Sunteți pe pagina 1din 7

DecênciadaManutençãoeVerticalidadeVerdade,PelaanosONZE

PUB.
PUB.
PUB. UM JORNAL POR FAX Ano X, Maputo, sexta-feira, 23.08.2013 Nº

UM JORNAL POR FAX

Ano X, Maputo, sexta-feira, 23.08.2013 Nº 2873

PUB. PUB.
PUB.
PUB.
PUB.
PUB.

Experiência de má memória que vem do Distrito de Palma

- O CTV deplora e repudia esta ocorrência e está já a encetar diligências, junto das entidades competentes, para o esclarecimento da mesma,com vista ao apuramento de responsabilidades e melhoria do ambiente e relações de trabalho com todos os seus parceiros -

(Maputo) A Directora- Geral(DG) do Centro Terra (CTV), Alda Salo- mão - uma organização não-governamental de estudos e advocacia

ambiental - foi, esta se-

mana(20 de Agosto)

vada do seu local de

le-

hospedagem na Vila Sede do Distrito de Palma, província de Cabo Delgado, norte de Moçam- bique, por um grupo de três agen- tes da Polícia da República de Moçambique (PRM) para a es- quadra local da corporação, ale- gadamente por ordens do Co- mandante distrital da PRM, acu-

sada de incitamento à violência e desacatos à ordens mas, quan- do interrogada pelo chefe das Operações da PRM, esta disse ter recebido uma queixa do Se- cretário Permanente Distrital, Abdul Chafim Cartela Piconês. Conforme o oficial da PRM, a

continua pag 5

OUTUBROUTUBROUTUBROUTUBROUTUBROOOOO PRÓXIMO:PRÓXIMO:PRÓXIMO:PRÓXIMO:PRÓXIMO: AR debate proposta

da Lei de Sindicalização na Função Pública

rante a XIIIª sessão ordinária do Conselho de Ministros, que teve lugar em Abril passado em Ma - puto e presumia-se que a mesma fosse debatida na sessão extra- ordinária de Agosto corrente, fac- to que não aconteceu pois, ale - gou-se que no aspecto tocante

(Maputo) A Assem- bleia da República (AR)dabate em Outubro próximo, a Proposta de Lei de
(Maputo) A Assem-
bleia da República
(AR)dabate em Outubro
próximo, a Proposta de
Lei de Sindicalização na
Função Pública, um ins-
trumento que estabelece
o regime jurídico para o

exercício da liberdade sindical neste sector de actividade, isto após entendimento havido em Julho último, entra a PAR, Veró - nica Macamo e Organização dos Trabalhadores de Moçambique- Central Sindical(OTM-CS). A proposta foi aprovada du-

PUB.
PUB.
PUB.
PUB.

ao seu âmbito, não estava a co- lher a aprovação da Comissão de Administração Pública, Poder Lo- cal e Comunicação Social (CAPPLCS), que alertou sobre o ris co da mesma, poder violar ou- tros direitos dos cidadãos consa- grados na Constituição da Repú- blica. Por exermplo, em entrevista con cedida, o Secretário-Geral do SI NAFP, Elizário Maússe, confir- mou que o Governo depositara na AR a proposta de lei da sindi- ca lização da Função Pública, mas que depois de analisada pe- la CAPPLCS constatou-se que existem na mesma, aspectos que entram em choque com a Lei mãe (Constituição da República) e que era preciso encontrar formas de eliminar essas inconstitucionali- dades sem forçar o proponente a acatar a visão do Parlamento. De acordo com Elizário Maús- se, “a PAR informou-nos que o Governo e o Parlamento vem mantendo encontros no sentido de procurar caminhos para a eli- minação das inconstitucionalida- des constantes da Lei de sindica-

lização da Função Pública e as- segurou-nos que a mesma será discutida na sessão de Outubro próximo pois, não haveria espaço na sessão extraordinária de Agosto”, apenas reservada ao de- bate e aprovação do orçamento rectificativo para 2013, do Esta- tuto do Médico, Leis do Conselho Superior da Magistratura Judicial, Lei Orgânica da Jurisdição Admi- nistrativa e proposta de Lei do Estatuto do Prestador do Serviço Cívico de Moçambique. Maússe aclarou ainda que nes- te momento a lei não se encontra no parlamento, mas sim com o Governo para a harmonização dos aspectos que são objecto de discórdia.

