Sunteți pe pagina 1din 18

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

A GESTÃO DO CAPITAL DE GIRO COMO FERRAMENTA PARA A ADMINISTRAÇAO DA LIQUIDEZ DAS MICROEMPRESAS

AUTOR

ORIENTADOR : Prof. Dr. Antonio Carlos Dias Coelho

: Emiliano Tiago Melo Silva

DA LIQUIDEZ DAS MICROEMPRESAS AUTOR ORIENTADOR : Prof. Dr. Antonio Carlos Dias Coelho : Emiliano Tiago

INTRODUÇÃO

A escolha do tema;INTRODUÇÃO As microempresas representam a maior parte das empresas nacionais; Administração e a gestão financeira sem

As microempresas representam a maior parte das empresasINTRODUÇÃO A escolha do tema; nacionais; Administração e a gestão financeira sem mecanismos de controle é

nacionais;

Administração e a gestão financeira sem mecanismos de controle é fator que contribui para a mortalidade de muitas empresas.representam a maior parte das empresas nacionais; Este trabalho apresenta conceitos sobre a gestão de capital

Este trabalho apresenta conceitos sobre a gestão de capital de giro, orçamento de caixa e planejamento financeiro;fator que contribui para a mortalidade de muitas empresas. para a sociedade e o meio Importância

para a sociedade e o meio

Importânciade capital de giro, orçamento de caixa e planejamento financeiro; para a sociedade e o meio

do

trabalho

acadêmico

de giro, orçamento de caixa e planejamento financeiro; para a sociedade e o meio Importância do

QUESTÃO PROBLEMA

Como é praticada a gestão

do capital de giro nas

microempresas?

QUESTÃO PROBLEMA Como é praticada a gestão do capital de giro nas microempresas?

OBJETIVO GERAL

Avaliar se os gestores de

microempresas administram sua liquidez por meio de instrumentos de

capital de giro

OBJETIVO GERAL Avaliar se os gestores de microempresas administram sua liquidez por meio de instrumentos de

OBJETIVOS ESPECIFICOS

OBJETIVOS ESPECIFICOS Conceituar capital de giro e análise dinâmica da liquidez Investigar planejamento financeiro para

Conceituar capital de giro e análise dinâmica da

liquidez

InvestigarConceituar capital de giro e análise dinâmica da liquidez planejamento financeiro para as microempresas. vantagens da

planejamento financeiro para as microempresas.

vantagens

da

utilização

as

de

Identificar os conhecimentos básicos sobre gestão

do capital de giro e orçamento de caixa por parte de

microempresários.

os conhecimentos básicos sobre gestão do capital de giro e orçamento de caixa por parte de
os conhecimentos básicos sobre gestão do capital de giro e orçamento de caixa por parte de

METODOLOGIA

O método aplicado neste trabalho consiste de pesquisa descritivaMETODOLOGIA A abordagem dos dados desta pesquisa será de forma qualitativa, onde os dados serão analisados

A abordagem dos dados desta pesquisa será de forma qualitativa, onde os dados serão analisados indutivamente e interpretados os fenômenos em forma de analise para que o pesquisador chegue a uma conclusão sobre os fatos estudados.aplicado neste trabalho consiste de pesquisa descritiva Para este trabalho será utilizada também a pesquisa

Para este trabalho será utilizada também a pesquisa bibliográfica echegue a uma conclusão sobre os fatos estudados. documental como fonte de informações, onde buscar-se-á

documental como fonte de informações, onde buscar-se-á através da pesquisa em materiais já publicados bases teóricas para

fundamentação;

Levantamento dos dados deu-se por meio de questionáriode informações, onde buscar-se-á através da pesquisa em materiais já publicados bases teóricas para fundamentação;

em materiais já publicados bases teóricas para fundamentação; Levantamento dos dados deu-se por meio de questionário

REFERENCIAL TEORICO

Capital de giro

Capital de giro pode ser entendido como uma proporção dos investimentos

da empresa, identificados, geralmente pelas suas disponibilidades, valores a receber e estoques;

Segundo Assaf Neto e Silva (2002) o capital de giro tem uma importante

participação no desempenho operacional das empresas;

O capital de giro está diretamente associado às fontes das quais a empresa necessita para financiar seu crescimento.

A gestão do capital de giro

A gestão do capital de giro é um componente vital para a saúde financeira da empresa

A administração do caixa da empresa

do capital de giro é um componente vital para a saúde financeira da empresa • A

REFERENCIAL TEORICO

Mensurando a liquidez da empresa

Hoji (2001, p.27) afirma que a liquidez “é a capacidade de pagar compromissos de curto prazo”.

Marion (2009, pag.71) afirma que os índices de liquidez “São utilizados para avaliar a capacidade de pagamento da empresa.

