Sunteți pe pagina 1din 35
simulado

simulado

simulado

SIMULADO ENEM

VERSÃO COMPACTA

PROVA TIPO A-4

INSTRUÇÃO PARA REALIZAÇÃO DA PROVA

LEIA COM MUITA ATENÇÃO

1. Esta prova contém 90 questões de múltipla escolha (23 de Ciências Humanas e suas Tecnologias, 22 de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, 23 de Lin- guagens, Códigos e suas Tecnologias e 22 de Matemática e suas Tecnologias), cada uma com 5 alternativas, das quais somente uma é correta. 1. Anote a letra correspondente à sua escolha de resposta para cada questão, no campo indicado.

2. Serão anuladas questões em branco, rasuradas ou que tenham como indicação letras diferentes de A, B, C, D e E

3. Use letra de forma MAIÚSCULA: A, B, C, D, E

EXEMPLO DE PREENCHIMENTO

Ciências Humanas e suas Tecnologias

Q1

Q2

Q3

Q4

Q5

Q6

Q7

Q8

Q9

Q10

Q11

Q12

A

C

C

D

E

A

B

C

A

E

E

B

Q13

Q14

Q15

Q16

Q17

Q18

Q19

Q20

Q21

Q22

Q23

Q24

B

B

D

A

C

A

E

C

D

B

E

A

4. Não rasure nem amasse a folha de respostas. Não escreva nada no cartão de respostas fora do campo reservado.

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS A partir da análise do texto, identifique as afirmativas corretas:
CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS
TECNOLOGIAS
A
partir da análise do texto, identifique as afirmativas
corretas:
Questões de 1 a 23
I – O fragmento defende a concepção de que, apesar
QUESTÃO 01
do
desenvolvimento de novas tecnologias de
Leia o trecho:
informação, a História, como ciência, continuará a ser
a principal fonte de preservação da memória das
sociedades humanas.
Das duas epopeias que se encontram na origem da
literatura grega, uma ilustra o poder de expansão da
raça: evoca o estabelecimento dos gregos na costa da
Ásia; graças à Ilíada, a guerra de Tróia, um dos mais
notáveis episódios dessa empresa, passou a ser o
acontecimento simbólico da força conquistadora dos
helenos. A segunda epopeia focaliza outra qualidade
dos mesmos helenos: a faculdade de adaptação que,
acrescentada ao espírito de aventura, fez que esse
povo apegado à terra se vergasse de tal forma a
novas condições de existência que, mal despertou
para a poesia, se revelou capaz de conceber e de
apreciar o poema do mar, que é a Odisseia.
– A ciência histórica, para os autores do texto, teve
como uma de suas funções legitimar o poder do
Estado. Por isso as novas tecnologias de informação
apresentam um caráter mais democrático, ao
permitirem o acesso a várias concepções sobre
determinados assuntos.
II
III
– O conteúdo do texto aponta para o
enfraquecimento da História como instrumento de
construção da memória, ressaltando que as
tecnologias de informação são o mais novo espaço de
preservação desta memória.
Fonte: DUFOUR, Médéric e RAISON, Jean. Introdução ao livro Odisseia, de HOMERO. SP:
Abril, 1981, p. 5.
Estão corretas:
Sobre as duas maiores obras atribuídas ao grego
Homero, Ilíada e Odisseia, identifique as alternativas
(A)
I e II apenas.
corretas:
(B)
I e III apenas.
I – Tanto a Ilíada como a Odisseia são poemas nos
quais o espírito aventureiro dos gregos pode ser
identificado.
(C)
III apenas.
(D)
II e III apenas.
(E)
I, II e III.
II
– Ao contrário da Odisseia, a Ilíada trata de
questões da organização política interna dos gregos
QUESTÃO 03
da
Antiguidade.
Analise atentamente os quadrinhos abaixo e, em
III
– As duas narrativas legaram às gerações futuras,
seguida, assinale a alternativa que mais bem expressa
gregas ou não, aspectos do cotidiano político e social
dos gregos da Antiguidade.
o
conteúdo neles expresso:
Estão corretas:
(A)
I apenas.
(B)
I e II apenas.
(C)
I e III apenas.
(D)
II e III apenas.
(E)
I, II e III.
QUESTÃO 02
Leia o trecho:
A
História desempenhou papel fundamental na
legitimação do poder de Estado e na consolidação de
uma identidade nacional, no decorrer do tempo. No
entanto, a História foi perdendo o papel central na
construção da memória oficial com a inserção das
tecnologias de comunicação no tecido das sociedades
industriais. A mídia se transformou [
]
no principal
lugar de memória das sociedades contemporâneas, e
passou a ser a principal testemunha da história. O
desenvolvimento tecnológico, cada vez mais
acelerado, promete provocar uma verdadeira
revolução nas trajetórias operacionais da História.
Fonte: FREYRE, Gilberto. Casa Grande & Senzala em quadrinhos. SP: Global, 2009, p. 45.
Fonte: ENNE, Ana Lucia e TAVARES, Cristiane. Memória, identidade e discurso midiático:
uma revisão bibliográfica. Disponível em: www.castelobranco.br/sistema/novoenfoque/files/
01/memoria2.doc. Acesso em: 02 jan. 2013, às 09H00.

SIMULADO ENEM | Página 1

Está correta:

 

QUESTÃO 05

 

(A)

apesar das tentativas dos brancos de imporem seus padrões linguísticos aos negros, a força da língua falada pelos escravos acabou superando a dos europeus, uma vez que expressões africanas são mais comuns do que as europeias na língua falada no Brasil.

Analise as canções abaixo para responder a questão:

 

Apesar de você (1970)

(Chico Buarque de Holanda)

(B)

os padrões linguísticos do Norte e Nordeste atuais foram determinados a partir da fusão de elementos trazidos pelos negros da África e pelos brancos europeus, não existindo a presença de termos indígenas nos vocabulários existentes nestas regiões do Brasil.

Hoje você é quem manda Falou, tá falado

Não tem discussão

] Você que inventou esse estado E inventou de inventar Toda a escuridão Você que inventou o pecado Esqueceu-se de inventar O perdão

[

(C)

as normas cultas da língua portuguesa foram subvertidas pelo contato com os vocabulários trazidos pelos negros africanos escravizados no Brasil, o que promoveu o surgimento de um padrão linguístico vulgar, no Norte e no Nordeste do país.

(D)

o contato dos brancos de origem europeia com os negros escravizados nos primeiros tempos da colonização do Brasil promoveu uma fusão de seus padrões linguísticos, determinando peculiaridades no vocabulário de regiões onde este contato ocorreu.

Apesar de você Amanhã há de ser Outro dia

[

]

(E)

a fusão de padrões linguísticos africanos e europeus, desde o início da colonização do Brasil, foi responsável pelo surgimento de uma língua própria dos brasileiros, sem diferenças significativas, independente da região na qual é falada.

Fonte: letra disponível em: Chico Buarque – letra e música. SP: Companhia das Letras, 2004, p. 92.

Que país é esse? (1978)

 

Renato Russo

QUESTÃO 04

   

Leia o trecho abaixo:

Música africana razoavelmente pura sobreviveu, nos Estados Unidos, em parte como música ritual, pagã e mais ou menos cristianizada, e em expressões como canções de trabalho e hollers. No estado da Louisiana, essa música era até certo ponto oficialmente encorajada, como uma espécie de válvula de escape para os escravos, talvez na mesma medida

em que as danças tribais são hoje incentivadas pelas

 

Nas favelas, no Senado Sujeira pra todo lado Ninguém respeita a Constituição Mas todos acreditam no futuro da nação Que país é esse?

[

]

Terceiro mundo se for Piada no exterior Mas o Brasil vai ficar rico Vamos faturar um milhão Quando vendermos todas as almas Dos nossos índios num leilão Que país é esse?

Fonte: Letra disponível em: http://letras.mus.br/legiao-urbana/46973/. Acesso em: 31 dez. 2012, às 09H30.

autoridades sul-africanas. [

]

No entanto, a música

negra rapidamente passou a se fundir com componentes brancos, e a evolução do jazz é o resultado dessa fusão. O jazz surgiu no ponto de intersecção de três tradições culturais europeias: a espanhola, a francesa e a anglo-saxã.

 

Fonte: HOBSBAWM, Eric J. História social do Jazz. SP: Paz e Terra, 2008, p. 61.

 

De acordo com a concepção expressa pelo fragmento:

Sobre a correlação dos textos, estão corretas as seguintes afirmativas:

(A)

apesar de influenciado por padrões musicais europeus, o jazz dos Estados Unidos manteve-se como um estilo majoritariamente negro.

a origem do jazz estadunidense pode ser identificada como uma adaptação dos negros aos estilos musicais vindos da Europa.

I

– Apesar de terem sido compostas em momentos

(B)

distintos da vida política brasileira, as duas canções criticam de forma contundente a estrutura do país, vigente no momento de sua composição.

II

– Ambas as canções demonstram a insatisfação dos

(C)

o jazz estadunidense, apesar de surgir como uma manifestação dos negros do país, é resultado da fusão de padrões culturais negros e europeus.

autores em relação ao direcionamento econômico dado pelos governos militares e seus efeitos para a sociedade brasileira.

(D)

a evolução do jazz levou o estilo a ser adotado como uma manifestação religiosa, influenciada pelo cristianismo vindo da Europa.

III – Os momentos em que foram compostas determinaram o conteúdo das canções: a primeira, com uma crítica mais velada, foi escrita no auge da ditadura militar e a segunda, mais explícita, no momento do início da abertura política.

(E)

o jazz surgiu como um estilo musical tipicamente estadunidense na Louisiana, por ser o estado com maior número de negros no país.

SIMULADO ENEM | Página 2

Estão corretas:

 

(B)

(http://pt.wikimedia.org. Acesso em

(http://pt.wikimedia.org. Acesso em

Futebol

 

(A)

I e II apenas.

americano

(B)

I e III apenas.

(C)

II apenas.

(D)

III apenas.

(E)

II e III apenas

QUESTÃO 06

 

Leia o trecho abaixo:

 

20/01/2013).

O

próprio mapa desse país é análogo à superfície

(C)

(http://pt.wikimedia.org. Acesso em 20/01/2013).

(http://pt.wikimedia.org. Acesso em

20/01/2013).

Tênis

 

plana horizontal sobre a qual se desenvolve uma prática de atravessamento, e, mais que isso, ao

campo de certa prática esportiva, com sua cartografia traçada à régua delimitando um espaço de conquista. Na história, na cultura e na geografia do país uma “subjetividade afirmativa e onipotente espelha a

eficiente conquista territorial [

]

que ligou os oceanos

“Atlântico e Pacífico” em marcha para Oeste, esquadrinhando “o solo em unidades federativas

geometricamente definidas”. Desenvolveu-se, assim, uma sensibilidade desarraigada, ligada ao fluxo contínuo, figurada nas estradas de ferro e nos desertos, como “substrato de uma vocação

imperialista para a conquista de [

arranha-céu como desdobramento lógico no plano vertical.”

territórios, tendo o

]

(Adaptado de WISNIK, José Miguel. Veneno remédio: o futebol e o Brasil. São Paulo: Cia das Letras, 2008. pp. 148-9)

(D)

(http://pt.wikimedia.org. Acesso em

(http://pt.wikimedia.org. Acesso em

Kung-Fu

 

No

texto acima, havia menções ao mapa de um país e

a uma atividade esportiva, propositalmente ocultados.

A

partir das informações do texto, selecione a

alternativa que preencha adequadamente essas

referências:

 

(A)

   

Rúgbi

20/01/2013).

(http://pt.wikimedia.org. Acesso em

(http://pt.wikimedia.org. Acesso em

(E)

(http://pt.wikimedia.org. Acesso em

(http://pt.wikimedia.org. Acesso em

Esgrima

 

20/01/2013).

 

20/01/2013).

 
 
 

SIMULADO ENEM | Página 3

QUESTÃO 07

 

QUESTÃO 08

 

Leia as informações abaixo para responder a questão:

Observe a tabela abaixo:

para responder a questão: Observe a tabela abaixo:   Fonte: MACHADO, Dalcio. Jornal Correio Popular,
para responder a questão: Observe a tabela abaixo:   Fonte: MACHADO, Dalcio. Jornal Correio Popular,
 

Fonte: MACHADO, Dalcio. Jornal Correio Popular, Campinas, 02 abril 2012.

