Sunteți pe pagina 1din 2

Primeira Tarefa de IGD

Segundo semestre de 2012

Responda às questões abaixo e justifique suas respostas. Descreva o seu raciocínio e explique o significado das equações ou funções que venham a ser utilizadas. Comente a intenção de cada procedimento.

Questão um (5 pontos)

(a) Considere a superfície de equação z + x 2 + y 2 = 1. Encontre um vetor normal e a

equação do plano tangente, a essa superfície, no ponto (1, 1, -1).

(b) Uma partícula de massa unitária percorre a superfície cilíndrica cuja equação é dada

pro x 2 + y 2 = 1, segundo a trajetória u(t) = (cos2π(t 2 8t), sen2π(t 2 8t), t). No instante t

= 4, cessam todas as forças que atuavam na massa até então. Descreva a trajetória da partícula a partir desse instante. Mostre que a partícula permanece no cilindro durante todo o tempo e que sua trajetória é uma reta contida em um plano tangente ao cilindro.

(c) Uma partícula percorre o gráfico da função z = x 2 + 2y 2 . No instante t = 0, a

partícula passa pelo ponto (1, 1, 3). Sabe-se que não há força atuando nas direções x e y.

Sabe-se também que a velocidade é um vetor do cilindro de raio unitário. Sob essas condições, calcule a maior velocidade vertical que a partícula pode ter ao passar pelo ponto (1, 1, 3) no instante t = 0.

Questão dois (5 pontos)

(a) Verifique que a interseção de um plano com um cone de equação x 2 + y 2 = a 2 z 2 é;

uma elipse, uma parábola, uma hipérbole ou retas. Caracterize os quatro tipos de interseção.

(b)

Verifique que a interseção oblíqua de um plano com um cilindro é uma elipse.

(c)

Determine a equação das possíveis curvas formadas pela interseção ortogonal de um

plano com um toro. Calcule a área da região limitada por cada uma bem como o perímetro delas. Qual é a lei de formação do lugar geométrico definido por estas

curvas?

Questão três (5 pontos)

(a) Dados dois pontos fixos no primeiro quadrante do plano cartesiano, determine a

equação da curva, ligando estes dois pontos, cuja rotação em torno do eixo x gere uma superfície com a menor área possível. Calcule o valor desta área mínima.

(b) Encontre a equação da curva formada por um cabo suspenso pelas duas extremidades e que esteja sujeito à ação de seu próprio peso somente.

(c) Encontre a equação da curva formada pelo cabo que suspende a ponte Golden Gate

em são Francisco - California.

(d)

Determine a equação da curva de deflexão de uma corda que, com os dois extremos

fixados, esteja girando em torno de um eixo. (Situação: brincadeira de pular corda, em que duas crianças batem a corda e uma terceira pula a corda).

Questão quatro (5 pontos)

(a) Assistam ao filme “A Fraternidade é Vermelha” do diretor Krzysztof Kieslowski.

Façam então uma análise do filme tendo em paralelo o texto abaixo e a poesia de Neruda intitulada “Posso escrever os versos mais tristes esta noite”.

A Fraternidade é Vermelha

Fortuna Imperatrix Mundi. Consertar o presente mudando o passado. Troca-se o personagem. Cria-se um encontro que não houve.

O desejo de entender - de encontrar uma razão - é grande!

Querer entender é não aceitar o ocorrido.

A atitude vinda do desejo do outro.

Não aceitar - não querer - uma alteridade avessa. Mas, este desejo está lá, distante. Indesejado.

A vida, porém, sucede!

Inútil mudar o personagem. Desconsidera a inutilidade. Com personagens diferentes produz um outro encontro.

Mas, é ele mesmo no passado. Encontrando outra mulher.

Aquela que deveria realmente ser a mulher.

E não foi.

Talvez a pergunta incessante:

O

O

Desconhecem governo. Simplesmente contingentes.

destino?

acaso?

(b) Leiam o conto intitulado “O Aleph” de Jorge Luis Borges e o texto “Aspectos fenomenológicos do conceito de rede: o Aleph, ubiqüidades”. Comentem os dois textos.

(c) Leiam o livro “Uma Vida em Segredo” de Autran Dourado e assistam ao filme

homônimo. Comentem o livro, o filme e a citação abaixo.

Quid purê tranquillet, honos an dulce lucellum, an secretum iter et fallentis semita vitae.

O que te proporciona genuína tranqüilidade - celebridade, as doçuras da prosperidade ou a secreta jornada

ao longo do caminho de uma vida despercebida?

Horácio. Cartas 1.18.103