Sunteți pe pagina 1din 273
PRODUTO 4 - RELATÓRIO DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS PRODUTO 1 - DIAGNÓSTICO PRODUTO 2 - RELATÓRIO

PRODUTO 4 - RELATÓRIO DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

PRODUTO 1 - DIAGNÓSTICO PRODUTO 2 - RELATÓRIO DAS LEITURAS COMUNITÁRIAS PRODUTO 3 - PROPOSTA PRELIMINAR PRODUTO 4 - RELATÓRIO DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS PRODUTO 5 - MINUTA DO PROJETO DE LEI

OUTUBRO - 2016

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA EQUIPE PREFEITA MUNICIPAL Cristina Conceição Breda Carrara

EQUIPE

DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA EQUIPE PREFEITA MUNICIPAL Cristina Conceição Breda Carrara

PREFEITA MUNICIPAL Cristina Conceição Breda Carrara

COMISSÃO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO DA REVISÃO E ATUALIZAÇÃO DO PLANO DIRETOR

Presidente:

João Alberghini Sobrinho - Secretário Municipal de Governo e Participação Cidadã

Membros:

Pedro Piazentin Neto - Arquiteto Municipal da Secretaria Municipal de Planejamento Aléssio Biondo Junior - Secretário Municipal de Planejamento Valmir Ferreira da Silva - Gerente de Programas e Projetos Estratégicos Felipe Marques Sarinho - Procurador Municipal

EQUIPE TÉCNICA DE TRABALHO

Coordenador Pedro Piazentin Neto - Arquiteto Municipal (Secretaria Municipal de Planejamento)

Membros:

Cinthia Ongaro Monteiro de Barros - Arquiteta Municipal (Secretaria Municipal de Planejamento) Francisco Tadeu Rosolen - Desenhista Técnico (Secretaria Municipal de Planejamento) Camila Toscano da Silva - Gerente do Setor de Engenharia (Secretaria Municipal de Obras) Teresa Cristina de Pace B. Pinto - Engenheira Civil Municipal (Secretaria Municipal de Obras) Carlos Alberto de Oliveira - Advogado Municipal (Secretaria Municipal de Habitação) Alan Lourenção - Engenheiro Ambiental Municipal (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) Alvimar Braz Ferreira - Engenheiro Civil (Gerência de Programas e Projetos Estratégicos) Jane Cristina Augusto Prosillo - Assistente Social (Secretaria Municipal Assistência Social)

APOIO TÉCNICO Tamires Roberta Barbosa (Secretaria Municipal de Habitação)

COLABORADORES Secretaria Municipal de Comunicação Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

2

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA SUMÁRIO INTRODUÇÃO   4 METODOLOGIA 5

SUMÁRIO

DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA SUMÁRIO INTRODUÇÃO   4 METODOLOGIA 5  

INTRODUÇÃO

 

4

METODOLOGIA

5

 

DIVULGAÇÃO

5

DIAGRAMAÇÃO DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

5

CRONOGRAMA

 

6

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES

7

 

APRESENTAÇÃO DE SLIDES

7

ABERTURA PARA PERGUNTAS E SUGESTÕES

7

PARTICIPAÇÃO POPULAR

8

 

AUDIÊNCIA PÚBLICA

8

RESUMO DAS SUGESTÕES E REIVINDICAÇÕES COLHIDAS

10

RESPOSTAS DA EQUIPE TÉCNICA AOS QUESTIONAMENTOS

12

PROTOCOLOS

42

CORREIO ELETRÔNICO

46

ENTREGUES NA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO

51

ATAS DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

53

CONSIDERAÇÕES FINAIS E CONCLUSÕES

60

ANEXOS

 

62

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO

63

 

CARTAZ

63

FAIXAS

64

CLIPPING

68

RESUMO

 

80

APRESENTAÇÃO DE SLIDES

87

LISTA DE PRESENÇA

 

99

AUDIÊNCIA

22/10/2016

100

AUDIÊNCIA 24/10/2016

104

QUESTIONÁRIO

 

118

AUDIÊNCIA

22/10/2016

119

AUDIÊNCIA 24/10/2016

163

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

3

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA INTRODUÇÃO O presente documento é o quarto produto

INTRODUÇÃO

DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA INTRODUÇÃO O presente documento é o quarto produto elaborado pela

O presente documento é o quarto produto elaborado pela Equipe Técnica de

Trabalho, instituída pelo Decreto Municipal n9771/15 e registra como foram realizadas as Audiências Públicas, bem como compila e analisa o resultado destas reuniões efetuadas

junto à comunidade.

As Audiências Públicas compõem uma das etapas mais importantes do processo de

revisão e atualização do Plano Diretor do Município de Sumaré. Nesta etapa, realizada durante o mês de outubro de 2016, foi apresentada a proposta preliminar do Plano Diretor (Produto 3), resultado de estudos baseados nos produtos anteriores (Diagnóstico e Relatório das Leituras Comunitárias), tendo como objetivo tornar público o documento elaborado, para conhecimento e apreciação da comunidade, que pode manifestar sua opinião e apresentar propostas para complementar e finalizar a Minuta de Lei a ser enviada para a Câmara Municipal. É neste momento que as diretrizes transformam-se em instrumentos concretos de caráter jurídico e urbanístico. Planejar o futuro da cidade, incorporando todos os setores sociais, econômicos e políticos que a compõe, de forma a construir um compromisso entre cidadãos e governos na

direção de um projeto que inclua todos, é o desafio que o Estatuto da Cidade impõe a todos os Planos Diretores. Desta forma, para ter validade e legitimidade, todo o processo de revisão e atualização do Plano Diretor deve ser elaborado e implementado com a participação efetiva de todos os cidadãos, sendo a Audiência Pública o instrumento fundamental deste processo.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

4

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA METODOLOGIA DIVULGAÇÃO A divulgação das Audiências

METODOLOGIA

DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA METODOLOGIA DIVULGAÇÃO A divulgação das Audiências Públicas

DIVULGAÇÃO

A divulgação das Audiências Públicas relacionadas ao Plano Diretor ocorreu por meio da prévia afixação de duzentos cartazes e dez faixas pela cidade, além de publicações no Semanário Oficial do Município e no site oficial do Município de Sumaré. Foram realizadas matérias em jornal de circulação regional e as Audiências também foram divulgadas via lista de e-mails cadastrados da Secretaria Municipal de Comunicação 1 . Paralelamente, chamadas na Rádio Nova Aliança FM sobre as datas e local das audiências foram realizadas.

DIAGRAMAÇÃO DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

Foram realizados dois encontros, no auditório do Centro Administrativo de Nova Veneza, com a seguinte metodologia:

1. Recepção dos participantes - preenchimento de lista de presença, distribuição do resumo da Proposta Preliminar do Plano Diretor e do questionário dirigido a ser preenchido durante o evento;

2. Abertura - realizada pelo Secretário Municipal de Governo e Participação Cidadã, onde foram informados as regras e procedimentos da Audiência;

3. Apresentação de slides apresentação da Proposta Preliminar da atualização e revisão do Plano Diretor, realizada pelos membros da equipe técnica;

4. Abertura para perguntas e sugestões;

5. Devolução dos questionários por parte dos participantes;

6. Encerramento.

1 Vide Anexos - “Material de Divulgação”

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

5

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CRONOGRAMA AUDIÊNCIAS PÚBLICAS DATA HORÁRIO

CRONOGRAMA

DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CRONOGRAMA AUDIÊNCIAS PÚBLICAS DATA HORÁRIO LOCAL

AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

DATA

HORÁRIO

LOCAL

ENDEREÇO

BAIRRO

22/10/2016

9h00

 

Centro Administrativo de Nova Veneza

Av. Brasil, 1111

Jardim Seminário

24/10/2016

18h00

9h00   Centro Administrativo de Nova Veneza Av. Brasil, 1111 Jardim Seminário 24/10/2016 18h00
MARIA PICERNO ANTONIA MATÃO NOVA VENEZA CENTRO ÁREA CURA ZONA RURAL
MARIA
PICERNO
ANTONIA
MATÃO
NOVA VENEZA
CENTRO
ÁREA CURA
ZONA
RURAL

Mapa 1 - LOCAL DO EVENTO

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

6

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES Antes de iniciar a explanação,

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES

DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES Antes de iniciar a explanação, foi distribuído um texto

Antes de iniciar a explanação, foi distribuído um texto com a síntese 2 dos principais tópicos do projeto de revisão e atualização do Plano Diretor, a todos os participantes das reuniões. Após, foi feita uma apresentação com slides, onde foram destacadas as questões principais dessa proposta preliminar.

APRESENTAÇÃO DE SLIDES

A apresentação 3 , conduzida pelos técnicos da municipalidade, abordou os temas tratados na Proposta Preliminar com a explanação pertinente a cada item, utilizando mapas ilustrativos, quadros e tabelas.

ABERTURA PARA PERGUNTAS E SUGESTÕES

Após a apresentação, foi disponibilizado o microfone para a participação e manifestação do público presente, onde cada pessoa teve disponível até dois minutos, permitindo que os participantes se expressassem, expondo suas opiniões e sugestões em relação ao material apresentado.

2 Vida Anexos - “Resumo da Minuta de Lei – Principais tópicos”

3 Vide Anexos - “Apresentação de Slides”

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

7

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PARTICIPAÇÃO POPULAR AUDIÊNCIA PÚBLICA Foram registrados 86

PARTICIPAÇÃO POPULAR

DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PARTICIPAÇÃO POPULAR AUDIÊNCIA PÚBLICA Foram registrados 86 participantes na

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Foram registrados 86 participantes na primeira audiência e 193 participantes na segunda audiência, totalizando 279 participantes 4 , sendo que 138 responderam ao questionário distribuído durante as reuniões 5 .

MA PC MT NV CT ZR AC
MA
PC
MT
NV
CT
ZR
AC

QUESTIONÁRIOS RESPONDIDOS

REGIÃO

 

REPRESENTANTES DAS REGIÕES

 

1ª audiência

2ª audiência

total

Centro

8

24

32

20%

Nova Veneza

21

45

66

40%

Matão

2

2

4

2%

Área Cura

0

4

4

2%

Maria Antônia

1

4

5

3%

Picerno

1

7

8

5%

Zona Rural

4

11

15

9%

não informou

5

25

30

18%

total

42

122

164

 

4 Vida Anexos - “Lista de presença”

5 Vida Anexos - “Questionários respondidos”

Obs.: alguns participantes representam mais de uma região.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

8

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Após a organização sistemática das respostas dos
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Após a organização sistemática das respostas dos

Após a organização sistemática das respostas dos questionários distribuídos durante as Audiências Públicas, obtiveram-se os seguintes gráficos:

Qual segmento representa?

3%

2%

19% 30% 9% 5% 6% 3% 23%
19%
30%
9%
5%
6%
3%
23%

cidadão interessadosegmento representa? 3% 2% 19% 30% 9% 5% 6% 3% 23% imobiliário indústria ou comércio movimentos

imobiliário3% 2% 19% 30% 9% 5% 6% 3% 23% cidadão interessado indústria ou comércio movimentos sociais

indústria ou comércio30% 9% 5% 6% 3% 23% cidadão interessado imobiliário movimentos sociais associações estudante produtor rural

movimentos sociaiscidadão interessado imobiliário indústria ou comércio associações estudante produtor rural outros não respondeu

associaçõesimobiliário indústria ou comércio movimentos sociais estudante produtor rural outros não respondeu Qual a área

estudanteindústria ou comércio movimentos sociais associações produtor rural outros não respondeu Qual a área de

produtor ruralou comércio movimentos sociais associações estudante outros não respondeu Qual a área de interesse? 16% 18%

outrosmovimentos sociais associações estudante produtor rural não respondeu Qual a área de interesse? 16% 18% 6%

não respondeusociais associações estudante produtor rural outros Qual a área de interesse? 16% 18% 6% 5% 4%

Qual a área de interesse?