Administração de recebimentos e pagamentos

GITMAN (2004) afirma que o administrador poderá adotar estratégias com

o objetivo de cobrar contas a receber com maior rapidez e pagar

fornecedores com maior lentidão.

adotar estratégias com o objetivo de cobrar contas a receber com maior rapidez e pagar fornecedores

REFERENCIAL TEORICO

Planejamento Financeiro

Gitman (2008) considera o planejamento financeiro como um aspecto importante para as atividades da empresa porque oferece orienta os gestores quanto a organização, gestão e controle das ações tomadas pela empresa para que a mesma atinja seus objetivos.

Planejamento e orçamento de caixa

O orçamento de caixa demonstra as entradas e as saídas de caixa planejadas

pela empresa que o utiliza para estimar suas necessidades de caixa no curto

prazo.

e as saídas de caixa planejadas pela empresa que o utiliza para estimar suas necessidades de

ANÁLISE DOS RESULTADOS

17%

ANÁLISE DOS RESULTADOS 17% Percentual de gestores que administram financeiramente suas empresas 83% Proprietários são

Percentual de gestores que administram financeiramente suas empresas

83%

Proprietários são gestores financeirosgestores que administram financeiramente suas empresas 83% Proprietários não são gestores financeiros Nível de

Proprietários não são gestores financeirossuas empresas 83% Proprietários são gestores financeiros Nível de formação dos gestores financeiros Ens.

Nível de formação dos gestores financeiros

financeiros Nível de formação dos gestores financeiros Ens. Fundamental Ens. Médio Nível superior Pós

Ens. Fundamental

Ens. Médiofinanceiros Nível de formação dos gestores financeiros Ens. Fundamental Nível superior Pós Graduação 52% 7% 3%

Nível superiorfinanceiros Nível de formação dos gestores financeiros Ens. Fundamental Ens. Médio Pós Graduação 52% 7% 3%

Pós Graduaçãofinanceiros Nível de formação dos gestores financeiros Ens. Fundamental Ens. Médio Nível superior 52% 7% 3%

52%

7%

3%

38%

ANÁLISE DOS RESULTADOS

Politica de gestão do capital de giro

10% 52% 38% 5%
10%
52%
38%
5%

controle de contas a pagarPolitica de gestão do capital de giro 10% 52% 38% 5% controle de contas a receber

controle de contas a recebercapital de giro 10% 52% 38% 5% controle de contas a pagar controle de caixa controle

controle de caixa5% controle de contas a pagar controle de contas a receber controle sobre estoques controle sobre

controle sobre estoquesa pagar controle de contas a receber controle de caixa controle sobre as dividas orçamento de

controle sobre as dividascontas a receber controle de caixa controle sobre estoques orçamento de caixa orçamento de custos outros

orçamento de caixade caixa controle sobre estoques controle sobre as dividas orçamento de custos outros não responderam orçamento

orçamento de custossobre estoques controle sobre as dividas orçamento de caixa outros não responderam orçamento de vendas 12%

outrossobre as dividas orçamento de caixa orçamento de custos não responderam orçamento de vendas 12% 8%

não responderam orçamento de vendas
não responderam
orçamento de vendas

12%

8%

6%

17%

Não adotade caixa orçamento de custos outros não responderam orçamento de vendas 12% 8% 6% 17% Formal

Formalde caixa orçamento de custos outros não responderam orçamento de vendas 12% 8% 6% 17% Não

Informal

27%

23%

ANÁLISE DOS RESULTADOS

Microempresas e o planejamento financeiro

34% 66%
34%
66%

Tecnicas de administração de caixa

Utilizafinanceiro 34% 66% Tecnicas de administração de caixa Não utiliza Não responderam 45% Possuem planejamento

Não utiliza34% 66% Tecnicas de administração de caixa Utiliza Não responderam 45% Possuem planejamento financeiro Não

Não responderam
Não responderam

45%

Possuem planejamento financeiroTecnicas de administração de caixa Utiliza Não utiliza Não responderam 45% Não possuem planejamento financeiro 3%

Não possuem planejamento financeiro66% Tecnicas de administração de caixa Utiliza Não utiliza Não responderam 45% Possuem planejamento financeiro 3%

3%

52%

ANÁLISE DOS RESULTADOS

20

18

16

14

12

10

8

6

4

2

0

20 16 15 12 9 7 5 5 4 3 2 1 1 1
20
16
15
12
9
7
5
5
4
3
2
1
1
1
12 10 8 6 4 2 0 20 16 15 12 9 7 5 5 4

Informações importantes para a gestão da liquidez da empresa

Saldo de caixa e bancosimportantes para a gestão da liquidez da empresa Saldo de contas a pagar Saldo de contas

Saldo de contas a pagar

Saldo de contas a receberda empresa Saldo de caixa e bancos Saldo de contas a pagar Despesas com impostos e

Despesas com impostos e encargos a pagare bancos Saldo de contas a pagar Saldo de contas a receber Prazo médio de recebimento

