Sunteți pe pagina 1din 10

Lista de exercícios – Introdução a Economia

Direito (Diurno) – 2018/1


Microeconomia

Capítulos do Mankiw que cairão na prova:


Cap. 1 – Dez princípios de economia,
Cap. 4 – As forças de mercado da oferta e da demanda,
Cap. 5 – Elasticidade e sua aplicação,
Cap. 6 – Oferta, demanda e políticas do governo,
Cap. 7 – Consumidores, produtores e eficiência dos mercados,
Cap. 8 – Aplicação: os custos da tributação,
Cap. 10 – Externalidades,
Cap. 11 – Bens públicos e recursos comuns,
Cap. 13 – Os custos de produção,
Cap. 14 – Empresas em mercados competitivos,
Cap. 15 – Monopólio,
Cap. 16 – Competição monopolística,
Cap. 17 – Oligopólio,
Cap. 18 – Os mercados de fatores de produção.
É muita coisa, mas não se desesperem. No final tudo vai dar certo.
1. Avalie as questões em verdadeiro (V) ou falso (F):
a) ( ) Receita Marginal é o aumento nos lucros da empresa decorrente da venda de uma unidade
de produto a mais.
b) ( ) Custo Marginal é o aumento nos custos da empresa decorrente do aumento da produção
em uma unidade.
c) ( ) A empresa maximiza o lucro no ponto em que o lucro marginal se iguala à receita marginal.
d) ( ) Em mercados competitivos o preço é igual à receita marginal.
e) ( ) O preço de uma empresa monopolista é maior que o de uma empresa de um mercado
competitivo.
f) ( ) O monopolista pode aumentar seus preços indeterminadamente.
g) ( ) Um aumento na renda dos consumidores desloca a curva de demanda.
h) ( ) Uma alteração tecnológica não desloca a curva de oferta.
i) ( ) O equilíbrio no mercado livre maximiza o bem-estar apenas dos compradores.
j) ( ) A preocupação recente com a boa forma física multiplica o número de academias de
ginástica contribuindo, assim, para deslocar a demanda de equipamentos de musculação para baixo
e para esquerda.
k) ( ) Se os consumidores enxergassem o consumo de manteiga e pão francês como de
complementariedade perfeita, caso o preço do pão subisse, a demanda por manteiga também
subiria.
l) ( ) No curto prazo, para uma firma que opere em concorrência perfeita, a condição para a
maximização dos lucros, de que a receita marginal seja igual ao custo marginal, impõe lucros
econômicos nulos ao produtor.
m) ( ) Se a quantidade demandada de um bem diminui quando seu preço cai, o bem é inferior.
n) ( ) O custo fixo médio sempre decresce à medida que a produção aumenta.
o) ( ) Uma curva de demanda vertical é perfeitamente elástica.
2. Defina externalidade positiva e externalidade negativa e dê exemplos.
3. Por que geralmente os turistas apresentam curva de demanda de restaurantes mais inelástica que a dos
moradores de uma cidade?
4. Por que, no caso de muitas mercadorias, a elasticidade-preço da oferta e demanda de longo prazo é
maior do que a de curto prazo?
5. Para cada um dos pares de bens abaixo, qual dos dois bens você espera que tenha demanda mais
elástica e por quê?
a) Jeans da marca Levis ou roupas.
b) Cigarro durante a próxima semana ou cigarros durante os próximos cinco anos.
c) Insulina ou Advil (um analgésico).
d) Viagem a negócios ou viagem de férias.
6. Durante os últimos 30 anos, os avanços tecnológicos vêm reduzindo o custo dos chips de computador.
Como isso pode ter afetado o mercado de computadores? O mercado de softwares? O mercado de máquinas
de escrever?
7. Suponha o seguinte mercado competitivo:
Preço (R$) Demanda Oferta
20 28 10
40 26 12
60 24 14
80 20 16
100 18 18
120 16 20
a) Quais são o preço e quantidade de equilíbrio?
b) Suponha que o governo estabeleça um preço teto de $80. Haverá escassez ou excesso de oferta? Em
caso afirmativo, qual será a dimensão?
