Sunteți pe pagina 1din 30

1

Pirassununga

1 Pirassununga Conservação Preventiva de Documentos em Arquivos: uma abordagem inicial - Julho/ 2008

Conservação Preventiva de Documentos em Arquivos: uma abordagem inicial

1 Pirassununga Conservação Preventiva de Documentos em Arquivos: uma abordagem inicial - Julho/ 2008
1 Pirassununga Conservação Preventiva de Documentos em Arquivos: uma abordagem inicial - Julho/ 2008

- Julho/ 2008

3

3 Preservação Conjunto de técnicas e métodos que visam conservar os documentos de arquivos e as
3 Preservação Conjunto de técnicas e métodos que visam conservar os documentos de arquivos e as

Preservação

3 Preservação Conjunto de técnicas e métodos que visam conservar os documentos de arquivos e as

Conjunto de técnicas e métodos que visam conservar os documentos de arquivos e as informações neles contidas.

4

4 Conservação Conjunto de ações que interrompem o processo de degradação de documentos de arquivos. Exemplos:
4 Conservação Conjunto de ações que interrompem o processo de degradação de documentos de arquivos. Exemplos:

Conservação

4 Conservação Conjunto de ações que interrompem o processo de degradação de documentos de arquivos. Exemplos:

Conjunto de ações que interrompem o processo de degradação de documentos de arquivos. Exemplos: higienização, pequenos reparos e acondicionamento.

5

5 Fatores Ambientais Os fatores ambientais são os mais importantes na conservação de documentos. Eles são
5 Fatores Ambientais Os fatores ambientais são os mais importantes na conservação de documentos. Eles são

Fatores Ambientais

5 Fatores Ambientais Os fatores ambientais são os mais importantes na conservação de documentos. Eles são

Os fatores ambientais são os mais importantes na conservação de documentos. Eles são responsáveis pelas reações químicas altamente nocivas ao papel, além de favorecerem a presença de outros agentes igualmente responsáveis pela destruição de documentos.

6

6 Fatores Ambientais Clima tropical, com insolação intensa e umidade relativa elevada. Edifícios herdados ou mal
6 Fatores Ambientais Clima tropical, com insolação intensa e umidade relativa elevada. Edifícios herdados ou mal

Fatores Ambientais

6 Fatores Ambientais Clima tropical, com insolação intensa e umidade relativa elevada. Edifícios herdados ou mal

Clima tropical, com insolação intensa e umidade relativa elevada. Edifícios herdados ou mal planejados. Manutenção precária ou inexistente (goteiras, infiltrações, janelas quebradas, frestas, limpeza). Sistema de ar condicionado em mau funcionamento, inoperantes ou inexistentes.

janelas quebradas, frestas, limpeza). Sistema de ar condicionado em mau funcionamento, inoperantes ou inexistentes.

7

7 Fatores Ambientais Problemas que ocorrem devido às más condições prediais. Arquivos perto de cozinha, lanchonete,
7 Fatores Ambientais Problemas que ocorrem devido às más condições prediais. Arquivos perto de cozinha, lanchonete,

Fatores Ambientais

7 Fatores Ambientais Problemas que ocorrem devido às más condições prediais. Arquivos perto de cozinha, lanchonete,

Problemas que ocorrem devido às más condições prediais. Arquivos perto de cozinha, lanchonete, banheiro ou poço de elevador. Instalações elétricas aparentes e com danos e revestimento de pisos sem manutenção.

e com danos e revestimento de pisos sem manutenção. Recomenda-se: manutenção predial periódica na parte

Recomenda-se: manutenção predial periódica na parte hidráulica, elétrica e civil.

8

8 Fatores de Degradação Agentes Físicos: Iluminação, Temperatura e Umidade Relativa. Agentes Químicos: Poluição
8 Fatores de Degradação Agentes Físicos: Iluminação, Temperatura e Umidade Relativa. Agentes Químicos: Poluição

Fatores de Degradação

8 Fatores de Degradação Agentes Físicos: Iluminação, Temperatura e Umidade Relativa. Agentes Químicos: Poluição

Agentes Físicos: Iluminação, Temperatura e Umidade Relativa.