16% 18% 6% 5% 4% 7% 6% 5% 33% Qual sua região?
16%
18%
6%
5%
4%
7%
6%
5%
33%
Qual sua região?
18% 20% 9% 5% 3% 40% 3%
18%
20%
9%
5%
3%
40%
3%

2%

cidadania / informação5% 33% Qual sua região? 18% 20% 9% 5% 3% 40% 3% 2% educação meio ambiente

educação18% 20% 9% 5% 3% 40% 3% 2% cidadania / informação meio ambiente indústria ou comércio

meio ambiente9% 5% 3% 40% 3% 2% cidadania / informação educação indústria ou comércio regularização fundiária

indústria ou comércio40% 3% 2% cidadania / informação educação meio ambiente regularização fundiária imobiliário profissional

regularização fundiáriaeducação meio ambiente indústria ou comércio imobiliário profissional (engenheiro/arquiteto) outros não

imobiliárioambiente indústria ou comércio regularização fundiária profissional (engenheiro/arquiteto) outros não respondeu

profissional (engenheiro/arquiteto)ou comércio regularização fundiária imobiliário outros não respondeu Centro Nova Veneza Matão Área Cura

outrosfundiária imobiliário profissional (engenheiro/arquiteto) não respondeu Centro Nova Veneza Matão Área Cura Maria

não respondeuimobiliário profissional (engenheiro/arquiteto) outros Centro Nova Veneza Matão Área Cura Maria Antônia Picerno

Centroprofissional (engenheiro/arquiteto) outros não respondeu Nova Veneza Matão Área Cura Maria Antônia Picerno Zona

Nova Veneza(engenheiro/arquiteto) outros não respondeu Centro Matão Área Cura Maria Antônia Picerno Zona Rural não

Matãooutros não respondeu Centro Nova Veneza Área Cura Maria Antônia Picerno Zona Rural não informou

Área Curaoutros não respondeu Centro Nova Veneza Matão Maria Antônia Picerno Zona Rural não informou PLANO

Maria Antôniaoutros não respondeu Centro Nova Veneza Matão Área Cura Picerno Zona Rural não informou PLANO DIRETOR

PicernoCentro Nova Veneza Matão Área Cura Maria Antônia Zona Rural não informou PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA

Zona RuralCentro Nova Veneza Matão Área Cura Maria Antônia Picerno não informou PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL

não informouVeneza Matão Área Cura Maria Antônia Picerno Zona Rural PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

9

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Os gráficos apresentados demonstram a participação popular
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Os gráficos apresentados demonstram a participação popular

Os gráficos apresentados demonstram a participação popular de cada região, sendo que alguns participantes representaram mais de uma região. Observa-se que a maior participação foi de pessoas que moram na região de Nova Veneza. Apesar de não ser a região mais populosa do Município, fica demonstrada a grande articulação dos grupos que tem maior interesse na discussão e revisão do Plano. Já a menor participação foi de pessoas que moram na região da Área Cura, apesar de ser a região mais populosa do Município. Fato relevante foi o grande número de representantes do movimento social da Vila Soma”, localizado na região de Nova Veneza. Observa-se que dos 279 participantes das audiências públicas, somente 138 devolveram o questionário, sendo que nem todos responderam às perguntas propostas pela equipe técnica, no entanto manifestaram seus anseios, críticas, questionamentos e sugestões, no espaço reservado para tal.

RESUMO DAS SUGESTÕES E REIVINDICAÇÕES COLHIDAS

1ª AUDIÊNCIA:

ZEIS na área da SOMA

Zona Mista na Chácaras Santa Antonieta

Resolver a situação de moradia das ocupações (terreno público ou privado) de maneira coerente para ambas as partes

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano não deve ter como presidente, obrigatoriamente, o Secretário de Planejamento Urbano e sim este (ou outro representante do poder público) deve, ou melhor, pode presidir a 1ª Reunião deste conselho, que soberanamente eleger o seu presidente, sendo ele do poder público ou da sociedade civil

Políticas de incentivo à cultura e ações de valorização do patrimônio como um elo de ligação indissociável de civilidade e convívio urbano, onde o papel da construção das relações de “pertencimento ao lugar” e apropriação do espaço público pela população

Detalhamento das diretrizes para a efetiva implantação do Parque Ecológico do Horto Florestal, etc.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

10

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA  Não vemos no PD um parágrafo específico
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA  Não vemos no PD um parágrafo específico

Não vemos no PD um parágrafo específico sobre diretrizes específicas que tratam da manutenção de todo o Patrimônio da cidade, ou tratativas c/ manutenção preventiva do patrimônio.

Impedir a expansão urbana sobre a Região Rural

Impedir a variante Hortolândia/Sumaré, adotando a solução do PMS 17089/12

Criar ZEIS no Sítio Pau Pintado

Criar núcleo urbano em zona rural no Sítio Pau Pintado

Criar ZEIS em todas as ocupações da cidade

2ª AUDIÊNCIA:

Prever aparelhos públicos nos novos empreendimentos

Regularizar Rua das Rosas no Rosa e Silva

Incluir como instrumento regulador meio ritual social e desapropriação por interesse público, nos termos da Lei 11.977/09, inclusive com a possibilidade expressa de compensação tributária

Fazer distrito industrial ao invés da expansão do perímetro urbano

Adotar os instrumentos das zonas especiais de interesse social para as áreas de ocupação e vazios urbanos do município

Não expandir o perímetro urbano

Instrumentos de execução fiscal (recuperação de patrimônio)

COEM (áreas públicas 30 40 anos)

Aprovação de condomínio fechado tanto residencial como industrial

Criação de calçadão da Av. 7 de Setembro

Transformar em corredor local a Marcelo Pedroni

No item XIV do art. 6º - preservar e recuperar as áreas ambientalmente sensíveis. Baseado neste item não permitir a ZPR e ZM na bacia de contribuição da represa do Marcelo. Se não for possível, permitir apenas ZPR com restrição de área mínima dos lotes com 360m²

Incluir no inciso I do Artigo 184 do parcelamento do solo: Art. 184 Só será permitido parcelamento. I no loteamento residencial, quando tiver acesso por via pública e possuir, pelo menos, uma divisa em comum com loteamento existente e devidamente aprovado pela Prefeitura, loteamento este já com infraestrutura

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

11

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA completa implantada (rede de água, rede de esgoto,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA completa implantada (rede de água, rede de esgoto,

completa implantada (rede de água, rede de esgoto, galerias de águas pluviais, guias, sarjetas e pavimentação, rede de energia elétrica e iluminação pública);

Condomínio fechado em zona rural

A Área Rural foi muito abrangente. O correto é dar prioridade ao Eixo da Estrada Norma Marson Biondo até o trevo da Bandeirantes. E do outro lado da estrada Angelo Furian e a vicinal que vai até o São Bento e ir até a Bandeirantes. Deixando a área rural depois da Bandeirantes e do lado do São Bento preservar as represas e a velha granja do Ito. É muita área o correto e o entorno da Pista Norma Marson Biondo e pegando as estradas Taquara Branca e a Estrada São Bento.

Viabilizar a área industrial e de moradia = anel viário

Definir um distrito industrial (Sugestão lado esquerdo Norma Marson Biondo, depois do balão Roberto Ravagnani)

RESPOSTAS DA EQUIPE TÉCNICA AOS QUESTIONAMENTOS

Foram reunidas todas as perguntas e sugestões elaboradas em campo específico do questionário, sendo transcritas ipsis litteris, sendo o autor identificado com as inicias do seu nome. A Equipe Técnica analisou e respondeu a cada uma delas, agrupando perguntas com a mesma abordagem, conforme segue:

1ª AUDIÊNCIA PÚBLICA:

1) Quais os critérios técnicos foram utilizados para demarcação da expansão do perímetro urbano? (A.L.) A princípio os critérios foram baseados na necessidade de criação de novas áreas destinadas à indústria, comércio e serviços, aproveitando-se o potencial logístico e estratégico do acesso existente no entroncamento da Rodovia dos Bandeirantes e na Estrada Municipal Norma Marson Biondo, tendo como parâmetro um horizonte de dez anos. Importante elencar que tal questão foi objeto de diversas propostas durante as leituras comunitários, onde se enfatizou a potencialidade da Rodovia dos Bandeirantes. Vale lembrar que a alteração de uso nesta zona de expansão urbana somente ocorrerá mediante outorga onerosa de ocupação de uso cujos dividendos serão direcionados para requalificação urbana das Macrozonas de Urbanização Prioritária I e II. Para delimitação da

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

12

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA citada zona (expansão) foram utilizadas os limites e
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA citada zona (expansão) foram utilizadas os limites e

citada zona (expansão) foram utilizadas os limites e barreiras físicas existentes (estradas, rede de alta tensão e a própria Rodovia dos Bandeirantes). A delimitação levou em consideração também os limites da microbacia que abastece a Represa do Horto Florestal, de forma a preservá-la, ou seja, a citada microbacia não será objeto de expansão urbana. Quanto à microbacia que abastece a Represa do Marcelo, foi prevista a ampliação do Complexo Ecológico Pinheirinho (criado pelo Plano Diretor de 2006) por meio da delimitação de Parques Lineares ao longo dos cursos d’água que integram esta microbacia, no sentido de preservá-los, recuperá-los e mantê-los, integrando-os de maneira sustentável às futuras áreas urbanas.

2) Como funciona a outorga onerosa de alteração de uso? (A.L.) Tal dispositivo está detalhado nos artigos 296 ao 300 da proposta preliminar.

3) Analisando o mapa 02 como setores, nota-se que a região rural é maior que a região residencial, com isto não haverá um travamento natural de crescimento habitacionais, fazendo que a especulação habitacional aumente, dificultando e fazendo que moradores automaticamente migrem para cidades vizinhas? (R.N.S.) Não. As projeções de crescimento do número de habitantes, segundo dados do IBGE é de 299 mil habitantes para o ano de 2026. O Diagnóstico (Produto 01), elaborado durante os trabalhos de revisão do Plano Diretor, constatou a existência de 16 mil lotes vagos além de grande quantidade de áreas ociosas que atenderão tranquilamente esta demanda de crescimento. Paralelamente, foi prevista também uma área de expansão urbana, denominada Macrozona de Expansão Urbana Dirigida.

4) Esta questão do valor outorga onerosa poderá ser feita para ZPM para possível parcelamento residencial, onde as referidas áreas poderão fazer integração com loteamentos existentes na região ou até mesmo da cidade de Hortolândia. (R.N.S.) Não. A outorga onerosa de alteração de uso somente será utilizada na Macrozona de Expansão Urbana Dirigida. Na citada ZPM (Zona de Proteção de Mananciais) não será permitido nenhuma forma de parcelamento do solo para fins urbanos.

5) Por que não foi utilizada a Ângelo Furian como delimitador da Zona de Expansão?

(A.A.)

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

13

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Dentre os diversos estudos elaborados durante o desenvolvimento
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Dentre os diversos estudos elaborados durante o desenvolvimento

Dentre os diversos estudos elaborados durante o desenvolvimento dos trabalhos de revisão do Plano Diretor, a configuração proposta na minuta é a que melhor atende às demandas levantadas durante as leituras comunitárias, tendo em vista a possibilidade de expansão urbana junto à área urbana já consolidada, evitando-se desta forma a criação de vazios urbanos.

6) Exemplos de empreendimentos turísticos (possíveis) na ZPM. (A.A.) Conforme quadro de Classificação do CNAE, parte integrante da Minuta de Lei, segue abaixo as categorias que foram reconhecidas também como Turísticas Rurais.