Prazo médio de recebimento de vendasde contas a receber Despesas com impostos e encargos a pagar Prazo médio de pagamento a

Prazo médio de pagamento a fornecedorese encargos a pagar Prazo médio de recebimento de vendas Ciclo economico Ciclo financeiro ciclo operacional

Ciclo economicode vendas Prazo médio de pagamento a fornecedores Ciclo financeiro ciclo operacional Valor da folha de

Ciclo financeiro

ciclo operacionalde pagamento a fornecedores Ciclo economico Ciclo financeiro Valor da folha de pagamento Saldo em estoques

Valor da folha de pagamentoCiclo economico Ciclo financeiro ciclo operacional Saldo em estoques Indicadores de liquidez (seca, Imediata,

Saldo em estoquesfinanceiro ciclo operacional Valor da folha de pagamento Indicadores de liquidez (seca, Imediata, corrente e geral)

Indicadores de liquidez (seca, Imediata, corrente e geral)Ciclo financeiro ciclo operacional Valor da folha de pagamento Saldo em estoques outras informaçoes ciclo operacional

outras informaçoesValor da folha de pagamento Saldo em estoques Indicadores de liquidez (seca, Imediata, corrente e geral)

ciclo operacionalda folha de pagamento Saldo em estoques Indicadores de liquidez (seca, Imediata, corrente e geral) outras

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Considerações sobre a prática da gestão de capital de giro por parte dos microempresáriosCONSIDERAÇÕES FINAIS Sobre o objetivo da pesquisa conclui-se que os gestores utilizam- se de instrumentos de

Sobre o objetivo da pesquisa conclui-se que os gestores utilizam-gestão de capital de giro por parte dos microempresários se de instrumentos de capital de giro

se de instrumentos de capital de giro para administração da liquidez de suas empresas.

No tocante aos objetivos específicos pode-se verificar que osde giro para administração da liquidez de suas empresas. gestores possuem conhecimentos básicos sobre gestão de

gestores possuem conhecimentos básicos sobre gestão de capital de giro.

Definiu-se a importância do planejamento financeiro nasconhecimentos básicos sobre gestão de capital de giro. microempresas, conceitos de capital de giro e dinâmica

microempresas, conceitos de capital de giro e dinâmica da liquidez

conforme proposto.

do planejamento financeiro nas microempresas, conceitos de capital de giro e dinâmica da liquidez conforme proposto.
CONSIDERAÇÕES FINAIS Acredita-se que o assunto relativo a administração do capital de giro, ainda demanda

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Acredita-se que o assunto relativo a administração do capital de giro, ainda demanda o desenvolvimento de novos trabalhos, com

amostras mais amplas e em outras regiões do país, com outros

tipos de empresa de forma a contribuir para o conhecimento dos

instrumentos de gestão financeira das organizações.

tipos de empresa de forma a contribuir para o conhecimento dos instrumentos de gestão financeira das

REFERÊNCIAS

ASSAF NETO, Alexandre. Estrutura e analise de balanços: um enfoque econômico-financeiro. 6. Ed. São Paulo: Atlas, 2001

ASSAF NETO, Alexandre; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Administração do Capital de Giro. 3

ed. São Paulo: Editora atlas, 2002. 214 p.

GITMAN, Lawrence Jeffrey. Princípios de administração financeira. 10. Ed. São Paulo: Pearson Addison Wesley, 2004.

GROPPELLI, Nikbakht, A. A. & Ehsan. Administração financeira. São Paulo: Saraiva, 1998. 527

p.

HOJI, Masakasu. Administração financeira: uma abordagem prática. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2001.

MARION, Jose Carlos. Análise das demonstrações contábeis. 4. Ed. São Paulo: Atlas, 2009.

SOBANSKI, Jaert J. Pratica de orçamento empresarial. 3. Ed. São Paulo: Atlas, 1994.

de orçamento empresarial . 3. Ed. São Paulo: Atlas, 1994. • VIEIRA, Marcos Villela. Administração Estratégica

VIEIRA, Marcos Villela. Administração Estratégica do Capital de Giro. São Paulo: Atlas,2005.

Paulo: Atlas, 1994. • VIEIRA, Marcos Villela. Administração Estratégica do Capital de Giro . São Paulo:
Paulo: Atlas, 1994. • VIEIRA, Marcos Villela. Administração Estratégica do Capital de Giro . São Paulo:
Paulo: Atlas, 1994. • VIEIRA, Marcos Villela. Administração Estratégica do Capital de Giro . São Paulo:

AGRADECIMENTOS

A Deus

A minha esposa, família e amigos

Ao Prof. Antonio Carlos que foi muito importante na conclusão deste trabalho

Aos membros da banca e aos que acompanharam a minha defesa.

Muito Obrigado!!!!!!!!

da banca e aos que acompanharam a minha defesa. M u i t o O b

Feliz natal e feliz 2011!!!!!

AGRADECIMENTOS

AGRADECIMENTOS