Agentes Químicos: Poluição atmosférica.

Agentes Biológicos: Fungos, Insetos e Roedores.

Agentes Humanos: Manuseio.

Agentes Físicos - Iluminação Iluminação: excesso de raios Ultra Violeta pela exposição dos documentos à
Agentes Físicos - Iluminação
Iluminação:
excesso
de
raios
Ultra
Violeta
pela
exposição dos documentos à luz artificial e natural.
Processo
de
amarelecimento
das
páginas,
tornando-as quebradiças.
Recomenda-se: janelas protegidas com
cortinas, persianas e os vidros com película
protetora.
9

10

10 Iluminação
10 Iluminação

Iluminação

10 Iluminação
10 Iluminação

11

11 Agentes Físicos – Temperatura e Umidade Relativa Temperatura = grau de calor ou frio existente
11 Agentes Físicos – Temperatura e Umidade Relativa Temperatura = grau de calor ou frio existente

Agentes Físicos – Temperatura e Umidade Relativa

11 Agentes Físicos – Temperatura e Umidade Relativa Temperatura = grau de calor ou frio existente

Temperatura = grau de calor ou frio existente no ambiente.

 

Umidade

Relativa

=

quantidade

de

água

existente

no

ambiente.

O controle do ar é fundamental para a preservação dos documentos. Mudanças provocam aceleração na deterioração dos documentos, proliferação de fungos e bactérias, além de ataque de insetos.

Recomenda-se: utilização de sistemas de ar condicionado, desumidificadores. Adequação para 21ºC e 30 a 50% de U.R.

12

12 Agentes Químicos – Poluição Atmosférica Ocasionada por janelas abertas, falta de
12 Agentes Químicos – Poluição Atmosférica Ocasionada por janelas abertas, falta de

Agentes Químicos – Poluição Atmosférica

12 Agentes Químicos – Poluição Atmosférica Ocasionada por janelas abertas, falta de

Ocasionada

por

janelas

abertas,

falta

de

higienização

e

poluidores

químicos

através

de

verniz, adesivos, tintas e poeira em suspensão.

Estes

elementos

aderem

na

superfície

dos

documentos.

Recomenda-se: troca de ar através de equipamentos.

13

13 Agentes Biológicos - Fungos Chamados também de mofo ou bolor, se disseminam através do ar.
13 Agentes Biológicos - Fungos Chamados também de mofo ou bolor, se disseminam através do ar.

Agentes Biológicos - Fungos

13 Agentes Biológicos - Fungos Chamados também de mofo ou bolor, se disseminam através do ar.

Chamados também de mofo ou bolor, se disseminam através do ar.

Alteram a estrutura do papel aparecendo manchas.

Recomenda-se: controle de Temperatura e Umidade Relativa, vigilância com líquidos (café, água, outros ) e remoção do material contaminado.

14

14 FUNGO
14 FUNGO

FUNGO

14 FUNGO
14 FUNGO

15

15 Agentes Biológicos - Insetos e Roedores Traças (Tisanuros ) Baratas (Blattoidea ) Roedores Cupins (
15 Agentes Biológicos - Insetos e Roedores Traças (Tisanuros ) Baratas (Blattoidea ) Roedores Cupins (

Agentes Biológicos - Insetos e Roedores

15 Agentes Biológicos - Insetos e Roedores Traças (Tisanuros ) Baratas (Blattoidea ) Roedores Cupins (

Traças (Tisanuros)

Baratas (Blattoidea)

Roedores

Traças (Tisanuros ) Baratas (Blattoidea ) Roedores Cupins ( Termitas ) Brocas ( Anobiideos) Para cada
Traças (Tisanuros ) Baratas (Blattoidea ) Roedores Cupins ( Termitas ) Brocas ( Anobiideos) Para cada
Traças (Tisanuros ) Baratas (Blattoidea ) Roedores Cupins ( Termitas ) Brocas ( Anobiideos) Para cada

Cupins (Termitas)

) Baratas (Blattoidea ) Roedores Cupins ( Termitas ) Brocas ( Anobiideos) Para cada agente biológico
) Baratas (Blattoidea ) Roedores Cupins ( Termitas ) Brocas ( Anobiideos) Para cada agente biológico

Brocas (Anobiideos)

Para cada agente biológico há um tratamento adequado.