CLASSIFICAÇÃO DE USOS

CÓDIGO CNAE 2.2

DESCRIÇÃO

ARTESANAL/R

URAL

1052-0/00 FABRICAÇÃO DE LATICÍNIOS RT 1111-9/01 FABRICAÇÃO DE AGUARDENTE DE CANA-DE-AÇÚCAR RT 1111-9/02
1052-0/00
FABRICAÇÃO DE LATICÍNIOS
RT
1111-9/01
FABRICAÇÃO DE AGUARDENTE DE CANA-DE-AÇÚCAR
RT
1111-9/02
FABRICAÇÃO DE OUTRAS AGUARDENTES E BEBIDAS DESTILADAS
RT
5510-8/01
HOTÉIS
RT
5510-8/02
APART-HOTÉIS
RT
5590-6/02
CAMPINGS
RT
5611-2/01
RESTAURANTES E SIMILARES
RT
5611-2/02
BARES E OUTROS ESTABELECIMENTOS ESPECIALIZADOS EM SERVIR BEBIDAS
RT
5611-2/03
LANCHONETES, CASAS DE CHÁ, DE SUCOS E SIMILARES
RT
8650-0/04
ATIVIDADES DE FISIOTERAPIA
RT
8711-5/01
CLÍNICAS E RESIDÊNCIAS GERIÁTRICAS
RT
8711-5/02
INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS
RT
8711-5/03
ATIVIDADES DE ASSISTÊNCIA A DEFICIENTES FÍSICOS, IMUNODEPRIMIDOS E CONVALESCENTES
RT
8711-5/04
CENTROS DE APOIO A PACIENTES COM CÂNCER E COM AIDS
RT
ATIVIDADES DE ASSISTÊNCIA PSICOSSOCIAL E À SAÚDE A PORTADORES DE DISTÚRBIOS PSÍQUICOS ,
8720-4/99
RT
DEFICIÊNCIA MENTAL E DEPENDÊNCIA QUÍMICA NÃO ESPECIFICADAS ANTERIORMENTE
ATIVIDADES DE JARDINS BOTÂNICOS, ZOOLÓGICOS, PARQUES NACIONAIS, RESERVAS ECOLÓGICAS E
9103-1/00
RT
ÁREAS DE PROTEÇÃO AMBIENTAL
9319-1/99
OUTRAS ATIVIDADES ESPORTIVAS NÃO ESPECIFICADAS ANTERIORMENTE
RT
9329-8/99
OUTRAS ATIVIDADES DE RECREAÇÃO E LAZER NÃO ESPECIFICADAS ANTERIORMENTE
RT

CATEGORIA

DE USO

I2

I3

I3

CS2

CS2

CS2

CS2

CS2

CS2

CS1

E1U

E1U

E2 S

E1 S

CS2

E3 L

CS2

CS2

7) Por que o Vila Soma não foi incluso no Plano Diretor? (R.M.T.) A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização.

8) Por que aquela área não foi decretada como ZEIS? (R.M.T.) A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

14

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA necessários para a regularização. Em relação à
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA necessários para a regularização. Em relação à

necessários para a regularização. Em relação à decretação de ZEIS, a Procuradoria Geral do Município exarou a impossibilidade jurídica em se justificar tal mecanismo em razão das pendências judiciais que incidem sobre a área.

9) É possível discutir com vocês algumas manchas de zoneamento e rever o zoneamento proposto antes do envio da Lei para votação na Câmara? (B.) As audiências públicas tiveram justamente esta função, propiciando a abertura para formulação de questionamentos e propostas, cabendo ao interessado formular ou expressar seus anseios oficialmente, seja por meio do formulário distribuído, seja pela manifestação oral durante a audiência, ou ainda pelo endereço eletrônico disponibilizado.

10) Deveria analizar melhor a regularização da Vila Soma, se existe há 4 anos e não incluíram o Soma. (E.N.)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação

de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização. Todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

11) Não inclusão Vila Soma. (J.C.)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação

de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização.

12) Pergunto sobre a regularização e não colocaram a ocupação no Plano Diretor se existe a 4 anos de moradias? (E.N.)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação

de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização. Todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

15

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 13) Porque a Vila Soma não foi incluído
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 13) Porque a Vila Soma não foi incluído

13) Porque a Vila Soma não foi incluído na regularização no Plano Diretor da cidade se já existe a 4 anos a ocupação? (W.L.S.) A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização.

14) O Vila Soma não foi incluído no Plano Diretor já que existe desde 2012 não foi citado para regularização. (J. E. B.) A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização, cabendo aos governantes decidir quais caminhos serão trilhados. Importante ressaltar que todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

15) Fiquei em dúvida no terreno de área rural paga-se ITR Tenho INCRA. (A.H.) As áreas inseridas em Zona Rural (Macrozona Rural e Macrozona de Proteção de Mananciais) permanecem rurais, ou seja, cadastradas no INCRA e tributadas via ITR. Já as áreas rurais inseridas em Zona Urbana deverão comprovar sua produtividade para permanecerem cadastradas no INCRA. Finalmente, as áreas rurais inseridas na Macrozona de Expansão Urbana Dirigida poderão ter seu uso alterado para fins urbanos, mediante pagamento de outorga onerosa por mudança de uso (Art. 296 a 300 da minuta).

16) Manter a zona mista nas Chácaras Santa Antonieta (S.C.F.) A equipe técnica realizou análise sobre a questão e visita “in loco”. Tendo em vista os usos e atividades já consolidados no local, a proposta foi acatada.

17) Gostaria que as melhoras que vem sendo feitas em toda a cidade continuem e se estendam para a área de esportes também. (H.J.B.) Sugestão anotada.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

16

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 18) No Plano Diretor como será tratada o
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 18) No Plano Diretor como será tratada o

18) No Plano Diretor como será tratada o soma e seus moradores? (C.L.D.) Importante enfatizar que os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

19) Como vi nos mapas de crescimento dirigido, acho de muita valia os condomínios industriais nas áreas perto da Rodovia Bandeirantes. Criação de Empreendimentos traz benefícios para cidade: maior arrecadação. (A.M.P.) A equipe agradece a participação.

20) Como foi falado sobre as ZEIS, que trata de interesse social, seje ele ocupação ou loteamento público ou privado, por que não resolver a situação de moradia das ocupações de maneira coerente para ambas as partes? (A.S.C.) Não é possível tratar igualmente situações distintas. Todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

21) Porque regularização de vazios áreas em situação pior ou nem abitada e a vila soma não? (J.A.D.) Sem resolver a pendencia judicial existente é impossível concretizar a regularização. Ressalte-se que a ocupação Vila SOMA será considerada na proposta, assim como já foi no diagnóstico.

22) Por que não fez esses projetos no início do governo sendo que logo teremos nova administração? (J.A.D.) O estatuto da Cidade define que o Plano Diretor deva ser revisto a cada 10 anos. Considerando que o Plano Diretor vigente (Lei Municipal 4250/06) foi aprovado em 06 de outubro de 2006, o corrente ano é a data limite a esta revisão.

23) A vila soma já tem muitos projetos e trabalhos sociais e as outras áreas ainda terão que fazer os planejamentos, e só ela está de fora? (J.A.D.) Sem resolver a pendencia judicial existente é impossível concretizar a regularização.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

17

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 24) Sugiro que seja dada a maior atenção
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 24) Sugiro que seja dada a maior atenção

24) Sugiro que seja dada a maior atenção às ocupações em especial a Vila Soma ! (A.C.S.)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização. Não só a Vila SOMA, mas todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

25) Gostaria de ressaltar a ausência de ferramentas de diagnósticos importantes como por exemplo, mapas de densidade populacional (mapas de densidade populacional por bairro), mapas da população por nível de escolaridade, entre outros. Isto dificulta em demasia a análise e a síntese dos trabalhos. O Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano não deve ter como presidente, obrigatoriamente, o Secretário de Planejamento Urbano e sim este (ou outro representante do poder público) deve predi, ou melhor, pode presidir a 1ª Reunião deste conselho, que soberanamente eleger o seu presidente, sendo ele do poder público ou da sociedade civil. (F.R.N.) Quanto à presidência do Conselho, a equipe técnica entende que a presidência deve ser mantida na pessoa do Secretário de Planejamento, até porque compete a ele a responsabilidade funcional pela apolítica urbana, inclusive na condição de ordenador de despesa. Ainda, não há como diminuir a importância das autoridades constituídas, representantes dos governantes democraticamente eleitos para conduzir a cidade. Por oportuno, o presidente não terá direito a voto (salvo o de Minerva) e o conselho tem natureza deliberativa e colegiada. Em relação à ausência de algumas ferramentas de diagnóstico, a equipe entende a importância destes mecanismos e enfatiza que engendrou todos os esforços no sentido de incorporar todos os dados e informações disponibilizadas no momento da confecção do diagnóstico, tendo a certeza que o resultado possibilitou a correta e justa elaboração da proposta apresentada.

26) Questões e/ou temas importantíssimos para a sociedade não foram detalhados ou tiveram soluções específicas propostas como: a questão da ocupação da SOMA; o melhor traçado para o Corredor Metropolitano Noroeste(projeto da EMTU); políticas de

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

18

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA incentivo à CULTURA e ações de valorização do
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA incentivo à CULTURA e ações de valorização do

incentivo à CULTURA e ações de valorização do patrimônio como um elo de ligação indissociável de civilidade e convívio urbano, onde o papel da construção das relações de “pertencimento ao lugar” e apropriação do espaço público pela população; detalhamento das diretrizes para a efetiva implantação do Parque Ecológico do Horto Florestal, etc. Não vemos no P.D. um parágrafo específico sobre diretrizes específicas que tratam da manutenção de todo o Patrimônio da cidade, ou tratativas c/ manutenção preventiva do patrimônio. (F.R.N.)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização, cabendo aos governantes decidir quais caminhos serão trilhados. Importante ressaltar que todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico. Em relação ao Patrimônio, o Plano Diretor (Capítulo II do Título III) estabelece os objetivos e diretrizes gerais do patrimônio histórico e cultural do município. Paralelamente define a importância do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Etnológico e Ambiental (CONDEPHAEA) para a implementação das diretrizes de gestão deste patrimônio, revendo suas atribuições e composição bem como estabelecendo a criação das Unidades Especiais de Preservação Cultural (UEPC), conforme descrito nos artigos 47 e 48 da proposta apresentada, adotando inclusive incentivos fiscais para as obras de conservação, reparação ou restauração dos imóveis de interesse. Quanto às diretrizes referentes ao Parque Ecológico do Horto Florestal, está prevista a elaboração do plano de manejo, sob responsabilidade da administração municipal, onde será estabelecido o detalhamento destas diretrizes em consonância com os critérios e objetivos estabelecidos na presente proposta de revisão do plano. O traçado do Corredor Metropolitano vem sendo discutido e analisado pelo Município junto ao Governo do Estado desde 2004, não cabendo ao Plano Diretor detalhá-lo.

27) É preciso reorganizar todo o sistema de transporte urbano para que realmente atenda todas as regiões do município, com terminais urbanos, p/ fazer integração c/ os novos terminais metropolitanos que serão construídos pelo estado. (P.A.C.)

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

19

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA O Plano de mobilidade, em fase de conclusão,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA O Plano de mobilidade, em fase de conclusão,

O Plano de mobilidade, em fase de conclusão, possibilitará a definição de políticas públicas neste sentido.

28) Diante do já exposto em vários encontros e reuniões com os secretários e nosso advogado, Dr. Alexandre, temos condições de termos nossa região inclusa como núcleo urbano em zona rural. Quero saber se será liberado pela Prefeitura a regularização. Somos compradores de boa fé, não atingimos o manancial (Sítio Pau Pintado). (G.S.A.A.) Não. Do ponto de vista técnico o loteamento clandestino levado a efeito na zona rural afrontou diretamente as normas urbanísticas e a função social da propriedade. Como deve ser de conhecimento público, o Sítio Pau Pintado é objeto de ação civil pública intentada pelo Ministério Público, inclusive com decisão judicial em primeira instância. A solução desta situação foge da alçada da Equipe Técnica.

29) Regularização das Chácaras Recreio Primavera Estrela d’Alva: qual é a projeção de quando? (J.L.M.) A regularização dos citados loteamentos independe do Plano Diretor, pois já estão enquadrados como núcleos urbanos. A título de informação, tramitam na Prefeitura Municipal de Sumaré processos relativos à questão, que devem ser consultados.

