Sunteți pe pagina 1din 2

PROJETOS de I&D+I

TÍTULO
ALCHEMY

DESTAQUES
Criação, de um centro de excelência em Portugal focado nas áreas Biotecnologia e
Economia Circular, agregando competências de bioengenharia, microbiologia e bioanalítica.
Desenvolvimento de novas moléculas de elevado interesse comercial, em particular para as
indústrias farmacêutica, cosmética, industrial e alimentar.

RESUMO
Através deste projeto, a Amyris pretende contribuir para a otimização da eficiência do seu
processo de produção de biomoléculas e investigar novas aplicações para os subprodutos/resíduos
resultantes deste processo, potenciando assim o desenvolvimento de novas moléculas de elevado
interesse comercial, em particular para as indústrias farmacêutica, cosmética, industrial e
alimentar.
No âmbito de uma candidatura ao AICEP, numa parceria entre a Universidade Católica Portuguesa
(UCP), a Amyris Portugal e o Governo de Portugal (AICEP), o projeto Alchemy consiste num
investimento em investigação, desenvolvimento e inovação de dimensão muito relevante, com um
investimento elegível de cerca de 25 milhões com incentivo de 16,5 milhões, mas envolvendo uma
despesa total de 42,3 milhões de euros, dos quais 26,3 milhões de euros são da responsabilidade
da empresa AMYRIS.
O projeto tem uma vigência temporal de 5 anos, e resulta na criação direta, na AMYRIS e na UCP,
de cerca de 70 novos postos de trabalho para investigadores. Estima-se ainda um impacto muito
significativo na criação indireta e de manutenção de emprego.
As atividades de valorização são focadas em três áreas principais, sendo que o projeto incluirá as
seguintes linhas de investigação: 1. Valorização do bagaço e da cana-de-açúcar; 2. Valorização de
subprodutos da vinhaça e fundo; 3. Valorização de levedura usada; 4. Desenvolvimento de uma
plataforma de nova geração; 5. Otimização de processos de fermentação e novas aplicações para
biomoléculas da Amyris.
São indiscutíveis os impactos estruturantes do Projeto Alchemy para Portugal, contribuindo de
forma muito significativa para a economia nacional.

PALAVRAS CHAVE
Biotecnologia, Economia Circular, Centro de Investigação

PROMOTORES / PARCEIROS
Escola Superior de Biotecnologia – Universidade Católica Portuguesa; Amyris Bio Products Portugal, Unipessoal,
Lda; AICEP
PROJETOS de I&D+I

PROGRAMA DE FINANCIAMENTO DATA DE EXECUÇÃO ORÇAMENTO GLOBAL


COMPETE2020 2018-2022 25 000 000,00

CONTACTOS E-MAIL TELEFONE

Manuela Pintado mpintado@porto.ucp.pt +351 22 55 800 00