OTM-CSOTM-CSOTM-CSOTM-CSOTM-CS Para o Secretário Geral da OTM-CS, Alexandre Munguambe, é do interesse dos Sindicatos que se aprove a Lei na Sessão de Ou- tubro, nem que seja nos termos em que se encontra, restrita ou não, pois a mesma mexe com um maior segmento populacional. Na opinão do nosso interlocu-

tor, a sindicalização na Função Pública em Moçambique, “pode-

rá não abranger todos os funcio-

nários e agentes que trabalham nesse sector de actividade, caso não seja alterada a proposta de

lei sobre essa matéria submetida

a Assembleia da República pelo Governo”, melhor, a proposta de Lei da Sindicalização na Função Pública, já nas mãos do Governo, “não abrange ainda os funcioná- rios com nomeação provisória; aposentados, expulsos ou demi-

tidos; em gozo de licença ilimitada

e registada; bem como os agen-

tes com contrato por tempo deter- minado”. Igualmente, o artigo três desta Lei indica que “não são abrangi- dos pela sindicalização, os fun- cionários que ocupem cargos de direcção, chefia e de confiança; aqueles com funções e carreira di- plomática e de inspecção; bem como os dirigentes superiores do Estado e entidades nomeadas pelo Presidente da República”.~ Recordar que a proposta de lei de sindicalização da Função Pú- blica, fundamenta-se no artigo 86

PUB. PUB.
PUB. PUB.

Maputo, 23.08.2013

vertical nº 2873, pag.2/7

da Constituição da República, que consagra a liberdade sindical, e no artigo 76 do Estatuto Geral dos Funcionários e Agentes do Estado (EGFAE). (redacção)

Vodacom presente na FACIM 2013

(Maputo) A Vodacom, é nova- mente, a patrocinadora oficial na aréa das telecomunicações, do maior evento nacional, a decorrer, entre os dias 26 de Agosto e 1 de Setembro, na cidade de Maputo. Trata-se da 49ª Edição da FACIM (Feira Internacional de Maputo), evento que reúnirá a partir ´da pró- xima segunda-feira expositores nacionais e internacionais. Assim, a Vodacom vai - mais uma vez - associar-se ao evento que reúne as maiores empresas nacionais e Internacionais, atra- vés de um forte apoio financeiro, que permitirá reforçar a sua po- sição enquanto operadora e esta 49ª edição da FACIM, irá disponi- bilizar equipamentos de trans- missão de dados sem fios, mo- dems, acesso gratuito à Internet, etc. Conforme Salimo Abdula, Pre- sidente do Conselho de Adminis-

Conforme Salimo Abdula, Pre- sidente do Conselho de Adminis- Tradutor e Intérprete Oficial Ajuramentado

Tradutor e Intérprete Oficial Ajuramentado Português-Inglês-Português Sworn Translator and Interpreter Rua Particular à Avenida 24 de Julho Nº 10, R/CTel: + 258 84 2499893 - Email:

jorge.uamusse@tvcabo.co.mz Maputo, Moçambique

PUB.

jorge.uamusse@tvcabo.co.mz Maputo, Moçambique P U B . entre vários agentes comerciais e económicos que a FACIM

entre vários agentes comerciais

e económicos que a FACIM pro-

porciona contribui para estimular

o consumo e a integração econó-

mica de Moçambique, conferin- do-lhe destaque internacional e, obviamente, a Vodacom não po- deria deixar de apoiar este acon- tecimento". Recordar que a FACIM é a maior Feira Internacional de Mo- çambique e teve a sua origem em 1964, assumindo-se como uma feira comercial, onde, num espa- ço privilegiado, se unem produto- res, vendedores, investidores, im- portadores, exportadores, com- pradores, entre outras figuras activas nas actividades comer- ciais e económicas do país, com destaque para a exibição das po- tencialidades de cada provincia do País. (redacção)

tração da Vodacom, “a

presença da Vodacom num dos maiores eventos empresariais realizados em território nacional, sustenta uma das premissas da marca de se associar a projectos que permitem contribuir para o enri quecimento do país através da proliferação e troca de expe- riências, com o objectivo máximo de trazer mais investimento e, consequentemente, colocar o País na rota das maiores potên- cias mundiais”. Por exemplo, no sentido de re- for çar a sua presença na 49ª edi- ção da FACIM 2013, a operadora vai também estar presente com um stand de exposição, onde os visitantes terão a oportunidade de interagir com a marca, através da demonstração de produtos e ser- viços e, se for o caso, também po- derão esclarecer as suas dúvidas e segundo o PCA, “este encontro

