Sunteți pe pagina 1din 51

Litosfera, atmosfera e

hidrosfera

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Litosfera: o relevo terrestre

JORGE ARAÚJO / FOLHAPRESS
JORGE ARAÚJO / FOLHAPRESS
NELSON ANTOIN / FOTOARENA / FOLHAPRESS
NELSON ANTOIN / FOTOARENA / FOLHAPRESS

As paisagens acima são iguais ou diferentes?

Em ambas as fotos as habitações estão em áreas consideradas de risco. O que são áreas de risco?

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

As formas do relevo

É o conjunto das variadas formas da litosfera ou, mais especificamente, da superfície terrestre, como
É o conjunto das variadas formas da litosfera ou,
mais especificamente, da superfície terrestre, como
montanhas (continentais ou submersas no mar), vales,
planícies e depressões, apresentando áreas mais ou menos
Quatro
elevadas, planas ou acidentadas.
principais
Montanhas
Falésias
Planaltos
Colinas
há diversas outras forma
de relevo, como:
Planícies
Vales
Depressões
Cuestas

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Altitude

Litosfera, atmosfera e hidrosfera Altitude é uma distância vertical medida entre um ponto e o nível

é uma distância vertical medida entre um ponto e o nível do mar

cume altitude nível médio dos mares mar LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA
cume
altitude
nível médio dos mares
mar
LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA

As variações do relevo

são medidas a partir do nível do mar.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Montanhas

São grandes elevações de terreno que se destacam por apresentar altitudes superiores às regiões vizinhas.

As mais elevadas resultam de dobramentos, isto é, de forças internas que provocam enormes dobras nas rochas, originando elevadas cadeias de montanhas.

As montanhas mais antigas e menos elevadas também resultaram de dobramentos. Contudo, com o tempo, foram sendo desgastadas, provocando seu lento rebaixamento.

Outro tipo de montanha é aquela resultante da formação de um vulcão, denominada montanha vulcânica.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

As montanhas mais antigas e menos elevadas também resultaram de dobramentos. Contudo, com o tempo, foram sendo desgastadas, provocando seu lento rebaixamento.

Intemperismo e erosão
Intemperismo
e erosão
Erosão Erosão Sedimentação
Erosão
Erosão
Sedimentação

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

JEREMYRICHARDS / SHUTTERSTOCK.COM
JEREMYRICHARDS / SHUTTERSTOCK.COM

Aspecto da

cordilheira no

Himalaia,

Nepal, 2010.

Formada pelo desdobramento de rochas, a cadeia de montanhas do Himalaia fica na Ásia, ocupando partes do território da China, Tibete, Nepal, Butão, Índia, entre outros. Possui as montanhas mais elevadas da superfície terrestre.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Planaltos

Litosfera, atmosfera e hidrosfera Planaltos São áreas em geral altas, com topos relativamente planos e bordas

São áreas em geral altas, com topos relativamente planos

e bordas nítidas, também são chamados de platôs.

Três

categorias

Planaltos

cristalinos

de platôs. Três categorias Planaltos cristalinos Planaltos sedimentares Planaltos basálticos formados

Planaltos

sedimentares

categorias Planaltos cristalinos Planaltos sedimentares Planaltos basálticos formados por rochas cristalinas,

Planaltos

basálticos

cristalinos Planaltos sedimentares Planaltos basálticos formados por rochas cristalinas, isto é, ígneas (ou

formados por rochas cristalinas, isto é, ígneas (ou magmáticas) ou metamórficas

formados em áreas de rochas sedimentares,

erguidas por movimentos internos da crosta

formados por rochas vulcânicas, onde no

passado haviam intensas erupções vulcânicas

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

ARTUR KEUNECKE / PULSAR IMAGENS
ARTUR KEUNECKE / PULSAR IMAGENS

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães (MT) apresenta uma paisagem típica de planalto. Foto de 2010.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Planícies

São áreas geralmente baixas e planas, onde predomina o acúmulo ou

deposição de sedimentos.

