Sunteți pe pagina 1din 7
EEAR
EEAR
51 Questão
51
Questão

Para dar 10 voltas completas em volta de um

jardim circular, uma pessoa percorrerá 2198 m.

Considerando

diâmetro desse jardim é

= 3,14, a medida em metros , do

a) 70.

b) 65.

c) 58.

d) 52.

alternativa A
alternativa A

O perímetro de uma circunferência de diâmetro d é

dado por

.d.

De acordo com o enunciado, foram dadas 10 voltas em torno de um jardim circular, totalizando 2198 m percorridos, logo:

10.

.d = 2198 10. 3,14 . d = 2198

 

2198

31,4.d = 2198 d =

= 70.

 

3,14

52 Questão
52
Questão

A cuba de uma pia tem a forma de uma semi- esfera de 3 dm de raio. A capacidade dessa

cuba é

litros.

a) 12.

b) 14.

c) 16.

d) 18.

alternativa D
alternativa D

O volume de uma semi-esfera de raio R é dado por

1

4

2 3

R

3 , logo, de acordo com o enunciado:

1

2

4

3

3

3

=

1

2

Logo o volume é 18

4

3

. 27

=

18 .

dm 3 = 18

litros.

53 Questão
53
Questão

Considere o Polígono de Freqüência e a Ogiva, ambos representativos de uma

distribuição de freqüência com classes. As abscissas dos pontos que orientam as construções do Polígono e da Ogiva

são, respectivamente, os

(as)

e os

das classes.

a) limites superiores — freqüências absolutas

b) pontos médios — freqüências absolutas

c) pontos médios — limites superiores

d) limites superiores — pontos médios

alternativa C
alternativa C

Para construir o Polígono de Freqüência na distribuição em classes, deve-se tomar como abscissas, os PONTOS MÉDIOS, enquanto que, para a construção da Ogiva, tomam-se como abscissas, os LIMITES SUPERIORES.

54 Questão
54
Questão

Se a e b são arcos do 2° quadrante tais que

2 1 sen a = e cos b = 2 2 2( 3 + 2)
2
1
sen a =
e
cos b =
2 2
2(
3 +
2)
a)
c)
4
b)
2(1 +
3)
d)

4

, então sen(a+b) é 3( 2 +1) 4 3(3 2)
, então sen(a+b) é
3(
2 +1)
4
3(3
2)

4

alternativa B
alternativa B

De acordo com o enunciado, temos que

2 sen a = e a 2
2
sen a =
e a
2

a = 135° e

cos a =

2°quadrante . Logo,

2
2

2

.

EEAREEAREEAREEAR MATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICA 2222
EEAREEAREEAREEAR
MATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICA 2222

Temos

ainda

que

cos b =

1

2

e

b

2°quadrante, logo, b = 120°e sen b =

Portanto, temos que:

3
3

2 .

sen(a + b) = sen a . cos b

+

2  1  3  2  = ◊   + ◊ 
2
1 
3
2 
=
+
2
 2 
2
2
sen b . cos a = 2(1 + 3 ) =
sen b . cos a
=
2(1 +
3 )
=

4

.

55 Questão
55
Questão

O perímetro da base de um prisma quadrangular regular é 8 cm. Se a altura desse prisma é 3 cm, então sua área total, em cm 2 , é

a) 32.

b) 34.

c) 36.

d) 38.

alternativa A
alternativa A

O perímetro da base do prisma quadrangular regular

é um quadrado de perímetro 8 cm, logo cada lado

mede 2 cm. Como a altura desse prisma é 3 cm, a área total será a soma das áreas de todas as faces deste sólido, que são retangulares. Portanto:

2. (3.2 +

3.2 + 2.2)

=

32

(em cm 2 ).

56 Questão
56
Questão

Na figura, O é o centro de uma circunferência, e

PA é tangente a ela, em P. Se PÂO = 30° e AO = 12
PA
é
tangente a ela, em P. Se PÂO = 30° e
AO = 12
3 cm, então a medida do raio da
circunferência, em cm, é
P
A
O
a) 8
3 .
b) 8
2 .
c) 6
3 .
d) 6
2 .
alternativa C

De acordo com o enunciado e figura, temos:

A

sen 30°=

P R 30° O OP 1 R ⇒ = ⇒ R = 6 3 OA
P
R
30°
O
OP
1 R
=
⇒ R = 6
3
OA
2 12
3

.