MAPUTMAPUTMAPUTMAPUTMAPUTOOOOO CIDCIDCIDCIDCIDADE,ADE,ADE,ADE,ADE, PRPRPRPRPROOOOOVÍNCIAVÍNCIAVÍNCIAVÍNCIAVÍNCIA EEEEE INHAMBINHAMBINHAMBINHAMBINHAMBANE:ANE:ANE:ANE:ANE:

Guebuza em Presidência Aberta e Inclusiva

(Maputo) O Presidente da Re- pública(PR), Armando Emílio Guebuza efectua, de 23 a 26 de Agosto de 2013 uma visita de tra- balho à província de Maputo, de 27 a 30 de Agosto à província de

Gaza e de 02 a 06 de Setembro à Província de Inhambane, no prosseguimento do seu programa da Presidência Aberta e Inclusiva edição 2013. Conforme dados facultados, a

Presidência Aberta e Inclusiva, tem como propósitos, acompa- nhar e avaliar a implementação dos programas de governação tais como: “O Plano Quinquenal do Governo, o Plano Económico

PUB.
PUB.

Maputo, 23.08.2013

vertical nº 2873, pag.3/7

2345678

 

234

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

TERMÓMETROTERMÓMETROTERMÓMETROTERMÓMETROTERMÓMETRO

Hoje,céu predominantemente coberto.Temperaturas.: Max.23 Min.15. Amanhã ,céu

limpo.Temperaturas.:Máx,31

Min. 16. Domingo,céu parcialmente limpo.Tem- peraturas:Máx. 25.Min.14.Segunda-feira, céu parcialmente limpo.:Máx.27Min

15.Fonte:http://weather.-

No prelo Caros automobilistas: Evite aci-

dentes de viação! Para e repense. 26 de Agosto a 1 de Setembro, 49ª edição da Feira Internacional de Maputo(FACIM), lema: “Ex- pandindo o Horizonte dos seus Negócios Optimizando Siner- gias”.7 de Setembro, Dia da Vi- tória e dos Acordos de Lusaka. 25 de Setembro, Dia das Forças Armadas de Defesa de Moçam- bique(FADM). 4 de Outubro, Dia

da Paz e dos Acordos Gerais de Roma(Itália). 12 de Outubro, Dia do Professor moçam- bicano. 16 a 18 de Outubro,

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

2345678

IV

DA

puto. 10 de Novembro, dia

do Município de Maputo, capi-

Congresso sobre HIV/SI-

da CPLP, a decorrer em Ma-

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

234

tal

zembro, Dia Mundial de Luta

de Moçambique. 1º de De-

234

234

234

234

234

234

 

234

contra o HIV/SIDA. 25 de De- zembro, celebração do Natal e

234

234

234

234

234

edition.cnn.com

dia

da Família moçambicana.

234

234

234

 

e

Social 2012 e o Plano de Acção

sociais. Já na província de Gaza, o ponto de entrada será o Distrito de Chibuto e visitará sucessiva- mente os distritos de Chibuto, Chi- gubo, Chicualacuala e Bilene e no 1º de Setembro, dirige, em Ma- queze, no distrito de Chibuto, as cerimónias centrais alusivas ao 40º Aniversário da morte do Herói Nacional, Fernado Tivane. E, por últimno, na província de Inhambane, o Presidente da Re- pública vai visitar os distritos de Zavala, Maxixe, Funhalouro e Go- vuro. Recordar nesta deslocação, o Presidente Armando Guebuza far- se-á acompanhar pelos ministros dos Negócios Estrangeiros e Coope ração(MNEC), Oldemiro

para a redução da pobreza”, além de consolidar a valorização da Unidade Nacional, Cultura de Paz

e

auto-estima bem como aprofun-

dar a cultura de governação par- ticipativa através do diálogo com os dirigentes locais e a popula- ção. Assim, no dia 23 de Agosto, Armando Emílio Guebuza, chega

à

cidade da Matola, na Província

de Maputo, e escala sucessiva- mente os distritos da Matola, Na- maacha, Magude e Marracuene e

neste ponto do País, tem progra- mado comícios populares, en- con tros com os governos locais, commembros dos Conselhos Consultivos, bem como visitas a empreendimentos económicos e