30) Incluir regularização e zona de interesse social todas as áreas ocupadas da cidade. (E.G.S) Por praxe e por disposição legal, o município estabelece ZEIS mediante leis específicas para cada caso. A proposta faz menção a todas as ocupações constantes em estudos e levantamentos existentes, bem como as declaradas como de interesse para regularização fundiária. Todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

31) Incluir a ocupação Vila Soma no Plano Diretor e a regularização das demais áreas ocupadas. (A.C.S.) Por praxe e por disposição legal, o município estabelece ZEIS mediante leis específicas para cada caso. A proposta faz menção a todas as ocupações constantes em estudos e levantamentos existentes, bem como as declaradas como de interesse para

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

20

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA regularização fundiária. Esta proposta foi considerada
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA regularização fundiária. Esta proposta foi considerada

regularização fundiária. Esta proposta foi considerada pertinente pela equipe técnica, todavia não foi recepcionada pela Procuradoria Geral do Município. Todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

32) Plano bem estruturado, mas denso e demasiado minudente; enxugar.o Plano; (R.G.B.)

O Plano engloba diversas questões relevantes, daí sua densidade e detalhamento;

33) O Plano deve dar diretrizes gerais, deixando o detalhamento para os Códigos; (R.G.B.)

O Plano Diretor de 2006 definiu diretrizes gerais e a necessidade de elaboração dos

planos e códigos complementares. Todavia, por diversas questões e interesses, tais complementos não foram efetivados, deixando o Plano desregulamentado. Daí a opção em incluir a delimitação do perímetro urbano, a lei de parcelamento do solo e o zoneamento no corpo do novo Plano, tornando-o autoaplicável. Inclusive esta foi uma recomendação do próprio Ministério Público e também foi utilizada por diversos municípios pesquisados;

34) Perímetro Urbano, Ocupação do Solo, Parcelamento, Obras, Posturas, Ambiental; (R.G.B.) Os demais códigos complementares serão objeto de estudo específico, conforme determinado no novo Plano, inclusive com determinação de prazos e competências;

35) Planos de Saneamento, Mobilidade, Parques longitudinais, etc.; (R.G.B.) Diversos Planos encontram-se concluídos ou em fase de conclusão e foram elencados nos trabalhos preliminares (Diagnóstico e Leituras Comunitárias);

36) O Diagnóstico está muito bem elaborado; Falta Prognóstico p/embasar propostas; (R.G.B.) Os trabalhos de revisão incluíram minucioso trabalho de levantamentos de dados, informações e também projeções, disponível no Produto 01;

37) Falta

um

cadastro

de

imóveis

vagos

(residenciais,

comerciajs,

serviços,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

21

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA industriais); ( R.G.B.) O levantamento relativo aos lotes
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA industriais); ( R.G.B.) O levantamento relativo aos lotes

industriais); (R.G.B.)

O levantamento relativo aos lotes vagos, residenciais, comerciais e industriais faz

parte do rol de informações integrantes do processo administrativo PMS n°21667/14, embasando os estudos subsequentes;

38) Falta a projeção populacional; Tomei as projeções da B&B Engenharia para o PMSB; (R.G.B.)

A Equipe trabalhou com uma projeção de 10 anos, englobando 299.000 habitantes

previstos para o ano de 2026 (dados do IBGE);

39) Em 2026, 303.000 h; hoje 267.000 na área urbana; mais 36.000 em 20i6; (R.G.B.) Idem item anterior;

40) 16.000 lotes vagos x 3,79 = 60.000 h, casas térreas, sem considerar verticalização; (R.G.B.) Dados disponíveis no Produto 01 (Diagnóstico);

41) 13 km 2 de vazios urbanos que podem ser residenciais, comerciais ou industriais; (R.G.B.) Dados disponíveis no Produto 01 (Diagnóstico);

42) Diretrizes modernas: Maior densidade. Redução custo serviços públicos; (R.G.B.) As diretrizes mestras incluem a diversidade de usos, maiores densidades e proximidade das atividades (moradia, comércio e trabalho), além da reserva de áreas industriais;

43) IOHM de São Caetano: 0,862. Maior do Brasil. Densidade: 10.000,h/km2.; (R.G.B.) Dados de São Caetano;

44) Sumaré: 77 km 2 urbano; densidade 2026: 4.000 h/km 2 • 770.000 h c/densidade S.C; (R.G.B.) Dados projetados;

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

22

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 45) Expansão Urbana sobre a rural: Insustentável;
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 45) Expansão Urbana sobre a rural: Insustentável;

45) Expansão Urbana sobre a rural: Insustentável; Especulação imobiliária; Agride ZPM; (R.G.B.)

A expansão foi objeto de diversos estudos e foi moldada de acordo com o resultado

das Leituras Comunitárias, com ênfase na ocupação (indústria, comércio e serviços) ao longo dos eixos da Rodovia dos Bandeirantes e estrada Norma Marson Biondo. Toda a bacia do Horto Florestal foi mantida como Zona de Proteção de Mananciais e toda a bacia do Córrego Pinheirinho foi devidamente demarcada por Parques Lineares. A alteração de uso da Macrozona de Expansão Urbana dirigida somente se dará mediante outorga onerosa, que será revertida para as Macrozonas de Urbanização Prioritária.

46) Proponho planejar Sumaré para 400.000 h e IDHM 0,9. Melhor cidade do Brasil; (R.G.B.) O planejamento depende não só do Plano Diretor, mas engloba uma infinidade de variantes, como os Planos de Governo, as Diretrizes Orçamentárias, a gestão pública, fiscalização adequada, momento econômico, dentre outras.

47) Variante Hortolândia/Sumaré do Corredor Metropolitano. Contramão do mundo; (R.G.B.)

O Corredor Metropolitano é anterior ao Plano de 2006 e vem sendo discutido desde

então entre os mais diversos segmentos, envolvendo o Município e o Estado;

48) Atração do trânsito para o centro; Inviabiliza o Parque Ecológico do Horta; (R.G.B.)

A Equipe entende que o Parque Ecológico do Horto (já previsto no plano Diretor de

1992 e que até hoje não saiu do papel) somente será implantado se o local tiver acesso e visibilidade, possibilitando desta forma sua utilização e fiscalização. O prolongamento da Avenida Rebouças é estratégico para a utilização do Parque, que hoje é objeto de depredação e de usos incompatíveis. Nas Leituras Comunitárias, há registros de diversos

moradores de outras regiões que somente conheciam o Horto pelo nome, pois nunca tiveram acesso ou atrativos para frequentá-lo;

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

23

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 49) Descaracteriza a Rebouças; Agressão ambientar e ao
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 49) Descaracteriza a Rebouças; Agressão ambientar e ao

49) Descaracteriza a Rebouças; Agressão ambientar e ao sítio histórico tombado; (R.G.B.) Idem item 49;

52) Não traz desenvolvimento; Concentrador; não integra as Regiões: (R.G.B.) Idem item 49;

53) Terminal lntermodal em lugar impróprio; Viaduto mal projetado; Custo abusivo:

(R.G.B.) A localização do terminal e do viaduto é objeto de estudo desenvolvido concomitante ao Corredor Metropolitano, cujas tratativas envolvem o Município e o Estado;

54) Corredor Abrigos; (R.G.B.) Idem item 49;

Metropolitano,

uma

ficção;

Projeto

Político;

Um

"Frankensteim";

55) PMS 17.089/12. Diretrizes Sistema Viário de 2.009. URBA sinaliza aceitar Variante; (R.G.B.) O Plano de Mobilidade está em fase de conclusão e englobará diversas diretrizes;

56) Conselho Gestor Municipal: falta representante cidadão independente; Paridade:

(R.G.B.) Sugestão a ser avaliada, enfatizando que o interesse coletivo deve se sobrepor ao individual;

57) COT: Tão importante que não pode ficar apenas com técnicos. Adicional de 25 %; (R.G.B.) Sugestão a ser avaliada;

58) Art. 347: Projeto de Requalificação Urbana das Centralidades; Ver PMS 29.493/12; (R.G.B.) Sugestão a ser avaliada;

59) Rever

os índices

urbanísticos que

estão

propostos. Não

podemos repetir

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

24

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA mesmices; ( R.G.B.) Os índices foram exaustivamente estudados,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA mesmices; ( R.G.B.) Os índices foram exaustivamente estudados,

mesmices; (R.G.B.) Os índices foram exaustivamente estudados, inclusive com avaliação e comparação junto aos municípios vizinhos;

60) Cidade para todos, participativa, inovadora, cultural, produtiva, saudável; (R.G.B.) Cidade para todos, sem distinções;

61) Revitalização do Centro Histórico; Paço Municipal; Bulevar Rebouças e outros; (R.G.B.) Ações de extrema importância e necessidade;

62) Falta mapa dos reservatórios temporários de retenção das cheias do Quilombo; (R.G.B.) Sugestão a ser avaliada;

63) Novo urbanismo com priorização do pedestre; Paradigma do privilégio de carros; (R.G.B.) Tema de relevante importância, registrando aqui que as Leituras Comunitárias enfatizaram também o Transporte Coletivo e a Bicicleta;

64) Arborização, iluminação, aproveitamento das calçadas para redes de serviços; (R.G.B.) Proposta já prevista na Minuta de Lei;

65) COPEA, COT e outras comissões; são rotinas. Sem adicionais. Sem benesses; (R.G.B.) A COT não é rotina, demanda formação específica, dedicação específica, grande responsabilidade, é objeto de pressões (internas e externas), ao mesmo tempo em que o servidor continuar a exercer suas atribuições diárias. Lembrando que o corpo técnico da Prefeitura é reduzido e a quantidade de serviços e obrigações corriqueiros extrapolam as mínimas condições de trabalho;

66) Corredores especiais Art. 252. Não agridam a Rua Marcelo Pedroni f; (R.G.B.) A Rua Marcelo Pedroni é importante eixo de integração do centro com a região

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

25

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA oeste, deixando de ser meramente uma rua local,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA oeste, deixando de ser meramente uma rua local,

oeste, deixando de ser meramente uma rua local, tendo papel fundamental no fomento de atividades comerciais e de serviços, enfatizando que o interesse coletivo deve se sobrepor ao individual;

67) Humanizara cidade; prioridade do pedestre sobre os veículos; transporte coletivo; (R.G.B.) Cidade humanizada, sem restrições;

68) Para a ZOE Árvore da Vida, transformar a bacia do Córrego Paraíso em ZPM; (R.G.B.) Sugestão a ser avaliada; 69) ·Ferrovia/pedágios/tremmetropolitano/Consimares/Comitês/Consórcio/Ares-PCJ; (R.G.B.) Assuntos de relevada importância que devem ser avaliados e discutidos com toda a sociedade;

70) Enquadramento da Concessionária de água/esgotos no planejamento municipal; (R.G.B.) Sugestão a ser avaliada;

71) Hierarquia viária, Desenhos em 3D muito bonitos, mas precisam ser reestudados; (R.G.B.) O Plano de Mobilidade está em fase de conclusão e englobará diversas diretrizes;

72) Aproveitar as vantagens competitivas da região rural diante da RMC e da RMSP; (R.G.B.) A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico deverá conduzir tais tratativas;

73) Condomínios de alto padrão na expansão; Promoção da segregação social. (R.G.B.) Não há distinção quanto ao “padrão” entre condomínios ou loteamentos entre as regiões, diferente do que ocorre com a legislação atual, que restringe lotes menores na região central da cidade, fomentando ainda mais a segregação espacial. As regras são as

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

26

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA mesmas para todas as regiões, sem exceção. Há
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA mesmas para todas as regiões, sem exceção. Há

mesmas para todas as regiões, sem exceção. Há previsão de ZEIS em todo o território. Ressaltando que haverá a incidência de outorga onerosa sobre a alteração de uso na área de expansão urbana.

2ª AUDIÊNCIA PÚBLICA:

1) Por que não regular Vila Soma? Obrigado pela atenção. (A.L.S.)

2) Eu quero que regularize a Vila Soma. (E.D.)

3) Por que a Vila Soma não entrou na regularização. (D.S.)

4) Por que não regulariza a Vila Soma. (D.K.S.) 5) Regularização da Soma (anônimo) 6) Regularização da Soma (anônimo) 7) Regularização V. Soma (anônimo) 8) Regularização V. Soma (anônimo)

9) Regularização Vila Soma (I.M.F.)

10) Regularização Vila Soma (anônimo)

11) Regularização Vila Soma (anônimo)

12) Regularização Vila Soma (anônimo)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação

de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos

necessários para a regularização, cabendo aos governantes decidir quais caminhos serão trilhados.