57 Questão
57
Questão

Os números que expressam as medidas, em cm ou cm 2 , do lado, da superfície e do perímetro de um quadrado, dados nessa ordem, formam uma PA. O lado desse quadrado, em cm, mede

a) 5/2.

b) 5/3.

c) 3/4.

d) 3/2.

alternativa A
alternativa A

Chamando o lado desse quadrado de x, (x > 0) temos, de acordo com o enunciado:

(x,

x 2 , 4x)

2x 2 = 5x

PA

x 2 =

2x = 5

x + 4x

2

x =

5

2

58 Questão
58
Questão

Seja rrrr a maior raiz da equação x(x+2).(x—1) 3 = 0.

Se m é a multiplicidade da raiz rr,rr então rr.mrr igual a

é

a) 6.

b) 5.

c) 4.

d) 3.

alternativa D
alternativa D

As raízes da referida equação são 0, - 2 e 1, onde 1 é a maior raiz e de multiplicidade 3.

e m = 3 e portanto r.m = 1.3 = 3.

Logo, r

= 1

EEAREEAREEAREEAR MATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICA 3333
EEAREEAREEAREEAR
MATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICA 3333
59 Questão
59
Questão

Considere a distribuição:

Idades de 90 pacientes de um hospital — Ago/2009

Idades

Número de pacientes

40

 

50

8

50

 

60

12

60

 

70

27

70

 

80

31

80

 

90

10

90

 

100

2

A freqüência relativa da 3ª classe dessa distribuição é

a) 40 %.

b) 35%.

c) 30%.

d) 25%.

alternativa C
alternativa C

A freqüência relativa da 3ª classe (60

corresponde a

27

90

= 0,3 = 30%

da 3ª classe (60 corresponde a 27 90 = 0,3 = 30% ◊ 70 ) 60

70 )

60 Questão
60
Questão

Se M (4, a) o ponto médio do segmento de extremidades A(3,1) e B(b, 5). Assim o valor de a + b é

a) 8.

b) 6.

c) 4.

d) 2.

alternativa A
alternativa A

De acordo com o enunciado, temos que M é médio do segmento de extremos A e B, logo:

X

M

Y

M

=

X

A

+

X

B

2

=

Y

A

+

Y

B

2

4 =

a =

3

+

b

1

2

+

5

2

b = 5.

a = 3.

Portanto a + b = 3 + 5 = 8.

61 Questão
61
Questão

A função definida por y = m(x — 1 ) + 3 — x ,

m

IR , será crescente, se

 
 

a)

m

0 .

b) m > 1.

c)

—1 < m < 1.

d) —1 < m

0.

alternativa B
alternativa B

A função y = m(x – 1 ) + 3 – x pode ser

expressa como:

3 – x

= mx – x – m + 3 = (m – 1)x – m + 3 ,

cujo coeficiente angular é m – 1.

y = m(x – 1 ) +

= mx – m + 3 – x =

A função será crescente se m – 1 > 0, portanto

m > 1.

62 Questão
62
Questão

Formato, tamanho e cor são as características que diferem as etiquetas indicadoras de preço dos produtos de uma loja. Se elas podem ter 2 formatos, 3 tamanhos e 5 cores, o número máximo de preços distintos dos produtos da loja é

a) 24.

b) 30.

c) 32.

d) 40.

alternativa B
alternativa B

De acordo com o Princípio Fundamental da Contagem, a quantidade de preços diferentes que podemos formar utilizando-se um formato, um tamanho e uma cor é

2 . 3 . 5

= 30.

EEAREEAREEAREEAR MATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICA 4444
EEAREEAREEAREEAR
MATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICA 4444
63 Questão
63
Questão

Na figura, BC e CE são segmentos colineares de 4 cm cada um. Se os triângulos ABC e DCE são equiláteros , a área do triângulo BDE é

A D B C E
A
D
B
C
E

a) 4

b) 6, a área do triângulo BDE é A D B C E a) 4 3 .

3 .
3 .

c) 8

d) 10área do triângulo BDE é A D B C E a) 4 b) 6 3 .

3 .
3 .
alternativa C
alternativa C

A altura do triângulo BDE, de base 8 cm, tem a

mesma

de lado 4.

altura

h

do

triângulo

equilátero CDE,

Dessa forma, temos que h =

= 2h do triângulo equilátero CDE, Dessa forma, temos que h = 2 3 e consequentemente a

2

3
3

e

consequentemente a área do triângulo BDE será

BE.h 8.2 3 =
BE.h
8.2
3
=

=

2 2

8

3 .
3
.

