Sunteți pe pagina 1din 4

motiv@ção

edição 07

Faça do seu trabalho uma paixão

As 5 mentes do futuro

Por Karen Jardzwski

uma paixão As 5 mentes do futuro Por Karen Jardzwski A cada dia surge uma nova
uma paixão As 5 mentes do futuro Por Karen Jardzwski A cada dia surge uma nova

A cada dia surge uma nova pesquisa sobre o que fará a diferença para os profissionais no futuro. Mas

é tanta teoria, que muitas pessoas sentem-se perdidas, sem saber qual rumo seguir. Isso é comum e

acontece comigo, com você e com quem está ao seu redor. Qual é o melhor caminho a seguir? Não há uma fórmula mágica, mas fomos buscar em um livro de Howard Gardner e na experiência de duas empresas muito reconhecidas – Catho e Manager – algumas respostas sobre o que fará a diferença para os profissionais no futuro. Confira a seguir quais são as capacidades que você precisa desen- volver para garantir sua qualidade profissional.

O sucessO está em suas mãOs

O renomado psicólogo Howard Gardner é professor de cognição, diretor do Projeto Zero da Universida-

de de Harvard e se tornou mundialmente conhecido ao publicar a Teoria das inteligências múltiplas. Em seu livro Cinco mentes para o futuro, ele define as capacidades que terão ainda mais valor nos próximos anos e explica como trabalhar cada uma delas. Confira quais são essas cinco mentes:

© copyright - Editora Quantum - Todos os direitos reservados

motivaonline.com.br

|

1

edição 07 • Mente disciplinada – O domínio das principais escolas de pensamento (incluindo ciências,
edição 07 • Mente disciplinada – O domínio das principais escolas de pensamento (incluindo ciências,

edição 07

• Mente disciplinada – O domínio das principais escolas de pensamento (incluindo ciências, matemática e história) e de pelo menos uma habilidade profissional.

• Mente sintetizadora – A capacidade de integrar ideias de diferentes disciplinas ou esferas em um todo coerente e de transmitir essa integração para outras pessoas.

• Mente criadora – A capacidade de revelar e resolver novos problemas, questões e fenômenos.

• Mente respeitosa – A consciência e a compreensão das diferenças entre os seres humanos.

• Mente ética – O cumprimento das próprias responsabilidades como trabalhador e cidadão.

Na opinião de Jonas Tokarski, consultor de coaching da Manager Assessoria em Recursos Humanos, Gardner deixa claro que as cinco mentes não são como tijolos básicos que agrupamos para formar um todo, mas constituem-se de qualidades que serão mais valorizadas e úteis num futuro imediato: “Uma vez que o profissional de vendas é um indivíduo essencialmente comunicativo, é de se esperar que ele conheça o assunto e faça uso dessas informações para melhorar sua performance”. Dessa forma, Jonas explica como as mentes são necessárias e aplicáveis ao profissional de vendas:

Ter capacidade de síntese de pensamento e informações é um dever de qualquer profissional, dada

avalanche de literatura, relatórios e dados estatísticos a serem devorados. O que fazer com tudo isso? Uma agenda e organização ajudam muito.

a

O profissional deve estar disciplinado e focado no que se propõe – se você é vendedor, trabalhe para ser o melhor profissional da sua região.

A

mente criativa é a que favorece o uso de suas iniciativas para melhorar seu desempenho, buscar

novas propostas, aplicar prospecções em regiões desprezadas, antecipar aos clientes algumas no-

vidades e inovar no atendimento.

As duas últimas mentes, a ética e a respeitosa, são velhas conhecidas da nossa sociedade e também muito esquecidas, ignoradas e ridicularizadas. Porém, a realidade é esta: o verdadeiro profissional deve prezar, acima de tudo, seu caráter, sua honestidade e sua responsabilidade diante dos que o cercam. Aquele que se vale de artimanhas e manobras para tirar proveito dos outros em benefício próprio terá vida curta.

© copyright - Editora Quantum - Todos os direitos reservados

motivaonline.com.br

|

2

dinâmica de grupo

O melhor de mim

Por Redação Motivação

Como descobrir o que há de melhor em cada um de nós? Geralmente, é mais fácil apontar a qualidade e/ou o defeito do outro do que fazer isso consigo mesmo, não é verdade? Por isso, apresentamos a dinâmica “O melhor de mim” para você aprender, em grupo, o que existe de melhor em si mesmo e em seus colegas de trabalho, acompanhe:

objetivos

Proporcionar aos participantes uma autoavaliação.

Projetar a autoimagem, utilizando criatividade e recursos lúdicos.

Oferecer aos demais companheiros um pouco de si mesmo.

Estabelecer empatia entre os participantes.

a quem se destina Esta dinâmica é bastante proveitosa para grupos que já trabalham juntos há algum tempo e irão participar de treinamentos, viagens, congressos, projetos, etc. tempo previsto É realizada em duas etapas: no início (primeiro dia) e no fim do evento (último dia). Na primeira etapa, o tempo gasto fica em torno de 40 minutos e, na segunda, cerca de 1 hora. Material utilizado Cartolinas de cores variadas e suaves, revistas usadas, colas, tesouras, fitas gomadas e pincéis coloridos.

procediMentos 1ª etapa (início do evento)

• Colocar o material à disposição dos participantes e pedir a eles que construam um cartaz, utilizando todos os recursos, que retrate ou represente o melhor em cada um deles.

