Sunteți pe pagina 1din 4

BIOLOGIA

Genética

- Introdução

Genética: Parte da Biologia que estuda a hereditariedade

Biotecnologia: Utilização de organismos vivos para satisfação de interesses humanos.

Engenharia Genética: Conjunto de técnicas que permite a manipulação do DNA.

Temas atuais:

- Transgênese: Técnica que consiste na transferência de uma característica (a nível de gene) de um organismo para o outro.

- Clonagem: Técnica que consiste na cópia do material genético de um indivíduo.

- Terapia Gênica: Técnica que consiste na substituição ou desativação de um gene.

- Aconselhamento Genético: Procedimento no qual se consulta um geneticista para se

estimar a possibilidade do indivíduo de contrair alguma doença ou coisa parecida.

- Projeto Genoma Humano: Projeto recente que visou mapear todos os genes do corpo humano.

- Lei da herança ancestral

Teoria proposta por Galton, após concluir erros na teoria da pangênese de Darwin, que enuncia que um indivíduo carrega proporcionalmente (em relação a distância) a carga hereditária das gerações parentais anteriores.

indivíduo carrega proporcionalmente (em relação a distância) a carga hereditária das gerações parentais anteriores.

- Fatores Mendelianos

Mendel observava e cruzava ervilhas. As características que estas obtinham foram chamadas posteriormente de “fatores mendelianos”. Hoje são conhecidas como genes.

- DNA

mendelianos”. Hoje são conhecidas como genes. - DNA Ácido desoxirribonucleico Bases nitrogenadas: Adenina,

Ácido desoxirribonucleico

Bases nitrogenadas: Adenina, Timina, Citosina e Guanina.

Grupo Fosfato = Açúcar: Desoxirribose.

Pentose (5 carbonos).

Fita dupla

Tem ligação de hidrogênio entre bases nitrogenadas.

Bases pirimídicas: Citosina e Timina

Bases púricas: Adenina e Guanina

Carrega todas as características do indivíduo.

É capaz de se autoduplicar.

- RNA

do indivíduo. É capaz de se autoduplicar. - RNA Ácido Ribonucleico Bases Nitrogenadas: Adenina, Uracil (a),

Ácido Ribonucleico

Bases Nitrogenadas: Adenina, Uracil (a), Citosina e Guanina.

Grupo Fosfato: Açúcar: Ribose.

Pentose (5 carbonos).

Sua função principal é sintetizar proteínas.

Fita simples

Formado a partir do DNA no processo de transcrição.

- Replicação (DNA sendo duplicado)

- Semiconservativa visto que conserva uma base do DNA.

Processo: A fita dupla de DNA é aberta por ação da enzima helicase. Logo o DNA Polimerase passa “unindo” as bases nitrogenadas em cada fita que ficou solta, formando assim o novo DNA.

- Transcrição (Formação de RNA)

Processo: O DNA é aberto por ação da enzima RNA Polimerase. Logo em seguida, ocorre a junção de polipeptídeos na fita da região do DNA que foi aberta, formando assim o RNA.

- Tradução (Formação do aminoácido / síntese proteica)

Processo: Após se unir ao RNAt, o RNAm é transportado do núcleo ao ribossomo (através do citosol, parte líquida que está entre a membrana plasmática e o núcleo celular). Logo o ribossomo associa-se ao RNAt e juntos passam a percorrer a molécula de RNAm, que está no chão do ribossomo. O RNAt se movimenta do sítio A, onde está a entrada do aminoácido ao sítio P, onde fica o aminoácido em formação, revelandoos códons presentes, estruturando os novos aminoácidos, que em conjunto, formam proteínas.

Ver ilustração em Pg. 244/245 do livro Conecte Bio 02

- Mutações

Qualquer alteração a nível de material genético.

- Mutações Cromossômicas

Ocorre em nível de um ou mais cromossomos. (Todo cromossomo é constituído de DNA enroladoem histonas, que são proteínas. O emaranhado do conjunto DNA + Histonas constitui o cromossomo).

- Mutações Gênicas

Ocorre em nível de um ou mais genes (substituição, perda, ganho, etc) (menor porção do DNA capaz de guardar características).

- Mutações Pontuais

Aquelas que causam apenas poucas alterações na sequencia de nucleotídeos do material genético.