8. Explique por que os economistas normalmente se opõem aos controles de preços?
9. Diferencie bens substitutos de bens complementares, dê um exemplo para cada tipo de bem.
10. A demanda por cerveja é mais elástica do que a demanda por leite. Qual dos impostos teria maior peso
morto: um imposto sobre a cerveja ou um imposto sobre o leite? Por quê?
11. Explique o que é preço máximo, preço mínimo. Quando o preço máximo tem efeito? Quando o preço
mínimo não surte efeito?
12. Melissa compra um iPod por $100 e tem um excedente do consumidor de $80.
a) Qual é a sua disposição para pagar esse preço?
b) Se ela tivesse comprado o iPod quando estava em oferta, por $70, qual teria sido seu excedente do
consumidor?
c) Se o preço de um iPod fosse $200, qual teria sido seu excedente do consumidor?
13. Certo mercado é caracterizado pelas seguintes funções de demanda (D) e oferta (O), onde Q é a
quantidade e P o preço do bem: QO = -900 + 30PO e QD = 1600 - 20PD.
a) Considerando que este mercado é de livre concorrência, quais seriam o preço e quantidade de
equilíbrio?
b) Se o Governo resolver estabelecer o preço a R$ 35,00, como se dará este novo equilíbrio de mercado?
14. O gráfico abaixo ilustra a situação de equilíbrio de um mercado competitivo. Identifique a curva de
oferta e a curva de demanda. Com base na estrutura de incentivos dos agentes, explique a inclinação de
cada curva e explique o mecanismo da mão invisível. Explique como uma empresa competitiva determina o
nível de produção.

15. Suponha as curvas de oferta e demanda de uma mercadoria X sejam dadas, respectivamente, por QO =
2 + 0,1PO e QD = 5 – 0,2PD. Calcule a quantidade e preço de equilíbrio.
16. Explique o que é um trade-off em duas linhas, e explique por que explicar o que é um trade-off, em duas
linhas, é um trade-off.
17. Classifique os seguintes mercados como perfeitamente competitivos, monopolistas ou
monopolisticamente competitivos. Explique suas respostas.
a) Lápis n°2.
b) Cobre.
c) Serviço telefônico local.
d) Creme de amendoim.
e) Batom.
18. Leia atentamente a reportagem abaixo:
A seca compromete segunda safra do milho no Estado de Mato Grosso, perdas chegam a 28%
“A quebra do milho segunda safra já chega aos 28,03% e pode “derrubar” a produção em pelo menos 6,1
milhões de toneladas no Estado. A previsão de queda na produção tem como base a safra anterior,
2014/2015. A forte estiagem é a grande responsável pela quebra, a considerada a maior dos últimos 20 anos.
Os dados são referentes à 4 estimativa de safra 2015/2016 divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia
e Estatística (IBGE). O estudo aponta que a produção deve cair em 15,7 milhões de toneladas, bem abaixo
das 21,8 colhidas no ciclo passado. O estrago causado pela seca é maior do que o previsto e em diversas
áreas o cereal apresenta baixíssima produtividade. A previsão era colher ao menos 80 sacas por hectares,
entretanto, o número não chegou a 70.”
a) Descreva o que acontecerá no mercado deste produto, ou seja, como fica o preço após esta notícia?
Qual curva se deslocará (oferta ou demanda)? (Ignore aspectos relativos a elasticidade e considere o
mercado de competição perfeita, inicialmente em equilíbrio.)
b) Esboce graficamente este choque.
19. O teorema de Coase determina que: “Se os agentes envolvidos em um problema de externalidades
puderem negociar sem custos de transação e a partir de direitos de propriedade bem definidos pelo Estado,
estes poderão chegar a um acordo em que as externalidades serão internalizadas e o problema será
resolvido no âmbito privado, de forma eficiente”. Explique o que é um custo de transação. Dê um exemplo.
