 350,00 b) c) R$ 1 500,00 d) R$ 1 600,00
a) R$ 1 200,00 R$ 1 350,00 b) c) R$ 1 500,00 d) R$ 1 600,00
a) R$ 1 200,00 R$ 1 350,00 b) c) R$ 1 500,00 d) R$ 1 600,00
a) R$ 1 200,00 R$ 1 350,00 b) c) R$ 1 500,00 d) R$ 1 600,00
a) R$ 1 200,00 R$ 1 350,00 b) c) R$ 1 500,00 d) R$ 1 600,00

18) (ESCRITURÁRIO-BANCO DO BRASIL/JUNHO DE 2010-FCC)

Uma máquina com vida útil de 3 anos é adquirida hoje (data 0) produzindo os respectivos retornos: R$ 0,00 no final do primeiro ano, R$ 51.480,00 no final do segundo ano e R$ 62.208,00 no final do terceiro ano. O correspondente valor para a taxa interna de retorno encontrado foi de 20% ao ano. Então, o preço de aquisição da máquina na data 0 é de

a)

o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.
o preço de aquisição da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00.

R$ 86.100,00. R$ 78.950,00. R$ 71.750,00.

b)

c)
c)

d) R$ 71.500,00.

e) R$ 71.250,00.

da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00. R$ 71.750,00. b) c)
da máquina na data 0 é de a) R$ 86.100,00. R$ 78.950,00. R$ 71.750,00. b) c)

E

FINANÇAS PÚBLICAS-SEFAZ-SP/ABRIL DE 2010) O fluxo de caixa abaixo corresponde a um projeto de investimento (com os valores em reais), em que se apurou uma taxa interna de retorno igual a 20% ao ano.

19)

(ANALISTA

EM

PLANEJAMENTO,

ORÇAMENTO

em reais), em que se apurou uma taxa interna de retorno igual a 20% ao ano.
em reais), em que se apurou uma taxa interna de retorno igual a 20% ao ano.
em reais), em que se apurou uma taxa interna de retorno igual a 20% ao ano.

O valor de X é igual a

a) R$ 10.368,00
b) R$ 11.232,00
c) R$ 12.096,00 R$ 12.960,00

d) e)
d)
e)

R$ 13.824,00

20) (CONTADOR-SERGAS/ABRIL DE 2010-FCC) Considere o fluxo de caixa abaixo representando 3 depósitos anuais e consecutivos realizados em uma instituição financeira no início de cada ano e o resgate dos respectivos montantes um ano após a realização do último depósito.

financeira no início de cada ano e o resgate dos respectivos montantes um ano após a

A soma destes montantes, conforme pode ser verificado

no fluxo, é igual a R$ 35.255,00 e os depósitos são remunerados a uma taxa de juros compostos de 10% ao ano.

remunerados a uma taxa de juros compostos de 10% ao ano. O valor de P é
remunerados a uma taxa de juros compostos de 10% ao ano. O valor de P é
remunerados a uma taxa de juros compostos de 10% ao ano. O valor de P é
remunerados a uma taxa de juros compostos de 10% ao ano. O valor de P é
remunerados a uma taxa de juros compostos de 10% ao ano. O valor de P é
remunerados a uma taxa de juros compostos de 10% ao ano. O valor de P é
remunerados a uma taxa de juros compostos de 10% ao ano. O valor de P é

O

valor de P é R$ 4.500,00. R$ 5.000,00. R$ 5.500,00. R$ 6.500,00. R$ 7.500,00.

a) b) c) d) e)
a)
b)
c)
d)
e)
de 10% ao ano. O valor de P é R$ 4.500,00. R$ 5.000,00. R$ 5.500,00. R$
de 10% ao ano. O valor de P é R$ 4.500,00. R$ 5.000,00. R$ 5.500,00. R$
de 10% ao ano. O valor de P é R$ 4.500,00. R$ 5.000,00. R$ 5.500,00. R$
de 10% ao ano. O valor de P é R$ 4.500,00. R$ 5.000,00. R$ 5.500,00. R$

21) (ANALISTA JUDICIÁRIO-CONTABILIDADE-TRE-PB/2007-FCC)

Sejam os dois fluxos de caixa referentes aos projetosAe B, em que X e Y representam os respectivos desembolsos iniciais:

que X e Y representam os respectivos desembolsos iniciais: taxa de atratividade de 10% ao ano
taxa de atratividade de 10% ao ano
taxa de atratividade de 10% ao ano

Verifica-se que a uma

taxa de atratividade de 10% ao ano Verifica-se que a uma (capitalização anual) os valores presentes

(capitalização anual) os valores presentes líquidos dos dois projetos são iguais. Então (X – Y) é igual a

a uma (capitalização anual) os valores presentes líquidos dos dois projetos são iguais. Então (X –
a) R$ 10.000,00 b) R$ 8.500,00 c) R$ 7.000,00 R$ 6.000,00 R$ 5.000,00 d) e)
a) R$ 10.000,00 b) R$ 8.500,00 c) R$ 7.000,00 R$ 6.000,00 R$ 5.000,00 d) e)

a) R$ 10.000,00
b) R$ 8.500,00
c) R$ 7.000,00 R$ 6.000,00 R$ 5.000,00

d)

e)
e)
a) R$ 10.000,00 b) R$ 8.500,00 c) R$ 7.000,00 R$ 6.000,00 R$ 5.000,00 d) e)
a) R$ 10.000,00 b) R$ 8.500,00 c) R$ 7.000,00 R$ 6.000,00 R$ 5.000,00 d) e)