Podem ter

várias origens

vales fluviais

sedimentos trazidos pelos ventos

geleiras

entulhamento de lagos

Erosão Sedimentação Erosão Sedimentação
Erosão
Sedimentação
Erosão
Sedimentação

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

ALE RUARO / PULSAR IMAGENS
ALE RUARO / PULSAR IMAGENS

Os campos dos pampas em Bagé (RS) são um exemplo de planície. Foto de 2011.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Depressões

São áreas que se encontram rebaixadas em relação às áreas vizinhas.

a depressão

pode ser

absoluta

às áreas vizinhas. a depressão pode ser absoluta quando a depressão está abaixo do nível do

quando a depressão está abaixo do nível do mar

relativa

quando a depressão está abaixo do nível do mar relativa quando a depressão está acima do

quando a depressão está acima do

nível do mar, mas abaixo das áreas vizinhas

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

HANAN ISACHAR / ALAMY / OTHER IMAGES
HANAN ISACHAR / ALAMY / OTHER IMAGES

Vista aérea do mar Morto em foto de 2004.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Planisfério físico Adaptado de: ATLANTE Geografico Metodico De Agostini 2006-2007. Novara: Istituto Geografico De
Planisfério físico
Adaptado de: ATLANTE Geografico Metodico De Agostini 2006-2007. Novara: Istituto Geografico De Agostini, 2006.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

A dinâmica do relevo

O relevo não é algo eterno nem estático. Transforma-se com o tempo, mesmo sendo um processo que leva milhões de anos.

Dois tipos de forças modificam o relevo:

milhões de anos. Dois tipos de forças modificam o relevo: Link para ambiente on li ne

Link para ambiente online

forças internas

forças externas

para ambiente on li ne forças internas forças externas aquelas que se originam no   desnivelam

aquelas que se originam no

 

desnivelam o relevo,

interior da litosfera (movimento das placas tectônicas, por exemplo)

da litosfera (movimento das placas tectônicas, por exemplo) causando grandes modificações, e agem de maneira rápida

causando grandes modificações, e agem de maneira rápida

aquelas que se originam na

diminuem lentamente as diferenças entre as formas de relevo, desgastando as áreas

elevadas e acumulando

própria superfície terrestre (clima, águas e seres vivos, por exemplo)

própria superfície terrestre (clima, águas e seres vivos, por exemplo)

detritos nas partes baixas

 

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

forças internas

Litosfera, atmosfera e hidrosfera forças internas é o conjunto de fenômenos que leva à decomposição das

é o conjunto de fenômenos que leva à decomposição das rochas

é provocado principalmente pela

variação da temperatura

decomposição da rocha causada principalmente pela

ação da água ao dissolver os minerais solúveis que a compõem

é a decomposição das rochas pelas atividades dos seres vivos

Intemperismo intemperismo físico intemperismo químico intemperismo
Intemperismo
intemperismo
físico
intemperismo
químico
intemperismo

biológico

pelas atividades dos seres vivos Intemperismo intemperismo físico intemperismo químico intemperismo biológico 16
pelas atividades dos seres vivos Intemperismo intemperismo físico intemperismo químico intemperismo biológico 16
pelas atividades dos seres vivos Intemperismo intemperismo físico intemperismo químico intemperismo biológico 16
pelas atividades dos seres vivos Intemperismo intemperismo físico intemperismo químico intemperismo biológico 16

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Exemplo de intemperismo físico

calor

atmosfera e hidrosfera Exemplo de intemperismo físico calor frio com o tempo fraturas e fragmentações dos

frio

com o tempo
com o tempo

fraturas e fragmentações dos minerais

atmosfera e hidrosfera Exemplo de intemperismo físico calor frio com o tempo fraturas e fragmentações dos

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

forças internas

forças internas

forças internas Erosão
forças internas Erosão
forças internas Erosão
forças internas Erosão
forças internas Erosão
forças internas Erosão
forças internas Erosão
forças internas Erosão
forças internas Erosão
forças internas Erosão
forças internas Erosão