O governo da Grã-Bretanha rejeitou uma carta aberta

da presidente argentina, Cristina Kirchner, exigindo que Londres inicie negociações para passar a Buenos

José Marcos Pinto da Cunha e Rosana Baeninger . A Migração nos Estados Brasileiros no período recente: principais tendências e mudanças. Sem data, Campinas. Disponível online:

 

Aires o controle sobre as Ilhas Malvinas. [

 

]

A

Sobre os dados da tabela, é correto:

 

presidente atribui na carta o controle de Londres sobre

as ilhas ao colonialismo britânico do século 19. [

]

Em

(A)

o alto crescimento de São Paulo nos anos 1940/50 deveu-se ao esforço de uma política federal de trazer mão de obra imigrante para as lavouras de café do interior paulista.

resposta, o governo britânico, que chama o arquipélago de “Falklands”, alegou que não haverá

negociações sobre a soberania das ilhas enquanto a população local desejar permanecer ligada à Grã-

(B)

Bretanha. [

]

Os dois países travaram uma guerra em

o crescimento mínimo, na comparação com os demais estados no mesmo período, do estado do Paraná nos anos 1960/70 ocorreu graças ao esgotamento das terras aráveis do estado.

o forte crescimento das regiões Norte e Centro-Oeste é devido ao número de políticas públicas de ocupação destas regiões, sobretudo entre os anos de 1950 e 1979.

1982 pelo controle das ilhas.Um plebiscito sobre o status político das Malvinas deve ser realizado no arquipélago no próximo mês de março.

(C)

Fonte: Grã-Bretanha rejeita carta de Kirchner sobre Malvinas. Por BBC Brasil, em 03 jan. 2013 às 07h50. Disponível em: http://noticias.br.msn.com/mundo/gr%C3%A3-bretanha- rejeita-carta-de-kirchner-sobre-malvinas-1. Acesso em: 03 jan. 2013, às 09H00.

Tomando por base as informações e o contexto das disputas entre Argentina e Inglaterra, assinale o que for correto:

(D)

o crescimento constante de Minas Gerais, atraindo trabalhadores para atividades extrativistas e de pecuária, ocorreu principalmente nos anos 1990/96

(E)

a diminuição do crescimento do nordeste nos anos 1991/96 por conta das alterações climáticas que tornaram ali o clima semiárido afastando os trabalhadores.

(A)

do ponto de vista da política internacional, a decisão sobre qual dos países tem direito sobre o arquipélago só poderá ser tomada por meio de um plebiscito.

(B)

apesar das ilhas pertencerem ao território britânico, os interesses estratégicos e econômicos da Argentina levaram o país a invadi-la em 1982, levando à guerra entre os países.

 

QUESTÃO 09

 

Leia os trechos abaixo:

(C)

o desejo da população das ilhas de continuarem sobre o domínio britânico foi responsável pela eclosão da guerra em 1982, ano da ocupação argentina na região.

 

Aconteceu, porém, que logo que a ponte foi dada por terminada, levantou-se uma terrível tempestade, rompendo os cordames e despedaçando os navios. Sabendo do ocorrido, Xerxes, indignado, mandou aplicar trezentas chicotadas no Helesponto [ [Xerxes] ordenou também aos executores que marcassem as águas com um ferro em brasa [e], juntamente com as chicotadas, ordenou a um dos

(D)

as disputas entre os dois países pelo controle sobre o arquipélago têm raízes no colonialismo do século XIX, levando inclusive a uma guerra entre eles em

1982.

(E)

apesar de o território ser reconhecido pela comunidade internacional como pertencente à Argentina, os interesses estratégicos ingleses levaram à sua ocupação no século XIX.

 

executores que proferisse este discurso [

]:

“Onda

traiçoeira, teu senhor assim te pune porque o ofendeste sem que ele te houvesse dado motivo para isso. [

   

Fonte: HERÓDOTO. História. RJ: Prestígio, 2001, p. 771-772.

Parece que Alexandre não se limitou somente ao

estudo da moral e da política, mas se aplicou também

às ciências mais profundas e secretas [

].

Isso é

comprovado pela carta que Alexandre escreveu a

Aristóteles [

].

“Alexandre a Aristóteles, saúde. Não

aprovo a publicação dos seus tratados acromáticos.

SIMULADO ENEM | Página 4

Em que seríamos superiores aos outros homens, se a ciência que nos ensinaste se tornasse
Em que seríamos superiores aos outros homens, se a
ciência que nos ensinaste se tornasse comum a
todos? Eu gostaria mais de estar acima dos outros
pelos conhecimentos sublimes do que pelo poder.
Adeus.”
Fonte: PLUTARCO. Alexandre o Grande. RJ: Ediouro, 2004, p. 25.
Analisando atentamente os fragmentos e tomando por
base o contexto histórico neles retratado, julgue as
afirmativas abaixo:
I – Tanto Alexandre da Macedônia como Xerxes da
Pérsia acreditavam piamente serem deuses vivos,
como pode ser identificado na megalomania de suas
atitudes como governantes.
Fonte: MULLER, Gustavo (roteiro) e CAETO (ilustrações). 20 anos de impeachment.
Disponível em: http://g1.globo.com/politica/impeachment-collor-20anos/platb/hq. Acesso em:
06 jan. 2013, às 18h.
II – Por ter uma base cultural grega, Alexandre, ao
contrário de Xerxes, que se julgava um deus vivo,
possuía vasto conhecimento científico, utilizando-se
desta racionalidade na organização de seu Império.
Da análise dos quadrinhos depreende-se que:
(A)
o
impeachment de Fernando Collor de Mello foi
resultado da ação dos grupos de oposição que
detinham, à época, a maioria das cadeiras no Senado
III – Por possuírem uma base cultural em comum,
tanto Alexandre da Macedônia como Xerxes da Pérsia
tomavam suas decisões políticas levando em conta
estudos científicos.
e
na Câmara dos Deputados.
(B)
o
afastamento de Fernando Collor de Mello resultou
de pressões da opinião pública, insatisfeita com os
rumos do país, apesar do apoio da maior parte dos
congressistas à sua permanência.
Está(ão) correta(s):
(C)
(A)
I e II apenas.
(B)
II e III apenas.
as denúncias de corrupção contra Fernando Collor de
Mello foram responsáveis por seu afastamento,
mesmo não se apresentando nenhum documento que
comprovasse seu envolvimento.
(C)
II apenas.
(D)
(D)
I e III apenas.
(E)
I, II e III.
após o início da atuação dos caras-pintadas abriu-se
uma CPI para investigar as denúncias contra
Fernando Collor de Mello, o que levou ao seu
afastamento e posterior impeachment.
QUESTÃO 10
(E)
o
processo de impeachment do presidente Fernando
Analise atentamente os quadrinhos abaixo para
responder a questão:
Collor de Mello, resultou de uma união de forças
entre a opinião pública e as instituições de poder do
país, em 1992.
QUESTÃO 11
Leia as informações abaixo para responder a questão:
Fonte: Cangaço. Disponível em: http://canoadetolda.org.br/?page_id=971. Acesso em: 05
jan. 2013, às 08h30.

SIMULADO ENEM | Página 5

Euclides da Cunha já compreendera que “o homem do

(A)

com ampla participação popular que no enfrentou

sertão (

)

está em função direta da terra”. Se a terra é

 

para ele inacessível, ou quando possui uma nesga de chão vê-se atenazado pelo domínio do latifúndio oceânico, devorador de todas as suas energias, monopolizador de todos os privilégios, ditador das

piores torpezas, que fazer, senão revoltar-se? Pega em armas, sem objetivos claros, sem rumos certos, apenas para sobreviver no meio que é o seu. Então, espantados, os homens das classes dominantes não sabem explicar por que ele se revoltou. Ele, sempre tão cordato e humilde mesmo, que não falava ao senhor sem tirar da cabeça o largo chapéu de palha

(B)

praticamente oposição pois o povo estava todo mobilizado no mesmo sentido.

repleta de incertezas, avanços e retrocessos de diferentes grupos que faziam uso de diferentes noções de justiça para justificar perseguições e massacres.

(C)

que contempla todos os interesses das classes mais populares e que, de fato, garantiu liberdade, igualdade e fraternidade a todos os franceses.

(D)

profundamente violenta, portadora de longas discussões e que, embora seu legado tenha sido pouco duradouro, trouxe a morte de centenas de milhares de pessoas.

que transformou profundamente os alicerces dos Estados Nacionais Modernos, ao passo em que instituiu verdades universais evidentes em si mesmas.

ou

de couro, toma de uma arma, torna-se cangaceiro,

arregimenta companheiros de infortúnio e forma um grupo – um bando.

(E)

 

Fonte: FACÓ, Rui. Cangaceiros e fanáticos. RJ: Bertrand Brasil, 1988, p. 38-39.

Identifique as afirmativas corretas:

I

– Apesar das tentativas dos historiadores de

QUESTÃO 13

identificar causas para o surgimento do cangaço, até os dias atuais não se encontrou uma justificativa coerente para a atuação dos bandos no Nordeste brasileiro.

Leia o trecho abaixo:

Durante a tarde, uma massa imensa de trabalhadores e soldados saiu dos distritos da periferia rumo ao centro da cidade. As ruas voltaram a ter as cores dos Dias de Fevereiro, embora a atmosfera agora fosse muito mais lúgubre e os rostos na multidão deixassem claro que ali, de fato, estavam os proletários. Os ternos dos cidadãos de classe média, as barbas dos estudantes e os chapéus de senhoras e jovens simpatizantes, tão comuns em fevereiro, não faziam parte daquela turba. Os manifestantes carregavam faixas com slogans bolcheviques e grande fração deles exibia armas.

II

– Uma das maiores causas para o surgimento do

cangaço no Nordeste brasileiro está relacionada às disputas pela posse de terra entre camponeses e elites agrárias.

III

- As péssimas condições de vida do sertanejo

nordestino podem ser apontadas como causas básicas para o surgimento do cangaço, que atuou em áreas que, até os dias atuais, apresentam uma situação de grande pobreza e miséria.

 

Fonte: FIGES, Orlando. A tragédia de um povo – A Revolução Russa (1891-1924). RJ:

 

Record, 1999, p. 530.

Está(ão) correta(s):

 

(A)

I e II apenas.

Assinale a alternativa na qual podemos identificar o episódio histórico retratado pelo excerto acima:

(B)

II apenas.

 

(C)

I e III apenas.

 

(D)

II e III apenas.

(A)

o

início da fase burguesa da Revolução Russa, na

(E)

I, II e III.

QUESTÃO 12

 

qual a burguesia do país, que tentava assumir o controle desde fevereiro, manipula os operários para atingir seu objetivo.

(B)

o

início da Guerra Civil Russa, que opôs os operários

Leia o trecho abaixo:

e

outros grupos populares às classes médias e à

“Tudo aquilo valera a pena? Era certo que a

burguesia, numa luta pelo controle da Rússia após a derrubada do czar em fevereiro de 1917.

Revolução falhara em transformar seu idealismo inicial

(C)

o

início da fase radical da Revolução Russa, a fase

paraíso político sobre a Terra com que tantos de

seus partidários tinham sonhado. Mas as mudanças que trouxera, apesar das muitas traições e dos aterradores massacres eram de longo alcance e permanentes.”

no

bolchevique, período no qual, ao contrário do ocorrido em fevereiro de 1917, houve violência e conflitos armados.

(D)

o

início da fase popular da Revolução Russa, em

outubro de 1917, diferenciando os grupos envolvidos

Geofrey Parker etalli. Ventos Revolucionários Tradução Pedro Paulo Poppovic Consultores Associados. Rio de Janeiro, Ed. Abril1996.

