Sunteți pe pagina 1din 3

Trabalho da disciplina de Portugus

O Tesouro
Ea de Queirs

Resumo do conto O Tesouro, de Ea de Queirs

Em Medranhos viviam trs irmos, Rui, Guanes e Rostabal. Eles eram os fidalgos
mais famintos e remendados de toda a regio; sem nada para comer e com o
encosto de trs guas como cobertores.
Num dia de Primavera foram caar na mata de Roquelanes e encontraram um velho
cofre de ferro, com trs fechaduras e cheio de ouro.
Depois da euforia inicial, Rui, o mais velho, decidiu que o tesouro seria dividido pelos
trs. Mas, no poderiam sair da mata em pleno dia com o cofre.
Guanes vai vila de Retortilho, levando uma das chaves do cofre, para comprar trs
alforges de couro e mantimentos, pois eles no comiam desde a vspera.
Depois da partida de Guanes, Rui convence Rostabal a assassinar Guanes para
poderem dividir o tesouro apenas pelos dois. No regresso de Guanes, Rostabal,
convencido, mata-o espetando-lhe a sua espada.
Enquanto Rostabal, debruado, lavava o sangue na sua face, Rui mata-o, ficando com
as trs chaves do cofre.
Ao verificar a capacidade dos alforges, deparou-se com as garrafas de vinho e
emborcou uma delas, mas de seguida sentiu-se mal e percebeu que o seu irmo tinha
envenenado o vinho. Morreu.
O tesouro continua na mata de Roquelanes.