13) Inclusão de previsão aparelhos públicos nos novos empreendimentos. (D.V.)

O Plano Diretor prevê o aumento dos índices de áreas públicas (áreas institucionais)

para os novos empreendimentos (loteamentos e condomínios), bem como a exigência de análise prévia de viabilidade e, dependendo do caso, o estudo e relatório de impacto de vizinhança, cabendo ao empreendedor atender as demandas levantadas em tais estudos,

como por exemplo, a implantação de equipamentos públicos comunitários no local ou entorno do empreendimento.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

27

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 14) Qual o tamanho da área mínima quando
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 14) Qual o tamanho da área mínima quando

14) Qual o tamanho da área mínima quando se tratar das regularizações e (respectivas) penalidades imobiliárias. (F.B.M.) Para regularização é necessário analisar caso a caso, sendo que os parâmetros urbanísticos serão estabelecidos conforme as características do local. Daí a necessidade de uma regulamentação para cada caso. Desta forma possíveis penalidades só serão aplicadas se estes parâmetros específicos, definidos para o local, não forem observados.

15) Gostaria de saber se vai regularizar a Rua das Rosas Bairro Rosa e Silva? (V.)

A regularização fundiária do local está em andamento.

16) Por que estão deixando de fora a maioria dos acentamentos de fora Plano Diretor? (F.W.S.)

A equipe informa que todos os assentamentos precários foram considerados, tanto

no diagnóstico como na proposta. Há também a previsão dos instrumentos jurídicos necessários à formalização dos mesmos, uma vez preenchidos os requisitos legais. Todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

17) Tem que considerar/incluir como instrumento regulador meio ritual social e desapropriação por interesse público, nos termos da Lei 11.977/09, inclusive com a possibilidade expressa de compensação tributária. (A.T.M.) Questões atinentes ao poder expropriatório do Estado são objetos da competência legislativa da União. Já existe lei regulamentadora de aplicação nacional.

18) Por que não fazer distrito industrial ao invés da expansão do perímetro urbano? (A.T.M.) A iniciativa de expansão do perímetro urbano para fins industriais foi objeto de discussão da Equipe Técnica, dos órgãos da Administração Municipal e das informações colhidas na fase das leituras comunitárias, bem como em razão da localização estratégica do trevo de acesso entre a Estrada Norma Marson Biondo e a Rodovia dos Bandeirantes. Desta forma a citada expansão contempla em sua maior porção espacial, a instalação de indústrias.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

28

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 19) Como serão analisadas as alíquotas da outorga
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 19) Como serão analisadas as alíquotas da outorga

19) Como serão analisadas as alíquotas da outorga onerosa? E como será gerido o fundo? (A.T.M.) Tal dispositivo está detalhado nos artigos 296 ao 300 da proposta. O fundo será gerido pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano, conforme detalhado nos artigos 17 a 26 da proposta.

20) Por que tanto preconceito com as pessoas mais humildes? E por que é tão difícil

resolver o problema da Soma? (E.S.)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização, cabendo aos governantes decidir quais caminhos serão trilhados.

21) Regularizar Soma Legalizar Soma (M.) 22) Pergun regular o Vila Soma (M.J.C.S.) 23) Quero por gentileza a regularização da Vila Soma. (J.N.) 24) Regularização vi soma. (anônimo) 25) Regularização do Soma. (anônimo) A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização, cabendo aos governantes decidir quais caminhos serão trilhados.

26) Este Plano Diretor vai conseguir com estes progedo resolver o problema da Habitação que hoje é mais de 15 mil família? (C.) O Plano Diretor define e estabelece diretrizes básicas de ordenamento territorial, assim como regulamenta ferramentas voltadas à regularização fundiária e ao fomento de produção de habitação de interesse social, objetivando, desta forma, combater a especulação imobiliária e o déficit habitacional.

27) Por que não incluíram o Vila Soma no Plano Diretor 2016 se existe desde 2012 a acupação Vila Soma? (E.S.S.)

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

29

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA A regularização da Vila Soma é pendente de
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA A regularização da Vila Soma é pendente de

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização, cabendo aos governantes decidir quais caminhos serão trilhados.

28) Porque não incluíram o Soma no Plano Diretor 2016 se existe desde 2012 a ocupação Vila Soma? (J.C.) A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização, cabendo aos governantes decidir quais caminhos serão trilhados.

29) Por que não adotaram os instrumentos das zonas especiais de interesse social para as áreas de ocupação e vazios urbanos do município? (A.M.) As áreas apontadas na proposta foram as mais adequadas e reservadas para provisão de habitação de interesse social. A princípio, sobre boa parte dos vazios urbanos é possível a instituição de ZEIS a qualquer tempo, mediante a demanda. Todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

30) Por que expandir o perímetro urbano, adentrando no zoneamento rural, se há vazios urbanos dentro do atual perímetro urbano? (A.M.) A iniciativa de expansão do perímetro urbano para fins industriais foi objeto de discussão da Equipe Técnica, dos órgãos da Administração Municipal e das informações colhidas na fase das leituras comunitárias, bem como em razão da localização estratégica do trevo de acesso entre a Estrada Norma Marson Biondo e a Rodovia dos Bandeirantes. Desta forma a citada expansão contempla em sua maior porção espacial, a instalação de indústrias.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

30

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 31) Como podem afirmar que o processo de
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 31) Como podem afirmar que o processo de

31) Como podem afirmar que o processo de construção do Plano Diretor foi democrático, quando ao mesmo tempo, o desrespeito ao atual Plano Diretor era prática

constante da Prefeitura, com remoções, etc

O processo de revisão do Plano Diretor está atendendo a todos os requisitos estabelecidos no Estatuto da Cidade (Lei 10.257/2001) e na Resolução Concidades nº

25/2005.

? (A.M.)

32) O artigo 3º da proposta da nova Lei tem os seus primeiros três incisos algo que hoje é completamente desrespeitado? (A.M.)

A proposta, por ser um instrumento de planejamento, visa ao futuro, considerando a

realidade atual. Espera-se que nos próximos 10 anos os princípios e normas da proposta sejam efetivados, cabendo ao Poder Legislativo, à sociedade civil, às entidades de classe e aos órgãos governamentais acompanharem sua implementação.

33) Se, ao fazer a revisão, o primeiro ponto não seria fazer um balanço dentro da Prefeitura ou não foi feito do atual Plano Diretor? Por exemplo, por que não foram utilizados todos os instrumentos de regularização fundiária que já existiam? (A.M.)

A equipe técnica tem como escopo a elaboração de uma proposta que propicie o

planejamento para os próximos 10 anos. A efetividade e utilização dos instrumentos citados dependerá da forma em que a cidade será conduzida pelas autoridades eleitas. A equipe

entende que a participação popular é de suma importância para a condução da política de desenvolvimento urbano. Para uma melhor compreensão da proposta apresentada, se faz importante uma leitura atenda do Produto 01 (Diagnóstico) e Produto 02 (Relatório das Leituras Comunitárias).

34) Qual a problemática de novo fazer ZEIS na área da Vila Soma, novas ocupações social? Hoje é reconhecida a função social da propriedade, coisa que antes não era, e o Plano Diretor está silente? Inadmissível! Por que não mapear a ZEIS? Não colocam no mapa e colocam na Lei? (A.M.)

O estabelecimento de ZEIS não necessariamente precisa constar no bojo do Plano

Diretor, sendo praxe a utilização de leis específicas. O Plano Diretor prevê a função social da propriedade. Todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico. Em relação à

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

31

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA decretação de ZEIS na área da Vila SOMA,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA decretação de ZEIS na área da Vila SOMA,

decretação de ZEIS na área da Vila SOMA, a Procuradoria Geral do Município exarou a impossibilidade jurídica em se justificar tal mecanismo em razão das pendências judiciais que incidem sobre a área.

35) Sobre o Sítio Pau Pintado, por que não arruma a Lei e fazer sua demarcação como ZEIS dentro de área rural? (A.M.) Do ponto de vista técnico o loteamento clandestino levado a efeito na zona rural afrontou diretamente as normas urbanísticas e a função social da propriedade. Ressalta-se ainda que as características do empreendimento não o enquadram no conceito de interesse social. Como deve ser de conhecimento público, o Sítio Pau Pintado é objeto de ação civil pública intentada pelo Ministério Público, inclusive com decisão judicial em primeira instância. A solução desta situação foge da alçada da equipe técnica.

36) Muito bonito tudo que foi dito, mas o GT da soma era negado Habitação, pela

própria Secretaria de Habitação? Notas à imprensa mentirosa, negando acordos firmados no (âmbito?) de justiça e junto aos poderes estadual e federal? (A.M.)

O questionamento foge das atribuições da equipe técnica.

37) Fundo da outorga onerosa: como serão calculadas as alíquotas? Qual destinação do fundo? Como é controlado? A alíquota é mensal, no IPTU ou é ao valor da terra, ou enfim? (A.M.) Tal dispositivo está detalhado nos artigos 296 ao 300 da proposta. O fundo será gerido pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano, conforme detalhado nos artigos 17 a 26 da proposta. Ressalte-se por fim que o valor da outorga onerosa é pago uma única vez, salvo quando a utilização do potencial construtivo for utilizada parcialmente.

38) IPTU progressivo: 15% em 5 anos? Compensa ao especulador? (A.M.)

A alíquota máxima de 15% em 5 anos é estabelecida no artigo 7 da Lei Federal nº

10257/2001 (Estatuto das Cidades). A utilização de alíquota maior não tem amparo no

ordenamento jurídico.

39) Desapropriação por interesse social: não tratou (A.M.)

A desapropriação por interesse social é um instituto de Direito Administrativo previsto

em lei federal, cuja aplicação é automática e independe de regramento em Plano Diretor. O

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

32

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA município pode utilizar deste instrumento a qualquer momento,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA município pode utilizar deste instrumento a qualquer momento,

município pode utilizar deste instrumento a qualquer momento, desde que indenize previamente o proprietário, conforme disposição constitucional.

40) Desapropriação por interesse público: não tratou (A.M.)

A desapropriação por interesse social é um instituto de Direito Administrativo previsto

em lei federal, cuja aplicação é automática e independe de regramento em Plano Diretor. O município pode utilizar deste instrumento a qualquer momento, desde que indenize previamente o proprietário, conforme disposição constitucional.

41) (Punição?) de devedores IPTU (atualização de valores do IPTU): não considerou

(A.M.)

Aos eventuais devedores de IPTU, em regra, são cobrados judicialmente com base na Lei de Execução Fiscal. Tal procedimento não guarda pertinência com o Plano Diretor. A atualização de valores da planta genérica do IPTU consta como sugestão nas disposições finais da proposta do Plano Diretor.

42) Ciclovia a parques lineares: suficientes para se locomover em toda a cidade.

(A.M.)

A proposta do plano é justamente garantir, dentro das diversas variáveis, a justa distribuição dos equipamentos urbanos (públicos e comunitários) em todo o território. Junto aos parques lineares, as chamadas “Avenidas Parques” foram dimensionadas para comportarem ciclovias.

43) Intrumentos de execução fiscal (recuperação de patrimônio) (A.M.)

A execução fiscal é um procedimento do Direito Tributário, que foge do escopo do

Plano Diretor.

44) CUEM (áreas públicas 30 40 anos). (A.M.)

A Cessão de Uso Especial para fins de Moradia (CUEM) é regulamentada mediante

a MP nº 2220/2001, em favor dos ocupantes de áreas públicas, desde que estejam no local anteriormente a 2001.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

33

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 45) Por que não regularizar a Vila Soma

45) Por que não regularizar a Vila Soma (A.T.S.)

PÚBLICA 45) Por que não regularizar a Vila Soma (A.T.S.) A regularização da Vila Soma é

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação

de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização.

46) Queremos que incluísse o Vila Soma também. (V.A.) Esta proposta foi considerada pertinente pela equipe técnica, todavia não foi recepcionada pela Procuradoria Geral do Município. Todos os assentamentos e ocupações existentes na Zona Urbana do Município foram devidamente mapeados e identificados pelo Plano Diretor, plano este que possui ferramentas que poderão ser aplicadas para cada caso específico.