Erosão

forças internas Erosão

é a remoção de materiais de uma área para outra área vizinha

remoção de materiais de uma área para outra área vizinha geralmente os detritos ou sedimentos são

geralmente os detritos ou sedimentos são transportados por algum agente de erosão de uma área mais alta para outra área mais baixa

área onde ocorre a sedimentação ou acúmulo dos detritos ou sedimentos

vento, água,

geleira, etc.

a sedimentação ou acúmulo dos detritos ou sedimentos vento, água, geleira, etc. área onde ocorre a
a sedimentação ou acúmulo dos detritos ou sedimentos vento, água, geleira, etc. área onde ocorre a

área onde ocorre a erosão

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Etapas do processo de erosão

1
1

LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA

1
1
LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA 1 3 2 4 A vegetação, sobretudo as formações florestais,
3
3
2
2
LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA 1 3 2 4 A vegetação, sobretudo as formações florestais,
4
4

A vegetação, sobretudo as formações florestais, protege o solo contra a ação dos ventos e das enxurradas.

2
2

O desmatamento facilita o inicío da erosão: chuvas e ventos carregam a camada superficial do

 

solo, empobrecendo-o.

3
3

O solo é atingido pelos raios solares. Os ventos e as chuvas intensificam a erosão.

 
4
4

O solo assemelha-se a um deserto e não oferece condições como área agrícola.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Agentes externos que modificam o relevo

Responsáveis pelo

Agentes externos que modificam o relevo Responsáveis pelo Principais agentes intemperismo erosão transporte de

Principais agentes

que modificam o relevo Responsáveis pelo Principais agentes intemperismo erosão transporte de detritos sedimentação

intemperismo

erosão

transporte de detritos

sedimentação de detritos

água

geleiras

ventos

seres vivos

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

água atua de diversas formas precipitações rios mares geleiras
água
atua de diversas formas
precipitações
rios
mares
geleiras

Principais agentes

vento

é o ar em movimento

carrega partículas de

areia e modificam as

áreas que atingem

partículas de areia e modificam as áreas que atingem seres vivos entre a atuação dos seres

seres vivos

entre a atuação dos seres vivos, podemos dar como

exemplo a proteção e

desgaste do relevo e a transformação em rochas sedimentares

regs

dunas

loesse

exemplo a proteção e desgaste do relevo e a transformação em rochas sedimentares regs dunas loesse

pode formar

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Atmosfera

• camada de gases que envolve a Terra

21%

Atmosfera • camada de gases que envolve a Terra 21% 78% Oxigênio 1% Outros Nitrogênio •

78%

Oxigênio

1%

Outros

Nitrogênio

• a atmosfera é dividida em camadas

altitudealtitude
altitudealtitude

menor quantidade de gases

grande quantidade de gases

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Camadas da atmosfera satélites de telecomunicação ou de observação km 600 reflete de volta para
Camadas da atmosfera
satélites de
telecomunicação
ou de observação
km
600
reflete de volta para a superfície
muitas ondas eletromagnéticas
vindas da própria superfície
naves
espaciais
300
camada na qual
encontramos a camada
sonda meteorológica
filtra os raios ultravioleta
emitidos pelo Sol
de ozônio
foguete
80
camada onde vivemos
60
camada de ozônio
40
nela ocorrem os
fenômenos meteorológicos que
determinam o clima
e o tempo
balão meteorológico
helicóptero
observatórios
navios e submarinos
científicos
15
avião
0 km
LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA
EXOSFERA
MESOSFERA
TROPOSFERA
navios e submarinos científicos 15 avião 0 km LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA EXOSFERA MESOSFERA

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Clima ≠ tempo atmosférico

atmosfera e hidrosfera Clima ≠ tempo atmosférico é o conjunto de variações do tempo em um
atmosfera e hidrosfera Clima ≠ tempo atmosférico é o conjunto de variações do tempo em um

