Sunteți pe pagina 1din 7

Funções afim

Funções afim (1) Considere a função y = ax Construa, no Winplot, o gráfico da função

(1) Considere a função y = ax

Construa, no Winplot, o gráfico da função com a = 1 e a = -1. Trace o gráfico para diferentes valores de a .

Solução:

1° Passo Escolher a opção

janela/2-dim;

2° passo Clicar em equação/explícita; 3° passo Digitar, na caixa de diálogo, a função y = ax ; 4° passo - Clicar em dupl na tela inventário para traçar outros gráficos similares variando o parâmetro “a”.

outros gráficos similares variando o parâmetro “a”. (2) Utilizando o Winplot, construa gráficos no mesmo plano

(2) Utilizando o Winplot, construa gráficos no mesmo plano cartesiano e em cores

diferentes. Seguindo os passos da atividade 1, explique:

(a) o que ocorre com o gráfico quando varia o parâmetro a entre 0 e 1 e entre 1 e 0.

O que acontece quando varia o parâmetro?

f(x) = 0x f(x) = 1/2x f(x) = 1x f(x) = -1x f(x) = - 1/2x

Solução: A partir da análise dos gráficos pode-se notar que as retas passam pelo mesmo

Solução:

Solução: A partir da análise dos gráficos pode-se notar que as retas passam pelo mesmo ponto,
Solução: A partir da análise dos gráficos pode-se notar que as retas passam pelo mesmo ponto,

A partir da análise dos gráficos pode-se notar que as retas passam pelo mesmo ponto, ou seja, pela origem. Quando se aumenta o parâmetro a (a > 1), o gráfico da

função fica mais inclinado verticalmente do que a reta y = x e, quando o parâmetro

a está entre 0 e 1 (0 < a < 1), o gráfico da função tem inclinação menor do que a

reta y = x, em relação ao eixo do x. Diminuindo o parâmetro a (a < -1), o gráfico da

função fica mais inclinado verticalmente do que a reta y = -x e, quando o parâmetro

a está entre -1 e 0 (-1 < a < 0), o gráfico tem inclinação menor do que a reta y = -x, em relação ao eixo do x.

Com a construção dos gráficos pode-se verificar a simetria entre eles: o gráfico f(x) = -x é simétrico ao gráfico f(x) = x, também chamado de reflexão em relação ao eixo y. O mesmo ocorre com os demais gráficos da função f(x) = ax quando comparado com os gráficos da forma. f(x) = -ax.

(b) Considere x = 1. O que você pode constatar em relação ao ponto y = 2, no gráfico?

Solução: pode-se constatar que o ponto y = 2 no gráfico tem ordenada igual ao dobro da ordenada do ponto determinado no gráfico inicial, considerando y = 1 e o ponto y = 4 no gráfico tem ordenada igual ao quádruplo da ordenada do ponto considerado inicial y = 1.

(3) Considerando a função f(x) = ax +b, com a = 1 e b =

(3) Considerando a função f(x) = ax +b,

com a = 1 e b = 0, veja o gráfico da

função com a = 1 e

b = 0.

Se você traçar o gráfico para diferentes valores de a e b , o que acontece quando variam esses parâmetros?

= 0. Se você traçar o gráfico para diferentes valores de a e b , o

3

Solução:

Solução: Ao informar a função f (x) = ax + b, o Winplot permite que se

Ao informar a função f (x) = ax + b, o Winplot permite que se atribua um valor fixo para um dos parâmetros e se varie o outro. Por exemplo:

para um dos parâmetros e se varie o outro. Por exemplo: A partir da análise dos

A partir da análise dos gráficos acima, pode-se notar que o parâmetro a está

relacionado com o ângulo de inclinação α, ou seja, para a > 0, quanto maior o coeficiente angular, maior é o ângulo formado pela reta e o eixo x. O parâmetro b é o ponto onde a reta corta o eixo y.

(4) Verifique o que ocorre com o gráfico quando varia o parâmetro a, sendo

a > 0 e b = - 3.

Solução:

Ao ser atribuído o valor -3 para o parâmetro b , por exemplo, é possível perceber que

o ângulo entre a reta e o eixo x também aumenta.

(5) Verifique o que ocorre com o gráfico quando varia o parâmetro “a”, sendo

a < 0 e b = 3.

Solução:

Ao ser atribuído o valor, por exemplo, de y = -1x + 3 e y = 3x + 3, o coeficiente a aumentou de -1 para 3, mas o ângulo entre a reta e o eixo x diminuiu. Isso ocorre,

porque ao serem tomados coeficientes de sinais contrários, a reta muda a declividade. (6) Verifique

porque ao serem tomados coeficientes de sinais contrários, a reta muda a declividade.

de sinais contrários, a reta muda a declividade. (6) Verifique o que ocorre com o gráfico

(6) Verifique o que ocorre com o gráfico quando se fixa o parâmetro a e varia o

parâmetro b , sendo a = 3 e b > 0.

Solução:

Por exemplo:

o gráfico quando se fixa o parâmetro a e varia o parâmetro b , sendo a
Observa-se que o parâmetro a informa a inclinação do ângulo entre a reta e o

Observa-se que o parâmetro a informa a inclinação do ângulo entre a reta e o eixo x. Neste caso, a inclinação é sempre a mesma, pois o parâmetro a é 3 e o parâmetro b é o ponto onde a reta corta o eixo y, ou seja, os pontos onde a reta corta o eixo y são 0, 1, 3 e 5, respectivamente.

Pode-se perceber que as retas são paralelas entre si. Analisando a partir da reta de origem y = 3x + 0, o gráfico y = 3x +1 sofreu translação de uma unidade na vertical, do mesmo modo os demais gráficos sofreram translações de 3 unidades e 5 unidades, respectivamente, na direção vertical.

Generalizando, o gráfico “sobe” n unidades, para n>0.

(7) Construa o gráfico que apresente esta generalização: o gráfico “desce” n

unidades, para n>0.

Solução

Por exemplo:

n unidades, para n>0. Solução Por exemplo: (8) O que ocorre com o gráfico quando varia

(8) O que ocorre com o gráfico quando varia o sinal do parâmetro a e fixa o

parâmetro b , sendo a > 0 , a < 0, a = 0 e b = 3 .

Solução: Quando a for negativo o valor de y decresce com o aumento de x, quando observado da esquerda para direita, logo a reta chama-se decrescente. Se a for positivo o valor de y cresce com o aumento de x, quando observado da esquerda

para direita, logo a reta chama-se crescente. Quando a é nulo, tem-se uma função constante

para direita, logo a reta chama-se crescente. Quando a é nulo, tem-se uma função constante e a reta nem cresce, nem decresce, ou seja, a reta é paralela ao eixo x.