 
  UM JORNAL POR FAX
  UM JORNAL POR FAX
  UM JORNAL POR FAX
  UM JORNAL POR FAX
  UM JORNAL POR FAX
  UM JORNAL POR FAX
  UM JORNAL POR FAX
  UM JORNAL POR FAX

UM JORNAL POR FAX

 

RENORENORENORENORENOVVVVVAÇÕESAÇÕESAÇÕESAÇÕESAÇÕES EEEEE NONONONONOVVVVVASASASASAS ASSINASSINASSINASSINASSINAAAAATURASTURASTURASTURASTURAS 20132013201320132013

Lembramos aos nossos estimados assinantes e anunciantes, que já estão abertas novas assinaturas para 2013. Os pagamentos são efectuados em cheque. Para informações adicionais, contactar o Gerente da empresa, Senhor Zacarias do Couto: celulares 82 83 69 710 ou 82 97 76 533 ou 84 01 52 631/3 e/ou por E-Mail: vertical @ tropical.co.mz e mesmo directamente nos nossos escritórios, sitos na Avenida Amílcar Cabral, nº 412, Bairro Central, Maputo - Moçambique. O Editor

Baloi; da Administração Esta- tal)MAE), Carmelita Namachulua; n a Presidência para Assuntos Parlamentares, Autárquicos e das Assembleias Provincias, Adelai- de Amurane; da Mulher e Acção Social, Yolanda Cintura; da Ju-. ventude e Desporto Fernando Sumbana e pelos vice-ministros do Interior, José Mandra; da Saú- de, Nazira Abdula; das Obras Pú- blicas e Habitação, Francisco Pe- reira e da Educação, Itai Meque e quadros da Presidência da Re- pública e de vários Ministérios.~

(redacção)

CÂMBIOS/USD 22.08.2013 - Nova Iorque Moeda compra Coroa/D 5.59 Coroa/N 6.07 Coroa/S 6.58 Euro 0.74
CÂMBIOS/USD
22.08.2013
- Nova Iorque
Moeda
compra
Coroa/D
5.59
Coroa/N
6.07
Coroa/S
6.58
Euro
0.74
Iene
98.24
Libra/GB
0.64
Rand
10.37
Real
2.45
(fonte: pt.exchange-s.org/
converter/USD/JPY/1)
Real 2.45 (fonte: pt.exchange-s.org/ converter/USD/JPY/1) UM JORNAL POR FAX Um jornal por Fax: Proprietário -

UM JORNAL POR FAX

Um jornal por Fax: Proprietário - Repórteres Associados Lda.; GABINFO-Dispensa do registo-DE-2001 Editor:

Victor Matsinhe; Av. Amílcar Cabral nº 412 - Maputo, Moçambique, Celular- 82-97 76 533/84 0152 631/3 e/ou 82 - 83 69 710 E-mail: vertical@tropical.co.mz;zacariasdocouto@hotmail.com;djamissanematsinhe@hotmail.com; victorandropov@gmail.com - Assinaturas mensais: - ordinária: 650 Mt; institucional: 1.250 Mt; embaixadas e ONGs estrangeiras: 1.500 Mt e; outras moedas ao câmbio do dia. NUIT: 400096686

estrangeiras: 1.500 Mt e; outras moedas ao câmbio do dia. NUIT: 400096686 Maputo 23.08.2013 vertical nº

Maputo 23.08.2013

vertical nº 2873, pag.4/7

continuaão da pag.1

Directora-Geral da CTV teria inci- tado as comunidades das zonas afectadas pela construção de in- fra-estruturas do projecto de gás do Rovuma, nomeadamente em Quitupo, a "desafiarem" as auto- ridades, ao exigirem informação completa sobre os métodos das consultas encetadas pelo Gover- no e pela empresa Anadarko, re- lativas à remoção das popula- ções locais desta localidade e seu reassentamento em outras lo- calidades. De acordo com o chede de Operações da PRM na Vila-Sede do Distrito de Palma, as comuni- dades locais têm estado “agita- das” e exigindo explicações ao Governo, sobre os seus direitos à terra, algo que não acontecia an- tes da CTV divulgar a legislação relevante, sobre a terra e o ambi- ente. E, em face de tais factos, as autoridades policiais locais exi- giam à Directora Geral da CTV a exibição da credencial que auto- riza a organização a trabalhar com as comunidades locais. Porém, uma nota de imprensa da CTV, refere que a organização assinou um memorando de enten- dimento com a Comunidade de Quitupo, para lhe prestar asses- soria jurídica sobre os processos de consulta com o Governo e a empresa Anadarko, em torno da sua remoção do local e reassen- tamento em outras localidades, para dar espaço à construção de infra-estruturas de liquefacção do gás do Rovuma, prevista a iniciar por volta de 2018. Salientas-e que em iniciativas recentes de consultas com o Go- verno, a comunidade de Quitupo ter-se-á recusado a pronunciar-se na ausência dos seus parceiros da CTV, facto que terá provocado a ira das autoridades distritais, que decidiram convocar a Direc- tora-Geral da organização, inti-

