Sunteți pe pagina 1din 7

25/03/2015

decksemmadeiraparaexterior­Simulados­Kokokkkkkkkkkkkkkkkk

decksemmadeiraparaexterior

Bykokokkkkkkkkkkkkkkkk|Studymode.com

​Oquefalta:

Acabarcapa

IndicecorresponderaosCapitulos

Em“MadeiraseasuautlizaçaoemDecks”:PincipaisMadeirasusadasemDecksde

madeiraexterioreseassuasdiferençasecaraceteristicas

Acrescentaraconclusão

CAPA

Indice

1.INTRODUÇÃO

1

1.1.OBJECTO,ÂMBITO,JUSTIFICAÇÃO

1

1.2.BASESDOTRABALHODESENVOLVIDO

2

1.3.ORGANIZAÇÃODOPROJECTO

2

2.AMADEIRANACONSTRUÇÃOCIVIL

5

2.1.INTRODUÇÃO

5

2.2.MADEIRA–NOÇÃOBASE

6

2.2.1.ESTRUTURAANATÓMICADOLENHO

7

2.2.2.PROPRIEDADESORGANOLÉPTICASDASMADEIRAS

8

2.2.3.PROPRIEDADESFÍSICASDASMADEIRAS

8

2.3.AGENTESDEGRADADORES

9

2.3.1.AGENTESBIÓTICOS(INSECTOS,FUNGOS,MOLUSCOSE

CRUSTÁCEOS)

9

2.3.1.1.Fungos

9

2.3.1.2.InsectosXilófagos

 

10

2.3.1.3.Xilófagos

Marinhos

10

25/03/2015

Introdução

decksemmadeiraparaexterior­Simulados­Kokokkkkkkkkkkkkkkkk

Amadeiraenquantomaterialdaconstruçãocivilapresentainúmerasvantagenspelas

quaistemsidoaolongodosanos(comtendênciaaaumentar),ummaterialde

eleição.

Dopontodevistamecânico,amadeiraéreconhecidapelasuacapacidadederesistir

àtracção,aocontráriodobetão,ealémdissoapresentaumaresistênciaà

compressãocomparávelàdeumbetãoderesistênciarazoável.Tambémemrelação

àflexãoeaocorte,amadeiraécercadedezvezesmaisresistentequeobetão.

Alémdaspropriedadesestruturais,amadeirapossuicaracterísticasextremamente

boasdeisolamentotérmicoeacústico.Apesardasuagranderesistência,amadeiraé

ummaterialleve,debaixamassavolúmica,conseguindoumaóptimarelaçãoentrea

capacidadedesuporteeopeso.

Existeaindaumaenormevariedadedesistemasdeligaçãoparaelementosde

madeira,oquefacilitaoseuemprego.Amadeiraexisteemgrandesquantidades,ea

baixocusto,renovando­senaturalmente.Alémdisso,asuamaquinaçãorequerum

baixoconsumodeenergia.

Comoédeconhecimentogeral,amadeiraéummaterialcombustívelquandoem

elementosdepequenasdimensõesevulnerávelaagentesbiológicoseatmosféricos,

peloquenecessitadecuidadosaoníveldapreservação.

Madeiraseasuautilizaçãoemdecks–NOÇÃOBASE

OtermodeckdemadeirafoicriadopelaMarinhaparadenominarpisosdeambientes

descobertosabordo.

Éportábuasgeralmentecolocadasparalelamente,odeckdemadeiraémuito

utilizadoaoredordepiscinas,banheiras,varandas,terraçosebanheirasde

hidromassagemproporcionandoaoambienteumardemodernidadeeaconchego.

Entreolenhoeacascaexisteumacamadafinadecélulas,ocâmbio,quetêma

25/03/2015

decksemmadeiraparaexterior­Simulados­Kokokkkkkkkkkkkkkkkk

capacidadedesedividir,originandocascaparaforaelenhoparaointerior,oque,

obviamente,provocaoengrossamento

dotronco.

Ocrescimentodaárvoreresultadadivisãodeoutrotipodecélulassituadasnas

extremidadesequevãooriginandoamedula.

Logoqueformadas,ascélulasdolenhocrescem,aomesmotempoqueasuaparede, celulósica,seespessa.Notermodoprocessodecrescimento,deposita­selenhinana suaperiferia–lenhificação–,actuandocomoenrigecedoreelementodeligaçãoentre células.Umavezterminadooseudesenvolvimentoamaiorpartedascélulasdolenho morre,permanecendovivasasdeparênquimaquetêmporfunçãooarmazenamento oureserva. Comoésabido,umaárvorecompõe­sederaiz,troncoecopa. Ocrescimentodaárvoredá­sepelaproduçãodenovascélulas,nazonadocâmbio, sendoqueascélulasmaisvelhasvãoficandonointerior.Amadeirautilizadana construçãoprovémdolenhodosvegetaissuperiores,árvoresealgunsarbustos. Olenhoéconstituídopeloborneepelocerne;éoresponsávelpelasustentaçãoe resistênciadamadeira.Noquetocaàmatéria­primalenhosa,olenhoéoqueconstitui aparteútildocaule.Entreoborneeocerne,estesegundoéoqueapresentamaior qualidade,contudo,recomenda­setambémousodoborne,porumladopor

representarumaelevadapercentagemdotronco(25%a60%),eporoutroporse

deixarimpregnarcommaiorfacilidadeporpreservantes.