47) Queremos regulação Vila Soma (E.L.S.)

48) Regularize o Vila Soma. (I.S.S.A.)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação

de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a

questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização.

49) Por que a ocupação do Vila Soma é discriminado na região de Sumaré? (M.C.L.) Não compete resposta desta equipe técnica.

50) Se cada um visitassem e conhecessem as pessoas que lá vivem mudaria a maneira de se expressar sobre o Vila Soma. (M.C.L.)

A equipe técnica visitou a ocupação, acompanhada da coordenação do Soma e

tratou o tema com seriedade.

51) Por que não regularizar o Vila Soma? (J.S.)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação

de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

34

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 52) No plano apresentado foi colocado um projeto
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 52) No plano apresentado foi colocado um projeto

52) No plano apresentado foi colocado um projeto de expansão urbana na área do São Bento. Porém nessa área é onde se concentra a maior quantidade de mananciais úteis da cidade. Com as frequentes crises hídricas que vivemos na cidade não seria burrice ocupar nossos mananciais? (N.T.) A iniciativa de expansão do perímetro urbano para fins industriais foi objeto de discussão da Equipe Técnica, dos órgãos da Administração Municipal, em consonância com as informações colhidas na fase das leituras comunitárias, bem como em razão da localização estratégica do trevo de acesso entre a Estrada Norma Marson Biondo e a Rodovia dos Bandeirantes. Desta forma a citada expansão contempla em sua maior porção espacial, a instalação de indústrias.

53) Quais as medidas serão feitas para a proteção desses mananciais? (N.T.) Foram previstas condições especiais para minimizar os impactos da urbanização da área, como por exemplo alargamento da faixa de APP e restrições quanto às características dos empreendimentos, além da criação e implantação de Parques Lineares junto aos cursos d’água. Paralelamente, novos parâmetros para cálculo e dimensionamento dos sistemas de captação e drenagem de águas pluviais de empreendimentos (loteamentos, condomínios, indústrias) foram estabelecidos, visando minimizar seus impactos juntos aos cursos d’água.

54) O foco do projeto está na expansão populacional, sem antes se preocupar com os atuais munícipes, que possuem uma saúde precária uma educação vazia e uma estrutura inabitável? (N.T.) De forma alguma o foco da proposta é a expansão populacional, tendo em vista as diversas restrições e imposições de contrapartidas que recairão sobre os empreendedores. Vale esclarecer que o plano trabalha com projeção populacional do IBGE para o horizonte de 10 anos (299.000 habitantes), quando nova revisão será objeto de proposição.

55) Por que nas áreas industriais a porcentagem de doação é inferior a residencial? Em um futuro uma área dessa é ainda mais importante. (N.T.) A princípio, o empreendimento industrial não gera o mesmo adensamento populacional que normalmente ocorre com empreendimentos residenciais. Neste último caso há necessidade de reservas de áreas para equipamentos públicos urbanos. Importante elencar que atualmente o índice de área institucional para loteamentos industriais é de

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

35

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA apenas 1% e que a proposta do novo
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA apenas 1% e que a proposta do novo

apenas 1% e que a proposta do novo Plano Diretor estabelece 5%, ou seja, estamos quintuplicando a área.

56) Com o Plano Diretor, será possível a aprovação de condomínio fechado tanto residenciais como industrial? (R.R.G.)

A implantação de condomínio está prevista na proposta apresentada, nos Artigos

211 ao 225.

57) Minha sugestão é acabar como o preconceito com pessoas de ocupação; é uma falta de respeito do jeito como somos tratados. (S.R.P.)

A equipe técnica não corrobora com quaisquer tipos de preconceito.

58) Incluir a Vila Soma em zona de interesse social, para a regularização das áreas.

É necessário pensar nas famílias que vivem naquele local, temos crianças, idosos e famílias que lutam por uma moradia. (S.A.A.C.)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação

de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização. Em relação à decretação de ZEIS, a Procuradoria Geral do Município exarou a impossibilidade jurídica em se justificar tal mecanismo em razão das

pendências judiciais que incidem sobre a área.

59) Por que deixar a periferia de fora? (S.A.A.C.) A proposta incorpora todo o território do município, que foi subdividido em Macrozonas específicas. Uma leitura mais atenta de todos os Produtos até então produzidos comprovará que nenhuma área foi ignorada.

60) Por que a diferença com o povo da soma? Coisa feia dentro de uma audiência separar o povo da soma. (S.A.A.C.) A proposta incorpora todo o território do município, que foi subdividido em Macrozonas específicas. Uma leitura mais atenda de todos os Produtos até então produzidos comprovará que nenhuma área foi ignorada.

61) Somos cidadãos que moramos em Sumaré. (S.A.A.C.)

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

36

foi subdividido PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA A proposta incorpora todo o

foi

subdividido

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

A proposta incorpora todo o território do município,
A
proposta
incorpora
todo
o
território
do
município,

em

Macrozonas específicas. Uma leitura mais atenda de todos os Produtos até então

produzidos comprovará que nenhuma área foi ignorada.

que

62) Precisamos melhorias no bairro (Soma) ligação de água escola e transportes. (R.H.S)

Esta questão foge ao escopo dos trabalhos de revisão do Plano Diretor.

63) Regularização do Vila Soma (anônimo) 64) Regularização do Vila Soma (anônimo) 65) Regularização do Vila Soma (anônimo)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação

de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a

questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização.

66) Não dar um solução para nós moradores no queremos dignidade (J.) A proposta incorpora todo o território do município, que foi subdividido em Macrozonas específicas. Uma leitura mais atenda de todos os Produtos até então produzidos comprovará que nenhuma área foi ignorada.

67) Criação de calçadão da Av. 7 de Setembro. (A.M.P) Esta sugestão específica não consta no Plano Diretor mas também não foi imposto nenhum entrave a esta iniciativa, a qual poderá ser viabilizada pela municipalidade.

68) Expansão das vias ótimo. (A.M.P)

A equipe técnica agradece a participação elogiosa.

69) A área de expansão urbana e industrial muito boa para atender os próximos 10 anos. (A.M.P)

A equipe técnica agradece a participação elogiosa.

70) A Rua Marcelo Pedroni, no trecho compreendido entre a Rua Vécio J. Alves e a Rua José Carlos Fernandes, Parque Franceschini, está atualmente situada na zona

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

37

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA estritamente residencial e, como podemos ver “in loco”
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA estritamente residencial e, como podemos ver “in loco”

estritamente residencial e, como podemos ver “in loco” não existe nenhum tipo de comércio, somente residências e não mais do que 10 lotes vazios, sem destino algum. Conforme proposta apresentada no novo Plano Diretor, os técnicos propõem que a Rua Marcelo Pedroni passe a ser um corredor especial, admitindo vários tipos de comércio, serviços e inclusive pequenas indústrias. Convenhamos que, para uma rua extremamente residencial, inclusive todo o seu entorno, será um impacto muito grande conforme sugestões apresentadas na proposta, serão criadas em algumas ruas do município, corredores de comércio local, com menos impacto talvez, o que poderia ser também proposto para a Rua Marcelo Pedroni. (A.J.M.) A equipe técnica informa que após análise do caso e vistoria “in loco” verificou a pertinência da sugestão. Desta forma será realizada a modificação de Corredor Especial para Corredor Local em todo o trecho da Rua Marcelo Pedroni, bem como na Avenida Euclides Fuzzel Filho.

71) Regularização Soma (M.) 72) Por que não regularizar o Vila Soma (W.C.) 73) Sugiro que não tire o soma (J.H.) A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização.

74) Rozo Romão Ronovo ? (D.S.) A equipe, embora não tenha compreendido a mensagem, agradece a participação.

75) No ítem XIV do art. 6º - preservar e recuperar as áreas ambientalmente sensíveis. Baseado neste ítem não permitir a ZPR e ZM na bacia de contribuição da represa do Marcelo. Se não for possível, permitir apenas ZPR com restrição de área mínima dos lotes com 360m²! (P.A.F.) A expansão urbana foi amplamente estudada durante o desenvolvimento dos trabalhos e também durante as leituras comunitárias. A conformação estabelecida na proposta levou em consideração não só os anseios da população como também a localização estratégica da Rodovia dos Bandeirantes. A equipe técnica observou com cuidado as questões ambientais, em especial a bacia de contribuição da represa do

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

38

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Marcelo, prevendo mecanismos no sentido de não só
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Marcelo, prevendo mecanismos no sentido de não só

Marcelo, prevendo mecanismos no sentido de não só preservá-la como também recuperá-la

e mantê-la com a implantação de parques lineares em toda a sua extensão. Além disso os

índices e parâmetros urbanísticos são específicos para a região, havendo também restrição para determinados tipos de indústrias consideradas potencialmente danosas. Quanto à dimensão dos lotes, este foi outro assunto objeto de estudo específico. Em razão dos inúmeros problemas advindos da subdivisão irregular de lotes com dimensões maiores, optou-se pela conformação menor de lotes no intuito de restringir as subdivisões como também ofertar lotes com valores mais acessíveis em todas as regiões da cidade, evitando

a segregação espacial.

pela Prefeitura, com toda a

infraestrutura já instalada”. Isto obriga o crescimento radial da área urbanizada, não permitindo, por exemplo, implantação de loteamento ao lado do Parque São Bento, deixando vazio urbano até o Centro. (P.A.F.)

76) No

art.

184,

ítem

I

acrescentar

”aprovado

A equipe técnica acatou a sugestão e agradece a colaboração.

77) Incluir no inciso I do Artigo 184 do parcelamento do solo

Art. 184 Só será permitido parcelamento

I no loteamento residencial, quando

tiver acesso por via pública e possuir, pelo menos, uma divisa em comum com loteamento existente e devidamente aprovado pela Prefeitura, loteamento este já com infraestrutura completa implantada (rede de água, rede de esgoto, galerias de águas pluviais, guias,

sarjetas e pavimentação, rede de energia elétrica e iluminação pública); (O.M.J .)

A equipe técnica acatou a sugestão e agradece a colaboração.

78) Queremos incluir a Vila Soma no plano social (J.J.) 79) Queremos incluir o vila soma no plano social (P.R.) 80) Quais os planos pra Vila Soma pois existem muitas famílias inteiras esperando uma regularização e uma resposta justa (A.M.N.)

A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação

de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

39

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 81) Caso regulize o Soma teremos quais empreendimentos
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA 81) Caso regulize o Soma teremos quais empreendimentos

81) Caso regulize o Soma teremos quais empreendimentos sociais a disposição dos moradores da ocupação ? (J.R.) A regularização da Vila Soma é pendente de uma solução judicial nos autos da ação de reintegração de posse intentada pela massa falida (proprietária). Uma vez superada a questão judicial, a proposta de Plano Diretor prevê todos os instrumentos jurídicos necessários para a regularização. Caso venha a ser regularizada, a implantação de equipamentos públicos deverá ser objeto de estudo detalhado, levando-se em consideração a demanda gerada, as características locais, a disponibilidade financeira, a existência de áreas adequadas, entre outros.

82) Somos uma empresa do ramo imobiliário que tem o objetivo de construir condomínios fechados em Sumaré; no entanto nossa área está inserida na zona rural. A pergunta é a seguinte: no caso de condomínio fechado o empreendedor arca com o ônus de toda a infraestrutura e também pode oferecer contra-partidas de benefícios sociais para a

cidade, qual a possibilidade disso acontecer? (R.P.O.)

Não há possibilidade disto acontecer, tendo em vista que o Plano é extremamente claro quanto às áreas passíveis de ocupação para fins urbanos. Desta forma só será permitida a implantação de loteamentos e condomínios nas zonas gravadas como Zona Urbana e Zona de Expansão Urbana Dirigida.

