Sunteți pe pagina 1din 8

01. (Prof.

Adriano Monteiro - 2018) Os órgãos e entidades de trânsito pertencentes ao Sistema Nacional de Trânsito darão prioridade em
suas ações à defesa da _________ , nela incluída a preservação da saúde e do meio-ambiente.
a) segurança do trânsito
b) paz
c) integridade
d) vida

02. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) É objetivo básico do Sistema Nacional de Trânsito:
a) estabelecer os resultados da Política Nacional de Trânsito, com vistas à segurança, à fluidez, ao conforto, à defesa ambiental e à educação para
o trânsito, e fiscalizar seu cumprimento;
b) fixar, mediante normas e procedimentos, a multiplicação de critérios técnicos, financeiros e administrativos para a execução das atividades de
trânsito;
c) estabelecer a sistemática de fluxos permanentes de informações entre os seus diversos órgãos e entidades, a fim de facilitar o processo decisório
e a integração do Sistema.
d) Reduzir o número de mortes no trânsito.

03. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Em relação aos Conselhos Estaduais de Trânsito (CETRAN), é incorreto afirmar:
a) Seu Presidente é nomeado pelo Governador de cada Estado.
b) O Presidente do CETRAN não deve ter formação em nível superior.
c) O CETRAN deve indicar um representante para compor a comissão examinadora de candidatos portadores de deficiência física à habilitação para
conduzir veículos automotores
d) Possuem competência para normatizar os procedimentos sobre a aprendizagem, habilitação, expedição de documentos de condutores, e registro
e licenciamento de veículos.

04. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Compete aos órgãos executivos de trânsito dos Estados e do DF, exceto:
a) realizar, fiscalizar e controlar o processo de formação, aperfeiçoamento, reciclagem e suspensão de condutores, expedir e cassar Licença de
Aprendizagem, Permissão para Dirigir e Carteira Nacional de Habilitação, mediante delegação do órgão federal competente.
b) vistoriar, inspecionar quanto às condições de segurança veicular, registrar, emplacar, selar a placa, e licenciar veículos, expedindo o Certificado
de Registro e o Licenciamento Anual, mediante delegação do órgão federal competente.
c) credenciar órgãos ou entidades para a execução de atividades previstas na legislação de trânsito, na forma estabelecida em norma do CONTRAN.
d) vistoriar veículos que necessitem de autorização especial para transitar e estabelecer os requisitos técnicos a serem observados para a circulação
desses veículos.

05. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Sobre o Sistema Nacional de Trânsito (SNT) marque o item correto.
a) Todos os Municípios são automaticamente integrados ao SNT.
b) Os órgãos e entidades executivos do Sistema Nacional de Trânsito não poderão celebrar convênio delegando as atividades previstas neste Código.
c) Comprovada, por meio de sindicância, a deficiência técnica ou administrativa ou a prática constante de atos de improbidade contra a fé pública,
contra o patrimônio ou contra a administração pública, o órgão executivo de trânsito da União, mediante aprovação do CONTRAN, assumirá
diretamente ou por delegação, a execução total ou parcial das atividades do órgão executivo de trânsito estadual que tenha motivado a investigação,
até que as irregularidades sejam sanadas.
d) O mandato dos membros do CETRAN e do CONTRANDIFE é de um ano, admitida a recondução.

06. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Não compete ao órgão máximo executivo de trânsito da União:
a) coletar dados estatísticos e elaborar estudos sobre acidentes de trânsito e suas causas
b) proceder à supervisão, à coordenação, à correição dos órgãos delegados, ao controle e à fiscalização da execução da Política Nacional de Trânsito
e do Programa Nacional de Trânsito;
c) apurar, prevenir e reprimir a prática de atos de improbidade contra a fé pública, o patrimônio, ou a administração pública ou privada, referentes à
segurança do trânsito;
d) elaborar e distribuir conteúdos programáticos para a educação de trânsito.

07. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) O trânsito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às seguintes normas:
a) a circulação far-se-á pelo lado direito da via, não admitindo-se exceções.
b) quando uma pista de rolamento comportar várias faixas de circulação no mesmo sentido, são as da direita destinadas ao deslocamento dos
veículos mais lentos e de maior porte, quando não houver faixa especial a eles destinada.
c) o condutor não deverá guardar distância de segurança lateral e frontal entre o seu e os demais veículos
d) os veículos precedidos de batedores terão liberdade de circulação, respeitadas as demais normas de circulação.

08. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Quando veículos, transitando por fluxos que se cruzem, se aproximarem de local não sinalizado, terá
preferência de passagem:
a) no caso de apenas um fluxo ser proveniente de rodovia, aquele que não estiver circulando por ela;
b) no caso de rotatória, aquele que estiver circulando fora dela;
c) no cruzamento entre uma via arterial e uma coletora, aquele que estiver na via arterial;
d) no cruzamento entre uma via local e uma via coletora, aquele que estiver do lado direito do condutor.

09. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação
de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de
urgência e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente, observada a
seguinte disposição:
a) os pedestres, ao ouvir o alarme sonoro, deverão aguardar no passeio, só atravessando a via quando o veículo já tiver passado pelo local.
b) quando os dispositivos estiverem acionados, indicando a proximidade dos veículos, todos os condutores deverão deixar livre a passagem pela
faixa da direita, indo para a esquerda da via e parando, se necessário.
c) o uso de dispositivos de alarme sonoro e de iluminação vermelha intermitente poderá ocorrer quando da iminência de prestação de serviço de
urgência.
d) a prioridade de passagem na via e no cruzamento poderá se dar em alta velocidade, desde que com os devidos cuidados de segurança, obedecidas
as demais normas deste Código.

10. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) O uso de luzes em veículo obedecerá à seguinte determinação:
a) o condutor manterá acesos os faróis do veículo, utilizando luz baixa, durante a noite e durante o dia nos túneis desprovidos de iluminação pública
e nas rodovias.
b) nas vias não iluminadas o condutor sempre deve usar luz alta, exceto ao cruzar com outro veículo ou ao segui-lo;
c) a troca de luz baixa e alta, de forma intermitente e por longo período de tempo, com o objetivo de advertir outros motoristas, só poderá ser utilizada
para indicar a intenção de ultrapassar o veículo que segue à frente ou para indicar a existência de risco à segurança para os veículos que circulam
no sentido contrário;
d) o condutor manterá acesas obrigatoriamente as luzes de posição do veículo quando sob chuva forte, neblina ou cerração.

11. (2016/REIS & REIS/Prefeitura de Cipotânea/MG – Motociclista) De acordo com o art. 54 da Lei nº 9.503/97, Os condutores de motocicletas,
motonetas e ciclomotores só poderão circular nas vias:
I/utilizando capacete de segurança, com viseira ou óculos protetores;
II/segurando o guidom com as duas mãos;
III/usando vestuário de proteção, de acordo com as especificações do CONTRAN.
Marque a alternativa correta:
a) Apenas as afirmativas, I e II estão corretas.
b) Apenas as afirmativas, I e III estão corretas.
c) Apenas as afirmativas, II e III estão corretas.
d) Todas as afirmativas estão corretas.

12. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) As provas ou competições desportivas, inclusive seus ensaios, em via aberta à circulação, só poderão
ser realizadas mediante prévia permissão da autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via e dependerão de:
a) autorização escrita da respectiva confederação desportiva ou de entidades estaduais a ela filiadas.
b) caução ou fiança para cobrir possíveis danos materiais à via.
c) contrato de seguro contra riscos e acidentes em favor do órgão ou autoridade.
d) posterior recolhimento do valor correspondente aos custos operacionais em que o órgão ou entidade permissionária incorreu.

13. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) É vedado ao motorista profissional dirigir por mais de 5 (cinco) horas e meia ininterruptas veículos de
transporte rodoviário coletivo de passageiros ou de transporte rodoviário de cargas. Sobre o assunto, marque a alternativa correta:
a) Serão observados 30 (trinta) minutos para descanso a cada 6 (seis) horas na condução de veículo de transporte de carga, sendo facultado o seu
fracionamento e o do tempo de direção desde que não ultrapassadas 5 (cinco) horas e meia contínuas no exercício da condução.
b) Serão observados 30 (trinta) minutos para descanso dentro de cada 4 (quatro) horas na condução de veículo rodoviário de passageiros, sendo
facultado o seu fracionamento e o do tempo de direção.
c) Em situações excepcionais de inobservância justificada do tempo de direção, devidamente registradas, o tempo de direção poderá ser elevado
pelo período necessário para que o condutor, o veículo e a carga cheguem a um lugar que ofereça a segurança e o atendimento demandados, desde
que não haja comprometimento da segurança rodoviária.
d) O condutor somente iniciará uma viagem após o cumprimento integral do primeiro intervalo de descanso de 6 horas ininterruptas.

14. (Adriano Monteiro - 2018) Assinale o item incorreto, de acordo com o CTB.
a) Nenhum veículo ou combinação de veículos poderá transitar com lotação de passageiros, com peso bruto total, ou com peso bruto total combinado
com peso por eixo, superior ao fixado pelo fabricante, nem ultrapassar a capacidade máxima de tração da unidade tratora.
b) Os veículos de transporte coletivo de passageiros poderão ser dotados de pneus extralargos.
c) O Contran regulamentará o uso de pneus extralargos para os demais veículos.
'd) Ao veículo ou combinação de veículos utilizado no transporte de carga indivisível, que não se enquadre nos limites de peso e dimensões
estabelecidos pelo CONTRAN, poderá ser concedida, pela autoridade com circunscrição sobre a via, autorização especial de trânsito, com prazo
certo, válida por 60 dias, atendidas as medidas de segurança consideradas necessárias.

15. (Adriano Monteiro - 2018) Somente poderá transitar pelas vias terrestres o veículo cujo peso e dimensões atenderem aos limites estabelecidos
pelo CONTRAN. Assinale o item incorreto quanto ao tema.
a) Ao veículo ou combinação de veículos utilizado no transporte de carga indivisível, que não se enquadre nos limites de peso e dimensões
estabelecidos pelo CONTRAN, poderá ser concedida, pela autoridade com circunscrição sobre a via, autorização especial de trânsito, com prazo
certo, válida para cada viagem, atendidas as medidas de segurança consideradas necessárias.
b) A autorização será concedida mediante requerimento que especificará as características do veículo ou combinação de veículos e de carga, o
percurso, a data e o horário do deslocamento inicial.
c) A autorização não exime o beneficiário da responsabilidade por eventuais danos que o veículo ou a combinação de veículos causar à via ou a
terceiros.
d) Aos guindastes autopropelidos ou sobre caminhões poderá ser concedida, pela autoridade com circunscrição sobre a via, autorização especial de
trânsito, com prazo de doze meses, atendidas as medidas de segurança consideradas necessárias.

16. (Adriano Monteiro – 2018) No que concerne à habilitação, assinale a assertiva correta.
a) O candidato à habilitação deverá submeter-se a exames realizados pelo órgão executivo de trânsito, sendo eles: exame de aptidão física e mental;
exame escrito, sobre legislação de trânsito; exame de noções de primeiros socorros; exame de direção veicular, realizado na via pública, em veículo
da categoria para a qual estiver habilitando-se.
b) Para habilitar-se nas categorias D e E ou para conduzir veículo de transporte coletivo de passageiros, de escolares, de emergência ou de produto
perigoso, o candidato deverá ser maior de vinte e um anos, bem como ser aprovado em curso especializado e em curso de treinamento de prática
veicular em situação de risco, nos termos da normatização do CONTRAN. Para habilitar-se na categoria E é necessário ter no mínimo um ano de
habilitação na categoria D.
c) O trator de roda, o trator de esteira, o trator misto ou o equipamento automotor destinado à movimentação de cargas ou execução de trabalho
agrícola, de terraplenagem, de construção ou de pavimentação podem ser conduzidos na via pública por condutor habilitado nas categorias B, C, D
ou E.
d) Os exames de habilitação, exceto os de direção veicular, poderão ser aplicados por entidades públicas ou privadas credenciadas pelo órgão
executivo de trânsito dos Estados e do Distrito Federal, de acordo com as normas estabelecidas pelo CONTRAN. Ao candidato aprovado nos exames
para obter a habilitação, será conferida Permissão para Dirigir, com validade de dois anos.

17. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) O condutor que transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 50% estará cometendo uma
infração ______________, com penalidades de multa (3x), ___________ e apreensão do documento de habilitação.
Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas.

a) Grave / suspensão
b) Média / remoção
c) Gravíssima / suspensão
d) Gravíssima / suspensão imediata do direito de dirigir

18. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) São consideradas infrações médias, exceto:
a) Ter seu veículo imobilizado na via por falta de combustível.
b) Estacionar o veículo nas esquinas e a menos de cinco metros do bordo do alinhamento da via transversal.
c) Seguir veículo em serviço de urgência, estando este com prioridade de passagem devidamente identificada por dispositivos regulamentares de
alarme sonoro e iluminação vermelha intermitentes.
d) Parar o veículo afastado da guia da calçada (meio-fio) a mais de um metro.
19. (Professor Adriano Monteiro - 2018) É uma infração grave:
a) Transitar pela contramão de direção em vias com sinalização de regulamentação de sentido único de circulação.
b) Transportar criança de 5 anos em veículo automotor, sem utilizar o dispositivo de retenção.
c) Dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança.
d) Transitar com o veículo na faixa ou pista da esquerda, regulamentada como de circulação exclusiva para determinado tipo de veículo.

20. [UNILAVRAS – MOTORISTA – PREF. ITAMBÉ DO MATO/MG – 2018]. De acordo com o Art. 162, em seu inciso III, do CTB, dirigir veículo com
Carteira Nacional de Habilitação ou Permissão para Dirigir de categoria diferente daquela do veículo que esteja conduzindo constitui infração, sendo
o condutor punido com
A) infração gravíssima, multa de 5x e remoção do veículo.
B) infração gravíssima, multa de 2x e retenção do veículo até a apresentação de condutor habilitado.
C) infração grave, multa de 2x e retenção do veículo até a apresentação de condutor habilitado.
D) infração grave, multa de 5x e remoção do veículo.

21. (2014/IDECAN/DETRAN-RO/Agente de trânsito) "Dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine
dependência." Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, é INCORRETO afirmar que
a) constitui infração gravíssima.
b) em caso de reincidência no período de 12 meses aplica-se em dobro a multa prevista.
c) a penalidade aplicável é de multa (10 vezes) e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.
d) a medida administrativa é de recolhimento do documento de habilitação e retenção do veículo.
e) em caso de reincidência no período de 12 meses aplica-se a penalidade de suspensão por 24 meses.

22. (Professor Adriano Monteiro - 2018) Forçar passagem entre veículos que, transitando em sentidos opostos, estejam na iminência de passar um
pelo outro ao realizar operação de ultrapassagem:
a) É infração gravíssima, com multa multiplicada por 5.
b) É punida com suspensão por 12 meses.
c) Aplica-se em dobro a multa prevista em caso de reincidência no período de até 12 (doze) meses da infração anterior.
d) Em caso de reincidência no período de 12 meses aplica-se a penalidade de cassação da CNH.

23. (Prof. Adriano Monteiro – 2018) São circunstâncias que sempre agravam as penalidades dos crimes de trânsito quando o condutor do veículo
tiver cometido a infração,
a) Trafegando sobre o acostamento.
b) com dano potencial para duas ou mais pessoas ou com qualquer risco de dano patrimonial a terceiros.
c) quando a sua profissão ou atividade exigir cuidados especiais com o transporte de passageiros ou de carga.
d) utilizando o veículo com placas com dimensões erradas.
e) com a permissão para dirigir ou a Carteira de Habilitação vencida.

24. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Joaquim é motorista e dirigia seu veículo sob forte chuva. Ao se deparar com um pedestre desavisado, atropelou-
o, causando sua morte. Considere as situações a seguir:
I. pedestre estar na faixa de pedestres ou calçada;
II. motorista não ter prestado socorro à vítima;
III. motorista com Carteira de Habilitação de categoria diferente;
IV. pedestre ter atravessado a rua fora da faixa;
V. motorista ter como profissão a condução de veículo de transporte de passageiros.