Amedulaéapartecentraldotroncoeéconstituídaportecidoesponjosoefrouxo,

peloquenãotemqualquerresistênciamecânicanemdurabilidade,constituindoasua

presençaumdefeitodaspeçasdemadeiraserrada.

ESTRUTURAANATÓMICADOLENHO

Quantoàestruturadolenho,importadistinguirentremadeirasderesinosasde

folhosas.

AsresinosassãoárvoresdogrupodasGimnospérmicas,sendoqueamaioria

pertenceàclassedasconíferas.Exemplosdeárvoresresinosassão:Abeto,Pinheiro

eCipreste.

Asfolhosas,porseuturno,pertencemaogrupodasAngiospérmicas,eincluem

espéciescomooCarvalho,oCastanheiroeaFaia

PROPRIEDADESORGANOLÉPTICASDASMADEIRAS

Enquantomaterialdeconstrução,aspropriedadesorganolépticasdamadeiraque

maisinteressetêm,são:

Acor:nasmadeirasderesinosas,distinguem­seaszonasmuitoclaras,dePrimavera,

25/03/2015

decksemmadeiraparaexterior­Simulados­Kokokkkkkkkkkkkkkkkk

easzonasmaisescuraseacastanhadas,deOutono;nasmadeirasdefolhosas,a

diferençadecorentreoslenhosnãoétãomarcada;noentanto,estasmadeiras

variammuitodecordeacordocomaespécie,desdeclarasatémuitoescuras,quase

pretas.

Obrilho:obrilhonaturaldasmadeirasvaidesdebaçoatébrilhante.

Paraaescolhadeumadeterminadamadeira,éprecisoatenderàssuaspropriedades

físicasparaqueseadequemomaispossívelaosusosprevistos.

Aspropriedadesfísicasdependemdosseguintesfactores:

Espéciebotânicadamadeira:ocomportamentofísico­mecânicodamadeiradepende

dasuaespéciebotânica,umavezqueéfunçãodasuaestruturaanatómicaeda

constituiçãodostecidoslenhosos;

Massaespecíficaaparentedomateriallenhoso;

Posiçãorelativadapeçanolenho;

Existênciadedefeitos:alocalização,dimensãoedistribuiçãodosdefeitospodem

originaranomaliasimportantesnocomportamentofísico­químicodaamostraou

provete.

Humidade:aresistênciamecânicadamadeira,podeficarmuitocomprometidapela

humidadeimpregnada.

Agentesdegradadoresdemadeira

Dentrodosagentesdegradadorespodemencontrar­seagentesbióticos(fungos,

insectosxilófagosexilófagosmarinhos)eagentesabióticos(sol,chuvaevento),e

aindaofogoecertoscompostosquímicos

AGENTESBIÓTICOS(INSECTOSeFUNGOS)

umxilófagoéumanimalquesealimentademadeira,degradando­aediminuindoas

suaspropriedadesfísicasemecânicas.Fungos

Osfungosqueatacamasmadeiraspodemserprincipalmentededoistipos:Bolorese

FungosdePodridão.

Osmaiscomuns,osbolores,sãoinofensivospoisnãoproduzemperdassignificativas

naresistênciadamadeira,contudocriamcondiçõesparaodesenvolvimentode

fungosdepodridão,eessessim,inspiramcuidadospoispodemcausaruma

25/03/2015

decksemmadeiraparaexterior­Simulados­Kokokkkkkkkkkkkkkkkk

diminuiçãodedensidade,diminuiçãoderesistência,desintegraçãodamadeira,

descoloraçãoeaumentodoteoremáguadaspeças.Oodoramofoeosomocodas

madeirasafetadasporestesfungossãosinaisdasuapresença.

InsectosXilófagos

Osinsectosxilófagosclassificam­seporciclobiológicoeminsectosdeciclolarvar (carunchos)einsectossociais(térmitas). Térmitas:esteinsectoébemconhecidonascontruçoespelosestragosquecausaem pavimentos,vigamentoserodapés.Esteinsectoéprejudicialásmadeirasdedeck poisestaapresentanormalmentecondiçõesfavoráveisaoseudesenvolvimento,uma vezquesealimentadeceluloseenecessitadeumambientecomelevadahumidade. Carunchos:esteinsectocausaestragosespecialmenteemcontraplacados, pavimentos,escadasoumobiliárioemmadeira. Asuapresençaéidentificadaporpequenosfurosdecontornocirculardosquais

escoaserrimmuitofino,semelhanteafarinha(Img.1).

