Sunteți pe pagina 1din 5

A aplicação da roteirização de transportes como diferencial competitivo A roteirização de transporte é uma nova tendência necessária para realizarmos entrega/coleta de forma sistematizada . Através da utilização de softwares integrados consegue-se estabelecer uma sequência otimizada desta entregas. Sabemos que todo processo produtivo é composto por uma entrada de matéria- prima, um processamento que obedece a um leiaute previamente definido e uma saída, ou seja, um produto final ou produto acabado, disponibilizado para comercialização visando atender a necessidade dos clientes. Planejamos e analisamos cada fase deste processo, porém, há a existência de um grande problema, que culmina com a falha deste processo sistematizado, ou seja, a ineficiência nas operações logísticas de entrega. Sabemos que a logística é a área da gestão responsável por prover recursos, equipamentos e informações para a execução de todas as atividades de uma empresa. Segundo Ballou (2001) a logística envolve todas as operações relacionadas com planejamento e controle de produção, movimentação de materiais, embalagem, armazenagem e expedição, distribuição física, transporte e sistemas de comunicação que, realizadas de modo sincronizado, podem fazer com que as empresas agreguem valor aos serviços oferecidos aos clientes e também oportunizando um diferencial competitivo perante a concorrência. Se a logística é tão importante, porque ocorrem falhas que muitas vezes acarretam até na perda de grandes clientes. Um dos principais problemas que existem é a demora na entrega de produtos, produtos com defeitos devido o mau acondicionamento da carga, demora no processo de expedição, aliado a isso existem também os problemas de estruturas para o escoamento da produção, tais como: falta de rodovias com excelentes níveis de qualidade, falta de área de descanso para motorista, frete baixo, risco iminente de roubos e assaltos, etc. Basicamente, temos uma série de fatores que contribuem direta e indiretamente na falha de todo processo logístico de entrega/coleta. Mas o que fazer? Uma das opções mais viáveis é utilizar a Roteirização de transportes. A Roteirização de transportes é um método de busca, da melhor sequência de visitas a um determinado número de clientes, no interior de uma zona de coleta ou distribuição, ou seja, sequência otimizada de entrega e coleta de produtos, utilizando um software de roteirização específico para este fim.

Com a roteirização consegue-se:

- Redução de distância para realizar tarefas;

- Reduzir o tempo para realizar tarefas;

- Dimensionar a carga e a frota;

- Racionalizar o uso da mão-de-obra, etc.

- Controle amplo e abrangente de todo processo de carga e descarga;

- Economia de combustíveis;

- Controle de manutenção de frota, etc.

Os principais softwares de roteirização existentes no mercado nacional são RoadShow da Routing, Road Net, Easy Router, etc, porém, o problema é o alto valor, que se considerarmos a análise custo x benefício, se tornará viável, pois terá um controle amplo e abrangente do processo logístico, compreendendo desde a expedição até a entrega no ponto de venda do cliente, é realmente um grande diferencial competitivo e certamente vale todo o valor investido. Concluo que aquele empresário que busca um alto nível de excelência no atendimento de seus clientes, deve sim, procurar buscar essa nova tecnologia, pois com certeza, cada vez mais os padrões de exigência estão se afunilando, de modo, que sobressairá no mercado aquele que utilizar toda as tecnologias para monitoramento do processo de entrega de produtos ao seu bem maior que é o seu CLIENTE

Roteirização: a racionalização do transporte

Em busca da eficiência Na cadeia logística industrial, o suprimento de matérias primas e a distribuição de produtos envolvem, via de regra, o transporte de mercadorias. No comércio, que é a extensão da indústria, o transporte na recepção e distribuição é fundamental. Na prestação de serviços, em muitos casos, o deslocamento de pessoas se faz necessário. Estima-se que o custo de transporte represente 10% de nosso PIB. Num mundo onde a palavra de ordem é racionalização, estoque zero, just-in- time, competitividade acirrada e exigência de qualidade elevada, o transporte representa um grande desafio de eficiência. Por sua natureza de distribuição espacial que geram dificuldades de planejamento e controle, a área tem sido renegada a um segundo plano. Entretanto, atualmente, constitui-se na maior oportunidade de redução de custos e melhoria de qualidade.

Por outro lado, a pesquisa e o desenvolvimento de soluções e tecnologias na área de geoinformação e algoritmos possibilitam a representação mais realista dos problemas complexos de distribuição física encontrados no dia-a-dia.

Além da área privada, onde o uso da roteirização é nitidamente aplicável, no setor público, também existem várias aplicações, podendo ser citadas:de distribuição física encontrados no dia-a-dia. Planejamento de redes de transporte de carga e passageiros;

Planejamento de redes de transporte de carga e passageiros;também existem várias aplicações, podendo ser citadas: Programação de veículos para execução de serviços

Programação de veículos para execução de serviços públicos;Planejamento de redes de transporte de carga e passageiros; Serviço de informação a usuários de transporte;

Serviço de informação a usuários de transporte;de veículos para execução de serviços públicos; Estudos de logística de atendimento aos cidadãos, como

Estudos de logística de atendimento aos cidadãos, como transporte escolar ou especial.Serviço de informação a usuários de transporte; Os problemas de roteirização. Dentro de uma visão mais

Os problemas de roteirização.