20. Considere que a quantidade ofertada do bem x (qx) dependa do preço do próprio bem (px) mas é função,
também, do preço do bem y (py) e da renda do indivíduo (R), de acordo com a seguinte equação:
qx = 30 – 1,5px + 0,8py + 10R
a) O bem y é complementar ou substituto de x?
b) O bem x é normal ou inferior?
21. A partir do que foi apresentado nas aulas, referente ao capítulo 11 do Mankiw, dividimos os bens em
quatro categorias utilizando os conceitos de exclusão e rivalidade: Bens privados (excludentes e rivais),
monopólios naturais (excludentes e não rivais), recursos comuns (não excludentes e rivais) e bens públicos
(não excludentes e não rivais). Pensando a respeito dos exemplos apresentados em sala, relativos a uma
estrada, qual das seguintes alternativas pode ser definida como um bem público (JUSTIFIQUE sua escolha,
de forma CONCISA):
a) Uma estrada com pedágio e congestionada.
b) Uma estrada sem pedágio e congestionada
c) Uma estrada sem pedágio e não congestionada
d) Uma estrada com pedágio e não congestionada
e) Nenhuma das alternativas esta correta.
22. Uma curva de indiferença é:
a) Uma representação gráfica dos pontos que representam combinações de bens que propiciam a
mesma satisfação
b) Uma representação gráfica dos pontos que representam combinações ótimas de fatores de produção
c) Uma representação gráfica dos pontos dos diversos níveis de satisfação
d) Uma representação gráfica dos diversos níveis de produção
23. A Lei da Demanda estabelece que:
a) Os produtores aumentam a quantidade ofertada de um bem quando seu preço aumenta, coeteris
paribus.
b) Existe uma relação inversa entre o preço de um bem e a quantidade demandada desse bem, coeteris
paribus.
c) O preço e a quantidade demandada são diretamente relacionados, coeteris paribus.
d) Os preços de um bem sobem quando a quantidade demandada desse bem aumenta, coeteris paribus.
24. Uma curva de demanda por um bem normal desloca-se para a esquerda quando:
a) Há uma diminuição da renda.
b) Há um aumento da renda.
c) Há uma queda do preço do bem complementar.
d) Há um aumento do preço do bem substituto.
25. O longo prazo:
a) É o período de tempo em que a firma não pode fazer previsões de produção por causa da possível
mudança nas preferências dos consumidores.
b) É o período de tempo em que os gostos e preferencias dos consumidores são fixos.
c) É o período de tempo em que a firma pode variar todos os fatores de produção.
d) É o período de tempo superior a 10 anos.
26. Um administrador de empresas trabalhava em uma firma em período integral, ganhando R$100.000,00
por ano. Entretanto, resolveu abrir seu próprio escritório de consultoria. No primeiro ano sua receita foi de
R$200.000,00, ao passo que suas despesas totalizaram R$150.000,00. Assim neste ano ele obteve:
a) Um lucro implícito.
b) Um lucro contábil e econômico.
c) Um lucro contábil, mas prejuízo econômico.
d) Um prejuízo contábil, mas lucro econômico.
27. O preço de um produto dentro de um mercado completamente monopolizado:
a) É, assim como no caso da concorrência perfeita, estabelecido pelo encontro das curvas de custo
marginal e receita média.
b) Varia de acordo com a quantidade ofertada pela firma, indicando que ela não é tomadora de preços.
c) Gera uma melhora no bem-estar social, por aumentar os lucros da firma.
d) É estabelecido no momento em que a receita marginal seja igual a zero.
28. A diferenciação de produtos no mercado é característica de:
a) Mercados monopolizados.
b) Mercados de concorrência monopolística.
c) Mercados de concorrência perfeita.
d) Nenhuma das alternativas.
29. A economia é o estudo de:
a) Métodos de produção.
b) Como a sociedade aloca recursos escassos.
c) Interação entre empresas e governo.
d) Como as donas de casa decidem desempenhar suas tarefas.