Maputo,23.08.2013

Experiência de má memóiria que vem do Distrito de Palma

mando-a a interromper a sua as- sistência técnica às populações locais. Assim, pelas seis horas da manhã desta terça-feira(20 de Agosto do ano em curso), a Di- rectora- Geral do Centro Terra Vi- va-Estudos e Advocacia Ambi- ental (CTV), Alda Salomão, que se encontrava na Vila sede do Distrito de Palma, Província de Cabo-Delgado, em missão de serviço, foi conduzida à Esqua- dra da PRM acusada de desa- cato à lei e ordem e incitação à violência. O argumento apresentado pe- la Polícia, no interrogatório, que durou cerca de vinte e cinco mi- nutos, foi o de que o Secretário Permanente Distrital, Abdul Cha- fim Cartela Piconês, instruiu-a a interrogá-la e exigir que a acu- sada apresente uma credencial que autoriza a sua instituição a operar naquele distrito. Para os agentes da corpora- ção, a medida foi tomada após aquele governante ter, alegada- mente, constatado que as reu- niões do Governo com as comu- nidades afectadas pelo projecto de exploração do gás natural, da Anadarko e ENI, estavam a cor-

rer mal desde que o CTV divul- gou e distribuiu, pelos membros das comunidades que serão afectadas pelo mesmo, cópias con- tendo

extractos da legislação am- biental e de terras, mostrando os direitos

e deveres dos cidadãos em

relação à terra e a outros recur- sos naturais. O interrogatório foi conduzido pelo chefe das Operações da Es- quadra local e por um membro dos Serviços de Inteligência e Segu- rança do Estado (SISE). Refira-se que o CTV presta, desde o início do presente ano, as- sessoria jurídica às comunidades directa e/ou indirectamente afecta- das pelo projecto de exploração de hidrocarbonetos naquele ponto da Província de Cabo-Delgado, pres- tada especialmente à comunidade de Quitupo, ao abrigo de um Me- morando de Entendimento estabe- lecido com esta comunidade, a pri- meira a ser abrangida pela deci- são de reassentamento por causa

do projecto.

Importa referir ainda que o admi- nistrador do Distrito de Palma, Pe- dro Romão Jemusse, tomou co- nhecimento, formalmente, da exis- tência deste Memorando, tendo aposto a sua assinatura.(redacção)

deste Memorando, tendo aposto a sua assinatura. (redacção) Nhlamanculo recebe USD 1.8 milhões para Saneamento vertical

Nhlamanculo recebe USD 1.8 milhões para Saneamento

vertical nº2873 pag.5/7

Assassinato na Ka Tembe

(Maputo) Um cidadão portu- guês - criador de aves- foi barba- ramente assassinado na madru- gada de ontem na sua residência no Distrito Municipal da Ka Tem- be, segundo o porta-voz da PRM na Cidade de Maputo, Orlando Mudomane. De acordo com o porta-voz da da PRM na cidade de Maputo, o caso deu-se quando um individuo conhecido na região como "pilha-

galinhas" tentou assaltar a resi- dência do português. Orlando Mudomane disse que o cidadão português, de de 60 anos, "foi assassinado por um in- divíduo que tem a fama de roubar galinhas, já que ele (o português) era criador de aves". A fonte da PRM acrescentou que o criador de aves tentou sem sucesso “enfrentar o ladrão, mas este desferiu-lhe golpes à

facada”. Os residentes da Ka Tembe

tentaram socorrer a vítima durante

o assalto, mas o ladrão fugiu, ten- do sido encontrado tempo depois

e levado para uma Esquadra da

PRM na Ka Tembe. Contudo, segundo relatos, hou-

ve tentativa de lichanmento contra

o suposto landrão, de acordo com Orlando Mudomane. (A.M)