é o conjunto de variações do tempo em um determinado lugar

ou seja, é o conjunto de condições características, uma síntese do que costuma ocorrer durante o ano

refere-se a algo momentâneo, que varia no decorrer do dia

isto é, refere-se a um determinado momento, em um determinado lugar

logo, em um mesmo dia, o tempo pode variar consideravelmente

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Fenômenos atmosféricos

Temperatura

atmosférica

nível de calor resultante da ação dos raios solares

a conservação de calor do Sol pela atmosfera faz com que a diferença de temperatura entre

o dia e a noite não seja muito grande.

a essa diferença de temperatura chamamos de amplitude térmica.

quantidade de radiação solar quantidade de radiação solar
quantidade de
radiação solar
quantidade de
radiação solar

calor

menos calor

(frio)

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Radiação solar 30% - perdidos para o espaço por reflexão e espalhamento 6% - espalhados
Radiação solar
30% - perdidos
para o espaço
por reflexão e
espalhamento
6% - espalhados
para o espaço
pela atmosfera
100%
20% - refletidos
pelas nuvens
26% - radiação
difundida
(espalhada) para
a superfície
19% - radiação
absorvida pela
25% - radiação
solar direita
atmosfera e pelas
nuvens
4% - refletidos
pela superfície
(continentes e
oceanos)
51% - radiação solar absorvida na superfície
LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA

<http://jornaldotempo.uol.com.br/previsaodotempo.html/brasil/SaoPaulo-SP>. Acesso em: 5 set. 2011.

Fontes: BRASIL EM NÚMEROS. Rio de Janeiro: IBGE, v. 17, 2009; JORNAL DO TEMPO. Disponível em:

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Fatores que influem na temperatura atmosférica

Latitude

Quanto mais próximo do equador (menor latitude), maior será a temperatura

Latitude e temperatura em 4 cidades brasileiras
Latitude e temperatura em 4 cidades brasileiras

Latitude e temperatura em 4 cidades brasileiras

Latitude e temperatura em 4 cidades brasileiras

cidade

Natal

Salvador

São Paulo

Florianópolis

latitude

5º47’42”S

12º58’16”S

23º32’53”S

27º35’49”S

temperatura em 5 de setembro de 2011, às 9 horas

temperatura em 5 de setembro de 2011, às 9 horas

25 ºC

25 ºC

24

21

19

ºC

ºC

ºC

Altitude

25 ºC 24 21 19 ºC ºC ºC Altitude Os raios solares, absorvidos pelos oceanos e

Os raios solares, absorvidos pelos oceanos e continentes, aquecem a superfície terrestre e também as baixas camadas da atmosfera

terrestre e também as baixas camadas da atmosfera o ar aquece de baixo para cima “quanto

o ar aquece de

baixo para cima

terrestre e também as baixas camadas da atmosfera o ar aquece de baixo para cima “quanto

“quanto mais alto,

mais frio”

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Continentalidade

e maritimidade

São dois conceitos opostos que

indicam a proximidade ou o

afastamento de uma área em relação aos mares e oceanos.

Refere-se à influência exercida pelos oceanos e continentes em determinada área.

continentalidadecontinentalidade
continentalidadecontinentalidade
proximidade proximidade com os mares com os mares
proximidade
proximidade
com os mares com os mares
maritimidademaritimidade
maritimidademaritimidade

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Pressão

atmosférica

A atmosfera exerce uma pressão (força ou peso) sobre a superfície terrestre e sobre tudo aquilo que existe nela

ou seja

terrestre e sobre tudo aquilo que existe nela ou seja é o peso do ar Altitude
terrestre e sobre tudo aquilo que existe nela ou seja é o peso do ar Altitude

é o peso do ar

Altitude

(metros)

(3500)

(3000)

(2000)

(1000)

0

Baixa pressão Alta pressão LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA
Baixa pressão
Alta pressão
LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Vento

Litosfera, atmosfera e hidrosfera Vento é o ar em movimento esse movimento é causado principalmente pela