30. Sebastião Salgado é um fotógrafo. Ele tem $230 para gastar e gostaria de comprar ou um flash novo
para sua câmera ou uma mochila para guardar seu equipamento. Tanto a mochila como o flash custam
exatamente $230. Este exemplo ilustra o princípio de:
a) Trocas podem tornar todos melhores
b) As pessoas enfrentam trade-offs.
c) Indivíduos racionais pensam na margem.
d) Pessoas respondem a incentivos.
31. Júlia decide passar 1h40 dormindo do que prestar atenção na aula. Seu custo de oportunidade de dormir
é:
a) O valor do conhecimento que ela receberia de prestasse atenção na aula.
b) R$24,00 que ela poderia ter ganhado se trabalhasse e não estivesse na aula.
c) O valor dela dormindo menos o valor de participar da aula.
d) Zero, porque ela valoriza mais dormir que assistir a aula.
32. A mão invisível refere-se a:
a) Como planejadores centrais tomam decisões econômicas.
b) Como as decisões individuais das famílias e das firmas levam a resultados de mercados desejáveis
c) Ao controle que as grandes firmas têm sobre a economia.
d) Regulações do governo que melhorem a situação econômica.
33. As possibilidades de produção de uma firma estão na tabela abaixo:
Sapatos Meias
800 0
600 400
400 700
200 900
0 1000
De acordo com essa tabela, qual o custo de oportunidade da empresa se ela aumentar a produção de
sapados de 400 para 600?
a) 400 meias
b) 300 meias
c) 200 meias
d) 100 meias
34. Qual das seguintes sentenças não é uma função dos preços no mercado?
a) Os preços têm um papel crucial no equilíbrio entre oferta e demanda.
b) Os preços são importantes sinais para compradores e vendedores e os ajudam a tomar decisões
racionais.
c) Os preços coordenam a atividade econômica.
d) Os preços garantem uma distribuição igualitária de bens e serviços para todos os consumidores.
35. Suponha que o preço de equilíbrio de uma consulta médica é de $200 e o governo decide impor um
preço máximo de $150 por consulta. Qual o resultado dessa política?
a) A quantidade demandada por consultas aumenta.
b) A quantidade ofertada de consultas diminui.
c) Há uma escassez de consultas.
d) Todas as alternativas anteriores.
36. A disposição a pagar de um consumidor mede:
a) Como as adversidades e as forças de mercado afetam as preferências do consumidor.
b) O custo de um bem para o comprador.
c) O quanto um comprador valoriza um bem.
d) Excedente do consumidor.
37. A razão principal porque famílias e a sociedade deve tomar decisões é porque:
a) Os recursos são escassos.
b) Flutuações de renda devido aos ciclos econômicos.
c) Bens e serviços não são escassos.
d) As pessoas, por natureza, tendem a discordar.
38. A diferença entre o lucro contábil e o lucro econômico é:
a) Custos explícitos.
b) Custos implícitos.
c) Receita total.
d) Produto marginal.
39. Mercados competitivos são caracterizados por:
a) Pequeno número de compradores e vendedores.
b) Diferenciação de produtos.
c) Influência nos preços por parte das firmas.
d) Livre entrada e saída de empresas.
40. Suponha uma firma em mercado perfeitamente competitivo venda 50 unidades do seu produto. Sua
receita total com esta venda é $500. Qual das afirmações é verdadeira? (i) A receita marginal é $5. (ii) A
receita média é $10. (iii) O preço é igual a $5.
a) (i)
b) (ii)
c) (i) e (ii)
d) (i), (ii) e (iii)
41. Se uma empresa competitiva está produzindo em um cenário em que seu custo marginal é maior que
sua receita marginal, então,
a) A receita média é maior que o custo marginal
b) Diminuir a produção irá aumentar o lucro da empresa.
c) A firma está obtendo lucro positivo.
d) Todas as afirmativas estão corretas.