• Durante 40 minutos, aproximadamente, os participantes deverão usar toda a criatividade para elaborar nos cartazes, utilizando-se de frases e figuras, aquilo que diga ou sintetize o melhor que eles têm a oferecer.

• Ao ser concluído o exercício, o facilitador deve orientar cada participante

a fixar seu cartaz na parede.

• Os cartazes deverão permanecer afixados até o fim do evento.

2ª etapa (fim do evento)

• Os donos de cada cartaz devem retirá-los da parede e dizer para o grupo

o que significam.

• Em seguida, devem oferecer seu “melhor de mim” a um dos participantes da equipe, ressaltando o quanto aquela pessoa é especial e por que merece seu cartaz – naturalmente, a entrega tem de ser a mais solene e alegre possível, com abraços, beijos, etc.

• Escolher uma boa música de fundo para o momento de entrega dos cartazes.

• Se for possível, comentar sobre o sentimento de ter sido escolhido e/ou de estar preparando algo para alguém.

para saber mais título : S.O.S. dinâmica de grupo autores : Albigenor & Rose Militão

para saber mais título: S.O.S. dinâmica de grupo autores: Albigenor & Rose Militão editora: Qualitymark

© copyright - Editora Quantum - Todos os direitos reservados

copyright - Editora Quantum - Todos os direitos reservados edição 07 problemas pessoais no trabalho Por
copyright - Editora Quantum - Todos os direitos reservados edição 07 problemas pessoais no trabalho Por

edição 07

problemas pessoais no trabalho Por Redação Motivação “Eu tenho grande dificuldade para separar meus problemas

problemas pessoais no trabalho

Por Redação Motivação

“Eu tenho grande dificuldade para separar meus problemas pessoais do dia a dia profissional. O que posso fazer para não deixar que isso atra- palhe meu desempenho no trabalho?”

(leitor optou por não se identificar.)

Estabeleça limites para que os pro- blemas pessoais não interfiram no ambiente de trabalho. O primeiro passo é administrar bem o tempo, procurando reservar um espaço em sua agenda para lidar com questões familiares e financeiras. Segundo, procure manter uma postura altiva, autoconfiante, resiliente e bem-hu- morada diante de suas adversidades. Terceiro, escolha um bom amigo confidente e digno para compartilhar suas angústias e ansiedades; al- guém, antes de tudo, capaz de ou- vir e só depois emitir conselhos e opiniões. Finalmente, compartilhe seu problema com a companhia pa- ra que tenham ciência do momento especial pelo qual está passando. Comunique a seu superior hierár- quico que está diante de um confli- to pessoal, e irá solucioná-lo toman- do algumas providências.

tom coelho é formado em publicidade, economia e possui especialização em marketing pela Madia Marketing School e qualidade de vida no trabalho pela USP. Visite o site: www.tomcoelho.com.br

motivaonline.com.br

|

3

Moral da história

Auditório vazio

Por Redação Motivação

Um palestrante entrou em um auditório para ministrar uma palestra e, com surpresa, encontrou somente um ho- mem sentado na primeira fila.

Desconcertado, perguntou se devia ou não ministrar a palestra só para ele. O homem prontamente respondeu:

– Sou uma pessoa simples, não enten-

do dessas coisas. Mas se entrasse num galinheiro e encontrasse apenas uma galinha para alimentar, eu alimentaria essa única galinha.

O palestrante entendeu a mensagem e

deu a palestra inteira, conforme havia se preparado. Ao terminar, perguntou:

conforme havia se preparado. Ao terminar, perguntou: edição 07 – Então, gostou da palestra? E o
conforme havia se preparado. Ao terminar, perguntou: edição 07 – Então, gostou da palestra? E o

edição 07

havia se preparado. Ao terminar, perguntou: edição 07 – Então, gostou da palestra? E o homem

Então, gostou da palestra?

E

o homem respondeu:

Como lhe disse, sou uma pessoa simples, não entendo dessas coisas

mas se eu entrasse num galinheiro

e

só tivesse uma única galinha, não daria o saco de milho inteiro para ela.

Baseado em fábula do Metáforas.com

Moral da história para a vida prática

Tenha sempre um plano B – Uma das tarefas mais importantes em nossa vida profissional é saber mudar os planos quando a situação muda. Os clientes querem trabalhar com empresas que possuem estratégias. Todos têm um plano, mas nem todos sabem o que fazer quando ele não dá certo.

Trabalhe com inteligência e planejamento – Para ser estratégico, é preciso ir além, não se trata apenas de fazer exatamente o que os outros fazem de uma maneira mais eficaz. É necessário atuar de forma inteligente

e, principalmente, planejada.

Seja flexível – Às vezes, para atender às necessidades de nossos clientes, internos ou externos, é preciso mudar o curso de algumas atividades. Por isso, não imobilize os processos de trabalho.

© copyright - Editora Quantum - Todos os direitos reservados

motivaonline.com.br

|

4