Sunteți pe pagina 1din 1

Histria do Cdigo Civil Brasileiro

Ao traarmos as origens do Direito Civil no Brasil, remetemo-nos de


imediato ao Direito Romano, devido ao fato de este ter sido fonte subsidiria
das leis e ordenamentos portugueses, que por sua vez foi determinantemente
influente na elaborao do direito brasileiro. possvel perceber, com a
promulgao das Ordenaes Filipinas, em 1603, um categrico
tradicionalismo e atraso jurdico por parte de Portugal, visto que estas se
baseavam intensamente no prprio Direito Romano.
possvel assimilar s razes do direito portugus, e consequentemente
tambm s do brasileiro, influncias do Direito Germnico, que buscava
alcanar, nas palavras de Ren David, uma cincia jurdica comum a todos,
apropriada s condies do mundo moderno. Tornam-se perceptveis estas
influncias durante o Sculo XIX, quando vrios pases ao redor do mundo
comeam a compilar suas leis e normas dentro dos chamados Cdigos.
Outra fundamentao tomada foi a do Direito Cannico, ou seja, de
embasamento religioso e aplicado pela prpria instituio religiosa; neste caso,
a Igreja Catlica. Este direito, precipuamente consuetudinrio e formado pela
espiritualidade e pela tica crist, regeu por muito tempo a sociedade e suas
relaes, num perodo histrico onde o direito positivo ainda no tinha tanta
influncia, permitindo Igreja Catlica criar suas prprias leis e seus prprios
elementos jurdicos.
O direito portugus foi mantido no Brasil aps a independncia, atravs
das anteriormente mencionadas Ordenaes Filipinas, e suas influncias
romanas, germnicas e cannicas transmitiram-se pela legislao brasileira por
muito tempo. Entretanto, os juristas brasileiros, influenciados pelo Cdigo de
Napoleo e pela Teoria da Codificao de influncia germnica, e incentivados
pela crescente emancipao legislativa do Brasil e pela criao das duas
primeiras escolas de Direito no pas, deram incio aos projetos de redao de
um Cdigo Civil, juntamente com um Cdigo Criminal, que por sua vez foram
adiados durante muito tempo devido a fatores externos.