 

texto acima se refere à Revolução Francesa, sem

dúvida, um dos eventos mais marcantes da história ocidental. No decorrer de seus episódios, observamos uma Revolução:

O

(E)

daqueles que participaram da fase burguesa da Revolução, em fevereiro do mesmo ano.

a

consequente deposição do czar e do partido menchevique, que havia ascendido ao poder, com o apoio do soberano, em fevereiro de 1917.

tomada de poder pelos bolcheviques e a

SIMULADO ENEM | Página 6

QUESTÃO 14 QUESTÃO 15 Leia os trechos abaixo: Leia atentamente as informações abaixo: O processo
QUESTÃO 14
QUESTÃO 15
Leia os trechos abaixo:
Leia atentamente as informações abaixo:
O
processo de independência de Israel nasceu de
baixo para cima, lembrando o ocorrido com os colonos
ingleses que fundaram os Estados Unidos, e ao
contrário da visão disseminada de que Israel foi uma
criação imposta de cima para baixo pelas potências
imperialistas. As instituições autônomas judaicas
tornaram-se as precursoras da estrutura política do
nascente Estado judeu e são um exemplo de elite
política que soube aproveitar a conjuntura crítica
existente.
Fonte: ZAVERUCHA, Jorge. Armadilha em Gaza. SP: Geração Editorial, 2010, p. 49-50.
Fonte: Revolta dos 18 do Forte de Copacabana. Imagem disponível em: http://
www.forte.jor.br/2012/07/05/revolta-dos-18-do-forte-de-copacabana/. Acesso em: 05 jan.
2013, às 11H30.
No fim da Segunda Guerra Mundial, o mundo
descobriu horrorizado o genocídio dos judeus nos
Saíram os dezoitos heroicos combatentes, de peito a
descoberto, pela praia de Copacabana, ao encontro
das tropas governistas que marchavam em direção ao
campos de extermínio nazistas. Esse fato tornou mais
dramáticas as aspirações do povo judeu a um país
forte. [
]
Dispostos a enfrentar os disparos inimigos,
próprio. [
]
Nas Nações Unidas, a causa sionista
encontrou o apoio dos Estados Unidos, desejosos de
não ofender a poderosa comunidade judaica
americana, e da União Soviética, que via nisso a
oportunidade de afastar a Grã-Bretanha do Oriente
Médio.
os rebeldes repudiaram a ordem de rendição.
Manchando de sangue as alvas areias de
Copacabana, os dezoito heróis foram trucidados. [ ]
Apenas dois conseguiram sobreviver, embora
gravemente feridos [
Fonte: PRESTES, Anita Leocádia. Uma epopeia brasileira: a Coluna Prestes. Coleção
Polêmica. SP: Moderna, 1995, p. 9.
Fonte: TREIGNIER, Michel. Guerra e paz no Oriente Médio. Coleção História em Movimento.
SP: Ática, 1998, p. 27-28.
Tomando por base os excertos e o contexto de criação
do
Estado de Israel, assinale a alternativa correta:
Tomando por base o contexto histórico no qual
ocorreu o episódio acima retratado, a Revolta dos 18
do Forte de Copacabana, assinale a alternativa na
qual aparecem algumas propostas dos jovens
militares conhecidos como “tenentes”.
(A)
os dois fragmentos defendem uma mesma posição: a
de que a criação de Israel como um Estado
independente ocorreu graças ao passado de lutas do
povo judeu, sem a interferência ou pressões
externas.
(A)
moralização da política nacional, com o fim do voto
de cabresto e a instituição do voto secreto, reforma
no sistema educacional e moralização e valorização
das forças armadas.
(B)
ao comparar a luta dos judeus à dos colonos
americanos em seu processo de independência, o
primeiro texto aproxima-se do segundo, que defende
que a criação de Israel foi resultado de influências
externas.
(B)
implantação de um regime ditatorial controlado pelos
militares, moralização das forças armadas, extinção
das eleições diretas para presidente e
enfraquecimento do poder legislativo, considerado
corrupto.
(C)
o
primeiro texto defende que Israel surgiu a partir das
lutas do povo judeu,enquanto o segundo aponta para
(C)
a
sua criação como resultado de pressões das
potências mundiais da época, E.U.A. e URSS.
fim do voto de censitário, extensão do direito de voto
às mulheres, reforma constitucional e
enfraquecimento dos poderes legislativo e judiciário
por meio da implantação de uma ditadura militar.
(D)
os excertos defendem a concepção de que a criação
do Estado de Israel só foi possível graças ao apoio
das potências mundiais da época, E.U.A. e URSS,
após a descoberta do genocídio ocorrido nos campos
de extermínio alemães.
(D)
reforma educacional, moralização das forças
armadas e da política nacional, com a extinção do
voto censitário, além da possibilidade da legislação
por meio de decretos leis.
(E)
(E)
a
criação do Estado de Israel, segundo os dois
autores, ocorreu graças a combinação de dois
fatores: um interno, representado pelas lutas dos
judeus, e outro externo, manifestado pelas pressões
da ONU para sua realização.
reforma constitucional, fim do voto censitário,
vinculação das decisões do Congresso às vontades
do executivo, controlado pelos militares, e
moralização e valorização das forças armadas.

SIMULADO ENEM | Página 7

QUESTÃO 16

QUESTÃO 16

(B)

foi pensado originalmente na França, com os fisiocratas, e se desenvolveu no Reino Unido, com Adam Smith. Descreve a economia como elemento portador de leis naturais e atribui ao indivíduo ampla liberdade de ação.

(C)

foi idealizado por Adam Smith e considera que a maior fonte de riqueza é a terra, que, trabalhada, sustenta a economia. Segundo este autor, os sujeitos devem ser livres e competir em condições de igualdade entre todos.

(D)

os economistas clássicos desenvolveram seus métodos a partir do reconhecimento de que a sociedade é composta por seres igualmente capazes que deveriam agir livremente na produção de riquezas. Este pensamento inspirou pensadores com Mikail Bakunin e Tolstoi.

"Map", intervenção do artista alemão Aran Bartholl, na qual procura os erros de localização que o sistema de mapa do Google produz e coloca um marcador semelhante ao do Google Maps no espaço real do erro. Mostrando que nem sempre os sistemas de representação são equivalentes ao espaço real.

(E)

Adam Smith, precursor do liberalismo clássico, nada mais fez que adaptar para a economia o pensamento de John Locke, pensador do liberalismo político. Locke previa igualmente um Estado mínimo que favorecesse ao máximo o uso capitalista do solo.

(Adaptado de BULHÕES, Maria Amelia. “Web arte e cartografias digitais” in Comciência, no 123 - 10/11/2010. Lisboa: Academia Real das Ciências, 1858. Disponível em http:// www.comciencia.br/comciencia/handler.php?section=8&edicao=61&id=768. Acesso em

21/01/2013.)

QUESTÃO 18

Leia o excerto abaixo:

A intervenção “Map”, assim como a visão crítica atribuída a ela, somente pode ser compreendida se considerarmos que:

(A)

o livre acesso a programas como o Google Maps é prejudicial devido ao despreparo de certos usuários.

Mas com a chegada das máquinas e do sistema fabril,

a

linha divisória se tornou mais acentuada ainda. Os

ricos ficaram mais ricos e os pobres, desligados dos meios de produção, mais pobres. Particularmente ruim era a situação dos artesãos, que ganhavam antes o bastante para uma vida decente e que agora, devido à competição das mercadorias feitas pela máquina, viram-se na miséria. Temos uma ideia de como era desesperada a sua situação pelo testemunho de um deles, Thomas Heath, tecelão manual:

“Pergunta: Tem filhos?

(B)

o espaço delimitado por um programa como o Google Maps representa a realidade das cidades.

(C)

a tecnologia de localização está muito atrasada em relação ao que foram os mapas de papel dos navegadores até o século XIX.

os mapas e localizadores, por mais tecnológicos que sejam, são apenas representações do espaço real.

(D)

Resposta: Não. Tinha dois, mas estão mortos, graças

(E)

o erro das máquinas é semelhante ao erro dos homens, devido ao atual desenvolvimento da inteligência artificial.

a

Deus!

Pergunta: Expressa satisfação pela morte de seus

filhos?

QUESTÃO 17

Resposta: Sim. Agradeço a Deus por isso. Estou livre do peso de sustentá-los, e eles, pobres criaturas, estão livres dos problemas desta vida mortal”.

Leia o trecho abaixo:

“Os homens de negócio estavam atentos às grandes oportunidades. Estavam desejosos de lucros. Vieram então os economistas clássicos, dizendo que era isso exatamente o que devia acontecer. E ainda mais. Havia um conforto maior para o homem de negócios empreendedor. Diziam-lhe ao procurar o lucro estavam ajudando também o Estado.”

Fonte: HUBERMAN, Leo. História da riqueza do homem. RJ: Guanabara, 1986, p. 177.

A

leitura do excerto nos permite concluir que:

(A)

apesar da concorrência imposta pelo surgimento do sistema fabril, os artesãos conseguiram manter sua qualidade de vida.

(B)

a falência dos artesãos, com o surgimento do sistema

Leo Huberman. História da Riqueza do Homem . Editora Guanabara, 21ª Ed, Rio de Janeiro,

fabril, foi causada pela sua recusa em utilizar as novas tecnologias industriais.

1986.

O texto de Leo Huberman faz referência à política econômica adotada por diversos países ao longo do século XIX e também do século XX. Sobre este pensamento econômico e sua forma de pensar a sociedade, pode-se afirmar:

(C)

com o surgimento do sistema fabril, os artesãos foram obrigados a se adaptar à nova realidade, transformando-se em operários das fábricas.

(D)

apesar do enriquecimento dos donos das fábricas, o desenvolvimento do sistema fabril foi acompanhado por uma melhor distribuição de renda.

(A)

foi pensado por David Ricardo, também autor da lei dos salários; estabelece o direito de liberdade econômica como fundamental, devendo o Estado ter papel marginal no campo da economia.

(E)

o desenvolvimento do sistema fabril provocou a falência dos artesãos, promovendo um agravamento de seus problemas sociais e econômicos.

SIMULADO ENEM | Página 8

QUESTÃO 19 salariais atribuídos têm sido satisfatórios e as disputas com o governo são por
QUESTÃO 19
salariais atribuídos têm sido satisfatórios e as
disputas com o governo são por fatores secundários.
Leia o trecho abaixo:
(C)
Seguida da televisão e, mais recentemente, da
internet, a concepção que reina e os significados
dados à palavra celebridade dos quais a mídia se vale
distanciaram a recepção do sentido inicial que a
cultura das massas criou para o entretenimento e para
historicamente, a mobilização dos professores é alta,
desde a greve de 1917, liderada por anarco-
sindicalistas ligados ao sindicato dos professores,
passando pelas greves do ABC de 1970-80; esta
categoria profissional é referência nas lutas contra o
governo.
a
arte. [
]
Os artefatos produzidos nos celebrity
(D)
shows, nas revistas de fofoca, programas de auditório,
novelas e telejornalismo, além das redes sociais na
internet, são imagens com que o público mais
simpatiza, almejando ficar mais parecido com o que foi
as más condições profissionais dos professores
decorrem do descaso intencional por parte dos três
últimos governos que administraram o país; a
educação pública piorou muito a partir dos anos
2000.
visto. [
]
O anseio da massa busca se identificar com
(E)
a
capacidade de mobilização das categorias
os
traços e as qualidades do ídolo [
].
Fonte: HISGAIL, Fani. Celebridades: modo de usar. Disponível em: http://www.sescsp.org.br/
sesc/revistas/revistas_link.cfm?
Edicao_Id=435&Artigo_ID=6592&IDCategoria=7621&reftype=2. Acesso em: 06 jan. 2013, às
profissionais no Brasil foi determinada pela
Consolidação das Leis Trabalhistas no governo de
Vargas, que determinou os sindicatos ilegais e atrelou
17H30.
Após a análise do fragmento, identifique o que for
movimento dos trabalhadores ao próprio governo,
fazendo uma política trabalhista.
o
correto:
I
– O texto demonstra que, apesar de uma relativa
QUESTÃO 21
influência sobre o cotidiano, os meios de comunicação
não conseguem ditar padrões de comportamento.
Observe a charge abaixo:
II
– O conteúdo expresso no texto aponta para a
influência dos meios de comunicação de massa nas
práticas cotidianas e no comportamento da população.
III
– O excerto demonstra que os meios de
comunicação perderam sua função inicial de entreter a
população, criando padrões de idolatria e modificando
a
forma de agir da população.
Estão corretas:
(A)
I e II apenas.
(B)
II e III apenas.
(C)
I e III apenas.
(D)
II apenas.
http://dukechargista.com.br
(E)
I, II e III.
A charge acima revela:
(A)
QUESTÃO 20
A
função do professor na sociedade é, sem
que a corrupção é de inteira responsabilidade dos
políticos, que desviam dinheiro público de forma a
prejudicar a sociedade. Isto desresponsabiliza o
sujeito eleitor.
dúvida,essencial. Por outro lado, esta categoria
(B)
profissional, muitas vezes, é vítima de sucateamento
das condições de trabalho e de políticas públicas
menos atentas. Embora os professores se mobilizem
que o problema da corrupção é o povo não saber
votar, o que torna o eleitor, ignorante, o verdadeiro
culpado pela corrupção. Isto culpa o sujeito eleitor.
(C)
e
façam greve muitas vezes por mais de dois meses,
as
questões frequentemente permanecem e a
educação pública continua, em geral, com a qualidade
prejudicada.
uma ironia ao comparar o agente carcerário, o
político e o empresário e apontar o eleitor como
cúmplice destes crimes por ele cometidos.
Compromete o eleitor.
(D)
Sobre os movimentos de trabalhistas descritos, é
correto afirmar que:
uma crítica ao apontar o eleitor que votou no político
corrupto tão criminoso como o próprio político e os
demais criminosos. Isto responsabiliza também o
eleitor.
(A)
o setor de ensino tem função menos relevante que
outros setores para a economia; assim, a pressão
que estes trabalhadores exercem sobre o país,
quando em greve, é muito menor que setores como o
transporte público ou setores bancários.
(E)
uma sátira ao apontar que o criminoso de colarinho
branco mostra seu rosto enquanto o criminoso
comum é anônimo, assim como o eleitor.
(B)
no Brasil, os professores têm se queixado de
problemas que, na verdade, não existem de forma tão
intensa como a categoria aponta. Os reajustes

SIMULADO ENEM | Página 9

QUESTÃO 22

Projetos voltados para a porção sudeste do Pará, tais como a construção da hidrelétrica de Belo Monte (Rio Xingu), abertura de novas estradas, pavimentação da BR-163 (Cuiabá-Santarém), crescimento da criação de gado, entre outros fatores, têm acelerado o processo de ocupação e movimentado novas fronteiras econômicas. Em decorrência desse processo de reativação da fronteira, há aceleração da expropriação e exploração do território, resultando em desmatamento e muita violência (assassinatos, escravidão, ameaças de morte, expulsões do campo) envolvendo populações indígenas, agricultores e residentes em Unidades de Conservação (UCs).

