Sunteți pe pagina 1din 1

O PÃO NOSSO DE CADA DIA

Seu surgimento; sua trajetória.


Desde os primórdios da humanidade, ou seja, quando o homem era ainda
uma espécie de nômade (povos pastores e caçadores sem residência), que ocorreu
o surgimento do PÃO, pode-se dizer que esse alimento “milenar”, colaborou com a
fixação do homem, outrora vagante e sem morada, preocupado com a caça e a
sobrevivência, viu nos grãos a possibilidade de alimentar-se de uma maneira mais
prática, dispondo assim de mais tempo para outras práticas; o que culminaria com
o seu engrandecimento e, ao mesmo tempo, um entendimento maior entre objeto
e conhecimento, tudo isso claro, sem esquecer que estamos nos referindo há
milênios, pois é a maior referência desse alimento tão consumido pela população de
toda parte do mundo, é que ele é o alimento “transformado” mais antigo da
humanidade. Tempos depois, com a vinda de Cristo e a simbolização do PÃO como
alimento Divino, passou a ser então o pão o mais consumido dentre todos os povos.
Em épocas atuais, com a evolução constante do mesmo, o PÃO carrega ainda
consigo aquele aspecto “SAGRADO”, sendo respeitado e até mesmo adorado por
algumas religiões, tudo isso devido a sua origem e sua inalterabilidade durante
milênios, mas sem perder o condão de alimento saudável e saboroso.

Hoje o PÃO nosso de cada dia é vendido nas diversas padarias e afins,
mantendo as mesmas características do passado, o PÃO é comercializado em toda
face da terra, alimentando e percorrendo a história; a sua história em simbiose com
a do ser humano.

Todos devem alimentar-se de PÃES ao menos 1 (uma) vez por dia,


suas vitaminas são de suma importância para o nosso organismo. Fonte
de energia e resgate da história da humanidade, o PÃO é um dos
alimentos mais completos e que podemos dispor onde estivermos, no
entanto, procurem adquiri-lo em casas devidamente comprometidas com o
bem estar e saúde de seus consumidores, evitando adquiri-lo com
procedência duvidosa (bicicletas, ambulantes, barracas, etc.), que não
seguem a rigor o que determina a nossa legislação de controle de
produção e vigilância sanitária.

COMAM MAIS PÃES!

Mário Cesar Barbosa Silva


Empresário em Panificação
Bacharelando em Direito
mariopsj1@hotmail.com

Interese conexe