Sunteți pe pagina 1din 2

Slide 1 – Justificativa do Projeto:

O aluno de Geografia da População encontra-se no segundo período do


curso e que a disciplina impõe o contato com uma série de informações que lhe
exigem alto poder de abstração e apurado senso para interligar o cerne de teorias
demográficas ao espaço concreto. Nesse momento o aluno ainda está recém
chegado do ensino médio e toma contato com conceitos mais elaborados de
espaço, escala, região, etc.
É neste contexto que este projeto argumenta da necessidade do monitor
auxiliar o aluno através da implementação de procedimentos mais motivadores
do aprendizado.
Ao encerramento da disciplina de Geografia da População, todo o
semestre, é feita uma avaliação na qual os alunos podem externar sua apreciação
sobre o programa, bibliografia e metodologia de avaliação adotada. Mais
recentemente, surgiu a idéia da construção de uma página da disciplina na
Internet, que funcionasse como canal direto de comunicação entre os alunos, o
monitor e o professor orientador. Além disso, nesta página seriam
disponibilizados textos, links úteis para pesquisa, comentários de filmes
relacionados à temática da Geografia da População, como também, funcionaria
como suporte à revista digital que procuramos desenvolver.

Slide 2 – Objetivos do Projeto:


a) Produzir materiais e procedimentos didáticos que se sirvam como apoio a
práticas pedagógicas dentro das aulas de Geografia da População;
b) Buscar o aperfeiçoamento na formação acadêmica do monitor na medida em que
se possibilita seu contato com atividades relacionadas diretamente ao ensino da
disciplina;
c) Aperfeiçoar o atendimento extra-classe mediante o intercâmbio de informações
entre o monitor, a turma e o professor da disciplina através do blog geopop-uff,
criado exclusivamente para este fim.

Slide 3 – Apresentação do Blog:


Na monitoria focamos, principalmente, no desenvolvimento de iniciativas que
aperfeiçoassem o diálogo entre o professor e os alunos da disciplina de Geografia da
População. Apoiados nas possibilidades tecnológicas disponíveis, procuramos
desenvolver um sistema de comunicação que viabilizasse a troca de informações entre
os alunos que freqüentam a disciplina (segundo período), e destes com o professor
José Carlos Milléo.
Slide 4

Slide 5 – Revista GEO-DEMO:

A revista acadêmica em formato digital (Revista GEO-DEMO) na qual os alunos, que


ao termino da matéria tem que apresentar um seminário, tem a possibilidade de publicá-
lo e vê-lo divulgado para além da sala de aula. O objetivo é motivar o aluno, já no
segundo período, a pesquisar sobre algo que o interesse sob uma ótica geográfica,
através da possibilidade de publicação em uma revista acadêmica, demonstrando o
comprometimento e o interesse das instâncias acadêmicas, com os primeiros passos dos
alunos. Com isto, abrem-se espaços para suas formas de expressão, com os erros e
acertos que são próprios deste momento inicial do aluno na universidade.
O Conselho Editorial da revista possui duas instâncias: uma consultiva (Conselho
Editorial Estudantil) e uma deliberativa (Conselho Editorial dos Professores). A
primeira encarregada da observação às normas de publicação e contato com os alunos. A
segunda com a tarefa de avalizar os artigos para publicação final.
Optamos pela publicação digital em virtude da capacidade de difusão da informação
pela internet nos dias de hoje. Isto possibilita um maior intercâmbio com as outras
instituições pelo Brasil e pelo mundo.

Slide 6
Slide 7

Slide 8 – Grupos de Discussão:


grupos de discussões on-line, onde, através de emails compartilhados, a troca de
informações, material e recados passaram a ser viabilizados de forma mais rápida,
prática e eficiente.

Slide 9 – Multimídia:
Ressaltar entrevistas!!

Slide 10
Slide 11
Slide 12
Slide 13
Slide 14

Slide 15 – Exitos:
Em sala de aula temos notado um grande aumento da procura dos alunos interessados
em ajudas referentes ao seminário, quando comparado aos anos anteriores. Os grupos de
discussão, por sua vez, têm servido como um veículo efetivo de comunicação acerca das
avaliações e conteúdos que auxiliem na construção dos seminários (trocam-se
informações entre os alunos sobre os mais diversos temas vinculados aos seminários).
Este intercâmbio de conteúdos tem resultado no estabelecimento de um senso de
coletividade entre os alunos.
Julgamos ter obtido êxito e um grande avanço no diálogo entre os alunos e o
professor, como também, um grande avanço na motivação à pesquisa (reflexo da
cooperação entre os grupos). Desta forma, julgamos que o nosso objetivo foi
plenamente alcançado neste projeto de monitoria.