(Adaptado de SAMPAIO, Ricardo Dagnino e EL SAIFI, Samira. “Conflitos pela terra na Amazônia: o caso da região sudeste do Pará” in Comciência, Brasil, No. 133 - 10/11/2011. http://www.comciencia.br/comciencia/handler.php?section=8&edicao=72&id=898. Acesso em

(B)

diminuir o desmatamento de regiões e recompor as Áreas de Proteção Permanente (APPs) no meio rural, garantindo a preservação da biomassa e da biodiversidade;

(C)

garantir o acesso de moradia à população pobre em área urbanizada e adequada, o que poderia minimizar perdas humanas e materiais em consequência das enchentes;

(D)

criminalizar as queimadas na região de florestas, como na Amazônia, evitando o aumento de produção de CO2, o que reduziria as consequência do aquecimento global;

(E)

priorizar a agricultura familiar sustentável, mais eficiente que as grandes zonas latifundiárias de produção, o que levaria a uma economia dos recursos hídricos e melhor distribuição de renda no campo.

 

21/01/2013)

O processo de ocupação da porção sudeste do Pará é exemplo de expansão territorial:

 

(A)

para exploração de recursos naturais sem a devida sem o acompanhamento por políticas estatais eficientes;

(B)

para povoamento de região com baixa densidade demográfica para a ocupação sustentável do território;

(C)

para exploração de recursos minerais, desprezando- se outras riquezas da região como a extração da madeira;

(D)

para instalação de uma zona industrial livre de taxas, cuja proximidade de outros países fortaleceria as exportações;

(E)

para desocupação das áreas indígenas e posterior realocação desses habitantes em terras mais férteis.

QUESTÃO 23

Leia o trecho abaixo:

Uma classificação adotada para os problemas ambientais é a divisão segundo “Agendas”. Assim, definiu-se Agenda Verde aquela que se refere à assuntos como preservação de florestas e biodiversidade, Agenda Azul aquela que se refere à gestão de recursos hídricos e Agenda Marrom aquela que se refere às questões ambientais relacionadas à urbanização, a industrialização, ao crescimento econômico e ao desenvolvimento social, tais como a poluição do ar, da água e do solo, a coleta e reciclagem de lixo, o ordenamento urbano, a segurança química, etc.

Assinale a alternativa que apresente um medida capaz de resolver problemas relacionados à “Agenda Marrom” e sua consequência para a interação homem e meio ambiente:

(A)

regulamentar o desvio de rios para a irrigação nas grandes propriedades rurais, evitando, assim, o esgotamento de águas fluviais em regiões com secas sazonais;

SIMULADO ENEM | Página 10

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

 

(A)

a potência útil indicada no manual está correta.

 

(B)

a potência total indicada no manual está errada.

Questões de 24 a 45

(C)

a potência útil indicada no manual está errada.

(D)

a capacidade do forno está errada.

 

QUESTÃO 24

(E)

os modelos EM25 e EM25G são idênticos.

 

“Bela e facilmente reconhecível constelação do zodíaco situada entre Balança e Sagitário. Na mitologia grega, Escorpião representa o animal que matou Órion com sua picada. No céu, o coração do escorpião é marcado pela vermelha Antares e uma nítida curva de estrelas marca sua cauda levantada. A cauda estende-se por uma rica área da Via Láctea rumo ao centro da galáxia.”

QUESTÃO 26

 

O

número de acidentes de trânsito causado por

condutores que atravessam o sinal vermelho é muito grande, por isso as prefeituras brasileiras vêm instalando radares nos cruzamentos com semáforo.

O

princípio de funcionamento dos radares de

 

(p. 204. Guia Ilustrado Zahar de Astronomia, Ian Ridpath, ed. Zahar, 2ª edição)

cruzamento tem uma tecnologia avançada, mas está

baseado em conceitos simples. Trata-se de um sistema composto por 3 partes, o gatilho, um computador e a câmera. Quando o automóvel passa pelo gatilho com o sinal vermelho, aciona o computador que ordena que a câmera fotografe o infrator.

(http://www.redorbit.com/education/reference_library/space_1/constellations/2574962/scorpius_constellation/, 31/01/2013,
(http://www.redorbit.com/education/reference_library/space_1/constellations/2574962/scorpius_constellation/, 31/01/2013, 17:00)
 

O

princípio

de

funcionamento

do

gatilho

está

representado na figura abaixo.

representado na figura abaixo.

A estrela Antares está a cerca de 520 anos-luz de distância da Terra, tem 700 vezes o tamanho do Sol e 1500 vezes o seu brilho.

Ao observar hoje um raio de luz proveniente de Antares, um observador na Terra está vendo um raio que saiu da estrela há algum tempo. Assinale a alternativa que mostra um evento histórico mais próximo de quando o raio partiu de Antares.

(A)

queda do muro de Berlim. (1989 d.C.)

 

(B)

chegada dos portugueses ao Brasil. (1500 d.C.)

(C)

fim do Império Romano. (476 d.C.)

(D)

eleição de Fernando Henrique Cardoso. (1994 d.C.)

(E)

início das Cruzadas. (1095 d.C.)

   

QUESTÃO 25

Utilizando os conceitos do eletromagnetismo, julgue as alternativas a seguir:

Observe a tabela, retirada do manual de instruções, de uma determinada marca de forno micro-ondas:

Observe a tabela, retirada do manual de instruções, de uma determinada marca de forno micro-ondas:

(A)

caso um pedestre passe correndo pelo dispositivo do gatilho, ele pode criar uma variação do fluxo magnético gerado pela fiação subterrânea e ser fotografado pelo radar.

(B)

os sensores eletromagnéticos no chão medem a diferença de tempo que cada roda do automóvel demora para tocá-los, calculando sua velocidade média entre as duas medidas.

 

(C)

a variação no campo eletromagnético pode ser causada por qualquer corpo que passar pelos sensores, independente de sua composição física e de suamassa.

(D)

o campo magnético gerado pela fiação subterrânea não depende da energia elétrica fornecida por um gerador a estes fios, pois o campo magnético é gerado somente pelo metal dos fios.

Ao utilizar um forno do modelo EM25, uma dona de casa aqueceu 100 g de água de 20˚C a 40˚C em 10 segundos. Sabendo que o calor específico da água é de 4 J/g.˚C, assinale a alternativa correta:

(E)

ao passar pelo campo eletromagnético, o carro gera uma variação do campo devido à sua grande massa de metal, acusando a passagem pelo cruzamento para o computador.

devido à sua grande massa de metal, acusando a passagem pelo cruzamento para o computador. SIMULADO
devido à sua grande massa de metal, acusando a passagem pelo cruzamento para o computador. SIMULADO

SIMULADO ENEM | Página 11

QUESTÃO 27

QUESTÃO 29

A Missão Apollo 13 teve muita repercussão devido ao acidente que quase matou os seus três astronautas. No intuito de mostrar que a superstição com o número 13 é infundada, a NASA organizou o lançamento da

Leia o texto abaixo:

EUA alertam sobre agrotóxico em suco de laranja brasileiro.

missão para o dia 11 de abril de 1970, às 13h 13min e 13s. Curiosamente, 55h e 55min depois do lançamento houve uma explosão em um dos módulos

Substância é usada no controle de algumas doenças. Utilização é permitida no Brasil, mas não é mais aceita pelos americanos.

da

nave que impossibilitou a chegada à Lua.

 

A velocidade média da nave, do lançamento ao ponto

Os americanos já se habituaram ao sabor brasileiro, são duzentas mil toneladas por ano, o que

de

explosão foi de, aproximadamente, 1.550 m/s.

 

corresponde a 14,5% das exportações de suco do Brasil.

Qual a data da explosão e a distância aproximada que os astronautas estavam da Terra?

Mas essa exportação enfrenta agora uma dificuldade por causa do carbendazim, princípio ativo de alguns agrotóxicos usados para controlar um tipo de fungo conhecido como pinta preta. A doença se multiplica rapidamente e acaba tomando toda a casca da laranja. O fruto não se desenvolve como deveria e tem amadurecimento precoce.

(A)

a explosão aconteceu dia 11 de abril de 1970 a uma distância de 402.400 km da Terra.

(B)

a explosão aconteceu dia 12 de abril de 1970 a uma distância de 312.480 km da Terra.

(C)

a explosão aconteceu dia 13 de abril de 1970 a uma distância de 220.00 km da Terra.

O controle é feito com aplicação regular de fungicidas

a base de carbendazim, que agora está na mira dos

(D)

a explosão aconteceu dia 13 de abril de 1970 a uma distância de 312.480 km da Terra.

EUA. Segundo estudos norte-americanos, a sustância aumenta o risco de tumores de fígado em animais.

(E)

a explosão aconteceu dia 11 de abril de 1970 a uma distância de 220.000 km da Terra.

 

Fonte: Portal G1 Agronegócios de 12/10/2012

QUESTÃO 28

O uso de agrotóxicos tem sido uma das grandes

Moto contínuo é o nome dado a um tipo de máquina que funcionaria indeterminadamente produzindo

energia a partir de seu próprio movimento. Este tipo de máquina foi idealizado por muitas pessoas na busca de uma fonte inesgotável de energia. Durante o Século XVIII, o físico francês Sadi Carnot estudou o funcionamento das máquinas térmicas, como o motor

esperanças do homem para aumentar a produção de alimentos. Porém, o uso inadequado tem sido

ultimamente um dos maiores problemas enfrentados pelas autorizadas.

Podemos apontar como grande risco o uso inadequado dos variados tipos de agrotóxicos pois:

de

um carro, para entender e, talvez atingir, o melhor

(A)

podem levar a seleção de pragas mais resistentes e simultaneamente matar outros seres que participam na produção de laranjas ou não, como os agentes polinizadores.

rendimento possível.

 

Estudando os ciclos de um gás dentro do motor, Carnot chegou à conclusão de que o rendimento ( η )

 
 
  (B) não são bioacumulativos, podendo chegar ao lençol freático e serem absorvidos pelas plantações e,

(B)

não são bioacumulativos, podendo chegar ao lençol freático e serem absorvidos pelas plantações e, desta forma, contaminar o homem.

respeita a equação:

,

sendo

T F

a

temperatura da região mais fria da máquina e T Q a

temperatura

da

região

mais

quente,

medidas

em

(C)

podem selecionar outras pragas diferentes do fungo, para o qual foram desenvolvidos, como os vírus dos citrus, pois induzem mutações em suas células.

podem induzir câncer em diversos órgãos, principalmente pele, do homem ou de outros animais criados pelo homem,.

kelvin (K).