83) Quais os critérios usados para elaboração? Foi muito abrangente na área rural. (R.E.R.) Os critérios utilizados na confecção do plano atenderam ao disposto no Estatuto da Cidade e foram amplamente divulgados e disponibilizados para consulta: Produto 1 (Diagnóstico), Produto 2 (Relatório das Leituras Comunitárias) e Produto 3 (Proposta Preliminar). Quanto à área rural, a mesma subdivide-se em Macrozona Rural e Macrozona de Preservação de Mananciais, cujos critérios de uso e ocupação estão definidos e detalhados no corpo da proposta.

84) Por que no fim do mandato vai dar tempo de aprovar este Plano Diretor só resta sessenta e oito dias para terminar o mandato. Espero que deixe um resumo que dê aproveitamento. (R.E.R.)

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

40

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Em relação aos prazos, o Estatuto da Cidade
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Em relação aos prazos, o Estatuto da Cidade

Em relação aos prazos, o Estatuto da Cidade e o próprio Plano Diretor vigente (Lei Municipal 4250/06) definem o prazo de 10 anos para revisão do Plano Diretor. Desta forma, obrigatoriamente, o Município deveria realizar esta tarefa no presente ano de 2016.

85) Sugestão a Área Rural foi muito abrangente (R.E.R.) Quanto à área rural, a mesma subdivide-se em Macrozona Rural e Macrozona de Preservação de Mananciais, cujos critérios de uso e ocupação estão definidos e detalhados no corpo da proposta.

86) O correto é dar prioridade ao Eixo da Estrada Norma Marson Biondo até o trevo da Bandeirantes. E do outro lado da Estrada Angelo Furian e a vicinal que vai até o São Bento e ir até a Bandeirantes. Deixando a área rural depois da Bandeirantes e do lado do São Bento preservar as represas e a velha granja do Ito. É muita área o correto e o entorno da Pista Norma Marson Biondo e pegando as estradas Taquara Branca e a Estrada São Bento. Viabilizar a área industrial e de moradia=anel viário (R.E.R.) A expansão urbana foi amplamente estudada durante o desenvolvimento dos trabalhos e também durante as leituras comunitárias. A conformação estabelecida na proposta levou em consideração não só os anseios da população como também a localização estratégica da Rodovia dos Bandeirantes. A equipe técnica observou com cuidado as questões ambientais, em especial a bacia de contribuição da represa do Marcelo, levando em consideração também as áreas de preservação localizadas nas proximidades do loteamento Parque São Bento, prevendo mecanismos no sentido de não só preservá-las como também recuperá-las e mantê-las com a implantação de parques lineares em suas extensões. Além disso os índices e parâmetros urbanísticos são específicos para a região, havendo também restrição para determinados tipos de indústrias consideradas potencialmente danosas.

87) Não é possível continuar sem um distrito industrial definido. Sugestão lado esquerdo Norma Marson Biondo, depois do balão Roberto Ravagnani (R.C.) A área de expansão urbana proposta define a implantação de zona estritamente industrial ao longo da Estrada Municipal Norma Marson Biondo, até seu entroncamento com a Rodovia dos Bandeirantes.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

41

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PROTOCOLOS Visando proporcionar a participação direta da

PROTOCOLOS

DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PROTOCOLOS Visando proporcionar a participação direta da sociedade,

Visando proporcionar a participação direta da sociedade, foram constituídos canais de interlocução, onde a população pôde contribuir remetendo suas sugestões, seja por meio do endereço eletrônico planodiretor@sumare.sp.gov.br, abertura de protocolos, materiais entregues diretamente na Secretaria de Planejamento. Abaixo segue a compilação do material recebido até o dia 26 de outubro de 2016, data de fechamento deste caderno, que será incorporado na forma de sugestões ao processo de revisão do Plano Diretor.

de sugestões ao processo de revisão do Plano Diretor. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
de sugestões ao processo de revisão do Plano Diretor. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

42

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

43

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

44

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

45

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CORREIO ELETRÔNICO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE

CORREIO ELETRÔNICO

DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CORREIO ELETRÔNICO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CORREIO ELETRÔNICO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CORREIO ELETRÔNICO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CORREIO ELETRÔNICO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CORREIO ELETRÔNICO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

46

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

47

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

48

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

49

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

50

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA ENTREGUES NA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO PLANO DIRETOR 2016

ENTREGUES NA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO

AUDIÊNCIA PÚBLICA ENTREGUES NA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
AUDIÊNCIA PÚBLICA ENTREGUES NA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
AUDIÊNCIA PÚBLICA ENTREGUES NA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
AUDIÊNCIA PÚBLICA ENTREGUES NA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
AUDIÊNCIA PÚBLICA ENTREGUES NA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

51

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

52

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA ATAS DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS Sumaré, 22 de outubro

ATAS DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA ATAS DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS Sumaré, 22 de outubro de 2016 Ata da 1ª

Sumaré, 22 de outubro de 2016

Ata da 1ª Audiência Pública Revisão e Atualização do Plano Diretor Participativo do Município de Sumaré 2016

Aos 22 dias do mês de outubro de 2016, às 9h00 horas, no Anfiteatro Dirce P. Dalben,

localizado na Avenida da Amizade, 1.111 Jd. Seminário Nova Veneza - Sumaré/SP

reuniram-se cerca de 86 (oitenta e seis) participantes, dentre eles, o Secretário Municipal de

Governo e Participação Cidadã e Presidente da Comissão Municipal de Acompanhamento

da Revisão e Atualização do Plano Diretor, Sr. João Alberghini Sobrinho; os membros da

Equipe Técnica de Trabalho responsável pela Revisão e Atualização do Plano Diretor, o

Advogado Municipal Carlos Alberto de Oliveira, a Arquiteta Cinthia Monteiro Ongaro de

Barros, o Arquiteto e Coordenador dos trabalhos técnicos Pedro Piazentin Neto, os

Engenheiros Alan Lourenção, Alvimar Braz Ferreira, Camila Toscano da Silva e Teresa

Cristina de Pace B. Pinto; presentes também os Vereadores, Sr. Cícero “Ceará”, Sr. Ulisses

Gomes e Sr. Rubens Champan; assim como os demais Secretários e autoridades desta

Municipalidade; os colaboradores deste evento; convidados e munícipes (lista de presença

em anexo), para dar início à abertura Primeira Audiência Pública do Plano Diretor

Participativo do Município de Sumaré. No início da audiência pública, junto à lista de

presença, foram distribuídos o resumo dos principais tópicos da proposta preliminar aos

participantes com o objetivo de facilitar o acompanhamento da apresentação e o

questionário para identificar o público presente, bem como colher as dúvidas e sugestões

para minuta do Plano Diretor do Município. Também foram disponibilizados na entrada do

evento mapas ilustrando a proposta. A abertura foi realizada pelo Secretário Municipal, Sr.

João Alberghini, que agradeceu a presença de todos e explicou sobre a formação e

preparação da equipe técnica de estudo para a revisão e atualização do Plano Diretor,

comentou também que os trabalhos foram desenvolvidos pelos servidores do Município e

que estes estão preparados para realizar e apresentar a melhor proposta de um Plano

Diretor para o Município, pois conhecem as características da Cidade. O Sr. João Alberghini

destacou a importância das leituras comunitárias realizadas nas sete regiões do Município,

que ocorreram durante os trabalhos para o desenvolvimento dos estudos da revisão e

atualização do Plano Diretor, ele enfatizou que os promotores municipais acompanharam

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

53

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA cada etapa do Plano Diretor, sendo informados de
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA cada etapa do Plano Diretor, sendo informados de

cada etapa do Plano Diretor, sendo informados de cada etapa do processo pelos próprios membros da equipe técnica. O Secretário Municipal complementou ainda que não somente aos promotores, mas também a todos os munícipes e aos demais interessados, foi disponibilizado todo o trabalho, por etapas, no site da Prefeitura e, ao final do diagnóstico, disponibilizado um material impresso na Secretaria Municipal de Planejamento para leitura. Comentou que na próxima segunda-feira (24/10/2016) acontecerá a segunda Audiência Pública, e que, após o término destas audiências, será finalizada a minuta do projeto de lei do Plano Diretor, e encaminhado para votação na Câmara Municipal. O mesmo também explicou, que nesta Audiência Pública, primeiramente será realizada a apresentação da proposta preliminar pela Equipe Técnica e após o microfone será aberto ao público presente para perguntas e sugestões. Após as palavras do Sr. João Alberghini foi passada a palavra ao Advogado Carlos Alberto, que iniciou sua fala com explicações dos trabalhos realizados pela Equipe, com um breve relato da importância do Plano Diretor e da participação da população. Após, a Arquiteta Cinthia iniciou a apresentação técnica, juntamente com Engenheiro Alvimar e o Arquiteto Pedro, na qual foram relatadas as etapas anteriores e expostas questões relevantes da proposta preliminar. Após estas explicações, o Advogado Carlos Alberto relatou sobre a gestão participativa, explicando sobre a formação dos conselhos e fundos participativos do Plano Diretor. Dando continuidade à apresentação, foi explicado pelos Arquitetos os mapas das divisões regionais, com destaque para a criação da regional rural, mapa do macrozoneamento, mapa do zoneamento, mapa da expansão urbana. A questão das ZEIS (Zona Especial de Interesse Social) também foi abordada pelos técnicos. Os novos parâmetros propostos para o uso e ocupação do solo, parcelamento do solo, implantação de loteamentos e condomínios foram explanados pelos Arquitetos. Sobre as Diretrizes Viárias e Parques Lineares, foram mencionadas as diretrizes gerais da mobilidade e ilustrado em mapas. O Advogado Carlos Alberto usou a palavra para explicar a respeito dos Instrumentos regulamentadores. Os técnicos encerraram a apresentação com as disposições finais da proposta preliminar de revisão e atualização do Plano Diretor. Ao final da apresentação, a palavra foi passada novamente para o presidente da Audiência Pública, Sr. João Alberghini, para iniciar a segunda parte da audiência. Foi aberto o uso do microfone aos participantes para perguntas e/ou sugestões, os participantes ao fazerem suas perguntas e/ou sugestões, primeiramente se apresentaram e em seguida se manifestavam. Algumas perguntas foram respondidas no momento da Audiência Pública e outras que precisavam ser analisadas serão encaminhadas as respostas, via e-mail aos participantes. Registro nesta ata, que toda apresentação da audiência pública, inclusive as

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

54

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA sugestões e perguntas ao final das apresentações, foram
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA sugestões e perguntas ao final das apresentações, foram

sugestões e perguntas ao final das apresentações, foram registradas por meio de gravação audiovisual. Ao final, deu-se por encerrada a 1ª Audiência Pública referente ao Plano Diretor Participativo do Município de Sumaré, cuja presente ata foi redigida por mim, Tamires Roberta Barbosa e pelo Coordenador da Equipe Técnica de Revisão e Atualização do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto.

do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

55

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

56

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Sumaré 24 de outubro de 2016 Ata da
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Sumaré 24 de outubro de 2016 Ata da

Sumaré 24 de outubro de 2016

Ata da 2ª Audiência Pública Revisão e Atualização do Plano Diretor Participativo do Município de Sumaré 2016

Aos 24 dias do mês de outubro de 2016, às 18h00 horas, no Anfiteatro Dirce P. Dalben,

localizado na Avenida da Amizade, 1.111 Jd. Seminário Nova Veneza - Sumaré/SP

reuniram-se cerca de 193 (cento e noventa e três) participantes, dentre eles, o Secretário

Municipal de Governo e Participação Cidadã e Presidente da Comissão Municipal de

Acompanhamento da Revisão e Atualização do Plano Diretor, Sr. João Alberghini Sobrinho;

os membros da Equipe Técnica de Trabalho responsável pela Revisão e Atualização do

Plano Diretor, o Advogado Municipal Carlos Alberto de Oliveira, a Arquiteta Cinthia Monteiro

Ongaro de Barros, o Arquiteto e Coordenador dos trabalhos técnicos Pedro Piazentin Neto,

os Engenheiros Alvimar Braz Ferreira, Camila Toscano da Silva e Teresa Cristina de Pace

B. Pinto; presentes também os Vereadores, Sr. Cícero “Ceará”, Sr. Fábio Ferreira, Sr. João

Maioral, Sr. Joel Cardoso, Sr. Ulisses Gomes e Sr. Rubens Champan; assim como os

demais Secretários e autoridades desta Municipalidade; os colaboradores deste evento;

convidados e munícipes (lista de presença em anexo), para dar início à abertura da