42. Para maximizar seu lucro no curto prazo, uma empresa competitiva deve produzir quando,
a) Sua receita marginal exceder o custo marginal o máximo possível.
b) Seu custo marginal é minimizado.
c) Seu custo médio total é minimizado.
d) Seu custo marginal é igual sua receita marginal.
43. Um monopólio natural ocorre quando:
a) O produto vendido está no seu estado natural, por exemplo, água ou diamante.
b) Existem economias de escala relevantes em sua produção
c) A firma é caracterizada por uma curva de custo marginal crescente.
d) A produção faz uso de matérias-primas naturais, por exemplo, água ou ar.
44. Monopolistas usam seu poder de mercado para:
a) Mudar os preços para o mínimo do seu custo total médio.
b) Aumentar a quantidade vendida quando os preços aumentam.
c) Cobrar um preço maior que seu custo marginal.
d) Diminuir o excesso de oferta do seu produto no mercado.
45. Qual característica NÃO é de um monopólio?
a) O vendedor tem poder de mercado.
b) Um único vendedor.
c) Livre entrada e saída de empresas.
d) Um produto sem substitutos próximos.
46. Para uma firma monopolista:
a) O preço é sempre igual ao seu custo marginal.
b) O preço é sempre maior que seu custo médio.
c) Qualquer combinação de preço e quantidade maximiza seu lucro.
d) Nenhuma das alternativas anteriores.
47. O peso morto,
a) Mede a ineficiência do monopólio.
b) Iguala os lucros do monopólio.
c) Excede os lucros do monopólio.
d) Iguala a receita do monopólio menos os lucros.
48. Qual das seguintes afirmativas sobre oligopólio não está correta?
a) Um mercado oligopolístico tem apenas alguns vendedores.
b) As ações um vendedor qualquer tem grande impacto nas receitas dos outros vendedores.
c) Uma firma oligopolística é independente de uma maneira que as firmas competitivas não são.
d) Diferentemente do monopólio e da competição monopolística, os preços do oligopólio não excedem
sua receita marginal.
49. O tipo mais simples de oligopólio é:
a) Monopólio;
b) Duopólio;
c) Competição monopolística;
d) Competição oligopolística.
50. Qual das seguintes opções não é ume exemplo de fator de produção:
a) Trabalho;
b) Interesse;
c) Terra;
d) Capital.
51. O mercado de fatores de produção de uma padaria é influenciado por:
a) A demanda por pães;
b) A produtividade marginal do trabalho e capital;
c) O preço de mercado dos bens finais e serviços da padaria;
d) Todas as afirmativas anteriores.
52. A produtividade marginal do trabalho é definida como a mudança na:
a) Produção por uma unidade adicional de receita;
b) Produção por uma unidade adicional de trabalho;
c) Receita por uma unidade adicional de trabalho;
d) Receita por uma unidade adicional de produção.
53. A quantidade de equilíbrio em mercado caracterizados como oligopólio é:
a) Maior que no monopólio e maior que em competição perfeita;
b) Maior que no monopólio e menor que em competição perfeita;
c) Menor que no monopólio e maior que em competição perfeita;
d) Menor que no monopólio e menor que em competição perfeita.
54. Considere uma cidade com dois supermercados onde os seus residentes podem escolher onde
comprar um galão de leite. Os donos desses supermercados devem escolher se cobram um preço alto ou
baixo por esses galões de acordo com a tabela abaixo:
Supermercado 2
Preço baixo Preço alto
Preço baixo (500,500) (800,100)
Supermercado 1
Preço alto (100,800) (650,650)
Qual o equilíbrio de Nash para esse jogo?
a) Supermercado 1: Preço baixo e Supermercado 2: Preço baixo
b) Supermercado 1: Preço baixo e Supermercado 2: Preço alto
c) Supermercado 1: Preço alto e Supermercado 2: Preço baixo
d) Supermercado 1: Preço alto e Supermercado 2: Preço alto