Sunteți pe pagina 1din 6

História do Islamismo

Caaba na cidade de Meca: local sagrado dos muçulmanos


Introdução
A religião muçulmana tem crescido nos últimos anos (atualmente é a segunda maior do mundo) e está
presente em todos os continentes. Porém, a maior parte de seguidores do islamismo encontra-se nos países
árabes do Oriente Médio e do norte da África. Assim como as religiões cristãs, a religião muçulmana é
monoteísta, ou seja, crê na existência de apenas um deus, Alá ou Allah (palavra para designar Deus em árabe).
Criada pelo profeta Maomé, a doutrina muçulmana encontra-se no livro sagrado, o Alcorão ou Corão. Foi
fundada na região da atual Arábia Saudita.
Vida do profeta Maomé
Muhammad (Maomé) era da tribo de coraich e nasceu na cidade de Meca no ano de 570. Filho de uma família
de comerciantes, passou parte da juventude viajando com os pais e conhecendo diferentes culturas e religiões.
Aos 40 anos de idade, de acordo com a tradição, recebeu a visita do anjo Gabriel que lhe transmitiu a
existência de um único Deus. A partir deste momento, começa sua fase de pregação da doutrina monoteísta,
porém encontra grande resistência e oposição. As tribos árabes seguiam até então uma religião politeísta, com
a existência de vários deuses tribais.
Maomé começou a ser perseguido e teve que emigrar para a cidade de Medina no ano de 622. Este
acontecimento é conhecido como Hégira e marca o início do calendário muçulmano.
Em Medina, Maomé é bem acolhido e reconhecido como líder religioso. Consegue unificar e estabelecer a paz
entre as tribos árabes e implanta a religião monoteísta. Ao retornar para Meca, consegue implantar a religião
muçulmana que passa a ser aceita e começa a se expandir pela península Arábica.
Reconhecido como líder religioso e profeta, faleceu no ano de 632. Porém, a religião continuou crescendo
após sua morte.
Livros Sagrados e doutrinas religiosas
O Alcorão ou Corão é um livro sagrado que reúne as revelações que o profeta Maomé recebeu do anjo
Gabriel. Este livro é dividido em 114 capítulos (suras). Entre tantos ensinamentos contidos, destacam-se:
onipotência de Deus (Alá), importância de praticar a bondade, generosidade e justiça no relacionamento
social. O Alcorão também registra tradições religiosas, passagens do Antigo Testamento judaico e cristão.
Os muçulmanos acreditam na vida após a morte e no Juízo Final, com a ressurreição de todos os mortos. A
outra fonte religiosa dos muçulmanos é a Suna que reúne os dizeres e feitos do profeta Maomé.
Preceitos religiosos
A Sharia define as práticas de vida dos muçulmanos, com relação ao comportamento, atitudes e alimentação.
De acordo com a Sharia, todo muçulmano deve seguir cinco princípios:
- Aceitar Deus como único e Muhammad (Maomé) como seu profeta;
- Dar esmola (Zakat) de no mínimo 2,5% de seus rendimentos para os necessitados;
- Fazer a peregrinação à cidade de Meca pelo menos uma vez na vida, desde que para isso possua recursos;
- Realização diária das orações;
- Jejuar no mês de Ramadã com objetivo de desenvolver a paciência e a reflexão.
Locais sagrados
Para os muçulmanos, existem três locais sagrados: A cidade de Meca, onde fica a pedra negra, também
conhecida como Caaba. A cidade de Medina, local onde Maomé construiu a primeira Mesquita (templo
religioso dos muçulmanos). A cidade de Jerusalém, cidade onde o profeta subiu ao céu e foi ao paraíso para
encontrar com Moises e Jesus.
Divisões do Islamismo
Os seguidores da religião muçulmana se dividem em dois grupos principais : sunitas e xiitas.
Aproximadamente 85% dos muçulmanos do mundo fazem parte do grupo sunita. De acordo com os sunitas, a
autoridade espiritual pertence a toda comunidade. Os xiitas também possuem sua própria interpretação da
Sharia.
QUESTÕES SOBRE ISLAMISMO

ISLAMISMO
(Livro didático: Projeto Araribá – História – 7.º Ano , páginas 42 e 43, A Arábia e os Árabes)

1) Onde vivem os povos árabes?


Resposta: Os povos árabes são oriundos e vivem na Península Arábica.

2) Qual sua língua e qual a origem desta?


Resposta: Eles falam o árabe que é uma língua semita que tem a mesma origem da língua dos Hebreus.

3) Como podemos dividir geograficamente a Península Arábica?


Resposta: Podemos dividir a Península Arábica em duas partes: uma dominada pelos desertos, dunas e oásis e
outra situada nas regiões costeiras banhadas pelas águas do Mar Vermelho e do Oceano Indico.

4) O que são os oásis?


Resposta: São pequenas áreas servidas de fontes de água que possibilitam desenvolver a agricultura devido à
fertilidade do solo.

5) Como viviam os grupos humanos que habitavam o deserto arábico?


Resposta: Os povos árabes que habitavam o deserto não tinham unidade política; a maioria vivia dispersa,
cada grupo com suas leis e chefes tribais.

6) Como eram chamados esses povos do deserto?


Resposta: Eram denominados Beduínos.

7) Como era a vida dos Beduínos?


Resposta: Eram nômades, viviam andando pelo deserto em grupos armados, controlando a vida dos
agricultores e artesãos dos oásis. Criavam camelos, carneiros e cabras, animais capazes de suportar o clima
quente e seco do deserto.

8) Como eram chamadas as regiões banhadas pelo Mar Vermelho e pelo Oceano Indico pelos romanos?
Resposta: Os romanos chamavam essas regiões de Arábia Feliz (Yemmen, em árabe), pois eram mais
chuvosas e férteis.

9) O que propiciou o fato das regiões litorâneas da Península Arábica serem mais chuvosas e férteis para os
seus habitantes?
Resposta: Possibilitaram um desenvolvimento maior da agricultura e do comércio, além da formação de
vilarejos.

10) Como surgiram as cidades Árabes?


Resposta: Os comerciantes e artesãos que moravam em vilarejos onde se realizavam feiras periodicamente,
com o passar do tempo essas feiras tornaram-se permanentes dando origem às cidades árabes.

11) Qual era a principal atividade econômica praticada nas cidades Árabes?
Resposta: O comércio, pois esses árabes sedentários urbanos trocavam produtos com as grandes caravanas de
comerciantes beduínos, que traziam produtos do Oriente e de várias regiões da Arábia.

12) Como era a religião dos povos árabes até o século VII?
Resposta: A religião destes povos era politeísta e fetichista, acreditavam em deuses que se incorporavam em
pedras ou árvores e que espíritos bons e maus manifestavam-se na forma animal.

13) Qual era o principal centro de culto e peregrinação dos Árabes e o que havia lá para se adorar?
Resposta: Era Meca onde havia um santuário conhecido como Caaba e no interior deste santuário ficavam
centenas de símbolos religiosos tribais entre esses símbolos destacava a Pedra Negra, que segundo a tradição,
era branca, mas escureceu devido aos pecados humanos.

14) Como era Meca?


Resposta: Era uma cidade com intensa prática religiosa que a transformou num grande centro comercial para
todos os povos árabes, estimulando assim, ainda mais a peregrinação para a cidade e também seu
desenvolvimento comercial.

15) Como Meca era comandada?


Resposta: Meca era guardada pelos integrantes da tribo dos coraixitas, que controlavam as atividades
econômicas da cidade.

16) O que é uma Tribo?


Resposta: Grupo formado por um chefe e seus seguidores, ligados a um ancestral comum.

17) O que é um Beduíno?


Resposta: Palavra de origem árabe que significa “aquele que vive no deserto”.

18) O que significa o politeísmo?


Resposta: Crença na existência de mais de um deus.

19) Qual a definição para uma pessoa fetichista?


Resposta: Pessoa que cultua objetos considerados sagrados.

20) Qual animal era muito importante para os beduínos árabes, devido sua resistência ao calor e também por
transportar uma grande quantidade de carga?
Resposta: O Camelo.

ISLAMISMO
NASCIMENTO E A EXPANSÃO DO ISLÃ
(Livro didático: Projeto Araribá – História – 7.º Ano , páginas 44 e 45)

1) Quem foi Maomé?


Resposta: Profeta árabe, criador da doutrina religiosa denominada islamismo.

2) Quando e onde nasceu Maomé?


Resposta: Nasceu na cidade de Meca, por volta do ano de 570.

3) Quando era jovem o que Maomé fazia e o que isso proporcionou a ele?
Resposta: Desde muito jovem Maomé acompanhava as caravanas de comércio com os seus pais o que
proporcionou a ele entrar em contato com diferentes povos.

4) Quais as duas religiões do Oriente Médio que influenciaram Maomé e qual sua principal característica?
Resposta: Maomé entrou em contato com as duas grandes religiões do Oriente Médio: o judaísmo e o
cristianismo, que tinham como característica principal o monoteísmo, ou seja, a crença em um único deus.

5) Como foi que Maomé adotou uma nova doutrina e passou a ser seu propagador?
Resposta: Segundo a tradição no ano de 610 Maomé recebeu uma revelação divina do arcanjo Gabriel, três
anos depois passou a pregar entre os árabes a existência de um único deus: Alá, nome que era usado para
designar um dos deuses locais.

6) Como se passou a chamar a nova religião e o que significa?


Resposta: A nova religião recebeu o nome de islã, palavra de origem árabe que significa “submissão total à
Deus”.
7) Como passaram a se chamar os seguidores da nova doutrina islamita?
Resposta: Muçulmanos

8) O que significa a palavra Muçulmano?


Resposta: Muçulmano deriva do verbo árabe aslama, que quer dizer submetido a Deus.

9) Qual a fonte principal da religião islâmica?


Resposta: O judaísmo, pois segundo a tradição o profeta Maomé seria descendente de Ismael, o primeiro filho
de Abraão, que é o patriarca fundador do judaísmo.

10) Por onde Maomé começou suas peregrinações e quais suas primeiras atitudes?
Resposta: Maomé iniciou sua pregação monoteísta por Meca, que era um centro religioso do mundo árabe e lá
destruiu todos os símbolos divinos tribais que estavam na Caaba, para demonstrar que Alá era o único e
verdadeiro Deus.

11) O que aconteceu com Maomé em Meca?


Resposta: Foi hostilizado pela elite da cidade e pelos seguidores de outros deuses e Maomé teve que fugir em
622.

12) Para onde emigrou Maomé?


Resposta: Em 622, Maomé fugiu para a cidade de Yatrib, que passou se a chamar de Medina nome de origem
árabe que significa a “cidade do profeta”.

13) O que é a Hégira?


Resposta: É o nome como ficou conhecido a fuga do profeta Maomé de Meca para Medina e este marca o
início do calendário muçulmano.

14) O que aconteceu com a doutrina de Maomé em Medina?


Resposta: Em Medina, Maomé, atraiu um grande número de seguidores e aliou-se aos chefes tribais
conseguindo unificar as várias tribos criando um único e grande Estado Árabe.

15) O que é o Alcorão?


Resposta: Livro sagrado do islamismo que contém os ensinamentos transmitidos por Alá à Maomé

16) O que é a Jihad?


Resposta: Na maioria das vezes a palavra “Jihad” é traduzida por guerra santa, porem significa literalmente
“esforço em favor de Deus”. E para os muçulmanos trata-se de assumir o compromisso total com Alá, levando
uma vida de acordo com os preceitos religiosos.

17) Quando Maomé faleceu e qual problema ocorreu com a sua morte?
Resposta: O profeta Maomé morreu em 632 e iniciou uma luta pela sua sucessão, quando os califas passaram
a chefiar os fiéis em meio de grandes disputas.

18) O que significa a palavra Califa em árabe?


Resposta: Significa sucessores do profeta Maomé.

19) Quem foi o escolhido para suceder o profeta Maomé?


Resposta: O escolhido para suceder Maomé foi Abu Bakr, um de seus primeiros seguidores.

20) O que aconteceu após a morte de Abu Bakr?


Resposta: Iniciou-se o califado de Omar (634-644) este foi marcado pelas primeiras conquistas fora da
Península Arábica: a Síria, o Egito, a Pérsia (atual Irã) e a Palestina foram conquistadas pelo Islã.
21) O que foi a dinastia Omíada?
Resposta: A dinastia Omíada (661 – 650) iniciou-se com o quinto califa, e a partir daí o califado passou a ser
hereditário e a capital do império foi transferida de Meca para Damasco, na Síria.

22) Para onde se expandiu o Islã durante a dinastia Omíada?


Resposta: O islã expandiu-se para o Afeganistão, o norte da África e a Península Ibérica, constituindo o
Império Muçulmano.

23) Como foram os avanços dos Árabes na Europa?


Resposta: Após conquistar a península Ibérica os muçulmanos tentaram dominar o restante da Europa, mas
foram barrados na Batalha de Poitiers em 732 pelos exércitos francos comandado por Carlos Martel, avô de
Carlos Magno.

24) Quem sucedeu a dinastia Omíada?


Resposta: No século VIII, a família dos Omíadas foi substituída pela dos Abássidas, que transferiram a capital
para Bagdá e reinou até 1258.

25) Como os muçulmanos tratavam as outras religiões?


Resposta: A conversão forçada ao islã era proibida pelo Alcorão, devido a isso os muçulmanos adotaram
políticas de estímulo à conversão, como oferecer isenção ou diminuição de impostos e facilidades para obter
empréstimos e direitos políticos a outros povos o que impulsionou a conversão em massa dos povos
conquistados.

26) O que aconteceu com o islã após o século X?


Resposta: A partir do século X, o extenso território governado pelos Abássidas começou a enfraquecer
politicamente, com o surgimento de dinastias regionais que favoreceu a invasão dos turcos-otomanos, que
passaram a controlar a parte oriental dos domínios muçulmanos.

ISLAMISMO
ECONOMIA E CULTURA
(Livro didático: Projeto Araribá – História – 7.º Ano , páginas 46, 47 e 48)

1. Os árabes foram grandes navegadores tanto no Mar Mediterrâneo quanto pelo Oceano Indico onde se
apoderaram das principais rotas comerciais marítimas que ligavam o Ocidente e o Oriente. O que essa
situação possibilitou?
Resposta: Possibilitou que os árabes comercializassem as mercadorias mais apreciadas da época: especiarias
da Ásia oriental, pedras preciosas da Índia, seda da China e ouro, escravos e marfim da África.

2. Além do comércio qual era outro destaque econômico dos povos Árabes?
Resposta: Os muçulmanos se destacavam também no artesanato, e seus produtos eram apreciados em todo o
mundo medieval pela qualidade e variedade.

3. Onde era produzido esse artesanato?


Resposta: Nas oficinas artesanais que se concentravam nas cidades e se especializaram na produção de alguns
artigos.

4. Qual era a principal produção artesanal de Bagdá?


Resposta: Vidros, jóias, cerâmicas e sedas.

5. Qual era a principal produção de Toledo na Espanha Moura?


Resposta: Espadas de ferro.

6. Qual era o nome das moedas árabes?


Resposta: Dinar de ouro
7. Quais povos foram assimilados pela cultura árabe?
Resposta: Pelos egípcios, mesopotâmicos, persas que eram povos conquistados, pelos gregos, hindus e
chineses que eram povos que mantinham relações comerciais com os árabes.

8. Quais autores gregos foram traduzidos para o árabe?


Resposta: Platão e Aristóteles.

9. Quais foram os avanços árabes na matemática?


Resposta: Os árabes aprimoraram e difundiram uma criação indiana, os símbolos de 0 a 9, conhecidos como
algarismos indo-arábicos e também contribuíram para desenvolver a álgebra e a aritmética.

10. Como se chamava a química para os árabes e o que quer dizer?


Resposta: Alquimia: em árabe alkimya, estudo de substâncias orgânicas para obter o elixir da longa vida e
estudo dos metais e de suas supostas propriedades de transmutação em ouro.

11. Quais foram as descobertas químicas produzidas pelos árabes?


Resposta: Produziram o álcool e o sabão e novas substâncias como e processos químicos como a extração do
mercúrio, de novas fórmulas para preparar o vidro e o esmalte, as noções sobre ácidos e seus derivados.

12. Quais foram os avanços árabes na medicina?


Resposta: ajudaram a identificar doenças contagiosas e formas de contaminação, fizeram a descoberta sobre a
importância da higiene para a saúde e desenvolveram o conhecimento da Botânica por meio de criação de
hortas medicinais.

13. Qual livro importante foi reunido e escrito pelos árabes?


Resposta: As mil e uma noites.

14. Quais destaques árabes na arquitetura?


Resposta: Deram especial importância às mesquitas (templos), ao palácio (sede do governo) e ao mercado.