Sunteți pe pagina 1din 49
OFICINA: Limpeza: Foco em Carregamento de Termolavadora e Lavadora Ultrasônica Coordenador: Ligia Garrido Calicchio

OFICINA: Limpeza: Foco em Carregamento de Termolavadora e Lavadora Ultrasônica Coordenador: Ligia Garrido Calicchio

São Paulo - 2012

Foco em Carregamento de Termolavadora e Lavadora Ultrasônica Coordenador: Ligia Garrido Calicchio São Paulo - 2012
Introdução
Introdução

A esterilização bem sucedida dos instrumentais cirúrgicos depende da limpeza, da embalagem utilizada e da esterilização. Nos últimos anos, a tecnologia de instrumentais avançou a passos largos com o desenvolvimento de novos métodos cirúrgicos, por exemplo, cirurgia minimamente invasiva (CMI). Esses instrumentais delicados são confeccionados com materiais especiais e de design complexo, portanto são itens caros e fáceis de serem danificados. Habilidade e cuidado são necessários para manipular, limpar, desinfetar, inspecionar, embalar e esterilizar esses instrumentais para reutilização.

Fatores que influenciam na Limpeza
Fatores que influenciam na Limpeza

DETERGENTES DETERGENTE NEUTRO – pH: 6 – 8 Limpeza efetuada pelos tensoativos Indicado para: Processo manual e automatizado DETERGENTE ALCALINO – pH: 10 – 12 Limpeza efetuada pelos tensoativos + alcalinidade Indicado para: Processo automatizado DETERGENTE ENZIMÁTICO – pH: 6 – 8 Limpeza efetuada pelos tensoativos + Enzimas Indicado para: Processo manual e automatizado

Fatores que influenciam na Limpeza
Fatores que influenciam na Limpeza

Eficácia de detergentes:

enzimáticos são amplamente

recomendados para a limpeza de produtos para saúde,

porque ajudam na remoção de proteínas, lípides e carboidratos.

se destacam por sua ação

dissolvente, promovem o deslocamento de resíduos. Removem os resíduos proteicos e gordurosos das superfícies.

Osde resíduos. Removem os resíduos proteicos e gordurosos das superfícies. Os detergentes detergentes alcalinos

Osde resíduos. Removem os resíduos proteicos e gordurosos das superfícies. Os detergentes detergentes alcalinos

detergentes

detergentes

alcalinos

Acessórios e artefatos para Limpeza
Acessórios e artefatos para Limpeza
Acessórios e artefatos para Limpeza
Importância da Limpeza
Importância da Limpeza

A limpeza é o passo fundamental no processamento dos materiais.

É uma atividade de natureza complexa cujo objetivo principal é evitar qualquer evento adverso relacionado ao uso de materiais.

A preocupação atual não é somente a transmissão de infecções e sim eventos adversos decorrentes de resíduos de produtos de limpeza.

Limpeza
Limpeza

Nenhuma limpeza única é suficiente para remover todos os tipos de sujeira ou é seguro para todos os materiais utilizados na fabricação de dispositivos médicos; Os fabricantes devem fornecer aos usuários protocolos de limpeza validados;

Limpeza Manual
Limpeza Manual

Limpeza manual: é limitada, sofre variações de técnicas entre profissionais, reduzindo a efetividade do processo; Recomenda-se que o processo seja descrito passo a passo com o objetivo de reduzir essas variações; Requer supervisão periódica para controlar as variações; Envolve a combinação de fricção com tecido, escovação, imersão e/ou fluxos com soluções de limpeza.

Limpeza Mecanizada
Limpeza Mecanizada
Limpeza Mecanizada Não existe a ação da escovação, é utilizada a combinação de produtos de limpeza,

Não existe a ação da escovação, é utilizada a combinação de produtos de limpeza, temperatura, tempo de processo e jatos de água com detergente enzimático.

Vantagem: Limpeza mecanizada sobre a manual, redução dos riscos com o pessoal e a padronização do processo de limpeza.

Materiais considerados difíceis de limpar:
Materiais considerados difíceis de limpar:
Materiais considerados difíceis de limpar: Lúmen longo e estreito (1mm de diâmetro); Múltiplos canais internos;

Lúmen longo e estreito (1mm de diâmetro); Múltiplos canais internos; Válvulas; Articulações; Superfícies Rugosas (ranhuras); Mecanismos de ativação de pinças; Conexões do tipo luer-lock; Tesouras e pinças laparoscópicas.