Mugabe prestou juramento para o sexto mandato

(Harare) O Presidente do Zim- babwe, Robert Mugabe prestou, juramento ontem(quinta-feira) pa- ra o seu 6º mandato na condução dos destinos daquele País da SADC, numa cerimónia que de- correu no Estádio Nacional dos Desportos(National Sport Sta- dium). Robert Mugabe, de 89 anos e no poder há mais de 30 anos jurou “cumprir, fazer respeitar e defen- der a Constituição do Zimbabwe, e todas as Leis" do país, perante milhares de partidários da ZANU/ PF. Referir que Robert Mugabe venceu a 1ª volta das presiden- ciais de 31 de Julho últimi com 61% dos votos, contra 34% do seu

principal rival Morgan Tsvangirai. Contudo, Tsvangirai protestou os resultados eleitorais e o seu porta-voz, Luke Tamborinyoka já havia revelado que o líder da opo- sição zimbabweana não iria com- parecer na “querer que Tsvangirai compareça à posse é como que- rer que a vítima de um roubo com- pareça à festa organizada pelo la- drão", melhor, “não pode compa- recer à festa de um ladrão", uma referência implícita, que dá conta de que Robert Mugabe terá fal- seado o pleito eleitoral mas, ana- listas referem que Morgan Tsvan- girai está a pagar caro pelo facto de nos últimos anos ter permitido a criação do Governo de Unidade Nacional que gerou a crise do

Correspondência
Correspondência

País nestes últimos três anos.

GUEBUZAGUEBUZAGUEBUZAGUEBUZAGUEBUZA NANANANANA POSSEPOSSEPOSSEPOSSEPOSSE Entretanto, o Presidente da República de Moçambique, Ar- mando Guebuza foi um dos con- vidados que na companhia dos diversos Chefes de Estado e de Governo testemunharam ontem a investidura de Robert Mugabe, para mais um mandato de 5 anos no Zimbabwe. Conforme dados facultados pela Presidência da República moçambicana, acompanharam o Estadista, os ministros dos Negó- cios Estran- geiros e Cooperação e da Defe- sa Nacional, respecti- vamente, Oldemiro Baloi e Filipe Nyusi. (redacção)

Alienação de Acções da Societá Ionica Gas S.p.A/Eni East África, a favor do CNODC Ducth Cooperatief U.A., na Área 4 da Bacia do Rovuma*

1.Nos termos do parágrafo 3 do Comunicado n.º3 sobre a alienação de 28,571% das acções detidas pe- la Societá Ionica Gas S.p.A, na Eni East Africa, cor- respondentes a 20% do interesse participativo na Área 4 da Bacia do Rovuma, a favor da CNODC Ducth Cooperativief, U.A., foi comunicado que: "concluída a operação de receitação fiscal, a Autoridade Tri-

butária ficará disponível, em tempo útil, para comu- nicação pública sobre o valor creditado a favor do Estado".

2. Estando em curso diligências visando a efectiva

receitação nos termos de lei e a clarificação do respectivo algoritmo de apuramento do Imposto, a comunicação oficial e final sobre a presente alie-

Maputo, 23.08. 2013

vertical nº 2873, pag.6/7

nação aos Órgãos de Comunicação Social, será

tornada pública no dia 28 de Agosto corrente, nas Instalações da Autoridade Tributária de Moçam- bique.

3. Tornamos público que as discussões para o apu-

ramento do Imposto a pagar por lei, não tiveram

qualquer intermediação, nem interferência de Órgão de Soberania, limitando-se a participação solidária e exclusiva dos representantes dos Ministérios das Finanças, Recursos Minerais e de Energia.