A pena aplicável seria aumentada em um terço nos seguintes contextos apresentados:


a) I, II e V;
b) I e II;
c) II, III e IV;
d) II, III e V;
e) III, IV, V.

25. (Prof. Adriano Monteiro – 2018) O registrador instantâneo e inalterável de velocidade e tempo (tacógrafo) é obrigatório, exceto:
a) Para veículos que transportam escolares.
b) Para veículos de passageiros com capacidade a partir de 10 lugares.
c) Para veículos de carga com PBT superior a 4.536 kg.
d) Para tratores que desenvolvam velocidade acima de 60 km/h.

26. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Quanto aos equipamentos obrigatórios exigidos aos veículos automotores, é sabido que o registrador instantâneo
inalterável de velocidade e tempo, conhecido como tacógrafo, é obrigatório para veículos de transporte de passageiros com mais de 10 lugares.
Assinale o item que representa uma exceção a essa regra:
a) veículo misto, não registrado na categoria aluguel e que não realizem transporte remunerado de pessoas
b) somente veículos de transporte de passageiros, registrados na categoria particular, mesmo que realizem transporte remunerado de pessoas
c) veículos de transporte de uso misto, somente, registrados na categoria particular e que não realizem transporte remunerado de pessoas
d) veículos de transporte de passageiros ou de uso misto, registrados na categoria particular e que não realizem transporte remunerado de pessoas

27. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) O veículo será identificado obrigatoriamente por caracteres gravados no chassi ou no monobloco, reproduzidos
em outras partes, conforme dispuser o CONTRAN. Com base na Resolução nº 24/98 e atualizações, marque a alternativa INCORRETA:
a) A gravação será realizada pelo órgão executivo de trânsito dos Estados ou do Distrito Federal, de modo a identificar o veículo, seu fabricante e as
suas características, além do ano de fabricação, que não poderá ser alterado.
b) A gravação do número de identificação veicular (VIN) no chassi ou monobloco, deverá ser feita, no mínimo, em um ponto de localização.
c) Além da gravação no chassi ou monobloco, os veículos serão identificados, no mínimo, com os caracteres VIS (número sequencial de produção)
distribuídos em algumas partes do veículo.
d) Nos veículos reboques e semirreboques, as gravações serão feitas, no mínimo, em dois pontos do chassi.

28. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Julgue os itens a seguir de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro de suas resoluções.
I - os tratores, os veículos protótipos utilizados exclusivamente para competições esportivas e as viaturas militares operacionais das Forças Armadas
não estão sujeitos à identificação por VIN, VIS e demais disposições da Resolução nº 24/98.
II – Os veículos militares estão dispensados do uso de dispositivos retrorrefletivos
III – Os veículos bélicos devem ser identificados somente por placa traseira, sendo dispensado de lacre.

Estão corretos os itens:

a) II e III, apenas.
b) I e III, apenas.
c) I e II, apenas.
d) III, apenas.

29. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) De acordo com a resolução 168/04 e suas alterações, análise as afirmativas a seguir sobre a carga horária das
aulas práticas de direção veicular.

I- Para obtenção da CNH na categoria "A": mínimo de 20 h/a, das quais 4 no período noturno.
II- Para obtenção da CNH na categoria "B" mínimo de 20 h/a em veículo de aprendizagem, das quais 4 no período noturno e mais 5 h/a no simulador,
das quais 1 com conteúdo noturno.
III- Para obtenção da ACC: mínimo de 20 h/a, das quais 4 no período noturno.

Estão corretos os itens:


a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) Todos os itens estão corretos.

30. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) No processo de habilitação de condutor, a Avaliação Psicológica será exigida quando da:
a) renovação da ACC e da CNH.
b) somente na obtenção, caso o condutor exerça serviço remunerado de transporte de pessoas ou bens.
c) adição e mudança de categoria;
d) por solicitação do perito examinador.

31. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Na Instrução e no Exame de Direção Veicular para candidatos às categorias “B”, C”, “D” e “E”, deverão ser
atendidos os seguintes requisitos, exceto:
a) Categoria “B” – veículo motorizado de quatro rodas, excetuando-se o quadriciclo;
b) Categoria “C” – veículo motorizado utilizado no transporte de carga, registrado com Peso Bruto Total (PBT) de, no mínimo, 6.000 kg;
c) Categoria “D” – veículo motorizado utilizado no transporte de passageiros, registrado com capacidade mínima de dez lugares;
d) Categoria “E” – combinação de veículos, cujo caminhão trator deverá ser acoplado a um reboque ou semirreboque, registrado com Peso Bruto
Total (PBT) de, no mínimo, 6.000kg ou veículo articulado cuja lotação exceda a vinte lugares.

32. (Prof. Adriano Monteiro – 2018) Sobre requisitos para os vidros de segurança e critérios para aplicação de inscrições, pictogramas e películas
nas áreas envidraçadas dos veículos automotores, assinale o item correto.
a) A verificação dos índices de transmitância luminosa será realizada pelo agente, sem a necessidade de equipamento.
b) A transmissão luminosa não poderá ser superior a 75% para os vidros incolores dos pára-brisas e 70% para os pára-brisas coloridos e demais
vidros indispensáveis à dirigibilidade do veículo. Para os vidros que não interferem nas áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do veículo
a transparência não poderá ser inferior a 28%.
c) Fora das áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do veículo, a aplicação de inscrições, pictogramas ou painéis decorativos de qualquer
espécie será permitida, desde que o veículo possua espelhos retrovisores externos direito e esquerdo e que sejam atendidas a transparência de no
mínimo 28%.
d) É permitida a aplicação de películas refletivas nas áreas envidraçadas do veículo, desde que haja autorização da autoridade de trânsito.

33. (Prof. Adriano Monteiro – 2018) Sobre a modificação de veículos, marque a alternativa incorreta.
a) Nos veículos com PBT até 3.500 kg, a suspensão poderá ser fixa ou regulável.
b) Nos veículos com PBT até 3.500 kg, a altura mínima permitida para circulação deve ser maior ou igual a 100 mm, medidos verticalmente do solo
ao ponto mais baixo da carroceria ou chassi.
c) Nos veículos com PBT até 3.500 kg, o conjunto de rodas e pneus não poderá tocar em parte alguma do veículo quando submetido ao teste de
esterçamento.
d) É permitida a adaptação de 4º eixo em caminhão, salvo quando se tratar de eixo direcional ou autodirecional.

34. (Prof. Adriano Monteiro – 2018) Serão consideradas alterações de cor aquelas realizadas através de pintura ou adesivamento em área superior
a ___ % do veículo, ________ as áreas envidraçadas. Será atribuída a cor _______quando for impossível distinguir uma cor predominante no veículo.

a) 30; inclusive; neutra


b) 50; excluídas; fantasia
c) 50; inclusive; indefinida
d) 70; excluídas; indefinida

35. (Prof. Adriano Monteiro – 2018) Sobre as placas de identificação dos veículos, assinale o item incorreto:
a) Todos veículos fabricados a partir de 01/04/2012 deverão utilizar placas e tarjetas com películas refletivas.
b) Os veículos com placas de identificação em desacordo com as especificações de dimensão, película refletiva, cor e tipologia deverão adequar-
se quando ocorrer alguma das hipóteses de expedição de novo CRV.
c) É possível haver a redução do comprimento da placa em até 15%, observadas disposições do CONTRAN.
d) Os veículos da categoria particular tem as cores cinza no fundo e preto nos caracteres e podem ser utilizados por veículos oficiais quando
estritamente usados em serviço reservado de caráter policial.

36. (UECE – Prefeitura de Tianguá) No que diz respeito ao transporte de crianças, é correto afirmar que
a) a Resolução 277 estabelece que crianças menores devem ocupar o banco traseiro dos veículos de passeio.
b) nos veículos apenas com bancos dianteiros, apenas crianças maiores de 7 anos podem ser transportadas.
c) de acordo com o Artigo 168 do CTB, a condução de crianças fora do que estabelece a legislação é infração gravíssima, com multa e retenção do
veículo até sanar a irregularidade.
d) quando o número de crianças exceder a lotação do banco traseiro, a de maior estatura deverá ocupar o banco da frente.

37. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) A respeito da resolução nº 356/10, marque o item verdadeiro.

a) Os veículos tipo motocicleta ou motoneta, quando autorizados pelo poder concedente para transporte remunerado de cargas (motofrete) e de
passageiros (mototáxi), deverão ser registrados pelo Órgão Executivo de Trânsito do Município.
b) Os veículos tipo motocicleta ou motoneta, quando autorizados pelo poder concedente para transporte remunerado de cargas (motofrete) e de
passageiros (mototáxi), deverão ser registrados na categoria de particular.
c) Os veículos tipo motocicleta ou motoneta, quando autorizados pelo poder concedente para transporte remunerado de cargas (motofrete) e de
passageiros (mototáxi) deverão ter dispositivo de proteção para pernas e motor em caso de tombamento do veículo (protetor mata-cachorro);
dispositivo aparador de linha, fixado no guidon do veículo; e dispositivo de fixação permanente ou removível, devendo, em qualquer hipótese, ser
alterado o registro do veículo para a espécie passageiro ou carga, conforme o caso, vedado o uso do mesmo veículo para ambas as atividades.
d) A capacidade máxima de tração desses veículos não deverá constar no Certificado de Registro (CRV) e no Certificado de Registro e Licenciamento
do Veículo (CRLV).

38. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Sobre a resolução 356/10, marque o item INCORRETO.

a) Os veículos tipo motocicleta ou motoneta, quando autorizados pelo poder concedente para transporte remunerado de cargas (motofrete) e de
passageiros (mototáxi) serão submetidos a inspeção semestral para verificação dos equipamentos obrigatórios e de segurança.
b) Para o exercício das atividades transporte remunerado de cargas (motofrete) e de passageiros (mototáxi) o condutor deverá ter, no mínimo, vinte
e dois anos de idade; possuir habilitação na categoria “A”, por pelo menos três anos; ser aprovado em curso especializado, na forma regulamentada
pelo CONTRAN; estar vestido com colete de segurança dotado de dispositivos retrorrefletivos.
c) Para o exercício da atividade de mototáxi o condutor deverá apresentar certidão negativa do registro de distribuição criminal relativamente aos
crimes de homicídio, roubo, estupro e corrupção de menores, renovável a cada cinco anos.
d) O condutor e o passageiro deverão utilizar capacete motociclístico, com viseira ou óculos de proteção.

39. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Quanto aos procedimentos a serem adotados pelas autoridades de trânsito e seus agentes na fiscalização do
consumo de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência, marque a alternativa correta:
a) Os sinais de alteração da capacidade psicomotora somente poderão ser verificados por exame clínico com laudo conclusivo e firmado por médico
perito.
b) Para confirmação da alteração da capacidade psicomotora pelo agente da Autoridade de Trânsito, deverá ser considerado não somente um sinal,
mas um conjunto de sinais que comprovem a situação do condutor.
c) A infração prevista no art. 165 do CTB poderá ser caracterizada por exames realizados por laboratórios especializados, indicados pelo órgão ou
entidade de trânsito competente ou pela Polícia Judiciária.
d) O documento de habilitação será recolhido pelo agente, mediante recibo, ficando sob custódia do órgão ou entidade de trânsito responsável pela
autuação por no máximo 10 dias, quando será encaminhada ao órgão executivo de trânsito responsável pelo seu registro, caso o condutor não
compareça para buscá-lo.

40. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) A respeito da resolução nº 453/13, marque o item verdadeiro.

a) É obrigatório, para circular nas vias públicas, o uso de capacete motociclístico, certificado pelo INMETRO, somente pelo condutor de motocicleta,
motoneta, ciclomotor, triciclo motorizado e quadriciclo motorizado,devidamente afixado à cabeça pelo conjunto formado pela cinta jugular e engate,
por debaixo do maxilar inferior.
b) Fica proibido o uso de óculos de sol, óculos corretivos de forma singular, em substituição aos óculos de proteção.
c) Quando o veículo estiver em circulação, a viseira deverá estar posicionada de forma a dar proteção total ao rosto do usuário.
d) É permitida a aposição de película na viseira do capacete e nos óculos de proteção.

41. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Marque o item incorreto quanto ao CTB e Resoluções do CONTRAN:
a) O agente da autoridade de trânsito competente para lavrar o auto de infração de trânsito (AIT) poderá ser servidor civil, estatutário ou celetista ou,
ainda, policial militar designado pela autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via no âmbito de sua competência.
b) Para que possa exercer suas atribuições como agente da autoridade de trânsito, o servidor ou policial militar deverá ser credenciado, estar
devidamente uniformizado, conforme padrão da instituição, e no regular exercício de suas funções.
c) O veículo utilizado na fiscalização de trânsito poderá não estar caracterizado.
d) O agente de trânsito, ao constatar o cometimento da infração, lavrará o respectivo auto e aplicará as medidas administrativas cabíveis.

42. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Quanto ao Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito, marque a alternativa correta:
a) É permitida lavratura do AIT por solicitação de terceiros, desde que este seja servidor do mesmo órgão.
b) O AIT traduz um ato vinculado na forma da Lei, não havendo discricionariedade com relação a sua lavratura.
c) O agente poderá registrar até duas infrações por auto
d) Mesmo no caso da constatação de infrações em que os códigos infracionais possuam a mesma raiz (os três primeiros dígitos), deverão ser
lavrados tantos autos de infração forem necessários.

43. (Prof. Adriano Monteiro - 2018) Excetuam-se dos ruídos proibidos pela Resolução nº 624 os produzidos por:
I- buzinas, alarmes, sinalizadores de marcha-à-ré, sirenes, pelo motor e demais componentes obrigatórios do próprio veículo;
lI- veículos prestadores de serviço com emissão sonora de publicidade, divulgação, entretenimento e comunicação, mesmo que não estejam portando
autorização emitida pelo órgão ou entidade local competente; e
III- veículos de competição e os de entretenimento público, mesmo fora dos locais de competição ou de apresentação devidamente estabelecidos e
permitidos pelas autoridades competentes.

Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)


a) I
b) III
c) I e II.
d) I e III.

44. (Prof. Adriano Monteiro – 2018) A resolução 471/13 regulamenta a fiscalização de trânsito por vídeo monitoramento. A respeito do tema, marque
o item correto.
a) A autoridade ou o agente da autoridade de trânsito não poderão autuar condutores e veículos de forma remota.
b) Os condutores cujas infrações por descumprimento das normas gerais de circulação e conduta tenham sido detectadas “online” por esses sistemas
serão autuados.
c) A fiscalização de trânsito mediante sistema de vídeo monitoramento somente poderá ser realizada nas vias que estejam devidamente sinalizadas
para esse fim.
d) É possível realizar a fiscalização remota através de gravação. A autoridade ou o agente da autoridade de trânsito, responsável pela lavratura do
auto de infração, deverá informar no campo “observação” a forma com que foi constatado o cometimento da infração.

45. (Prof. Adriano Monteiro – 2018) Concluído o processo administrativo com a comprovação da existência de veículo dublê ou clone, deverá o órgão
executivo de trânsito dos estados ou do Distrito Federal:

a) inserir os caracteres “CL” ao final do VIN e do número de motor no registro do veículo original e criar novo registro no Sistema RENAVAM para o
veículo original, com as mesmas informações do registro anterior, exceto pelos caracteres CL nas 2 últimas posições do VIN e do número do motor,
gerando nova PIV e mantendo o número do RENAVAM;
b) realizar novo emplacamento do veículo original, com a nova PIV e retirar os dados do proprietário do registro cujo VIN termine em CL, incluindo
no campo relativo à propriedade a expressão “Registro de veículo clone”.
c) anotar a restrição administrativa “Baixa por clonagem” no registro cujo VIN termine em CL;
d) realizar a “suspensão por clonagem” do registro do veículo cujo VIS termine em CL.