(ranhuras); Mecanismos de ativação de pinças; Conexões do tipo luer-lock; Tesouras e pinças laparoscópicas.
(ranhuras); Mecanismos de ativação de pinças; Conexões do tipo luer-lock; Tesouras e pinças laparoscópicas.
(ranhuras); Mecanismos de ativação de pinças; Conexões do tipo luer-lock; Tesouras e pinças laparoscópicas.
(ranhuras); Mecanismos de ativação de pinças; Conexões do tipo luer-lock; Tesouras e pinças laparoscópicas.
Materiais considerados difíceis de limpar:
Materiais considerados difíceis de limpar:

Uma vez definido os materiais de difícil limpeza é necessário elaborar protocolos detalhados sobre as formas de tratamento para cada tipo de material

de difícil limpeza é necessário elaborar protocolos detalhados sobre as formas de tratamento para cada tipo
de difícil limpeza é necessário elaborar protocolos detalhados sobre as formas de tratamento para cada tipo
de difícil limpeza é necessário elaborar protocolos detalhados sobre as formas de tratamento para cada tipo
de difícil limpeza é necessário elaborar protocolos detalhados sobre as formas de tratamento para cada tipo
de difícil limpeza é necessário elaborar protocolos detalhados sobre as formas de tratamento para cada tipo
Premissas básicas para eficácia da limpeza
Premissas básicas para eficácia da limpeza

O processo de limpeza deve iniciar Sala Cirúrgica

Segundo as funções do instrumentador:

Limpar o instrumental sujo de sangue ao ser recolocado na mesa ou entregue novamente à equipe médica.

instrumental sujo de sangue ao ser recolocado na mesa ou entregue novamente à equipe médica. (Marques
instrumental sujo de sangue ao ser recolocado na mesa ou entregue novamente à equipe médica. (Marques

(Marques & Pepe, 2001)

Premissas básicas para eficácia da limpeza
Premissas básicas para eficácia da limpeza

Sala cirúrgica – Circulante após a cirurgia:

Deve umedecer o material com detergente enzimático, logo após o término da cirurgia.

detergente enzimático, logo após o término da cirurgia. Espuma multi-enzimática, que previne a aderência da

Espuma multi-enzimática, que previne a aderência da matéria orgânica.

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Diferentes cirurgias necessitam de conjuntos especiais de instrumentais. Alguns instrumentais são maciços, curvos e outros são tubulares, com um ou mais canais. O objetivo fundamental da limpeza mecanizada de uma caixa cirúrgica é carregar, limpar, desinfetar e secar todos os instrumentais em um rack de limpeza - mesmo se alguns instrumentais precisarem ser manipulados separadamente.

todos os instrumentais em um rack de limpeza - mesmo se alguns instrumentais precisarem ser manipulados
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto para remoção de apêndice

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para remoção de apêndice
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para remoção de apêndice
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para remoção de apêndice
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada CONJUNTO PARA CIRURGIA DE BEXIGA
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada
CONJUNTO PARA CIRURGIA DE BEXIGA
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Afastadores abdominais

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Afastadores abdominais
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Afastadores abdominais
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Afastadores abdominais
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Afastadores abdominais
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto básico para articulação de quadril

Mecanizada Conjunto básico para articulação de quadril A pinça para osso deve ser desmontada antes da
Mecanizada Conjunto básico para articulação de quadril A pinça para osso deve ser desmontada antes da

A pinça para osso deve ser desmontada antes da limpeza.

quadril A pinça para osso deve ser desmontada antes da limpeza. Coloque as partes pequenas em

Coloque as partes pequenas em uma bandeja de trama fina.

quadril A pinça para osso deve ser desmontada antes da limpeza. Coloque as partes pequenas em
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto básico para articulação de quadril

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto básico para articulação de quadril
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto básico para articulação de quadril
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto para articulação de joelho

p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para articulação de joelho Puxe o parafuso. Gire o botão preto. Separe
p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para articulação de joelho Puxe o parafuso. Gire o botão preto. Separe
p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para articulação de joelho Puxe o parafuso. Gire o botão preto. Separe
p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para articulação de joelho Puxe o parafuso. Gire o botão preto. Separe
p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para articulação de joelho Puxe o parafuso. Gire o botão preto. Separe
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto para articulação de joelho – fixação de fêmur

