Sunteți pe pagina 1din 4
2aw2015 stingdo do processo come sem resclu;so de mirito- Resta de Delta -DireitoNet DireitoNet Resumos Extingado do processo com e sem resolucao de mérito Indeferimento da peticao inicial, negligéncia das partes e abandono pelo autor, auséncia de pressupostos de constituigao, perempcao, desisténcia, falecimento da parte em aco intransmissivel, confusao, revelia, decadéncia € prescrigo. 1- Extingdo do processo sem resolucao de mérito O art. 267 aponta as hipéteses em que ocorre a extingao do processo sem que a lide seja composta, ou seja, sem a resolucao do mérito. Causas: 1°) Indeferimento da peti¢ao inicial Lembra-se que ao propor a aco, quer submetendo a despacho a petigao inicial, quer simplesmente entregando-a no distribuidor, estabelece-se uma relacdo entre o autor e 0 estado-juiz, Indeferida a peticao inicial, essa relacao extingue-se e a lide permanecera sem ser resolvida As hipéteses de indeferimento estao relacionadas no art. 295. Como ato do juiz extingue o processo, qualifica-se como sentenga e contra ele o recurso adequado sera a apelacao. Observe-se que ainda ndo houve chamamento do réu, ou seja, ainda nao estava completada a relacao juridica processual. Nesse caso, interposto o recurso, 0 juiz pode rever o seu ato: se o reformar, determinaré a citacdo do réu; se o mantiver, deverd remeter os autos ao tribunal competente para o conhecimento e julgamento do recurso. Esta é a Gnica hipétese em que a apelagao possibilita 0 chamado juizo de retratagao feito pelo magistrado. Portanto, quando a matéria for exclusivamente de direito e se nesse mesmo juizo j4 houver sido proferida sentena de total improcedéncia em outros casos idénticos, claro que reproduzindo o teor da anteriormente prolatada, poder ser dispensada a citagdo do réu de acordo com 0 artigo 285-A do CPC. Se o autor ficar descontente, poderd apelar da sentenca da autoridade judiciaria em questao, que no prazo de 5 (cinco) dias, o juiz decidir reformar ou no sua decisdo negativa em relacdo a inicial (art. 285, §1°, do CPC). Somente com a apelacao do autor, o réu ird ser citado para responder o recurso, sendo assim, este somente sabera que esta sendo processado nessa fase (art. 285, § 2°, do CPC). ipskwnireitont com brresumosiebi/15 VEineao-do-processo-com-e-sem-resclucande-merito “4 2aw2015 stingdo do processo come sem resclu;so de mirito- Resta de Delta -DireitoNet 2*) Negligéncia das partes e abandono pelo autor So caracterizadas pelo fato de no cuidarem, as partes, de praticar atos necessarios para o andamento do processo. € incumbéncia do juiz impulsionar o processo. Assim, somente se justifica a extingdo sem resolucao de mérito, quando efetivamente o processo no puder prosseguir ser que uma ou ambas as partes pratiquem algum ato. Se o ato puder ser praticado por qualquer das partes, o juiz aguardaré por 1 ano para a extincdo; se o ato for de incurbéncia do autor, aguardaré por 30 dias. Mas, a extingao nao decorre apenas do tempo. Decorrido prazo previsto na lei, obrigatoriamente o juiz deveré mandar intimar ambas as partes ou o autor, pessoalmente para que pratiquem o ato que impede o andamento do processo em 48 h. Somente depois de decorrido esse prazo sem atendimento da determinacdo, é que o juiz extinguird 0 processo sem resolucdo de mérito. E curioso que essa intimacao pessoal é uma excecdo a regra geral que estabelece que as intimagées das partes serao feitas através de seus advogados. Também é interessante destacar que, embora a extingdo prevista no inc. II ocorra sem provocacao das partes, ha orientago jurisprudencial no sentido de que a prevista no inc. IIl depende de requerimento do réu. 3°) Auséncia de pressupostos de constituicdo e de desenvolvimento valido e regular do processo. Como se afirmou, os pressupostos processuais devem estar presentes durante toda a tramitago do processo. Se, ao final da fase postulatéria, quer em razdo de alegacao da parte, quer de oficio, o juiz verificar a aus€ncia de qualquer deles, sem ser suprida a falta, ou anulara © processo, ou ele prosseguird com o reconhecimento da revelia do réu, ou se irnpossivel 0 prosseguimento sera extinto sem julgamento da lide. 4°) Perempcao é a perda do direito de aco relativamente a determinado direito em razao de sucessivos abandonos de causas anteriores. Por