2

(em cm )

64 Questão
64
Questão

O número de anagramas da palavra SOLEIRA que começam com vogal é

a) 2720.

b) 2780.

c) 2860.

d) 2880.

alternativa D
alternativa D

Fixando a primeira letra do anagrama com uma vogal, temos:

vogal

4 P 6
4
P 6

Logo

4 . P 6 = 4 . 6! = 4 . 720 = 2880.

65 Questão
65
Questão

O raio da base de um triângulo equilátero

mede 2

mede 2 3 cm. O volume desse cone, em cm 3 ,

3 cm. O volume desse cone, em cm 3 ,

 

é

a) 42

3
3

.

b) 38

3
3

.

c) 24

.

d) 18

.

alternativa C
alternativa C

A altura do cone equilátero de raio da base

medindo 2

C A altura do cone equilátero de raio da base medindo 2 3 cm vale 2

3

cm vale 2

Logo, o volume pedido é:

da base medindo 2 3 cm vale 2 Logo, o volume pedido é: 1 3 3

1

3

3

.

medindo 2 3 cm vale 2 Logo, o volume pedido é: 1 3 3 ◊ .

3 = 6 (em cm).

(

2

3 )
3
)

2

6

=

24

.

66 Questão
66
Questão

A parábola y = x 2 intercepta a circunferência

de centro (0,0) e raio

x 2 intercepta a circunferência de centro (0,0) e raio 2 , nos pontos a) (-1,

2 , nos pontos

a) (-1, 1) e (2, 4).

b) (-1, 1) e (1, 1).

c) (-2, 4) e (2, 4).

d) (2, 4)

e (1, 1)

alternativa B
alternativa B

A circunferência em questão, terá equação

reduzida x 2 + y 2 =

desta circunferência com a parábola y = x 2 corresponde aos pares (x, y) tais que:

(

y = x 2 corresponde aos pares (x, y) tais que: ( 2 ) 2 =

2)

2

= 2. A intersecção

x 2 + y 2 = 2 y = x 2

Substituindo (II) em (I), temos:

y + y 2 = 2

y 2

+

y – 2

= 0 y = -2 (F)

ou

y = 1.

Dessa forma:

x 2 = y

x 2 = 1

x = 1

ou

x = 1.

Portanto, os pares são (-1, 1) e (1, 1).

EEAREEAREEAREEAR MATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICA 5555 .
EEAREEAREEAREEAR
MATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICA 5555
.
67 Questão
67
Questão

Sejam as matrizes A =

2

 

1

0 5

3 2

3

1

1

  

e

B =

2

0

3

9

.

O valor de (detA) : (detB) é

a) 4.

b) 3.

c)

-1.

d)

-2.

alternativa D
alternativa D

O determinante de A será calculado através do Teorema de Laplace aplicado à 1ª linha, logo:

detA = 2.(-1) 1+1 .(5.1 – 2.1) + 1. (-1) 1+2 .( 0.1 – 3.1) +

+ 3. (-1) 1+3 .( 0.2 – 3.5) =

detB = 2.9 – 0.3 = 18

6 + 3 – 45 =

– 36

Portanto (detA) : (detB) = – 36 : 18 = – 2 .

68 Questão
68
Questão

No triângulo, o menor valor que x pode assumir

é

7 cm x cm 60° cm
7 cm
x cm
60° cm

a) 4.

3.

c)

d) 1.

b)

2.

8 cm

alternativa B
alternativa B

Aplicando a Lei dos Cossenos ao triângulo, temos que:

(7) 2 = x 2 + (8) 2 – 2. 8. x. cos 60°

49 = x 2 + 64 – 16x.

x = 3

ou

x = 5

1

2

x 2 – 8x + 15 = 0

Portanto, o menor valor para x, em centímetros, é 3.

69 Questão
69
Questão

O número complexo z = (a — 4 ) + (b — 5)i será um número imaginário puro se

a)

a = 4 e b = 5.

b) a = 4 e bπ 5.

c)

a π 4 e b = 5.

d) aπ 4 e b π 5.

alternativa B
alternativa B

O complexo z será imaginário puro se Re(z) = 0

e Im(z) π 0, logo:

Re(z) = 0

a – 4 = 0

a = 4

Im(z) π 0

b – 5 π 0

b π 5.

70 Questão
70
Questão

A razão entre o logaritmo de 16 e o de 4, numa mesma base b, sendo 0 < b π 1, é

a) 1/4.

b) 1/2.

c)

4.

d) 2.

alternativa D
alternativa D

De acordo com o enunciado, temos:

log

16

b

=

log

4

b

log

16

4

=

log

4

4

2

=

2 .

log

4

4

= 2.1 = 2.