4. Assim, qualquer especulação sobre eventuais

negociações prévias em torno do assunto, evolvendo determinados Órgãos de Soberania, não tem qual-

quer fundamento, por nos pautarmos, sempre, pelo princípio de isenção e integridade, na interpretação e execução da legislação fiscal, como sucedeu em operações precedentes. 5. Reiteramos, que a Autoridade Tributária de Moçambique manterá, sempre, o compromisso firme de prosseguir as acções de cumprimento dos impe- rativos do Direito Tributário Moçambicano, rela- tivamente às transacções envolvendo ganhos de ca- pital, em estreita parceria com todas as entidades relevantes. Todos Juntos Fazemos Moçambique *Autoridade Tributária de Moçambique

MOREMOREMOREMOREMORE JJJJJAZZAZZAZZAZZAZZ SERIES:SERIES:SERIES:SERIES:SERIES: A era dos vencedores

(Maputo) A realização do Festi- val More Jazz Series é positiva, segundo afirmou ontem em Ma- puto, a margem da conferência de imprensa sobre a realização do terceiro More Jazz a ter lugar hoje e próxima semana, com a participação dos músicos, Isabel Novella, Moreira Chonguiça, Or- lando Conceição e Jonathan Bu- tler. A título de exemplo, Jonathan Butler anunciiu a construção da sua casa em Moçambique, con- cretamente no Distrito Municipal da Ka Tembe, cujo passos con- cretos dará, brevemente, quando voltar para uma estadia de três se- mana, num trabalho de parceria com Moreira Choguinça.

Sobre o Festival, o músico Mo- reira Chonguiça disse que “acre- ditamos que temos que começar de pequenos", sublinhando que "apostamos na qualidade e per- feição" e, em jeito de conclusão, referiu que “os concertos enqua- dram-se na promoção do turismo cultural”, dando exemplo da pre- sença de Butler e que “contribuirá para vinda de mais artistas". Por seu turno, o professor Or- lando Conceição, considerado pai de Chonguiça que, terá contribuido na sua formação do artista, considerou que esta é ra dos vencedores, ou seja, "hoje é um grande orgulho. Confesso que é uma grande honra, orgulho ao lado do vencedor. O tempo passa

e não sabemos o que acontece.

Sou da geração dos vencedores. Ele(Chonguiça) também é ". Sobre expectativas do Festival, Orlando Conceição afirmou que "vai ser muito alegre, ver o Chon-

guiça lançar o disco. África fez 50 anos. Estou orgulhoso". Entretanto, o músico Jonathan Butler - de 51 anos -prometeu para

o público uma exibição em gran-

de, vai btocar as suas 25 a 39 mú- sicas, desde os seus 12 anos de idade. Butle acrescentou que aos 51 anos, era o momento de voltar à casa(África) e decidiu construir uma casa em Moçambique, como forma de rever as suas raízes(pai). (Zacarias Couto)

Hortícolas de Cateme satisfaz a Vale

(Moatize) Há cerca de 3 meses que hortícolas produzidos na locali- dade de Cateme, em Moatize, pro- víncia de Tete são usados para a confecção de alimentos na cozinha industrial da Vale na Mina Carvão Moatize. Paula Marques, nutricionista da Vale, teceu rasgados elogios aos produtos agrícolas de Cateme que os considera de "qualidade supe- rior", porque "primeiro, são frescos, são colhidos na machamba e uma hora depois estão a dar entrada na cozinha; segundo, não contêm pro- dutos químicos sintéticos como fer- tilizantes e pesticidas, possuindo, por isso, uma quantidade maior de sais minerais e de vitaminas." Produzidos na Fazenda Modelo,

Maputo,23.08.2013

um centro de experimentação que a Vale instalou para ensinar aos camponeses o uso de novas tecno- logias de produção agrícola, os hor- tícolas são entregues às segundas- feiras, quartas-feiras e sextas- feiras. Apoiados nos resultados da Fa- zenda Modelo, a Vale iniciou já o en- volvimento de 100 famílias de Ca- teme num programa que visa repli- car, nos quintais das residências, o sistema de produção das hortícolas até Dezembro deste ano, usando a irrigação gota-a-gota, uma técnica concebida para terras semi-áridas onde a água não seja abundante. Salienta-se que para além de to- mate, repolho e couve, os produtos agrícolas de Cateme incluem tam-

bém cenoura, beringela, cebola, piri- piri e abóbora laranja. O restaurante da Mina Carvão de Moatize, onde os hortícolas produ- zidos em Cateme são consumidos, serve diariamente cerca de 2.500 refeições de grande porte, designa- damente almoços e jantares, para além de refeições de pequeno porte, como os mata-bichos, os lanches e os coffee breaks. De referir que os hortícolas de Cateme constituem uma presença regular nas feiras comunitárias de produtos agrícolas, organizadas pela Vale, na região de Moatize, em parceria com o Governo local e Con- selho Municipal da Vila de Moati- ze.

(redacção)

vertical nº 2873, pag.7/7