é o ar em movimento

esse movimento é causado principalmente pela diferença da pressão atmosférica em diferentes lugares

diferença da pressão atmosférica em diferentes lugares baixa pressão alta pressão (ciclone) (anticiclone)
baixa pressão alta pressão (ciclone) (anticiclone) direção dos ventos LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA
baixa pressão
alta pressão
(ciclone)
(anticiclone)
direção dos ventos
LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Umidade

do ar

Litosfera, atmosfera e hidrosfera Umidade do ar A atmosfera tem grande, porém limitada, capacidade de conter

A atmosfera tem grande, porém limitada, capacidade de conter vapor e gotículas de

água

limitada, capacidade de conter vapor e gotículas de água quando o limite é atingido, a umidade

quando o limite é atingido, a umidade relativa do ar é de 100%

=

precipitação

a água presente na atmosfera forma:

nuvens

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Precipitações atmosféricas Chuva Neve Granizo Orvalho
Precipitações
atmosféricas
Chuva
Neve
Granizo
Orvalho

Geada

fenômenos através dos quais a nebulosidade atmosférica se transforma em queda de água

sob forma de chuva, neve, orvalho ou geada

em queda de água sob forma de chuva, neve, orvalho ou geada precipitação líquida, em forma

precipitação líquida, em forma de gotas de água

precipitação sólida, de minúsculos

cristais de gelo

precipitação sólida, de pedras de gelo

condensação do vapor de água atmosférica sobre a superfície terrestre

solidificação do orvalho

de pedras de gelo condensação do vapor de água atmosférica sobre a superfície terrestre solidificação do
de pedras de gelo condensação do vapor de água atmosférica sobre a superfície terrestre solidificação do
de pedras de gelo condensação do vapor de água atmosférica sobre a superfície terrestre solidificação do
de pedras de gelo condensação do vapor de água atmosférica sobre a superfície terrestre solidificação do
de pedras de gelo condensação do vapor de água atmosférica sobre a superfície terrestre solidificação do

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Massas de ar

São gigantescos volumes de ar que adquirem suas características

ao permanecerem por algum

tempo em determinada região

Principais massas
Principais
massas

Tropicais continentais

Tropicais marítimas

Polares continentais

Polares marítimas

Encontro de diferentes massas

de ar

frias

podem ser
podem
ser

forma as

frentes

quentes

Massa Massa tropical tropical
Massa
Massa
tropical
tropical

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Principais tipos de clima

Clima equatorial

ocorre nas regiões próximas ao equador (baixas latitudes)

quente e úmido

duas estação definidas:

- verão: chuvoso

- inverno: menos chuvoso

pequena amplitude térmica

massa de ar predominante: equatorial

FERNANDA PRETO / FOLHA IMAGEM
FERNANDA PRETO / FOLHA IMAGEM

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Clima tropical

ocorre entre o trópico de Câncer

e de Capricórnio

(zona intertropical)

duas estações bem definidas:

- verão: chuvoso

- inverno: seco

massas de ar predominantes:

- massas úmidas: equatoriais

- massas frias: polares

CARVER MOSTARDIALAMY / OTHER IMAGES
CARVER MOSTARDIALAMY / OTHER IMAGES

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Clima desértico

ocorre nos grandes desertos,

geralmente em áreas

subtropicais

temperaturas muito elevadas

durante o dia (aproximadamente 42 ºC) e muito baixas durante a noite (aproximadamente 0 ºC)

massa de ar predominante:

quente e seca

ERIN BABNIK / ALAMY / OTHER IMAGES
ERIN BABNIK / ALAMY / OTHER IMAGES

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

EDUARDO KNAPP / FOLHAPRESS
EDUARDO KNAPP / FOLHAPRESS

Clima frio polar

ocorre nas áreas polares

(altas latitudes)

inverno longo e rígido,

extremamente frio

massa de ar predominante:

polar

existe um clima frio de altitude nas áreas das grandes cadeias de montanhas, cujos cumes são eternamente cobertos de gelo.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Climas temperados