Questão 71
Questão
71

Se MNOPQR é um hexágono regular inscrito na circunferência, então a + b — c é igual a

M

a) 150°.

b) 120°.

c) 100°.

d) 90°.

R N a b c O Q P
R
N a
b
c
O
Q
P
EEAREEAREEAREEAR MATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICA 6666
EEAREEAREEAREEAR
MATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICAMATEMÁTICA 6666
alternativa B
alternativa B

Os ângulos a, b e c são inscritos e determinados pelos arcos NOP, MNP e MR respectivamente. Dessa forma, como MNOPQR é um hexágono regular inscrito, de tal modo que:

MNOPQR é um hexágono regular inscrito, de tal modo que: m(NOP) = 120°, m(MNP) = 180°e

m(NOP) = 120°, m(MNP) = 180°e m(MR) = 60°.

Logo,

a =

120

2

= 60°,

b =

180

2

= 90°e c =

60

2

= 30°

Portanto, a + b – c = 60°+ 90°– 30°= 120°.

72 Questão
72
Questão

Sejam as retas r e s de equações y = 2x — 3

y = — 3x + 2. A tangente do ângulo agudo formado pelas retas r e s é

e

a) 0 .

b) 1.

c)

ângulo agudo formado pelas retas r e s é e a) 0 . b) 1. c)

d)

3
3

3

.

alternativa B
alternativa B

Temos que m r = 2 e m s = -3, e dessa forma, a tangente do ângulo agudo α entre as retas r e s é tal que:

tg

α =

m m r s 1 + m . m r s
m
m
r
s
1
+
m
.
m
r
s

=

2 (-3) 1 + 2(-3)
2
(-3)
1
+
2(-3)

=

= 1.= m m r s 1 + m . m r s = 2 (-3) 1

73 Questão
73
Questão

O número de valores inteiros para os quais se verifica a inequação x 2 < 7x — 6 é

a) três.

b) seis.

c) cinco.

d) quatro.

alternativa D
alternativa D

Temos que:

x 2 < 7x – 6

x 2

7x +

6 < 0.

As raízes de forma:

x 2

7x +

6 são 1 e 6, e dessa

1 – 6
1
– 6

+

+

x

1 < x < 6 , intervalo este que compreende os inteiros 2, 3, 4 e 5, ou seja quatro valores.

74 Questão
74
Questão

Na figura, AB e CD são cordas tais que

AP = 2 PB, CD = 10 cm, e

CP = PD

2 3

.

A medida de AB , em cm, é

C B a) 6 3 . P b) 7 3 . c) 8 2 .
C
B
a) 6
3 .
P
b) 7
3 .
c) 8
2 .
A
d) 9
2 .

D

alternativa A
alternativa A

Temos de acordo com o enunciado, que

CD = 10. Logo, CP + PD = 10

PD = 10 - CP

Como

CP = PD

2 3

temos que:

CP = 10 - CP

2 3

e consequentemente CP = 4 e PC = 6.

De acordo com as relações métricas no círculo,

AP. PB = CP. PD

2 PB . PB = 4 . 6

PB 2 = 12

PB

= 2

e AP = 4 3 3 + 4 3 = 6 3 .
e
AP = 4
3
3
+ 4
3
= 6
3 .
3
3

Portanto AB = AP + PB = 2

EEAREEAREEAREEAR MATEMÁTIMATEMÁTICAMATEMÁTIMATEMÁTICACACA 7777
EEAREEAREEAREEAR
MATEMÁTIMATEMÁTICAMATEMÁTIMATEMÁTICACACA 7777
75
75

Questão

Se o polinômio P(x) = ax 3 — 3x 2 — bx — 3 é divisível por (x — 3)(x + 1), então o valor de a + b é

a) 10.

b) 8.

c) 7.

d) 5.

alternativa A
alternativa A

Se P(x) é divisível por (x – 3)(x + 1), então será divisível por (x – 3) e por (x + 1).

Logo, pelo Teorema do Resto, P(3) = 0 e P(-1) = 0, e consequentemente:

a(3) 3 – 3(3) 2 – b(3) – 3 = 0

9a – b = 10

a(–1) 3 – 3(–1) 2 – b(–1) – 3 = 0

a + b = 6

9a – b = 10

a + b = 6

a = 2

b = 8

Portanto a + b = 2 + 8 = 10.

Resolução e edição:

Prof. Garzon.