Sunteți pe pagina 1din 1

A cura pelo espírito

Em perfis de Franz Mesmer, Mary Baker Eddy


e Sigmund Freud
Stefan Zweig

Sempre fascinado pelas zonas inexploradas e obscuras do espírito


humano, Stefan Zweig traça os perfis de três figuras históricas
que estiveram entre as primeiras a se aventurar nesse terreno.
No século XVIII, Franz Mesmer estuda a hipnose e suas possíveis
propriedades curativas. Um século depois, Mary Baker Eddy fun-
da a Ciência Cristã, seita que pretende curar pelo êxtase e a fé. Ao
mesmo tempo, Sigmund Freud cria a psicanálise, uma revolução.
Três experiências que teriam lugares distintos junto à história e à
ciência, mas que marcaram seus tempos.
360 páginas
Consultoria: Marco Antonio Escritor apaixonante e um biógrafo brilhante, de enorme erudição
Coutinho Jorge
e singular sensibilidade, Zweig apresenta em A cura pelo espírio
Posfácio: Alberto Dines
Tradução: Kristina Michahelles análises arrebatadoras, atentas à história e ao aspecto humano.
Série Stefan Zweig na Zahar Seu texto é dinâmico e enreda o leitor.

Essa edição traz ainda mais de 30 anos de correspondências inédi-


tas entre o autor e Freud, a quem considerava um de seus mestres.
Foi o seu perfil presente nesse livro que tornou célebre o pai da psi-
canálise. A cura pelo espírito inclui também posfácio sobre a rela-
ção entre os dois intelectuais escrito por Alberto Dines, biógrafo
de Zweig e coordenador da série Stefan Zweig na Zahar.

STEFAN ZWEIG (1881-1942), escritor e pensador, é autor de vasta


obra em diversos gêneros. Dele, a Zahar já publicou, entre outros,
Três novelas femininas; Novelas insólitas; Maria Antonieta: retrato de uma
mulher comum; e a Autobiografia: o mundo de ontem. Viveu a efer-
vescência cultural de Viena no começo do séc.XX e foi desde cedo
um pacifista. Judeu, exilou-se após a ascensão de Hitler. Suicidou-se
em Petrópolis (RJ), com a mulher.