Litosfera, atmosfera e hidrosfera Climas temperados • ocorrem entre os dois trópicos e os dois círculos
• ocorrem entre os dois trópicos e os dois círculos polares (médias latitudes) • quatro
• ocorrem entre os dois trópicos
e os dois círculos polares
(médias latitudes)
• quatro estações bem definidas
Clima temperado
oceânico
• ocorre nas áreas litorâneas da zona
temperada
• grande influência de massas de ar oceânicas
• verão: ameno
inverno: úmido e não muito rigoroso
• pequena amplitude térmica anual
DAVID L. MOORE - CANADA / ALAMY / OTHER IMAGES

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Clima temperado continental

ocorre no interior dos continentes, afastado dos mares

massa de ar predominante:

temperada continental

verão: muito quente e

relativamente chuvoso

inverno: muito rigoroso

ALEXEY GNILENKOV / AAMY / OTHER IMAGES
ALEXEY GNILENKOV / AAMY / OTHER IMAGES

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Clima temperado mediterrâneo

ocorre nas proximidades do mar Mediterrâneo

verão: seco

inverno: chuvoso

LUGRIS / ALAMY / OTHER IMAGES
LUGRIS / ALAMY / OTHER IMAGES

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Mundo – Principais tipos de clima Adaptado de: DICTIONARY of the Earth. London: Dorling Kindersley,
Mundo – Principais tipos de clima
Adaptado de: DICTIONARY of the Earth. London: Dorling Kindersley, 1996.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Hidrosfera

É o conjunto das águas da Terra. Qual é a proporção de água e terra no mundo?

Em constante

movimentação
movimentação

movimenta-se das áreas mais altas para as mais baixas

muda de estado físico (líquida, gasosa e sólida)

73%

água

27% terra
27%
terra

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

A precipitação cai vapor de água nas terras altas. liberado na vento atmosfera por plantas
A precipitação cai
vapor de água
nas terras altas.
liberado na
vento
atmosfera por
plantas e animais
O vapor de água
forma nuvens.
Água
transportada a
jusante pelo rio.
vento
A água infiltra-se
no solo e flui
para o lago ou
para o rio.
A água
do mar
evapora.
água
A água do lago
acumulada
evapora.
no mar
A água infiltra-se
no solo e flui
para o mar.
O rio deságua
no mar.
LUIS MOURA / ARQUIVO DA
EDITORA

43

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Águas marítimas

São partes ou prolongamentos dos oceanos

Massas líquidas salgadas que se situam próximas aos continentes

líquidas salgadas que se situam próximas aos continentes Mares Mares abertos Mares interiores Mares fechados
Mares Mares abertos Mares interiores Mares
Mares
Mares
abertos
Mares
interiores
Mares

fechados

Localizam-se nos litorais e são

prolongamentos dos oceanos

Situam-se dentro dos continentes, mas possuem

comunicação com o oceano através de estreitos

Localizam-se no interior dos continentes e não se comunicam com os oceanos

com o oceano através de estreitos Localizam-se no interior dos continentes e não se comunicam com
com o oceano através de estreitos Localizam-se no interior dos continentes e não se comunicam com
com o oceano através de estreitos Localizam-se no interior dos continentes e não se comunicam com

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Marés

Litosfera, atmosfera e hidrosfera Marés Quanto mais próxima a Lua estiver de um determinado ponto, mais
Litosfera, atmosfera e hidrosfera Marés Quanto mais próxima a Lua estiver de um determinado ponto, mais

Quanto mais próxima a Lua estiver de um determinado ponto, mais as águas dessas regiões irão se elevar

(maré alta). Conforme a Lua se afasta desse

ponto a maré vai rebaixando (maré baixa).