Dentro de uma visão mais restrita, define-se roteirização como o processo de definição de roteiros, ou itinerários. Neste caso, a determinação do melhor caminho é matematicamente exata. Porém, a roteirização, no sentido mais amplo, pode ser entendida como uma otimização da programação operacional de um ou mais veículos. Este processamento se aplica tanto a rotas urbanas como rodoviárias e o resultado consiste na alocação racional de serviços de transporte (coleta e/ou entrega) à frota e a definição dos itinerários (roteiros), com a conseqüente ordem de atendimentos a serem realizados. Quando o horário para atendimento de determinado cliente é limitado, por exemplo, entre 8h e 12h, o problema é denominado de programação com janela de tempo. O objetivo da otimização compreende a minimização da distância percorrida, do tempo despendido ou do custo de operação, considerando restrições, como horários de atendimento impostas pelos clientes ou restrições de circulação e estacionamento de veículos.

Outras restrições estão relacionadas à disponibilidade de frota por tipo e capacidade dos veículos, duração máxima da jornada de trabalho de motoristas, questões de segurança ou conforto, etc. As grandes quantidades de serviços a serem programados levam a um problema difícil de ser solucionado por um ser humano (despachador). Geralmente, são adotadas formas alternativas, tais como de programação por faixas de CEP ou áreas de

distribuição e rotas predefinidas. Além disso, muitas vezes se delega ao motorista definir seu roteiro. Isso leva a um grande tempo de “programação” e à adoção de roteiros ruins. Do ponto de vista de mode-lagem matemática, este tipo problema é bastante complexo, não existindo algoritmos de solução rápida e exata que considerem todas estas variáveis. Desta forma, as soluções adotadas são algoritmos heurísticos (não otimizadores do ponto de vista matemático, mas que produzem soluções próximas de ótimas).

Aplicações

Considerando a roteirização no sentido mais restrito de determinação de caminhos, os algoritmos permitem subsídio para sistemas LBS, como buscar o ponto de serviço mais próximo, ou como chegar a este ponto. Também se aplica ao cálculo de custos de transporte, a fim de programar ou aferir despesas com combustíveis, tempos de viagem, despesas com pedágios ou mesmo a remuneração de frete. Já no sentido de roteirização mais amplo, empresas e órgãos, privados ou públicos, enfrentam, no dia-a-dia, problemas que envolvem a alocação e programação de veículos para atendimento dos serviços, no que tange à montagem da carga de cada veículo, seu despacho e definição das respectivas seqüências e horários programados. Os diferentes problemas de programação de veículos podem ser classificados em três grupos, segundo a finalidade do serviço:

Coletas e entregas de cargas; Transporte de passageiros; Prestação de serviços. No transporte de passageiros, pode-se citar o transporte escolar, de pessoas com necessidades especiais, serviços de fretamento de ônibus para transporte de funcionários de empresas, sistemas de táxi, etc. No caso de prestação de serviços, incluem-se visitas de técnicos de assistência técnica, manutenções prediais ou industriais, visitas de vendedores ou representantes, e outros do gênero. Porém, o uso mais comum refere-se ao caso dos serviços de transporte de cargas, que envolvem atividades de coleta e entrega de cargas como:

comum refere-se ao caso dos serviços de transporte de cargas, que envolvem atividades de coleta e
comum refere-se ao caso dos serviços de transporte de cargas, que envolvem atividades de coleta e
comum refere-se ao caso dos serviços de transporte de cargas, que envolvem atividades de coleta e

Entrega domiciliar de mercadorias, incluindo pedidos por telefone ou internet;Distribuição de alimentos, bebidas, cigarros, etc, ao varejo; Entrega diária de jornais; Transporte de valores;

Distribuição de alimentos, bebidas, cigarros, etc, ao varejo;de mercadorias, incluindo pedidos por telefone ou internet; Entrega diária de jornais; Transporte de valores;

Entrega diária de jornais;de alimentos, bebidas, cigarros, etc, ao varejo; Transporte de valores; Transporte de concreto usinado;

Transporte de valores;cigarros, etc, ao varejo; Entrega diária de jornais; Transporte de concreto usinado; Distribuição domiciliar de

Transporte de concreto usinado;varejo; Entrega diária de jornais; Transporte de valores; Distribuição domiciliar de gás engarrafado; Coleta e

Distribuição domiciliar de gás engarrafado;Transporte de valores; Transporte de concreto usinado; Coleta e entrega de correspondências; Serviços de coleta e

Coleta e entrega de correspondências;usinado; Distribuição domiciliar de gás engarrafado; Serviços de coleta e entrega de encomendas em meio urbano,

Serviços de coleta e entrega de encomendas em meio urbano, por empresas de transporte e despacho de carga parcelada, a longa distância;de gás engarrafado; Coleta e entrega de correspondências; Coleta de lixo domiciliar, hospitalar e industrial.

Coleta de lixo domiciliar, hospitalar e industrial.e despacho de carga parcelada, a longa distância; Perspectivas O mais importante é que este tipo

Perspectivas

O mais importante é que este tipo de tecnologia está disponível. Embora ainda existam dificuldades com atendimento a todas restrições, disponibilidade de mapas digitais detalhados e com informações necessárias, atualmente conta-se com vários softwares de mercado, serviços pela internet ou mesmo já alguns sistemas embarcados que tornam este recurso de eficiência uma realidade.