Sunteți pe pagina 1din 2

1) Ele no vive em outro lugar, apenas nesse.

2) Ele vive sozinho no vilarejo.

Agradecemos a algum, sempre com


a preposio ''a''
Por Thas Nicoleti

O verbo agradecer, como o pagar e o perdoar, admite dois complementos, o de coisa e o


de pessoa.

Aquilo que se agradece, como aquilo que se paga e aquilo que se perdoa, o complemento
objeto direto, que se liga ao verbo sem a intermediao de uma preposio. Assim: A
Folha agradece as mensagens recebidas, Fulano no pagou as dvidas, Ela
jamais perdoaria semelhante ofensa.

O objeto indireto o complemento que exprime o destinatrio da ao, portanto a pessoa ou


equivalente. Assim: Agradeceu ao diretor, Agradeceu diretoria da empresa,
Pagou ao mdico, Perdoou ao pai.

Claro est que esses verbos podem ser construdos com os dois objetos simultaneamente.
Assim: Agradeceu ao diretor o convite, Pagou a consulta ao mdico, Perdoou a ofensa ao
amigo. importante, no entanto, distinguir o objeto direto do objeto indireto, para tanto
empregando a preposio a diante do destinatrio da ao.

Caso a ideia seja substituir um dos objetos por um pronome tono, ser preciso redobrar a
ateno, pois h pronomes prprios para substituir o objeto direto (o, a, os, as) e aqueles que
s substituem os objetos indiretos (lhe, lhes).

O fragmento a seguir ilustra um tipo muito comum de confuso quanto regncia do verbo
agradecer:
A inteno da presidente, disse o lder do governo, apenas agradec-los pela
aprovao do mnimo.

verdade que o verbo agradecer j admite uma regncia distinta da tradicional (esta
explicada acima). Tambm correto agradecer a algum por alguma coisa. Nesse caso,
aquilo que seria o objeto direto (a coisa agradecida) passa a ser adjunto adverbial de causa
(introduzido pela preposio por), mas o objeto de pessoa continua sendo indireto.

Muita gente imagina que, havendo a preposio na coisa agradecida, o outro objeto passa a
ser direto. Est a a origem da confuso. Para simplificar, basta lembrar o seguinte: a pessoa a
quem se destina o agradecimento SEMPRE um objeto indireto, introduzido pela preposio
a se substitudo por um pronome, este dever ser a forma lhe (ou seu plural, lhes).
Assim:

A inteno da presidente, disse o lder do governo, apenas agradecer-lhes pela


aprovao do mnimo.

Ou, segundo a tradio:

A inteno da presidente, disse o lder do governo, apenas agradecer-lhes a aprovao


do mnimo.