Sunteți pe pagina 1din 27

MELHORAMENTO DA

PRODUÇÃO
 
Cinthia Barbosa
Fernanda Nogueira
Franklis
Henrique Gasparotto
Julio Cerqueira
Licellie Fraga
Marcelo de Almeida
Misrael
Natalia Costa
Patrícia Cunha
Rafael Torres
Suellem Prazeres
Yames Almeida
MEDIDAS DE DESEMPENHO
 Norteiam a abordagem do melhoramento

 Quantificar a ação

 Atender aos cinco objetivos da produção:


1.Qualidade
2.Flexibilidade
3.Velocidade
4.Custos
5.Confiabilidade


MEDIDAS DE DESEMPENHO

A te n d im e n to à s n e ce ssid a d e s d e m e rca d o


Padrões de Desempenho
 Padrões Históricos

 Padrões de Desempenho Alvos


 Padrões de Desempenho da Concorrência


 Padrões de Desempenho Absolutos



BENCHMARKING
 “Uma abordagem que algumas empresas usam para
comparar suas operações com aquelas de outras
empresa”

TIPOS DE BENCHMARKING
 Interno

 Externo

 Não-competitivo

 Competitivo

 De desempenho

 De práticas

OBJETIVOS DE
BENCHMARKING
Ver de que forma vai a
organização

Pesquisa de novas idéias e


práticas

Estimular a criatividade

Reforçar a idéia das contribuições


diretas que uma operação tem
para a competitividade de sua
organização
PRIORIDADES DE
MELHORAMENTO

 Como operações decidem quais


objetivos de desempenho precisam
estar atenta:

 Necessidades
e preferências dos
consumidores
- definem importância dentro da

operação.
 Papel dos concorrentes
- determinação do nível de

desempenho a ser atingido.


PRIORIDADES DE
MELHORAMENTO
MATRIZ IMPORTÂNCIA-DESEMENHO
 Posiciona cada fator competitivo de acordo
com escores ou classificações de:
importância e desempenho.

MATRIZ IMPORTÂNCIA-DESEMENHO
MELHORAMENTO REVOLUCIONÁRIO

O principal veículo para melhoramento é


uma mudança grande e dramática na
forma como a operação trabalha.


 exemplos:

◦ introdução de uma máquina nova na


fábrica
◦ o total reprojeto de um sistema de
computação
MELHORAMENTO REVOLUCIONÁRIO

O impacto é repentino e abrupto.


 Demanda grandes investimentos de capital
 Ocasiona freqüentes interrupções ou
perturbações nos trabalhos em curso na
operação e por fim envolvendo mudanças
nos produtos/serviços ou tecnologia do
processo produtivo.


MELHORAMENTO CONTINUO
 Também conhecido como KAIZEN – originou se
na Indústria TOYOTA no Japão, em 1950.

Significa: “melhoramento na vida


pessoal, na vida doméstica, na vida social
e na vida de trabalho. Quando aplicado
ao local de trabalho kaizen significa
melhoramentos contínuos”.

MELHORAMENTO CONTINUO
Q u e m p a rticip a

Quem deve participar


DIFERENÇAS ENTRE
MELHORAMENTO REVOLUCIONÁRIO
E O CONTÍNUO

O melhoramento revolucionário dá grande


valor para soluções criativas e de grande
impacto, incentivando a iniciativa
individual.

 Já o melhoramento contínuo por sua vez,


favorece a adaptabilidade, o trabalho em
grupo e a atenção aos detalhes e confiando
nas pessoas que operam o sistema para
melhorá-lo.

REENGENHARIA
 Criada pelos americanos Michael Hammer e
James Champy, no início da década de 90

É um sistema administrativo utilizado pelas


organizações para se manterem
competitivas no mercado e alcançarem as
suas metas.

 Reformula o seu modo de fazer negócios,


suas atividades e tarefas e/ou processos.

ABORDAGEM DA REENGENHARIA
DO PROCESSO DE NEGÓCIOS.

A a b o rd a g e m d a re e n g e n h a ria d o
p ro ce sso d e n e g ó cio s ( B P R – B u sin e ss
p ro ce ss re -e n g in e e rin g ) é u m a m istu ra
d e id é ia s q u e fo ra m co rre n te s n o
g e re n cia m e n to d e p ro d u çã o p o r a lg u m
 te m p o .

 Os conceitos Just in time, os


fluxogramas de processos, o
exame crítico no estudo de
método.
PRINCIPIOS DO BRP
 Repensar os processos de negócios de
maneira a cruzar barreiras entre funções,
organizar o trabalho em torno do fluxo
natural de informação.
 Lutar por melhoramentos de desempenho
dramáticos, por meio de repensar
radicalmente e reprojetar o processo.
 Fazer com que aqueles que usam as saídas
de um processo desempenhem os processo.
 Colocar pontos de decisão onde o trabalho é
desenvolvido.

COMENTÁRIOS CRÍTICOS
 BPR preocupa-se somente com as atividades de
trabalho em vez de preocupar-se com as
pessoas que desempenham as tarefas.
 BPR é imprecisa como abordagem.
 BPR é tratada como a última palavra em gestão
por alguns gerentes e como a cura para todos
os males.
 BPR é meramente uma desculpa para dispensar
funcionários.
 Uma combinação de redesing radical junto com
downsizing pode significar a perda da
experiência vital da produção.
COMPROMISSOS DE
MELHORIA
 Pa ra d ig m a d e co m p ro m isso s

 R e d u zin d o o co m p ro m isso
FLUXOGRAMAS
Dá uma compreensão detalhada das
partes do processo em que algum
tipo de fluxo ocorre;

Registram estágios na passagem de
informação, produtos, trabalho ou
consumidores;

Fazem isso por meio de:

◦ Uma ação de algum tipo -registrada em um


retângulo;
O fluxograma destaca áreas
problemas em que não existe
nenhum procedimento para
lidar com um conjunto
particular de circunstâncias;
DIAGRAMA DE
RELACIONAMENTO
Utilizado para verificar se há
relação entre dois conjuntos de
dados.
Não identifica uma relação causa-
efeito
DIAGRAMA DE PARETO
É um grupo de barras que ordena
a frequência das ocorrências de
maior para menor, permitindo a
priorização dos problemas

Tem como objetivo o
conhecimento e
desenvolviemnto da ferramenta
na qualidade, para o uso na
identificação e resolução de
problemas na organização
DIAGRAMA DE PARETO