Segunda Audiência Pública do Plano Diretor Participativo do Município de Sumaré. No início

da audiência pública, junto à lista de presença, foram distribuídos o resumo dos principais

tópicos da proposta preliminar aos participantes com o objetivo de facilitar o

acompanhamento da apresentação e o questionário para identificar o público presente, bem

como colher as dúvidas e sugestões para minuta do Plano Diretor do Município. Também

foram disponibilizados, na entrada do evento, mapas ilustrando a proposta. A abertura foi

realizada pelo Secretário Municipal, Sr. João Alberghini, que presidiu as Audiências da

Revisão e Atualização do Plano Diretor do Município de Sumaré, incialmente ele agradeceu

a presença de todos os presentes e comentou que o trabalho foi desenvolvido por

servidores do Município, com representantes de diversas Secretarias, mas não só do Poder

Público, como também da Sociedade Civil e Entidades, para realização de uma proposta

adequada de um Plano Diretor para o Município. O Secretário Municipal fez um breve relato

de como seriam desenvolvidas as atividades. Durante a audiência, ele destacou a

importância das leituras comunitárias realizadas nas sete regiões do Município, que

ocorreram durante os trabalhos para o desenvolvimento de todo processo. O Sr. João

Alberghini enfatizou que o Ministério Público vem acompanhando o desenvolvimento dos

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

57

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Trabalhos do Plano Diretor e que os promotores,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Trabalhos do Plano Diretor e que os promotores,

Trabalhos do Plano Diretor e que os promotores, munícipes e demais interessados foram informados de todas as etapas durante o processo de revisão e atualização do Plano Diretor do Município, pelos próprios membros da equipe técnica, ele complementou dizendo que todos os trabalhos foram disponibilizados no site da Prefeitura e a proposta preliminar impressa ficou disponível para leitura na Secretaria Municipal de Planejamento. Sobre a condução da Audiência, Sr. João Alberghini explicou que, primeiramente, será realizada a apresentação da proposta preliminar pela Equipe Técnica e, após, o microfone será aberto ao público presente para perguntas e sugestões. Após as palavras do Sr. João Alberghini, foi passada a palavra ao Advogado Carlos Alberto que iniciou sua fala com explicações dos trabalhos realizados pela Equipe, com um breve relato da importância do Plano Diretor e da participação da população. Após, a Arquiteta Cinthia iniciou a apresentação técnica, juntamente com Engenheiro Alvimar e o Arquiteto Pedro, na qual foi relatado as etapas anteriores e expostas questões relevantes à proposta preliminar. Após estas explicações, o Advogado Carlos Alberto relatou sobre a gestão participativa, explicando sobre a formação dos conselhos e fundos participativos previstos no Plano Diretor. Dando continuidade à apresentação, foram explicados pelos Arquitetos os mapas das divisões regionais, com destaque para a criação da regional rural, mapa do macrozoneamento, mapa do zoneamento e mapa da expansão urbana. A questão das ZEIS (Zona Especial de Interesse Social) também foi abordada pelos técnicos. Os novos parâmetros propostos para o uso e ocupação do solo, parcelamento do solo, implantação de loteamentos e condomínios foram explanados pelos Arquitetos. Sobre as Diretrizes Viárias e Parques Lineares, foram mencionadas as diretrizes gerais da mobilidade e ilustrado em mapas. O Advogado Carlos Alberto usou a palavra para explicar a respeito dos instrumentos regulamentadores. Os técnicos encerraram a apresentação com as disposições finais da proposta preliminar de revisão e atualização do Plano Diretor. Ao final da apresentação, a palavra foi passada novamente para o presidente da Audiência Pública, Sr. João Alberghini, para iniciar a segunda parte da audiência. Foi aberto o uso do microfone aos participantes para perguntas e/ou sugestões. Os seguintes participantes se inscreveram e fizeram o uso da palavra no microfone: Sr. Wiliam Sousa, eleito Vereador do Município; Professor Ricardo, Coordenador do Vila Soma; Professor de Geografia, Sr. Diego Vila Nova; Sr. Carlos, Diretor Escolar; Sr. Renato, Professor e Morador da Área Cura; Dr. Alexandre Mandl, Advogado; Sr. Natan e Sra. Vladia. Registro nesta ata, que toda apresentação da audiência pública, inclusive as sugestões e perguntas ao final das apresentações, foram registradas por meio de gravação audiovisual. Ao final, deu-se por encerrada a 2ª Audiência Pública referente ao Plano Diretor

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

58

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Participativo do Município de Sumaré, cuja presente ata
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Participativo do Município de Sumaré, cuja presente ata

Participativo do Município de Sumaré, cuja presente ata foi redigida por mim, Tamires Roberta Barbosa e pelo Coordenador da Equipe Técnica de Revisão e Atualização do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto.

do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
do Plano Diretor (2016), Arquiteto Pedro Piazentin Neto. PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

59

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CONSIDERAÇÕES FINAIS E CONCLUSÕES As Audiências Públicas

CONSIDERAÇÕES FINAIS E CONCLUSÕES

AUDIÊNCIA PÚBLICA CONSIDERAÇÕES FINAIS E CONCLUSÕES As Audiências Públicas tiveram como objetivo apresentar,

As Audiências Públicas tiveram como objetivo apresentar, de forma clara e didática, os principais tópicos abordados na revisão e atualização do Plano Diretor, dentre eles a proposta de expansão urbana dirigida, a possibilidade de regularização fundiária das ocupações consolidadas existentes, os instrumentos previstos no Estatuto da Cidade, o combate à especulação imobiliária e aos vazios urbanos. Importante ressaltar que todo o material produzido foi previamente disponibilizado em meio digital no site do Município de Sumaré, e fisicamente para consulta na Secretaria Municipal de Planejamento Desenvolvimento e Gestão Estratégica.

Outro ponto apresentado como relevante pela Equipe Técnica nas Audiências Públicas foi a inclusão da regulamentação do Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo diretamente no corpo do Plano Diretor, o que ensejará a sua direta e imediata aplicabilidade, sem necessidade de regulamentações posteriores. Foram apresentados novos parâmetros urbanísticos com o intuito de estabelecer um ordenamento territorial mais adequado e ambientalmente correto, merecendo destaque a ampliação do percentual de áreas verdes e institucionais quando da aprovação de novos empreendimentos (loteamentos e condomínios).

Por parte da comunidade, os temas mais abordados foram a expansão urbana, a defesa ao meio ambiente e recursos hídricos, além da regularização fundiária das ocupações consolidadas urbanas, com destaque para a Ocupação Vila Soma, que possui um movimento social muito atuante em defesa do direito à moradia, expondo suas ponderações e anseios em prol da população ocupante. A Equipe Técnica respondeu aos apontamentos dos cidadãos presentes, esclarecendo que a implementação das políticas públicas instrumentalizadas na Proposta do Plano Diretor dependerá da atuação da Administração Municipal e do acompanhamento e fiscalização da sociedade civil. Algumas respostas foram dadas no momento das Audiências e outras, em razão do tempo e da complexidade, foram elaboradas após as audiências, integrando o presente caderno.

As Audiências Públicas foram registradas em audiovisual, pela sua importância histórica e também para fins de demonstrar a expressiva participação da comunidade no

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

60

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA processo de elaboração. Tais gravações compõem o acervo
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA processo de elaboração. Tais gravações compõem o acervo

processo de elaboração. Tais gravações compõem o acervo documental dos trabalhos realizados.

Historicamente, a inexistência de diálogo com os setores populares produziu planos e leis urbanísticas com padrões e parâmetros excludentes, refletindo apenas os interesses de parcela da população com acesso à cidade legal. A democratização do processo de planejamento é fundamental para romper esse círculo vicioso e transformá-lo num processo compartilhado com os cidadãos e assumido por todos os atores. Desta forma, o planejamento deixa de ser solução apenas técnica e é convertido em resultado de articulação política entre os atores sociais.

Diversos apontamentos e sugestões elencados nas Audiências serão incorporados à Minuta de Lei e, de modo geral, pode-se concluir que a participação popular foi efetiva, dando legitimidade ao planejamento urbano e territorial esboçado para os próximos 10 anos no município de Sumaré, nos moldes propostos pelo Estatuto da Cidade e em consonância com o espírito democrático que deve nortear a elaboração do Plano Diretor.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

61

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PRODUTO 4 - RELATÓRIO DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS ANEXOS
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PRODUTO 4 - RELATÓRIO DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS ANEXOS
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PRODUTO 4 - RELATÓRIO DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS ANEXOS

PRODUTO 4 - RELATÓRIO DAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

ANEXOS

OUTUBRO - 2016

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

62

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO CARTAZ PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO

DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO CARTAZ PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE

CARTAZ

SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO CARTAZ PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

63

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA FAIXAS Este modelo de faixa foi utilizado em

FAIXAS

DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA FAIXAS Este modelo de faixa foi utilizado em dez
DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA FAIXAS Este modelo de faixa foi utilizado em dez

Este modelo de faixa foi utilizado em dez diferentes locais da cidade. Fotos de alguns deles, a seguir:

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

64

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Figura 1 - Faixa exposta na Região da
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Figura 1 - Faixa exposta na Região da
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Figura 1 - Faixa exposta na Região da

Figura 1 - Faixa exposta na Região da Área Cura

PÚBLICA Figura 1 - Faixa exposta na Região da Área Cura Figura 2 - Faixa exposta

Figura 2 - Faixa exposta na Região de Nova Veneza

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

65

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Figura 3 - Faixa exposta na Região do
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Figura 3 - Faixa exposta na Região do
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Figura 3 - Faixa exposta na Região do

Figura 3 - Faixa exposta na Região do Matão

PÚBLICA Figura 3 - Faixa exposta na Região do Matão Figura 4 - Faixa exposta nas

Figura 4 - Faixa exposta nas Chácaras Cruzeiro do Sul

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

66

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Figura 5 - Faixa exposta na Região do
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Figura 5 - Faixa exposta na Região do
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Figura 5 - Faixa exposta na Região do

Figura 5 - Faixa exposta na Região do Picerno

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

67

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CLIPPING PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE

CLIPPING

DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CLIPPING PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CLIPPING PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

68

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

69

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

70

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

71

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

72

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

73

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

74

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

75

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

76

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

77

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CONVITES Foram encaminhados convites em forma de Ofício

CONVITES

DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA CONVITES Foram encaminhados convites em forma de Ofício aos diversos

Foram encaminhados convites em forma de Ofício aos diversos representantes da sociedade e autoridades do Município:

Presidente da ACIAS Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Sumaré;

Diretor da Odebrecht Ambiental S/A;

Presidente da CONSABS Conselho da Sociedade de Bairros;

Presidente da AEA Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sumaré;

Presidente da OAB Ordem dos Advogados do Brasil;

Vereadores que compõem a atual legislatura;

Vereadores eleitos em 2016;

Promotores do Município de Sumaré;

Juízes do Município de Sumaré;

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

78

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Foram encaminhados também convites, através de correio
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Foram encaminhados também convites, através de correio
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA Foram encaminhados também convites, através de correio

Foram encaminhados também convites, através de correio eletrônico, à lista de e- mails cadastrados da Secretaria Municipal de Comunicação.

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

79

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA RESUMO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

RESUMO

DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA RESUMO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA RESUMO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA RESUMO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA RESUMO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA RESUMO PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

80

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

81

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

82

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

83

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

84

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

85

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

86

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA APRESENTAÇÃO DE SLIDES PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA

APRESENTAÇÃO DE SLIDES

DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA APRESENTAÇÃO DE SLIDES PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA APRESENTAÇÃO DE SLIDES PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

87

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

88

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

89

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA ’ PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA ’ PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA ’ PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

90

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

91

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

92

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

93

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

94

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

95

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,

PLANO DIRETOR 2016

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA - SMPDGE Rua João Francisco Ramos, n°189, Centro - Sumaré - SP CEP 13.170-028 - Fone (019) 3828-1878

96

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,
PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO DIRETOR 2016 SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO,