Sunteți pe pagina 1din 1

UNIVERSIDADE CATLICA DE PELOTAS

CINCIA E F
PROFESSORA MARIA ELIZABETH

CRISTIANI DE MELO SENNA 88746


DIREITO MANH (129)

A CONVIVNCIA POSSVEL

No texto, A convivncia possvel, a autora Rosana Tidon discorre sobre a


origem e a diversidade da vida e as indagaes humanas sobre estas e a existncia de Deus
ou da vida aps a morte.
A cincia busca desvendar essas questes a partir de uma compleio de
conhecimentos sistematizados adquiridos atravs da observao, identificao, pesquisa e
explicao de determinadas categorias de fenmenos e fatos formulados metdica e
racionalmente. Portanto, no possvel afirmar que os seres vivos foram criados de modo
independente, em apenas seis dias e h poucos milhares de anos.
Entretanto, pese todo o destaque e importncia da cincia em nossas vidas, ela no
capaz de responder a todos os questionamentos humanos, pois muitas delas no esto
fundamentadas na razo, mas sim nos dogmas (pontos fundamentais de uma doutrina
religiosa, apresentados como verdadeiros e indubitveis) da f.
Segundo a autora, possvel conciliar cincia e religio desde que se respeite a
autoridade e as limitaes de cada uma, pois as cincias tm ferramentas para auxiliar-nos
no entendimento do mundo e a religio a viver neste com sabedoria. Por isso, deve-se
respeitar e tolerar a f e a religio de cada indivduo, independente de qual seja esta f e
esta religio, pois, deste modo, contribuir-se- para uma sociedade mais tolerante, inclusive
no que respeita a diferentes convices.
Penso que Rosana expe brilhantemente seus pensamentos acerca deste paradoxal e
conflituoso tema que cincia versus religio, pois as duas so indispensveis para a
manuteno e o bem-estar de qualquer sociedade.
Devemos respeitar nosso semelhante independente de religio, cultura e qualquer
orientao ou crena, pois assim manteremos a paz e a harmonia entre os homens, assim
como Deus (o Deus de toda e qualquer religio) ensinou.