(D)

O

rendimento do moto contínuo deve ser de 100%

η =1), sendo assim, a equação desenvolvida mostra que:

(

(E)

com o passar do tempo, o carbendazim não controlará a população de fungos praga, pois ficará mais fraco, devendo ser substituído por outro fungicida.

(A)

para existir o moto contínuo, T Q deve ser igual a T Q

(B)

o moto contínuo é possível, basta um cientista conseguir montar uma máquina com T Q =0.

 

(C)

o moto contínuo é pouco provável, pois T F deveria ser igual a 0K (zero absoluto), algo nuncaverificado.

QUESTÃO 30

(D)

o moto contínuo é impossível devidoao valor do rendimento da equação de Carnot ser sempre negativo.

 

Diferentes grupos de bactérias, foram cultivadas em diferentes tubos de ensaio com a mesma concentração de oxigênio inicialmente. Sabe-se que em cada tubo foi colocado um diferente tipo de micro- organismo quanto a sua capacidade de resistir a variações maiores ou menores de oxigênio livre.

(E)

o rendimento é sempre zero nas condições da máquina de Carnot, sendo assim, o moto contínuo existe.

 

SIMULADO ENEM | Página 12

Os seres utilizados foram diferentes tipos de bactérias que podem ser: aeróbias, anaeróbias estritas e facultativas, bem como as microaerófilas. Estas últimas sobrevivem com diferentes níveis de concentração de oxigênio no meio.

Os resultados encontrados nos tubos, são observados no gráfico abaixo e podem ser utilizados para diferenciar alguns grupos de bactérias de forma superficial.

(A)

pelos dados apresentados, não podemos afirmar que doença X e Y apresentavam, pois ambas as bactérias são bacilares e anaeróbicas.

(B)

provavelmente o paciente X apresentava tuberculose, pois as bactérias sobrevivem em altas concentrações de oxigênio.

(C)

provavelmente o Paciente Y apresentava botulismo, pois as bactérias vivem em meios com altas concentrações de oxigênio.

(D) ambos apresentavam botulismo, pois as bactérias vivem em qualquer meio frente a concentração de

(D)

ambos apresentavam botulismo, pois as bactérias vivem em qualquer meio frente a concentração de oxigênio.

(E)

o paciente Y deve apresentar tuberculose, pois no gráfico, linha a, mostra que esta bactéria vive em meio aeróbio.

QUESTÃO 31

Leia o trecho abaixo:

Pesquisadores japoneses encontraram sinais de mutação em borboletas, sinalizando um dos primeiros indícios de que o ecossistema local sofreu mudanças após o acidente nuclear em Fukushima.

Dois pacientes internados em um hospital, que apresentavam diferentes infecções causas por bactérias, tiveram suas fichas de identificações

Joji Otaki, que liderou a pesquisa, recentemente

trocadas: um apresentava infecção pulmonar, paciente X, e outro intestinal, paciente Y.

Foram recolhidas, de ambos, secreções nos locais da infecção e realizadas culturas para poder saber que tipo de bactéria cada qual continha.

publicada no Scientific Reports, coletou quase 400 espécimes de uma borboleta muito comum no Japão.

Nos resultados iniciais, 12% das borboletas mostraram sinais de anormalidades, como problemas em suas antenas, asas de menor porte, mudança nos padrões de cor e olhos recuados. Amostras coletadas seis meses depois foram ainda mais alarmantes: as mutações foram encontradas em 52% dos animais.

Os resultados foram os seguintes:

 

Fonte notícias.R7 de 14/08/2012

I- No paciente X, as bactérias apresentavam o comportamento conforme a linha c do gráfico.

Sabemos que a radiação liberada pelo reator da usina, atuará por um prazo de tempo muito longo, como no acidente de Chernobyl, no qual o césio liberado demorará cerca de 300 anos para voltar a níveis aceitáveis. Há grande discussão no mundo em torno deste tema e alguns países já estão pondo em prática outras formas de obtenção de energia, banindo o uso nuclear.

II- No paciente Y, as bactérias apresentavam o comportamento conforme a linha a do gráfico.

Dados sobre as doenças:

Clostridium botulinum

São exemplos de fontes alternativas de energia elétrica: a hídrica, térmica, geotérmica, eólica, marés e fotovoltaica.

Sobre este tema foram feitas algumas observações:

Descrição da doença - Botulismo é uma doença de evolução dramática e elevada letalidade, resultante da ação de uma potente toxina produzida por um bacilo anaeróbico estrito, denominado Clostridium botulinum, habitualmente adquirido pela ingestão de alimentos contaminados (embutidos e conservas em latas e vidros),.

I - A utilização de fontes geotérmicas, pode contribuir para liberação de gases estufa, devido à geração de calor, pela queima de matéria orgânica no subsolo ou

de

rochas derretidas ( magma ).

Mycobacterium tuberculosis

II

- A energia proveniente de hidroelétricas, pode

Descrição da doença - A tuberculose é uma doença infecciosa crônica, causada pelo bacilo aeróbico Mycobacterium tuberculosis, cuja característica principal é a preferência pelo parênquima pulmonar e

contribuir para formação de gases estufa, devido à presença de grandes quantidades de matéria orgânica (madeira) abandonada, em decomposição, durante enchimento da barragem.

III

- A energia eólica é produzida pela transformação

a transmissão de pessoa para pessoa através da inalação de partículas infectadas por este bacilo.

Desta forma, podemos afirmar:

da energia cinética dos ventos em energia elétrica. Apesar da poluição visual provocada pelas turbinas, a energia eólica não é geradora de gases estufa.

visual provocada pelas turbinas, a energia eólica não é geradora de gases estufa. SIMULADO ENEM |
visual provocada pelas turbinas, a energia eólica não é geradora de gases estufa. SIMULADO ENEM |

SIMULADO ENEM | Página 13

IV

- A energia fotovoltaica é fornecida de painéis

V - Em C, temos o ponto de compensação fótico, o qual indica certa intensidade de luz, onde a fotossíntese se equipara à respiração.

São corretas as afirmações:

contendo células fotovoltaicas ou solares, que, sob

incidência do sol, geram energia elétrica. A energia gerada pelos painéis é armazenada em bateria, para

que

seja usada posteriormente.

 

V

- Nas usinas termoelétricas, a energia elétrica é

(A)

I,

II e IV

obtida pela queima de combustíveis, como carvão, e também a cana de açúcar (biomassa); daí ter baixo potencial gerador de gases estufa.

(B)

(C)

I,

IV e V

II, V

(D)

I,

III e IV

Podemos considerar como corretas:

(E)

I,

II, III e IV

(A)

I, III e IV

 

(B)

II, III e IV

QUESTÃO 33

(C)

II e IV

Leia o texto abaixo:

(D)

III, IV e V

(E)

III e IV

QUESTÃO 32

Várias espécies herbáceas brasileiras apresentam sistema subterrâneo espessado, que podem ser de

natureza radicular, caulinar ou mista. Esses sistemas muitas vezes possuem potencial gemífero, isto é, capaz de gerar uma nova planta através do rebrotamento de ramos aéreos após um período desfavorável do ambiente, como uma seca prolongada

O

conjunto de reações que regem a vida é chamado

de

metabolismo.

momentos, em que as reações seguem um papel

ou

principalmente uma queimada.

de

síntese de matéria; porém, de forma inversa,

Os sistemas subterrâneos, chamados de xilopódios, aumentam as chances de sobrevivência destas espécies estudadas às condições adversas do meio,

pois apresentam alto potencial gemífero, promovendo

podemos observar também reações de quebra. Estas reações são conhecidas pelos nomes de anabolismo e catabolismo, respectivamente.

desenvolvimento de ramos aéreos durante a estação favorável.

o

Fonte Rev. bras. Bot. vol.29 no.1 São Paulo Jan./Mar. 2006

Duas destas reações foram estudadas em uma

angiosperma e estão esquematizadas abaixo e relacionadas no gráfico a seguir:

Estas estruturas vegetais, mistas e resistentes, estão

presentes em plantas cujo bioma é representado no mapa abaixo em:
presentes em plantas cujo bioma é representado no mapa abaixo em:
presentes em plantas cujo bioma é representado no mapa abaixo em:

presentes em plantas cujo bioma é representado no mapa abaixo em:

presentes em plantas cujo bioma é representado no mapa abaixo em:

Observando o gráfico e as reações, podemos afirmar:

(A)

chamado de Mata Atlântica, pois em certas épocas do ano, como no inverno, a seca é muito severa.

I,

I

(B)

III, Cerrado, onde a escassez de chuvas faz com que

planta seque completamente e brote a partir da estação mais chuvosa.

a

(C)

I,

épocas mais secas, devido à grande quantidade de gramíneas desta formação.

Cerrado, onde o fogo é um fator constante nas

- Na região A do gráfico, a reação 2, respiração celular, é maior que a reação 1, fotossíntese.

- Na região A, a planta sobrevive consumindo suas reservas armazenadas principalmente nas folhas e sementes na forma de amido.

II

III

- Em C, as duas reações se equivalem: a matéria

(D)

I e III, Cerrado e Caatinga, respectivamente, biomas brasileiros que apresentam falta de água em grande parte do ano.

orgânica produzida no processo 1, a glicose, é consumida na respiração, a curva 2 do gráfico.

IV

- Para os vegetais armazenarem reservas,

(E)

II, Caatinga, pois este sistema de proteção vegetal favorece o rebrotamento de plantas adaptadas a ambientes muito secos.

desenvolverem as flores, as sementes e os frutos, é fundamental ficarem parte do dia, na região B, onde a fotossíntese é maior que a respiração.

SIMULADO ENEM | Página 14

QUESTÃO 34

 
QUESTÃO 34  

A Terra tem cerca de 4,5 bilhões de anos e, ao longo deste tempo, algumas substâncias químicas (item 1) são submetidas à ação da energia solar e elétrica (item, 2) e, assim, criam as condições para formação de matéria orgânica. Segundo Oparin, a vida na Terra teria surgido a partir de substâncias orgânicas formadas pela combinação de moléculas, como hidrogênio, metano, amônia e vapor d'água, que deviam estar presentes na atmosfera primitiva.

Estas moléculas, organizaram-se, nos mares em formação, em sistemas que adquiriram a capacidade de nutrição e reprodução, os coacervados (item 4), em um período de tempo de 4,5 a 3,5 bilhões de anos atrás.

Os coacervados utilizam-se de processos simples de liberação de energia, no caso, a fermentação, originando outros gases atmosféricos (item 5).

Nessa situação, pode-se afirmar que o cobre puro deposita-se sobre:

 

(A)

ânodo que também é o pólo positivo.

Com a estabilização da atmosfera primitiva, a formação da matéria orgânica diminui e, neste

 

(B)

cátodo que também é o pólo negativo.

(C)

cátodo que também é o pólo positivo.

(D)

ânodo que também é o pólo negativo.

ambiente mais estável, outras formações biológicas autotróficas (há cerca de 2 bilhões de anos) surgiram,

modificando novamente a composição gasosa da atmosfera, com a liberação de uma nova forma gasosa (Item 7).

(E)

em ambos os pólos, pois são feitos do mesmo material.

Nesta nova atmosfera, é possível a manutenção dos seres aeróbios, como os animais, que se formam por último, entre os organismos da Terra, há 0,6 bilhão de anos.

QUESTÃO 36

Embora o fato seja muitas vezes ignorado, sabe-se que a densidade de um material depende de fatores como temperatura e estado físico. Para demonstrar

 

essa dependência, um grupo de cientistas determinou

Com base nas informações acima, e no quadro abaixo, da possível sucessão de mudanças e origens dos diversos seres vivos, os itens 5 e 7 podem ser preenchidos corretamente se 5 e 7 forem, respectivamente:

a

densidade de certa substância para vários valores

de uma faixa de temperatura. Os resultados obtidos são demonstrados no gráfico resumido apresentado

 

abaixo:

abaixo:
 
 

(A)

gás carbônico e gás oxigênio.

(B)

gás oxigênio e gás carbônico.

(C)

gás carbônico e gás nitrogênio.

(D)

gás nitrogênio e gás oxigênio

(E)

gás carbônico e gás carbônico

QUESTÃO 35

Uma cela eletrolítica pode ser usada para purificação de cobre. Nela o eletrodo ligado aos pólos é uma barra de cobre impuro. No outro pólo, um eletrodo formado por cobre puro será o suporte onde se depositará o cobre purificado pelo processo. A figura abaixo ilustra o aparato.

 

A

análise do gráfico permite detectar uma mudança

brusca da densidade deste material quando ele atinge

 

temperatura X. Essa mudança ocorre porque, nessa temperatura, o material estudado:

a

temperatura X . Essa mudança ocorre porque, nessa temperatura, o material estudado: a SIMULADO ENEM |
temperatura X . Essa mudança ocorre porque, nessa temperatura, o material estudado: a SIMULADO ENEM |

SIMULADO ENEM | Página 15

(A)

sofre uma redução, dando origem a uma espécie de maior massa.

papelão, 2% vidro, 2% metal, 3% plásticos e 15% outros.

(B)

vaporiza e passa a ocupar um volume muito maior.

 

Disponível em: www.recicloteca.org.br/blog. Acesso em: 21 jan. 2013 (adaptado).

(C)

sofre uma diminuição considerável do volume ao sofrer sublimação.

Dentre as propostas abaixo, a que mais contribui para diminuir a quantidade de lixo direcionada aos aterros sanitários, sem causar outros problemas ambientais, é:

(D)

apresenta um grande aumento no volume devido à sua condensação.

(E)

funde acaba adquirindo uma massa consideravelmente menor.

QUESTÃO 37

(A)

construir centros de incineração para queimar o lixo coletado.

Nos últimos 150 anos, as emissões de metano na atmosfera praticamente triplicaram. Esse aumento é motivo de preocupação, pois o metano, como o dióxido de carbono, contribui para o aquecimento global. Entretanto, 1kg de metano aquece a terra 23 vezes mais que 1kg de dióxido de carbono. O gráfico abaixo apresenta as principais fontes de emissão de metano na atualidade.

(B)

promover associações de catadores de latas para aumentar a reciclagem de alumínio.

(C)

incentivar a redução e reutilização de embalagens de materiais como plásticos, vidro, papel e papelão.

(D)

coletar e tratar adequadamente materiais que contenham metais pesados, como pilhas e baterias.

(E)

direcionar o lixo para lixões distantes das grandes cidades.

Emissões de metano: 600 milhões de toneladas métricas por ano.

QUESTÃO 39

 
Em sua formação, o carvão mineral passa por quatro etapas distintas. Assim, existem quatro tipos

Em sua formação, o carvão mineral passa por quatro etapas distintas. Assim, existem quatro tipos de carvão mineral, cada um com propriedades particulares, conforme apresentado na tabela abaixo.

Tipo de

Cor

Poder calorífico (kcal / g)

% de

carvão

carbono

 

turfa

parda

1,5– 2,0

55

- 65

linhito

negro-

2,0 – 7,0

65

- 80

parda

 
 

hulha

negra

7,0 – 8,5

80

- 93

Metano, plantas e mudanças climáticas. Scientific American Brasil: Aula Aberta, nº 4, 2010 (adaptado).

antracito

negra

8,5 – 9,0

93

- 98

 

SCHUMANN, W. Rochas e Minerais. 1985 (adaptado)

Considerando texto e gráfico apresentados, uma proposta viável para combater o aquecimento global seria:

Um químico foi incumbido de estimar a massa de carbono presente em uma amostra de 6g de carvão mineral. Ao queimar toda a amostra, foram liberados 48.000 cal. Sabendo que a amostra possui apenas um tipo de carvão mineral, pode-se estimar a massa de carbono presente na mesma esteja entre:

(A)

acentuar a exploração de gás natural, a fim de acabar com o metano presente no planeta.

(B)

acabar com o tratamento de esgoto, atividade responsável por cerca de 4,2% da emissão anual de metano.

(A)

5,6 e 5,9 gramas.

 

(C)

exterminar toda a população mundial de ruminantes e cupins, que juntos correspondem a 25% da emissão anual de metano.

(B)

4,8 e 5,6 gramas.

(C)

3,9 e 5,6 gramas.

(D)

3,3 e 3,9 gramas.

(D)

coletar e queimar o metano oriundo de atividades humanas, transformando-o em dióxido de carbono.

(E)

2,7 e 3,3 gramas.

(E)

promover a incineração do lixo orgânico ao invés de estocá-lo em aterros sanitários.

QUESTÃO 40

QUESTÃO 38

Pode-se obter gás hidrogênio a partir da eletrólise da água. Mas, como a água pura não conduz corrente elétrica, é necessário adicionar alguma substância que torne a água condutora para que a eletrólise aconteça. A escolha dessa substância deve ser feita com cuidado, pois ela pode gerar espécies com maior facilidade de descarga que a água. Nesse caso, a l g u m a e s p é c i e f o r m a d a p o d e r e d u z i r

A

grande quantidade de lixo produzida no Brasil é

preocupante. É tanto lixo, que existe um risco real de faltar espaço para armazená-lo nos nossos aterros sanitários. Das 260.000 toneladas, 53% deste material

é

composto por lixo orgânico, 25% de papel e

SIMULADO ENEM | Página 16

preferencialmente

impedindo

a

formação

do

gás

(A)

possui a função éter.

 

hidrogênio.

 

(B)

possui cadeia heterogênea.

 

Com base nas facilidades de descarga apresentadas

(C)

não possui a função ácido carboxílico.

(D)

possui cadeia aromática.

 
(E) possui um número menor de átomos de carbono.

(E)

possui um número menor de átomos de carbono.

QUESTÃO 43

Quando comemos um produto industrializado, estamos ingerindo junto com ele uma grande quantidade de aditivos químicos, como acidulantes, aromatizantes, conservantes e corantes. Mas a escolha dos aditivos utilizada não é tão simples. Na escolha de um conservante, por exemplo, é preciso levar em conta se ele é hidrossolúvel ou lipossolúvel. Uma escolha errada impedirá que o conservante se misture de modo eficaz com o alimento ou bebida.Observe as estruturas de alguns conservantes apresentadas abaixo.

A

eletrólise da água produzirá gás hidrogênio quando

nela estiver dissolvida a substância

 

(A)

Na SO

(B)

C H ₁₂O

(C)

CuBr

(D)

C H OH

(E)

AgCl

QUESTÃO 41

 

O texto adaptado abaixo apresenta a descrição dos resultados de um experimento realizado no século XVIII, por Lavoisier:

 
adaptado abaixo apresenta a descrição dos resultados de um experimento realizado no século XVIII, por Lavoisier:

“Demonstrei anteriormente que, para formar dióxido de carbono, era preciso unir oxigênio e carbono; portanto, o carvão colocado no tubo de vidro retirou da água o oxigênio. Assim, a água é composta de oxigênio e de um gás inflamável. Não se pode supor que esse gás tenha sido liberado do carvão, consequentemente, é um produto da água.”

 

I

II

III

 
 
 

IV

 

LAVOISIER, A. L. Tratado Elementar de Química. Madras, 2007 (adaptado).

 

De acordo com a descrição de Lavoisier, a reação realizada poderia ser representada pela equação

Dentre esses conservantes, os que poderiam ser utilizados na conservação de bebidas à base de água seriam os representados pelos números:

química:

 

(A)

(B)

(C)

(D)

CO + H O H + CO

O+ C CO

CO + H OH CO

2H O + C CO+ 2H

 

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

I e III.

I e IV.

II e III.

II e IV.

III e IV.

(E)

2H O + CO2O+ CH

 

QUESTÃO 42

 

QUESTÃO 44

 

O

AAS, conhecido popularmente como aspirina, é um

O sorbitol, composto amplamente utilizado pelas indústrias alimentícia e farmacêutica, é facilmente sintetizado a partir da hidrogenação da glicose.Como a semelhança estrutural entre esses dois compostos é muito grande, a diferenciação dos dois é feita com a utilização de um teste funcional. Para isso, podem ser utilizados alguns compostos que só reagem com funções orgânicas específicas.

um teste funcional. Para isso, podem ser utilizados alguns compostos que só reagem com funções orgânicas

composto orgânico sintético, bastante utilizado como analgésico, antipirético, e anti-inflamatório. Esse composto pode ser obtido pela reação entre o ácido salicílico e o ácido acético.

 
   
   
 

Ácido salicílico

AAS

   

A

observação das fórmulas estruturais apresentadas

permite afirmar que uma diferença entre esses dois compostos é que o AAS:

Glicose

Sorbitol

afirmar que uma diferença entre esses dois compostos é que o AAS: Glicose Sorbitol SIMULADO ENEM
afirmar que uma diferença entre esses dois compostos é que o AAS: Glicose Sorbitol SIMULADO ENEM

SIMULADO ENEM | Página 17

Para diferenciar a glicose do sorbitol, deve-se utilizar um teste funcional que permita identificar a função orgânica:

(A)

álcool.

 

(B)

ácido carboxílico.

(C)

éster.

(D)

fenol.

(E)

aldeído.

 

QUESTÃO 45

De acordo com a Resolução nº 357 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), as águas doces podem ser classificadas em classes de acordo com a sua qualidade. Para essa classificação são consideradas as propriedades físico-químicas e as concentrações de determinadas substâncias ou elementos. Se levarmos em conta exclusivamente a concentração de fósforo, as águas doces poderiam ser classificadas como:

Classes

Concentração

 

de

Máxima

Algumas utilidades

Águas

de Fósforo

Doces

(mg/L)

 

I

0,025

consumo humano após tratamento simplificado.

   

consumo humanoapós

II

0,05

tratamento convencional e irrigação de plantas.

   

consumo humano após

III

0,15

tratamento convencional e irrigação de culturas arbóreas.

IV

não estipulada

navegação e harmonia paisagística.

Disponível em: www.mma.gov.br/port/conama/res/res05/res35705.pdf. Acesso em: 24 jan. 2013 (adaptado).

A análise de uma amostra de 100 mL de um corpo d’água detectou a presença de 10 -6 g de fósforo. Deste modo, a água analisada

(A)

pode ser consumida sem tratamento prévio.

(B)

necessita de tratamento convencional para ser consumida.

(C)

não pode ser utilizada para a irrigação de hortaliças.

(D)

pode ser utilizada apenas para navegação.

(E)

só pode ser utilizada na irrigação de culturas arbóreas.

SIMULADO ENEM | Página 18

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS

QUESTÃO 47

Questões de 46 a 68 Questões de 46 a 48 (Opção Inglês)

London helicopter crash: Crane operator cheated death 'after turning up to work late'

QUESTÃO 46

 
QUESTÃO 46  

Leia o texto abaixo:

 

Movie News

QUESTÃO 46   Leia o texto abaixo:   Movie News © AP / Grace Kelly in

© AP / Grace Kelly in an undated photo.

Monaco royals miffed over Princess Grace film

Narrow escape: The crane operator at St George Wharf was supposed to be in the cabin at the time a helicopter crashed into it on Wednesday morning

PARIS (AP) – Monaco's royal family has criticized a

A witness at the scene said the crane operator would have been "wiped out" if he had been on time this

feature film about the late Princess Grace, saying it presents a glamorized and inaccurate view of her life.

Prince Albert and his sisters, Princess Stephanie and Princess Caroline, issued a statement saying the film about their mother – the former Grace Kelly – contained major historical inaccuracies and “purely fictional scenes.”

morning. Instead, he was still climbing up the crane's shaft when disaster struck.

The crane operator only survived the Vauxhall helicopter crash because he was running late and had not reached his cabin when the aircraft came down, a witness said.

The royals rebuffed a report in Paris Match magazine claiming the palace supported the film, “Grace of Monaco.”

Site workers said the man, who has not been identified, had never been late before. He is understood to have been held up while dropping his children at school.

(Adaptado de http://uk.news.yahoo.com. Acesso em 16/01/2013.)

The movie stars Nicole Kidman as the Hollywood icon who married Monaco's Prince Rainier II in 1956. The princess died in 1982, aged 52.

The statement said the family had “absolutely no association” with the film, and said the filmmakers had ignored the palace's requests for changes to the script.

O texto acima apresenta informações sobre um acidente de helicóptero e relata como um homem sobreviveu a este acidente. De acordo com o texto, o homem

 

17/01/2013)

(A)

escalou uma estrutura pouco antes de o acidente acontecer e não foi atingido.

A notícia acima reproduzida trata de uma polêmica envolvendo a família real do principado de Mônaco. Que expressões encontradas no texto configuram mais diretamente o problema noticiado?

(B)

ainda não havia chegado ao seu posto de serviço quando o acidente ocorreu.

(C)

saiu mais tarde do trabalho e não entrou no helicóptero que caiu.

(A)

inaccurate view/ purely fictional scenes/ requests for

(D)

não foi trabalhar porque tinha ido buscar seus filhos na escola.

changes.

(B)

Monaco’s royal family/ Prince Albert and his sisters/ Hollywood icon.

(E)

ficou preso no trânsito por causa de um acidente com um caminhão.

(C)

Monaco royals/ Paris Match magazine/ Prince Rainier

 

II.

(D)

Princess Grace/ former Grace Kelly/ “Grace of Monaco”/ Nicole Kidman.

(E)

a feature film/ a statement/ aged 52/ the filmmakers.

of Monaco”/ Nicole Kidman. (E) a feature film/ a statement/ aged 52/ the filmmakers. SIMULADO ENEM
of Monaco”/ Nicole Kidman. (E) a feature film/ a statement/ aged 52/ the filmmakers. SIMULADO ENEM

SIMULADO ENEM | Página 19

QUESTÃO 48

QUESTÃO 50

Leia o poema a seguir:

Leia o texto abaixo:

 

My Heart Leaps Up

Qual é o conceito de cultura científica e como isso influi na forma de divulgação científica?

William Wordsworth

Há um conceito bastante difundido de que cabe à divulgação científica preencher uma lacuna de informação que o leigo não tem em relação à ciência, isto é, que o leigo é, portanto, analfabeto cientificamente. Por isso os norte-americanos chamam essa atividade de scientific literacy, que é alfabetização científica, isto é, tornar, portanto, o leigo informado das questões da ciência. O que cabia à divulgação científica? Cabia suprir o déficit de informação da população leiga em relação à ciência.

Com o decorrer das atividades em vários países, essa teoria do déficit foi sendo substituída por uma visão mais democrática do papel da divulgação científica. Nessa visão, não cabe à divulgação científica apenas levar a informação, mas também atuar de modo a produzir as condições de formação crítica do cidadão em relação à ciência. Na Inglaterra, desenvolveu-se o que se chama public understanding of science, que é diferente do scientific literacy, do ponto de vista americano e, em seguida, um conceito que é ligado ao primeiro, mas um pouco diferente, que é o public awareness of science. Um é o entendimento público de ciência, e o outro é a consciência pública da ciência. Nesses casos, o que está sendo enfatizado não é só a aquisição da informação, a possibilidade de acesso à informação, mas a formação do cidadão no sentido em que ele possa ter opiniões e uma visão crítica de todo o processo envolvido na produção do conhecimento científico com sua circulação e assim por diante.

(VOGT, Carlos. “Divulgação e cultura” http://www.comciencia.br/comciencia/handler.php? section=8&edicao=37&id=436. Acesso em 19/01/2013.)

My heart leaps up when I behold A rainbow in the sky:

So was it when my life began; So is it now I am a man; So be it when I shall grow old, Or let me die! The Child is Father of the Man; And I could wish my days to be Bound each to each by natural piety.

No poema acima, do poeta inglês William Wordsworth (1770-1850), o eu lírico expressa sua reação diante de um arco-íris. Para ele, essa reação é

(A)

excessiva, pois deveria se dar por razões religiosas.

(B)

ingênua e deve mudar com o amadurecimento.

(C)

previsível, pois deveria ser divulgada como natural.

(D)

fundamental, pois deveria se sobrepor à morte.

(E)

positiva e deve continuar a mesma por toda sua vida.

QUESTÃO 49

Leia o quadrinho abaixo:

( http://www.laerte.com.br , acesso em 07/01/2012)

(http://www.laerte.com.br, acesso em 07/01/2012)

Assinale a alternativa cujo título da reportagem de divulgação científica deixe evidente uma “visão mais democrática de divulgação científica” descrita na entrevista acima:

O pensamento do personagem no último quadro é explicado:

(A)

“A ciência se autorregula ou deve haver controle do Estado?” (Comciência).

(B)

“Você sabe por que alguns pássaros voam em formação?” (Mundo Estranho).

(A)

(B)

pela onomatopeia, representando, apenas terceiro quadro, o som da ação realizada no segundo;

por a onomatopeia do terceiro quadro representar o prazer do personagem em degustar o sorvete;

(C)

“Entre a cura e a prevenção do Alzheimer” (Comciência).

(D)

“As 100 mais belas músicas” (Galileu).

(C)

pela quebra de coerência, representada pela diferente posição em que a taça aparece no segundo e no terceiro quadros;

(E)

“Quais são as formações geológicas mais antigas do Brasil? Como é feita a datação?” (Ciência Hoje).

(D)

pela presença do personagem apenas no primeiro e no segundo quadros, instaurando um clima de mistério;

 

(E)

pelo fato de, no primeiro quadro, o sorvete estar derretendo e no terceiro ele já ter derretido completamente.

SIMULADO ENEM | Página 20

 

QUESTÃO 51

QUESTÃO 53

Observe o esquema abaixo:

Leia o texto abaixo:

Memória muscular facilita retorno da boa forma física

Desde que a Duartezinha, como a chamavam nos salões, apareceu nas reuniões de D. Matilde, foi logo cercada por uma multidão de admiradores. Sua nobre altivez os mantinha em respeitosa distância.

Ela conservava sempre na sala, como na intimidade, um mimo de orgulhosa esquivança, que afastava sem ofender.

um mimo de orgulhosa esquivança, que afastava sem ofender. Quando, porém, algum mais apaixonado, ou menos

Quando, porém, algum mais apaixonado, ou menos perspicaz de seus admiradores, ousava transpor aquela régia altivez e casta auréola em que ela resplandecia, então sua cólera revestia certa majestade olímpia que fulminava.

(BURATTO, Luciano Grüdtner. “Memória muscular facilita retorno da boa forma física”. Folha.com. Acessado em 17/08/2010, às 23:20)

De acordo com o título e com o infográfico apresentado acima, a vantagem de quem já praticou exercícios físicos e os retoma depois de algum tempo para alguém que nunca os praticou é que:

Emília não valsava; nunca nos bailes ela consentiu que o braço de um homem lhe cingisse o talhe. Na contradança as pontas dos seus dedos afilados, sempre calçados nas luvas, apenas roçavam a palma do cavalheiro: o mesmo era quando aceitava o braço de alguém.

Bem diferente nisso de certas moças que passeiam nas salas reclinadas ao peito de seus pares, Emília não consentia que a manga de uma casaca roçasse nem de leve as rendas do seu decote.

 

(A)

uma vez treinados, os músculos não sofrem mais atrofia.

(B)

é mais fácil recuperar a forma física, do que adquiri-la pela primeira vez.

 

(ALENCAR, José de. Diva. São Paulo: FTD, 2012)

(C)

respiração é facilitada pelo condicionamento do coração.

Levando-se em consideração o movimento literário ao qual José de Alencar, autor de Diva está relacionado, pode-se afirmar que a heroína do romance, como personagem:

(D)

a flexibilidade dos tendões e músculos é maior, devido ao alongamento.

(E)

o consumo calorias é minimizado pela reserva adiposa.

(A)

tipificada, recusa a valsa para exemplificar a arrogância dos mais ricos em relação aos mais pobres.

QUESTÃO 52

Leia o texto abaixo:

(B)

da alta burguesia, rejeita a contradança por considerá-la inferior.

Dançar é movimentar-se. No caso do indivíduo cego, é “ver” com o corpo o que os olhos não podem enxergar; é ultrapassar limites impostos pela deficiência visual. É aprender a partir da experiência em tempo real, sendo a imagem sensório-motora uma realidade produzida pela interação das percepções no aparato cerebral. A formação da imagem corporal no indivíduo cego depende de informações táteis, auditivas e cinestésicas já que as experiências visuais são limitadas, dificultando-lhe a percepção do mundo.

(C)

símbolo das desigualdades sociais, prefere a contradança devido a sua origem popular.

(D)

esférica, recusa a valsa devido a conflitos psicológicos representados por sua condição feminina.

(E)

tipicamente idealizada, recusa a valsa devido à sensualidade inapropriada.

QUESTÃO 54

(CAZÉ, C. M. de J. O.; OLIVEIRA, A. da S. “Dança além da visão: possibilidades do corpo cego” in Pensar a prática, v.11, n. 3, 2008. Disponível em http://www.revistas.ufg.br/ index.php/fef/article/view/3592/4263. Acesso em 27/01/2013.)

Leia o texto abaixo:

Levando em consideração o que é afirmado no trecho, a contribuição do contato com o outro, típico da dança, para o indivíduo cego é a de:

A palavra “maxixe”, que começava a ganhar sentido musical e dançante no fim da década de 1870, delineia-se, nessa época, como denominação do fenômeno emergente, mas vem associada a conotações rebaixadas, e sofre um processo de recalque em ambientes brancos, elitizados, domésticos, senhoriais. Ligado aos ambientes populares da Cidade Nova, inseparáveis dos contingentes de escravos e das músicas tocadas e dançadas por negros, e propagado inicialmente nos ambientes contíguos à vida noturna, ao teatro de revista e à prostituição – frequentados por homens –,

(A)

visualização mais nítida do espaço.

(B)

discernimento musical mais apurado.

(C)

aumento da capacidade de raciocínio visual.

(D)

percepção do movimento e do espaço ampliadas.

(E)

econhecimento da noção de tempo.

 
 
do movimento e do espaço ampliadas. (E) econhecimento da noção de tempo.   SIMULADO ENEM |

SIMULADO ENEM | Página 21

o maxixe, cujo nome se associa originariamente ao legume barato, ao resto e ao lixo, é contaminado de uma sanção moral, para efeitos do decoro familiar. Embora difundido oral e teatralmente, o gênero musical permanece literalmente impublicável até 1897, data da primeira partitura impressa sob esse nome, passando a ser reconhecido e publicamente adotado a partir das primeiras década do século 20.

(WISNIK, José Miguel. Machado Maxixe. São Paulo: Publifolha, 2008. pp. 32-3)

(A)

a consciência da personagem pobre, representada por Macabea, de que é explorada pelo sistema e que deve, a longo prazo, se revoltar.

(B)

o desprezo dos intelectuais, representado pelo Seu Raimundo, pelo povo, representados por Macabea, cujo impulso revolucionário é autêntico.

(C)

a alienação dos mais pobres, representados por Macabea, pois não conseguem reconhecer que são explorados pelo sistema capitalista.

De acordo com o texto, apesar de difundido oral e teatralmente, a não publicação de partituras do gênero musical maxixe até 1987 se deu porque:

(D)

a gratidão dos mais pobres por seus patrões, representado pela figura bondosa de Seu Raimundo.

(E)

a insubordinação dos mais pobres, representados por Macabea, em relação aos mais ricos, representados pelo patrão dela.

(A)

o maxixe sofria preconceito por parte das elites, devido a sua origem popular.

QUESTÃO 56

 

(B)

a palavra “maxixe” precisou sofrer alterações por se relacionar a lixo.

Leia o texto abaixo:

(C)

os maxixes foram rapidamente memorizados, dispensando publicação impressa.

Desde os cinco anos merecera eu a alcunha de "menino diabo"; e verdadeiramente não era outra cousa; fui dos mais malignos do meu tempo, arguto, indiscreto, traquinas e voluntarioso. Por exemplo, um dia quebrei a cabeça de uma escrava, porque me negara uma colher do doce de coco que estava fazendo, e, não contente com o malefício, deitei um punhado de cinza ao tacho, e, não satisfeito da travessura, fui dizer à minha mãe que a escrava é que estragara o doce "por pirraça"; e eu tinha apenas seis anos. Prudêncio, um moleque de casa, era o meu cavalo de todos os dias; punha as mãos no chão, recebia um cordel nos queixos, à guisa de freio, eu trepava-lhe ao dorso, com uma varinha na mão, fustigava-o, dava mil voltas a um e outro lado, e ele obedecia, -- algumas vezes gemendo, -- mas obedecia sem dizer palavra, ou, quando muito, um

--"ai, nhonhô!" -- ao que eu retorquia: --"Cala a boca,

(D)

como o maxixe circulava apenas entre analfabetos, a publicação era dispensável.

(E)

a publicação impressa prejudicava o status do gênero musical, por isso evitada.

QUESTÃO 55

Leia o texto abaixo:

Esqueci de dizer que às vezes a datilógrafa tinha enjoo para comer. Isso vinha desde pequena quando soubera que havia comido gato frito. Assustou-se para sempre. Perdeu o apetite, só tinha grande fome. Parecia-lhe que havia cometido um crime e que comera um anjo e, porque acreditava, eles existiam.

Nunca havia jantado ou almoçado num restaurante. Era de pé mesmo no botequim da esquina. Tinha uma vaga ideia que mulher que entra em restaurante é francesa e desfrutável.