16

16 TRAÇA
16 TRAÇA

TRAÇA

16 TRAÇA
16 TRAÇA

17

17 BARATA
17 BARATA

BARATA

17 BARATA
17 BARATA

18

18 CUPIM
18 CUPIM

CUPIM

18 CUPIM
18 CUPIM

19

19 BROCA
19 BROCA

BROCA

19 BROCA
19 BROCA

20

20 Agentes Humanos - Manuseio A ação do homem interfere na degradação do acervo, pelo manuseio
20 Agentes Humanos - Manuseio A ação do homem interfere na degradação do acervo, pelo manuseio

Agentes Humanos - Manuseio

20 Agentes Humanos - Manuseio A ação do homem interfere na degradação do acervo, pelo manuseio

A ação do homem interfere na degradação do acervo, pelo manuseio incorreto, armazenagem e acondicionamento.

pelo manuseio incorreto, armazenagem e acondicionamento. É preciso manter hábitos regulares de higiene no trato com
pelo manuseio incorreto, armazenagem e acondicionamento. É preciso manter hábitos regulares de higiene no trato com

É preciso manter hábitos regulares de higiene no trato com os documentos, orientando os usuários quanto à forma mais adequada de seu manuseio.

21

21 Agentes Humanos - Manuseio Rabiscar, dobrar, grampos, clipes, presilhas metálicas e fitas adesivas. Provocam danos
21 Agentes Humanos - Manuseio Rabiscar, dobrar, grampos, clipes, presilhas metálicas e fitas adesivas. Provocam danos

Agentes Humanos - Manuseio

21 Agentes Humanos - Manuseio Rabiscar, dobrar, grampos, clipes, presilhas metálicas e fitas adesivas. Provocam danos

Rabiscar, dobrar, grampos, clipes, presilhas metálicas e fitas adesivas.

Manuseio Rabiscar, dobrar, grampos, clipes, presilhas metálicas e fitas adesivas. Provocam danos irreversíveis ao papel.

Provocam danos irreversíveis ao papel.

22

22 Higienização de documentos Corresponde à limpeza de superfície ou seja retirada de poeira e outros
22 Higienização de documentos Corresponde à limpeza de superfície ou seja retirada de poeira e outros

Higienização de documentos

22 Higienização de documentos Corresponde à limpeza de superfície ou seja retirada de poeira e outros

Corresponde à limpeza de superfície ou seja retirada de poeira e outros resíduos estranhos aos documentos.

23

23 Higienização de documentos Para processos de longa guarda ou guarda permanente (que devem ser guardados,
23 Higienização de documentos Para processos de longa guarda ou guarda permanente (que devem ser guardados,

Higienização de documentos

23 Higienização de documentos Para processos de longa guarda ou guarda permanente (que devem ser guardados,

Para processos de longa guarda ou guarda permanente (que devem ser guardados, por exemplo, por quinze, trinta anos, ou para sempre) a higienização se torna fundamental.

(que devem ser guardados, por exemplo, por quinze, trinta anos, ou para sempre) a higienização se
(que devem ser guardados, por exemplo, por quinze, trinta anos, ou para sempre) a higienização se

24

24 Higienização de documentos É uma tarefa mecânica, feita a seco. É uma técnica que tem
24 Higienização de documentos É uma tarefa mecânica, feita a seco. É uma técnica que tem

Higienização de documentos

24 Higienização de documentos É uma tarefa mecânica, feita a seco. É uma técnica que tem

É uma tarefa mecânica, feita a seco.

É uma técnica que tem por objetivo reduzir a poeira, partículas sólidas, incrustações, resíduos de excrementos de insetos ou outras sujidades de superfície.

25

25 O que remover na higienização Além de remover a poeira, sempre que possível, retirar objetos
25 O que remover na higienização Além de remover a poeira, sempre que possível, retirar objetos

O que remover na higienização

25 O que remover na higienização Além de remover a poeira, sempre que possível, retirar objetos

Além de remover a poeira, sempre que possível, retirar objetos danosos tais como grampos, clipes e prendedores metálicos.

de remover a poeira, sempre que possível, retirar objetos danosos tais como grampos, clipes e prendedores
Como higienizar os documentos O trabalho exige um manuseio cuidadoso dos documentos. As folhas devem
Como higienizar os documentos
O
trabalho
exige
um
manuseio
cuidadoso
dos
documentos.
As folhas devem ser limpas com
trinchas e escovas macias.
As folhas devem ser viradas
com delicadeza.
Participar de treinamentos do SAUSP.
26

27

27 EPIs – Equipamentos de Proteção Individual São os dispositivos de uso pessoal destinados a resguardar
27 EPIs – Equipamentos de Proteção Individual São os dispositivos de uso pessoal destinados a resguardar

EPIs – Equipamentos de Proteção Individual

27 EPIs – Equipamentos de Proteção Individual São os dispositivos de uso pessoal destinados a resguardar

São os dispositivos de uso pessoal destinados a resguardar a saúde e a integridade física do trabalhador.

Devemos trabalhar sempre protegidos com avental, luva, máscara, toucas, óculos de

proteção e pró-pé/bota.

Devemos trabalhar sempre protegidos com avental, luva, máscara, toucas, óculos de proteção e pró-pé/bota .

28

28 EPIs – Equipamentos de Proteção Individual A não-utilização de EPIs durante a realização do trabalho,
28 EPIs – Equipamentos de Proteção Individual A não-utilização de EPIs durante a realização do trabalho,

EPIs – Equipamentos de Proteção Individual

28 EPIs – Equipamentos de Proteção Individual A não-utilização de EPIs durante a realização do trabalho,

A não-utilização de EPIs durante a realização do trabalho, pode acarretar diversas manifestações alérgicas, como rinite, irritação ocular, problemas respiratórios.

como rinite, irritação ocular, problemas respiratórios. Usando os EPIs, estaremos preservando a nossa saúde.

Usando os EPIs, estaremos preservando a nossa saúde.

29

29 COMISSÃO DE CONSERVAÇÃO Dione Seripierri – seripier@usp.br Fátima A. Colombo Paletta – fatima@bcq.usp.br
29 COMISSÃO DE CONSERVAÇÃO Dione Seripierri – seripier@usp.br Fátima A. Colombo Paletta – fatima@bcq.usp.br

COMISSÃO DE CONSERVAÇÃO

29 COMISSÃO DE CONSERVAÇÃO Dione Seripierri – seripier@usp.br Fátima A. Colombo Paletta – fatima@bcq.usp.br

Dione Seripierri – seripier@usp.br Fátima A. Colombo Paletta – fatima@bcq.usp.br Marina Mayumi Yamashita – marina@bcq.usp.br Vera Lúcia M. Accioli Cardoso – verlucia@usp.br

Bibliografia consultada:

MANUAL DE CONSERVAÇÃO PREVENTIVA DE DOCUMENTOS.

Paulo: EDUSP, 2005.

80p.

Thomé, L.; Remédio, M. A.; Cassares, N. C.

São

Treinamento: conservação

preventiva e higienização de documentos. São Paulo, 2002.

30

30 Os documentos são como nós: quando bem cuidados, envelhecem com dignidade e, também, como nós,
30 Os documentos são como nós: quando bem cuidados, envelhecem com dignidade e, também, como nós,
30 Os documentos são como nós: quando bem cuidados, envelhecem com dignidade e, também, como nós,
30 Os documentos são como nós: quando bem cuidados, envelhecem com dignidade e, também, como nós,

Os documentos são como nós: quando bem cuidados, envelhecem com dignidade e, também, como nós, têm uma história para contar

são como nós: quando bem cuidados, envelhecem com dignidade e, também, como nós, têm uma história
são como nós: quando bem cuidados, envelhecem com dignidade e, também, como nós, têm uma história