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para articulação de joelho – fixação de fêmur
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para articulação de joelho – fixação de fêmur
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto para hérnia de disco

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para hérnia de disco
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para hérnia de disco
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para hérnia de disco
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para hérnia de disco
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Cirurgia da mandíbula
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Cirurgia da mandíbula
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Cirurgia da mandíbula

Cirurgia da mandíbula

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Cirurgia da mandíbula
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Cirurgia da mandíbula
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para catarata (faco )
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada
Conjunto para catarata (faco )
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para catarata (faco )
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para catarata (faco )
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para catarata (faco )
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para catarata (faco )
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto para catarata (faco )
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto básico para articulação do joelho

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto básico para articulação do joelho
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto básico para articulação do joelho
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Broca para medula óssea

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Broca para medula óssea
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Broca para medula óssea
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Broca para medula óssea
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto de Artroscopia

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de Artroscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de Artroscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de Artroscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de Artroscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Exame endoscópico da cavidade abdominal
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Exame endoscópico da cavidade abdominal

Exame endoscópico da cavidade abdominal

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Exame endoscópico da cavidade abdominal
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Exame endoscópico da cavidade abdominal
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Exame endoscópico da cavidade abdominal
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Exame endoscópico da cavidade abdominal
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Exame endoscópico da cavidade abdominal

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Exame endoscópico da cavidade abdominal
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Exame endoscópico da cavidade abdominal
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Kit de Laparoscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada
Kit de Laparoscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Kit de Laparoscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Kit de Laparoscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Kit de Laparoscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Kit de Laparoscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Kit de Laparoscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Kit de Laparoscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Kit de Laparoscopia
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada
Kit de Laparoscopia
Limpeza Ultra-sônica
Limpeza Ultra-sônica

O ultra-som age sobre a água, ocorrendo micro-implosões. Este efeito provoca a limpeza da superfície do material em contato com o meio líquido.

limpeza ultra-sônica será

A

eficaz se os canais e lumens internos estiverem com água.

em contato com o meio líquido. limpeza ultra-sônica será A eficaz se os canais e lumens
Limpeza Ultra-sônica
Limpeza Ultra-sônica

Para garantir que a água ocupe todos os espaços internos, é necessário que esta seja bombeada para dentro.

internos, é necessário que esta seja bombeada para dentro. O bombeamento não deve ser contínuo e
internos, é necessário que esta seja bombeada para dentro. O bombeamento não deve ser contínuo e

O bombeamento não deve ser contínuo e sim pulsátil, pois a ação do ultra-som é reduzida em 90%, tornando a limpeza ineficaz.

Limpeza Ultra-sônica
Limpeza Ultra-sônica

Estabelecer rotina de troca da solução de detergente;

Seguir

recomendações

do

fabricante

na

diluição

do

detergente;

Seguir orientações de limpeza e troca do filtro da lavadora.

do fabricante na diluição do detergente; Seguir orientações de limpeza e troca do filtro da lavadora.
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto básico de inspeção de ouvido

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto básico de inspeção de ouvido
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto básico de inspeção de ouvido
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto básico de inspeção de ouvido
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto básico de inspeção de ouvido
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto de Tímpano

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de Tímpano
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de Tímpano
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de Tímpano
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de Tímpano
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de Tímpano
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada
Conjunto de Tímpano
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de Tímpano
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto de composição do septo nasal

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de composição do septo nasal
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de composição do septo nasal
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de composição do septo nasal
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza
Mecanizada

Conjunto de material respiratório

Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de material respiratório
Exemplos de Carregamento p/ Limpeza Mecanizada Conjunto de material respiratório
Resolução - RDC nº 15, de 15 de março de 2012.
Resolução - RDC nº 15, de 15 de março
de 2012.

Tem o objetivo de estabelecer os requisitos de boas práticas para o funcionamento dos serviços que realizam o processamento de produtos para saúde visando à segurança do paciente e dos profissionais envolvidos.

Art.76- No CME classe II, a limpeza dos produtos para saúde, seja manual ou automatizada, deve ser avaliada por meio da inspeção visual com o auxílio de lentes intensificadoras de imagem e, quando indicado, complementado por testes químicos disponíveis comercialmente.