Havia coisas que não sabia o que significava. Uma era “efeméride”. E não é que Seu Raimundo [o patrão] só mandava copiar com sua letra linda a palavra efemérides ou efeméricas? Achava o termo efemírides absolutamente misterioso. [ ]

Outro retrato: nunca recebera presentes. Aliás não precisava de muita coisa. Mas um dia viu algo que por um leve instante cobiçou: um livro que Seu Raimundo, dado a literatura, deixara sobre a mesa. O título era “Humilhados e Ofendidos”. Ficou pensativa. Talvez tivesse pela primeira vez se definido numa classe social. Pensou, pensou e pensou! Chegou à conclusão que na verdade ninguém jamais a ofendera, tudo que acontecia era porque as coisas são assim mesmo e não havia luta possível, para que lutar?

besta!" -- [

]

eram mostras de um gênio indócil, mas

devo crer que eram também expressões de um espírito robusto, porque meu pai tinha-me em grande admiração; e se às vezes me repreendia à vista de gente, fazia-o por simples formalidade: em particular dava-me beijos”.

(Machado de Assis, Memórias Póstumas de Brás Cubas)

A crítica de Machado de Assis à escravidão é irônica e aguda. No trecho acima, de Memórias de Brás Cubas, a crítica à escravidão pode ser inferida a partir:

(A)

do tom de reprova que o próprio narrador emprega ao contar como maltratava os escravos.

(B)

da maneira maldosa como o menino tratava os escravos, diferente das práticas do pai.

(C)

da maneira afetuosa como o escravo tratava o menino que o maltratava.

(LISPECTOR, Clarice. A Hora da Estrela. 23a. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1995. pp.

 

49-50)

(D)

da repreensão sincera que o pai fazia ao filho quando este maltratava aos escravos.

Na cena acima, a reflexão da datilógrafa Macabea, protagonista de A Hora da Estrela, pode denunciar:

(E)

da consideração de que as humilhações aos escravos eram “expressões de um espírito robusto”.

SIMULADO ENEM | Página 22

QUESTÃO 57

vieram me chamar. Causa dum bezerro: um bezerro branco, erroso, os olhos de nem ser – se viu; e com máscara de cachorro. Me disseram; eu não quis avistar. Mesmo que, por defeito como nasceu,

arrebitado de beiços, esse figurava rindo feito pessoa. Cara de gente, cara de cão: determinaram – era o demo. Povo pascóvio. Mataram. Dono dele nem sei quem for. Vieram emprestar minhas armas, cedi. Não

Leia o texto abaixo:

131. MAIS QUE PERFEITO

Eu tinha saído do laboratório da Itacolomi Film onde Rolah tinha dado uma hora preguiçosa de pose para observações contratuais.

tenho abusões. O senhor ri certas risadas

Olhe:

Ela me tinha confessado pela manhã que seus

quando é tiro de verdade, primeiro a cachorrada pega

amores anteriores com pastores não tinham passado

latir, instantaneamente - depois, então, se vai ver se deu mortos. O senhor tolere, isto é o sertão.

a

de

pequenos flirts de criança.

Agora quando tínhamos descido a escada longa eu me tinha baixado até os orquestrais cabelos loiros.

(Guimarães Rosa. Grande Sertão: Veredas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1)

Um dos procedimentos formais característicos da ficção de Guimarães Rosa é a criação de neologismo por meio da combinação inusitada de afixo e radical. Assinale a alternativa que relacione corretamente a expressão que contenha um exemplo desse procedimento e a explicação para a produção de sentido resultante.

E

tínhamo-nos juntado no grande doce e carnoso

grude dum grande beijo mudo como um surdo.

 

132. OBJETO DIRETO

Ao longo do longo Viaduto bandos de bondes iam para as bandas da Avenida.

O

poente secava nuvens no céu mal lavado.

 

No Triângulo começado de luz bulhenta antes da

(A)

Alvejei mira em árvore”; a prefixo “-al” sugere a cor branca do animal abatido.

perdida ocasião de ir para casa entramos numa casa

de

joias.

(B)

“Povo pascóvio”; o sufixo “-óvio” lembra “óbvio”, o que se refere à simplicidade do povo.

(ANDRADE, Oswald. Memórias sentimentais de João Miramar. São Paulo: Globo, 2004. p.

 

139)

(C)

“um bezerro branco, erroso”; o sufixo “-oso”, enfatiza a estranheza do bezerro.

Levando em consideração o texto e movimento

(D)

“Não tenho abusões”; o sufixo “-ões”, indica aumentativo revelando exploração.

literário do qual Oswald de Andrade participa, assinale

a

alternativa correta:

(E)

“primeiro a cachorrada”; o sufixo “-ada” designa coletivo, “grupo de cachorros”.

(A)

a continuidade entre os dois capítulos apresentados é dada pelo uso de elementos coesivos explícitos, o que requer do leitor uma atividade de compreensão mais ativa, descartando múltiplas interpretações.

somente no segundo é possível perceber técnica modernista de descrição, pois a justaposição de imagens isoladas sugere a descrição do cenário: uma cidade movimentada, diferentemente do primeiro em que há apenas descrição de personagem.

QUESTÃO 59

(B)

Mário de Andrade classificou seu livro Macunaíma, o herói sem nenhum caráter como rapsódia. Isso porque

considerava uma antologia de histórias do folclore latino-americano organizada por uma voz narrativa que se assemelhava a dos contadores de histórias populares. Abaixo, apresentam-se um trecho de

o

(C)

não é possível observar aproximação do texto em prosa dos dois capítulos apresentados com a poesia, devido ao não uso de figuras de linguagem como aliteração, metáfora e comparação.

Macunaíma e outro de Vom Roraima zum Orinoco, uma das fontes de Mário de Andrade.

I. Trecho de Macunaíma: o herói sem nenhum caráter

(D)

o uso constante de inadequações gramaticais como em “onde Rolah” e “eu me tinha baixado” revelam a falta de cuidado dos autores modernistas para com a forma e a gramática;

No outro dia esperou com o olho esquerdo dormindo que a mãe principiasse o trabalho. Então pediu pra ela que largasse de tecer o paneiro de guarumá-membeca e levasse ele no mato passear. A

mãe não quis porque não podia largar o paneiro não.

(E)

o humor pode ser identificado nos significados que os títulos dos capítulos podem assumir: "Mais que perfeito", ao beijo que encerra o primeiro, e "Objeto direto" ao interesse de Rolah em ganhar joias.

E

pediu pra nora, companheira de Jiguê, que levasse

o

menino. A companheira de Jiguê era bem moça e

QUESTÃO 58

chamava Sofará. Foi se aproximando ressabiada porém desta vez Macunaíma ficou muito quieto sem botar a mão na graça de ninguém. A moça carregou o

Leia o texto abaixo:

piá nas costas e foi até o pé de aninga na beira do rio.

A

água parara pra inventar um ponteio de gozo nas

Nonada. Tiros que o senhor ouviu foram de briga de

homem não, Deus esteja. Alvejei mira em árvore no quintal, no baixo do córrego. Por meu acerto. Todo dia isso faço: gosto, desde mal em minha mocidade. Daí

-

folhas do javari. O longe estava bonito com muitos

biguás e biguatingas avoando na entrada do furo. A moça botou Macunaíma na praia porém ele principiou

choramingando, que tinha muita formiga!

e pediu pra

na praia porém ele principiou choramingando, que tinha muita formiga! e pediu pra SIMULADO ENEM |
na praia porém ele principiou choramingando, que tinha muita formiga! e pediu pra SIMULADO ENEM |

SIMULADO ENEM | Página 23

Sofará que o levasse até o derrame do morro lá dentro do mato. A moça fez. Mas assim que deitou o curumim nas tiriricas, tajás e trapoerabas da serrapilheira, ele botou corpo num átimo e ficou um príncipe lindo. Andaram por lá muito.

Quando voltaram pra maloca a moça parecia muito fatigada de tanto carregar piá nas costas. Era que o herói tinha brincado muito com ela

O

segundo aspecto é que nós temos hoje uma

capacidade quase infinita para guardar informação, e isso praticamente sem custos. E o terceiro aspecto é que nós temos um tremendo crescimento da potência computacional, que é a capacidade de o computador fazer operações automáticas através de números, através de símbolos, tornando mais eficaz o processo de comunicação. Então existem: a potência computacional, a comunicação ubíqua por internet e a capacidade quase infinita de guardar informações. Com esses três aspectos nós temos um novo ambiente de comunicação, e esta é a base técnica para o desenvolvimento de um novo tipo de inteligência coletiva.

(Adaptado de LÉVY, Pierre. Entrevista a Marta Avancini, Fabiano Conte e Flávia Gouveia.

(Mário de Andrade. Macunaíma, o herói sem nenhum caráter. Estabelecimento de texto Telê Ancona Lopez e Tatiana Longo Figueiredo. Rio de Janeiro: Agir, 2007. p. 14)

II. Trecho de Vom Roraima zum Orinoco

Quando Macunaíma ainda era muito pequeno, passava todas as noites chorando e pedia à mulher de seu irmão mais velho que o levasse para fora de casa. Lá fora ele queria por força agarrá-la para se deitar com ela. A mãe dele fazia menção de levá-lo, mas ele nada de deixar. Então dizia à nora que carregasse a criança para fora de casa. Esta o conduzia a uma pequena distância, mas ele implorava que fosse ainda mais adiante, para trás do morro. Macunaíma ainda era muito pequeno. Mas quando ali chegava virava homem e deitava-se com ela. Assim fazia ele sempre com a mulher, servindo-se dela todas as vezes em que seu irmão saía para a caça.

 

Acesso em 19/01/2013.)

Abaixo são apresentadas definições do dicionário eletrônico Houaiss para a palavra “então”. Assinale a alternativa que apresente a definição que mais bem explique o uso dessa palavra no texto acima:

Então existem: a potência computacional, a comunicação ubíqua por internet e a capacidade ”

(A)

“[advérbio] nesse ou naquele momento

ligou para o pai que não lhe retornou o chamado e. ›”;

(Theodor Koch-Grümberg, Vom Roraima zum Orinoco. Traduzido por Sérgio Buarque de Holanda e publicado em O Espírito e a Letra, organização de Antonio Arnoni Prado. São Paulo: Cia das Letras, 1996. p. 260.)

(B)

X “[advérbio] em tal caso, nessa situação

o vizinho sendo simpático, e. não vai haver briga ›”;

 

(C)

“[advérbio] em momento futuro

Após leitura cuidadosa dos textos sobre o herói Macunaíma, pode-se perceber que Mário de Andrade:

quando você ficar mais velho, aí e. compreenderá

tudo ›”;

 

(D)

“[interjeição] voz que expressa admiração, espanto

(A)

faz plágio do livro de Koch-Grumberg, produzindo uma obra cujos aspectos artísticos não podem ser considerados originais, por não possuir características típicas de um romance.

reinventa literariamente os episódios que no texto de Koch-Grumberg têm caráter mais informativo; assim, o folclore indígena é incluído na memória da literatura brasileira.

e., será verdade? ›”;

(E)

“[interjeição] tempo que passou; antanho

 

num belo dia de e., surgiu-lhe a futura noiva ›”.

(B)

QUESTÃO 61

Leia o texto abaixo:

(C)

descreve o herói de maneira oposta ao texto de Koch-Grumberg, pois idealiza o caráter do personagem, fazendo com que seu romance siga a tradição da literatura indianista romântica.

Cinco países africanos escolheram o português como sua língua oficial, depois das guerras de independência: Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe. Mais recentemente, Timor Leste somou-se a esse grupo, como a mais nova nação democrática do mundo.

(D)

ao usar o mesmo registro de linguístico do texto de Koch-Grumberg, limita seu texto literário a um registro histórico do folclore das tribos indígenas brasileiras.

Nova e heroica, pois resistiu à Indonésia e à Austrália

ao

adotar o Português como sua língua oficial.

(E)

escreve um romance modernista, no entanto pautando-se em padrões naturalistas, preocupado em descrever os problemas sociais que as tribos então enfrentavam.

(CASTILHO, Ataliba Teixeira de. “Uma política linguística para o português” in http:// www.museulinguaportuguesa.org.br/colunas_interna.php?id_coluna=17. Acesso em

15/01/2013)

QUESTÃO 60

A escolha do português como língua oficial do Timor Leste, indica que neste país o português é um símbolo:

Leia o texto abaixo:

(A)

artístico.

(B)

religioso.

Não é o gad