Sunteți pe pagina 1din 7

Qual o dimetro de um ramal de seo circular com

declividade 1% e coeficiente de rugosidade de mannning


0,011 Transportando uma vazo de 0,03874 m/s.
2
3

Q=

A RH I
n

1
2

rea do Crculo = rea Molhada


A= ( r)2=

D 2 D
=
2
4

( )

Permetro do Crculo = Permetro Molhado


P=2 r=2

( D2 )=D

Ento
2

D 3
1
D 4
0,01 2
4
D
0,03874=
0,011

( )

D3
0,03874=71,36 D
0,1
2,52
8

D 3 =0,01368 logo D=0,2 m

Dimensionar drenagem de guas pluviais segundo a NBR


10844 para uma residcia de rea de contribuio 561,00 m
e adotar a intensidade pluviomtrica padro 156,00 mm/h (Em
alguns casos recomenda-se consultar o perodo de retorno
item 5.1.2 e posteriormente identificar a intensidade
pluviomtrica de sua cidade tabela 5). Fator Seo 100%, n =
0,010
Clculo de rea de Contribuio

Vazo de projeto
Q=

i . A 156.(561)
=
=1458,6 L/min ou 24,31 L /s
60
60

Coeficientes de Rugosidade

Vazo das calhas frmula de Manning-Strickler (Escoamento com


Lmina 0,5 do dimetro Rh = D/4, Inspees a cada 20m)
2
3

Q=

60.000 A R H I
n

1
2

D D 3 2
24,31(0,010)=60.000
1
4 2,52
8
3

2,4504=60.000 D logo D=0,01471 ou 14,71adotar tamanho maior


Capacidade das Calhas Semicirculares (Nvel Superior) Declividade
mnima 0,5%

Vazo em condutores verticais em funo da vazo L/min e Altura da


lmina mm (0,67D ou 0,5D) Dimetro mnimo 70mm.

Vazes em condutos horizontais circulares (Nivel Trreo)

Dimensionar drenagem de guas pluviais segundo a NBR


10844 para uma residcia de a= 5,25 h=1,02 e b=13,25 (Duas
guas) rea de Contribuio=76,32 m e adotar a intensidade
pluviomtrica 122,00 mm/h (Usualmente consultamos o
perodo de retorno item 5.1.2 para posteriormente localizar a
intensidade pluviomtrica da cidade tabela 5 ou Adotar
Intensidade Pluviomtrica Padro 156)
Clculo de rea de Contribuio
h
A=(a+ ) . b
2

A= 5.25+

1,02
=13,25
2

A = 76,32
Vazo de Projeto
Q=

Q=

IA
60

122 x 76,32
60

Q = 155,18 l/min
2
3

Utilizando a formula de Mannig

Q=

K A RH I
n

1
2

1 - Adotando a linha da Tigre, escolhemos a calha quadrada de


300x90,5mm com uma declividade de 0,5% e uma lamina lquida
igual

Q=60000 .

metade

da

altura

da

calha.

Ento,

1
.0,0136 . 0,0348 3 . 0,005 2 =559,12 L/min
0,011

ficamos

com:

A=by ento 0,3. ( 0,0 4525 )=0,0136


P=b+ 2 y ento 0,3+2 ( 0,04525 )=0,3905
RH=

0,0136
=0,0348
0,3905

559,12 L/min>155,18 L/min


Nesta situao podemos optar pela reduo de
dimenses da calha, tendo em vista que a disproporo de
vazes grande.
2 Exemplo de Clculo adotando uma calha quadrada de
100x90mm com uma declividade de 0,5% e uma lamina lquida igual
metade da altura da calha. Ento, ficamos com
2

Q=60000 .

1
.0,0136 . 0,0348 3 . 0,005 2 =148,3 L/ min
0,011

A=S=by ento 0,1. ( 0,0 5 )=0,005 m


P=b+ 2 y ento 0,1+2 ( 0,05 )=0,20 m
RH=
Vazo em condutores verticais

0,005
=0,025 m
0,20

Vazo de projeto igual a 155,18 L/min, comprimento mdio do condutor vertical


de 3m e uma altura da lmina lquida de 45,18mm. Assim, foi encontrado um dimetro
menos que 70mm, porm, adotaremos os 70mm que o mnimo previsto em norma.
Supondo uma vazo de projeto igual a vazo calculada 560,18 L/min, altura da
lamina lquida de 45,18mm 50mm.