seu turno, a litispendéncia é a repeticao de uma aco que ainda esta em andamento, e a coisa julgada é o fendmeno de repetir-se uma aGdo que foi definitivarnente julgada. Ocorrendo qualquer dessas hipdteses, extingue-se 0 processo sem resolugdo de mérito. Nessas 3 hipéteses a extincdo impede que o autor intente de novo, a mesma aco; nas demais, extinto 0 proceso, podera a acao ser novamente proposta, desde que comprove o depésito das custas da acao anterior e os honorarios advocaticios eventualmente fixados. O inc. IV do art. 267 prevé a hipétese da auséncia de qualquer das condicées da aco. Também, nessa hipétese, o processo nao sera apto a atingir o seu resultado, que é a composicao da lide. O exame das condicées da ago, que havia sido feito quando do despacho da inicial, ndo impede que seja novamente realizado, inclusive em 23 instancia, quando o processo Id se encontrar por forca de recurso. Essa matéria, assim como prevista nos inc. IV e V @ examinada mesmo que nao haja provocacao da parte, embora possa o réu ser penalizado se omitir na alegagdo. 5*) Os envolvidos na lide podem ter ajustado que ela seja resolvida por arbitragem. Nao haveria razdo por isso, para ser provocado o estado-juiz para a sua composicao. € caso de extingao do processo sem resolucao de mérito. ipskwnireitont com brresumosiebi/15 VEineao-do-processo-com-e-sem-resclucande-merito 24 2aw2015 stingdo do processo come sem resclu;so de mirito- Resta de Delta -DireitoNet 6") Desisténcia da aco, Dependente de homologacao judicial, 0 ato que a homologa extingue 0 processo sem resolugao do mérito e qualifica-se como sentenga; no entanto, se houver reconvengao, 0 ato que extingue © processo relativarnente a aco nao impede o prosseguimento da reconvengao e, assirn, se qualificara como decisao interlocutéria contra 0 qual o recurso préprio é 0 agravo. 7*) Falecimento da parte em aco intransmissivel, conduz a extingo do processo sern resolugao de mérito, Da mesma forma, a cessao do respectivo direito. 8) Confusao é a reuniao, na mesma pessoa, das qualidades de credor e devedor de uma mesma obrigacdo. Obviamente desaparece a prépria lide que € a pretensdo de um resistida por outro, Mas, se a confusao for parcial, somente em relacao a essa parte desaparece a necessidade da prestagdo jurisdicional, permanecendo em relacdo ao restante. Existem ainda outras hipéteses previstas no CPC, como por ex., no caso de litisconsércio em que autor nao promove a cita¢ao do litisconsorte ou no caso de morte do procurador do autor deixando este de substitui-lo. 2 Resolugao de mérito Sempre que 0 juiz profere uma sentenca, acolhendo ou rejeitando o pedido do autor, resolve- se 0 mérito, Caso seja somente rejeitado o pedido do autor, extingue-se o processo, mas se for acolhido seu pedido, 0 processo entrar na fase de execuco. Nessa fase, da resolucdo de mérito, a sentenca acolhendo ou rejeitando 0 pedide do autor somente podera ser prolatada se ocorrer qualquer das hipéteses do art, 330: + quando a questo de mérito for unicamente de direito, ou sendo de direito e de fato, no houver necessidade de produzir prova em audiéncia; + quando ocorrer a revelia, Nessas hipéteses a fase probatéria é desnecessaria e assim poderd o juiz, de imediato, enfrentar 0 mérito, Se o fizer quando permanecam ainda fatos controvertidos, pertinente e relevantes, estara cerceando a defesa e a sentenca proferida sera anulavel Ocorrerd extingdo do processo com resolucdo de mérito: * quando o réu reconhecer a procedéncia do pedido. £ diferente da situago em que o réu admite os fatos constitutivos do direito do autor - confissdo. € importante salientar que a resolugo somente ocorre quando o reconhecimento é total, e nao parcial. * quando as partes transigirem. A transacao também deveré envolver todo objeto do processo, e nao parte dele, + quando verificar-se a decadéncia ou a prescrigo; quando houver rentincia, pelo autor, do direito em que apoia o seu pedido. ipskwnireitont com brresumosiebi/15 VEineao-do-processo-com-e-sem-resclucande-merito a4 2aw2015 tingdo do processo come sem resclu;so de mirito- Resta de Direito-DireitoNet Hist6rico de atualizagbes deste conteddo A6imal/2011Revisdo geral o7/juV72006 Publicado no DireitoNet, ipuhwnritont com brresumoslebi/15 VEinean-do-processo-com-e-sem-resclucande-merito