Medidasdecaracterpreventivo:

­diminuiçãodoteoremamido(secagemabaixastemperaturas)

­medidasdehigiene(todoomaterialdeveserinpeccionadoese

infestadoprontamenteeliminado)

­tatamentos(aplicaçãosuperficialdeprodutospreservadoresadequados,inseticidas

líquidosouimpregnaçãoprofundadamadeira)

(Img.1)

InsectosXilófagosMarinhos

Osmoluscosdogéneroteredo,comoporexemploogusano,emboraminúsculoera

umaameaçarealparaanavegaçãonaépocadosdescobrimentos,existindovários

relatosdenaviostotalmenteperdidosdevidoaoenfraquecimentodocascopelaacção

25/03/2015

decksemmadeiraparaexterior­Simulados­Kokokkkkkkkkkkkkkkkk

dotaredo.Estaespéciedeanimaisatacamamadeiraemlocaisondesefazsentir

aalternânciadasmarés.Asmadeirassubmersassãoatacadasporpequenos

crustáceosdosgéneroslimnóriaechelura

AgentesAtmosféricos

Amadeira,porsetratardeummaterialdenaturezaorgânica,temtendênciaa

degradar­seemcontactocomomeioambiente.Paracontrariaraacçaodos

diferentesagentesatmosféricospodemaplicar­sediferentestiposdeacabamentos

comoosrevestimentosporpinturaouenvernizamento.

AcçãodoSol:Osolprovocaadegradaçãodalenhinaeaperdadecoesãoentreas

fibras.Quandoexisteumatintaouverniz,afotodegradaçãovaicausandoa

progressivadeterioraçãodaspelículasderecobrimentodaspeças.

Acçãodachuva:Aacçãodachuvaprovocaumaumentodoteoremáguada

superfíciedamadeira,conduzindoaoaparecimentodefendas.Aáguadachuvafaz

comqueassubstânciasqueconstituemamadeirasediluam,causandodegradação

superficial,alteraçãodacor,enfraquecimentomecânicoeelevaçãodacapacidadede

absorçãosuperficial.

Acçãodofogo:

Revestimentosporpinturaeenvernizamentodemadeiras

Aqualidadeedurabilidadedeumrestimentoporpinturaouporenvernizamento

condicionamporumladooaspectodecorativodaoraeporoutroladoaprotecçaodos

materiais.

Qualidadesessenciaisdeumatinta/verniz:

Facilidadedeaplicação–parecendoevidenteestaqualidade,surgemporvezes

vernizesoutintasdedifícilaplicaçãoerequerendomanipulaçõescuidadosas.

Tolerância–acertascondiçõesclimatéricasmenosadequadasaquandodasua

aplicação(superfícieshúmidas,cobertasdepó,ect.).

Compatibilidade–comoutrastintasouvernizesquesejamposteriormenterepintadas.

Caracteristicasespecificas–qualidadefundamentalparaaescolhadeumatintaou

vernizéasuaaplicaçãoparasuportarcondiçõesambientaisespecificas,como

temperaturasehumidadeselevedas.Taistintas/vernizesterãoprovavelmenteuma

formulaçãodiferentedeambienteparaambiente.

25/03/2015

decksemmadeiraparaexterior­Simulados­Kokokkkkkkkkkkkkkkkk

Economia–ofactoreconómicoéessencial,sendoavaliadopelarelaçãoentrea

qualidadedorevestimento(pinturaeenvernizamentopossuemdurabilidades

diferentes),custoinicialeocustodamãodobraparaaaplicação(porvezesoo

materialrequercuidadosacrescidos)

Algumasdascausasquepodemafectaraqualidadedorevestimentodeumdecksão:

­Aplicaçaoemambienteshúmidos

­Inadequadaeincorrectapreparaçãodasuperfície

­Usodeprodutosdequalidadeinferior

­Incompatibilidadesdeprodutosnoesquemadepintura

Agentesatmosféricoscomoosolechuva,quedegradamumDeckdemadeira,

podemseratenuadospelaaplicaçãodecertosvernizesetintas,porexemplo,

acabamentosopacosprotegempormaistempo,sendoquejáexistemvernizesonde

sãoincorporadospigmentosabsorvedoresdaradiaçãoUV,ouóxidosmetálicosque

reflectemestaradiação,conseguindoumamaiordurabilidade.

Emrelaçãoàacçãodachuva,umaimpregnaçãoporimersãocomsoluçõesoleosas

repelentesdehumidade,antesdeprocederàsuapinturadeacabamento,podeser

umasoluçãoeficaz

Atendendoàgrandehigroscopicidadedamadeira,ouseja,àsuacapacidadede

absorveredeixarevaporaraágua,oradilatandooracontraindo,ésimples

compreenderaimportânciadeumbomacabamentoedasuacuidadamanutenção.

Aoníveldofuncionamento,adeterioraçãoouinexistênciadeumsistemadepintura

adequado,conduzainchamentosouempenos.

Conclusão

Quandoatrabalharcommadeiranacontrucçaodeumdeckháalgumasvantagens

emrelaçãoaoutrosmateriais

­Éummaterialnatural(nãotoxico)emuitoforteemrelaçãoaoseupeso

­Éummaterialqueéesteticamenteagradáveleéfacilmentetrabalhável

­Amadeiraéummaterialquepodeserre­utlizadoseasuaqualidadeforbem

controlada

­Nocasodejánãosernecessáriaestaébiodegradávelsemsernecessárioaajuda

dequalquerprodutopoluente