Exemplos de Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza
Exemplos de Testes Usados para Verificação
da Eficácia de Limpeza
de Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza Teste para detecção de resíduos de proteína
de Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza Teste para detecção de resíduos de proteína
de Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza Teste para detecção de resíduos de proteína
de Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza Teste para detecção de resíduos de proteína

Teste para detecção de resíduos de proteína originários de sangue e tecidos humanos. Opção de tempo de 15 ou 45 minutos para detecção de pequenas quantidades de proteína, indicando a eficiência do processo de limpeza dos instrumentos cirúrgicos. O resultado dos testes é baseado HTM2030 e ISO15883.

a eficiência do processo de limpeza dos instrumentos cirúrgicos. O resultado dos testes é baseado HTM2030
Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza
Testes Usados para Verificação
da Eficácia de Limpeza

Teste para monitoramento de presença de sangue em superfícies

Método de teste em conformidade com a norma EN ISO

15883

Método de teste em conformidade com a norma EN ISO 15883 • Reação enzimática para rápida

Reação enzimática para rápida alteração de cor e baixo limite de detecção; Alteração de cor para azul esverdeado indicando resíduo de sangue até 0,1 μg dentro de 30 segundos; Detecta resíduos de sangue em instrumentais e superfícies.

resíduo de sangue até 0,1 μg dentro de 30 segundos; • Detecta resíduos de sangue em
Recomendações: Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza
Recomendações: Testes Usados para
Verificação
da Eficácia de Limpeza
Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza • Preferencialmente Diário; • Elencar os dispositivos

Preferencialmente Diário;

Elencar os dispositivos críticos; d

Acompanhar os resultados;

Elaborar um indicador mensal para acompanhamento dos

eg strar os resu ta os

R

i

l

d

os testes;

resultados;

Realizar processos de melhorias quando necessário;

Divulgar os resultados aos colaboradores para que eles participem dos processos.

Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza
Testes Usados para Verificação
da Eficácia de Limpeza

Lavadoras podem ser avaliadas quanto a eficácia de limpeza usando-se dispositivos para testes de superfície ou para teste de lumens.

ser avaliadas quanto a eficácia de limpeza usando-se dispositivos para testes de superfície ou para teste
ser avaliadas quanto a eficácia de limpeza usando-se dispositivos para testes de superfície ou para teste
Exemplos de Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza
Exemplos de Testes Usados para Verificação
da Eficácia de Limpeza
de Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza -testes de lúmen -teste de superfície -teste
de Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza -testes de lúmen -teste de superfície -teste

-testes de lúmen

Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza -testes de lúmen -teste de superfície -teste de
-teste de superfície -teste de superfície
-teste de superfície
-teste de superfície
Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza Existe testes para lavadoras, com formulação química
Testes Usados para Verificação
da Eficácia de Limpeza
Existe testes para lavadoras, com
formulação química atóxica,
contendo materiais que simulam
as características de sangue
presente nos instrumentais.
Permite avaliar de forma fácil e
rápida a eficácia do processo de
lavagem. É uma mistura
pronta e acondicionada em
recipientes, que contém um pincel
próprio para aplicação.
Testes Usados para Verificação da Eficácia de Limpeza
Testes Usados para Verificação
da Eficácia de Limpeza

Existem testes que monitora o nível de energia ultra-sônica durante a limpeza dos instrumentais cirúrgicos. É também utilizado para avaliar o desempenho dos transdutores de frequência durante o teste funcional.

o desempenho dos transdutores de frequência durante o teste funcional. Solução Indicadora Núcleo para Cavitação
o desempenho dos transdutores de frequência durante o teste funcional. Solução Indicadora Núcleo para Cavitação
o desempenho dos transdutores de frequência durante o teste funcional. Solução Indicadora Núcleo para Cavitação
Solução Indicadora Núcleo para Cavitação
Solução Indicadora
Núcleo para Cavitação
Considerações Finais
Considerações Finais

A era em que usuários não tinham possibilidade de documentar a eficácia de limpeza de métodos manuais e automatizados está chegando ao fim. Os testes existentes para avaliar a eficácia da limpeza devem ser uma exigência das instituições de saúde para garantir a segurança do paciente.

a eficácia da limpeza devem ser uma exigência das instituições de saúde para garantir a segurança
Muito Obrigada
Muito Obrigada

CME

Telefone: 11 38215367 e-mail: ligia.calicchio@samaritano.org.br

São Paulo - 2012

Muito Obrigada CME Telefone: 11 38215367 e-mail: ligia.calicchio@samaritano.org.br São Paulo - 2012