São movimentos constantes de elevação e rebaixamento das águas marinhas.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

1
1

MARÉ FORTE

Maré de águas-vivas (amplitude máxima)

TERRA Lua nova LUA SOL (Conjunção Lua-Sol)
TERRA
Lua nova
LUA
SOL
(Conjunção Lua-Sol)

MARÉ FORTEmáxima) TERRA Lua nova LUA SOL (Conjunção Lua-Sol) Maré de águas-vivas (amplitude máxima) Lua cheia TERRA

Maré de águas-vivas (amplitude máxima)

Lua cheia TERRA SOL LUA (Oposição Lua-Sol)
Lua cheia
TERRA
SOL
LUA
(Oposição Lua-Sol)

MARÉ FRACAmáxima) Lua cheia TERRA SOL LUA (Oposição Lua-Sol) Maré de águas mortas (amplitude mínima) LUA TERRA

Maré de águas mortas (amplitude mínima)

LUA TERRA SOL LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA
LUA
TERRA
SOL
LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA

MARÉ FRACAmínima) LUA TERRA SOL LUIS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA Maré de águas mortas (amplitude mínima)

Maré de águas mortas (amplitude mínima)

TERRA SOL LUA
TERRA
SOL
LUA
Maré provocada pela atração solar Força de atração lunar

Maré provocada pela atração solar

Força de atração lunarMaré provocada pela atração solar

Maré provocada pela atração lunar Força de atração solar

Maré provocada pela atração lunar

Força de atração solarMaré provocada pela atração lunar

Quando a atração da Lua se soma à do Sol, temos as maiores marés. Contudo, quando esses dois astros estão em posições diferentes em relação à Terra (formando um ângulo de 90º), temos as marés mais fracas.

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Ondas

Litosfera, atmosfera e hidrosfera Ondas São provocadas pelos ventos Geralmente não ultrapassam 10 metros de altura

São provocadas pelos ventos

Geralmente não ultrapassam 10 metros de altura

Correntes

marítimas

não ultrapassam 10 metros de altura Correntes marítimas Assemelham-se aos rios que correm em mares e

Assemelham-se aos rios que correm em mares e oceanos

São deslocamentos contínuos de massas de águas marinhas que

seguem na mesma direção e com igual velocidade

Resultam da ação de ventos constantes e do movimento de rotação da Terra

Apresentam temperatura e salinidade diferentes das águas vizinhas

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Correntes marítimas
Correntes marítimas

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Rios

São correntes de água doce que se formam a partir de uma precipitação

(chuva ou neve), de um lago ou de fontes conhecidas como “olhos-d’água”.

São compostos de:

nascente (cabeceira)

foz (desembocadura)

curso

leito (canal)

margens

local onde o rio nasce, situado sempre em um ponto mais elevado do terreno

ponto onde o rio termina, geralmente desaguando no mar, lago ou outro rio

caminho que o rio percorre da nascente até a

foz

faixa de terra, abaixo das áreas vizinhas, por onde o rio corre

faixas de terra firme situadas de cada um dos

lados do leito do rio

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Lagos

Litosfera, atmosfera e hidrosfera Lagos São grandes volumes de água cercados de terra Lagoas: são lagos

São grandes volumes de água

cercados de terra

Lagos São grandes volumes de água cercados de terra Lagoas: são lagos de menor extensão Dois

Lagoas: são lagos de menor

extensão

Dois tipos

de terra Lagoas: são lagos de menor extensão Dois tipos Lagos de água doce Lagos de

Lagos de água doce

lagos de menor extensão Dois tipos Lagos de água doce Lagos de água salgada são aqueles

Lagos de água salgada

Dois tipos Lagos de água doce Lagos de água salgada são aqueles que possuem um rio

são aqueles que possuem um rio emissário que, ao escoar parte de suas águas, as mantém doce

que, ao escoar parte de suas águas, as mantém doce rio que nasce no lago geralmente,

rio que nasce no lago

geralmente, são aqueles que, por

não terem por onde escoar suas águas, sofrem o efeito da evaporação, o que torna as águas mais salgadas

Litosfera, atmosfera e hidrosfera

Águas subterrâneas

Água que infiltra no subsolo Lençóis de águas subterrâneas é a água subterrânea que costuma
Água que infiltra no subsolo
Lençóis de águas subterrâneas
é a água subterrânea que costuma
ser extraída por meio de poços
simples, cavados com pás
lençol freático
é próximo da superfície
está confinado entre camadas
de rochas impermeáveis
lençol
artesiano
é aquele que está mais distante
da superfície do solo

51