Sunteți pe pagina 1din 3

POSSESSÃO DEMONÍACA

O ESPIRITISMO

1) CONCEITO DE ESPIRITISMO

É uma doutrina filosófico-religiosa, baseada na crença da sobrevivência da alma, na


existência de Deus e na comunicabilidade entre os espíritos encarnados e
desencarnados. Este vocábulo deriva de "pneuma".

2) Breve Histórico
- Não pode ser considerado como religião cristã;
- Fazem força para que isto seja real;
- Não aceitam Jesus como Deus ou mediador;
- É a falsa religião mais antiga da história;
- A primeira sessão espírita ocorreu no Éden: Eva, serpente, Diabo;
- Três elementos básicos - assistente, médium, guia;
- De filho de Deus a cavalo de Satanás, após o pecado;
- Através de encarnações, encostos e curas atrai os seus;
- A Bíblia apresenta esta prática como necromância ou magias, Levíticos 20:27,
percebemos que constituem uma verdadeira "fábrica de loucos". Entre os doentes
mentais, a maioria é oriunda de centros de macumba, ou já tiveram envolvidas com outras
formas de espiritismo. Para os mais simples querem iniciá-los, para os doutos, querem
apresentar respostas para todas as questões. Porém, o engano e a mentira são partes do
seu currículo.
As práticas espíritas são muito antigas como já vimos, destacando-se sobre as formas de
adivinhações, consultas a mortos e a oráculos a deuses. Visam a obtenção de vários
benefícios, de diversas natureza ou mesmo levar alguém a se prejudicar.
Nas épocas antigas era comum o assessoramento de magos e futurólogos, aos
governantes.
Estes consultavam astros, prediziam acontecimentos e achavam-se porta-vozes dos
deuses.
Do ocultismo antigo e reinante na idade média é que encontramos a raiz do espiritismo
moderno. Sendo que a feitiçaria na sua mais variada forma e designações tem suas
origens nos cultos místicos dos africanos.
Babilônios, persas, hindus, gregos e os cananeus tinham estas práticas, as quais Deus
condena através de sua Palavra e proíbe Israel de praticá-las. Deuteronômio 18:9-11.

3) O Espiritismo Através Dos Séculos


Desde o Éden podemos perceber o diabo tentando se apoderar ou imitar as coisas que
são de Deus. Quando Moisés, orientado por Deus, realizou milagres no Egito, os magos
tentaram fazer o mesmo mas foram envergonhados pelo poder de Deus.
Em Números 22:6, observamos que era prática dos midianitas e povos da terra que seria
habitada por Israel.

3.1 - Entre os Gregos:


- Costume de consultar os oráculos (pessoas que supunham, tinha ligação com os
deuses), buscavam adivinhações.
- Criam na reencarnação, transmigração da alma, esta é divina e imortal, une-se ao corpo
pra expiar alguma culpa original, se não consegue voltaria para reencarnar.
OBS: Os kardecistas e umbandistas, espíritas em geral, ainda mantém este pensamento,
que remonta a 580 a 500 a.C.
3.2 - Entre os Romanos
- Consultavam os mortos, praticavam a feitiçaria e consultavam às Sibilas, lendárias
sacerdotisas, que acreditavam possuírem o poder de predizerem o futuro.
- A "lei das doze tábuas", antiga lei romana, constava pena de morte para quem lançasse
fluidos malignos sobre a seara alheia.
OBS: Comparando o movimento espírita atual, com o antigo, verificamos que a única
diferença é a forma de chamamentos dos espíritos, quanto a natureza diabólica e
finalidade as duas se identificam perfeitamente.
- Os espíritos antigos atribuíam tudo a deuses, já os modernos, a espíritos
desencarnados.
- Entre os macumbeiros, esses espíritos são:
Orixás, os caboclos (índios) e os pretos africanos. Já o espiritismo de terreiro tais como
umbanda / quimbanda / candomblé e xangô, invocam todos os deuses ou seja, os "orixás"
e "exus" como também os espíritos dos mortos.

4) A Feitiçaria Na Idade Média


- Foi o apogeu da feitiçaria;
- Uma epidemia de feitiçaria / malefícios / sortilégios / endemoninhados.
- Tudo isto sobre os olhares da Igreja Católica.

5) O Espiritismo Moderno (Espiritismo X Espiritualismo)


Deriva das várias formas de ocultismo, vejamos:
5.1 - Mesmerismo:
- Em homenagem ao médico alemão, Franz Anton Mesmer, precursor do "espiritismo e
hipnotismo".
- Em 1774, julgou-se ter descoberto um fluido sutil no corpo, capaz de transmitir de um
médium a outro, sem qualquer meio de transmissão, qualquer impressão.
- Ele dizia que os astros eram os responsáveis pelas doenças.
- A doença era devido a irregularidade dos fluidos astrais.
- A cura depende da regulagem dos mesmos.
- E que certas pessoas são capazes de controlar estes fluidos.
- São donos deles e da saúde.
- Podem comunicá-la a outras pessoas direta ou indiretamente.
- Era como um corrente elétrica sobre a parte enferma.
- Ele usava para tocar as pessoas uma vara de metal / depois as mãos (daí começa os
passes espíritas).
- As pessoas tinham que entrar em convulsão, crises, sem as quais não seriam curadas.

5.2 - A Filosofia Mística de Swedemberg


- Era sueco, contemporâneo de Mesmer, era um filósofo místico.
- Declarou ter recebido de Deus o poder para duas coisas:
a) Explicar as Escrituras (semelhante do que pretendeu Allan Kardec)..
b) Comunicar-se com o outro mundo.
- Seus seguidores eram praticantes de mediunidade, acreditavam que comunicavam com
os mortos.
OBS: A Alemanha e a Suécia, foram atacadas violentamente por estas práticas ocultistas
na época.

5.3 - O Espiritismo das Irmãs Fox


- As americanas Magie e Katie.
- Deram início definitivo ao espiritismo moderno, em 1848, atraiam as pessoas para verem
os fenômenos, praticados por elas. Incomodadas por barulhos, provocado pelo suposto

2
espírito de Charles Rosna, que tinha sido assassinado naquela casa, foi revelado a elas o
crime, e depois encontraram os despojos da vítima na adega.
- Tudo mentira:
- Através do jornal "New Herald" de 24/09/1888, elas procuraram desfazer a crença que
tinham difundido, admitindo que usavam meios fraudulentos, para criarem sons e efeitos.

5.4 - O Espiritismo na Europa e Sua Codificação


- A onda da América espalhou-se para a Europa, começando pela Escócia, em 1852 as
principais cidades estavam infestadas por esta praga. Foram produzidas muitas literaturas
a respeito, favorecendo sua divulgação, chegou na França, onde alcançou em 1856, o
seu expoente maior, o médico Hypolite Leon Denizard du Rivail, católico, declarando ter
ordem de Deus para codificar o espiritismo, sobre o pseudônimo de "Allan Kardec". Entre
outras obras, escreveu:
- "O Evangelho Segundo o Espiritismo";
- "O Livro dos Espíritos".

5.5 - O Espiritismo No Brasil


- Segundo o Padre Oscar G. Quevedo, o Brasil é o líder mundial do espiritismo.
- Segundo fonte "Diário de Notícias do RJ", de 20/05/69:
- No Brasil havia mais de 100 mil terreiros;
- Cinco milhões de freqüentadores;
- O Rio é considerado a capital da umbanda no Brasil;
- Mais de 70% dos católicos brasileiros estão entre os freqüentadores;
- Uma triste estatística, que mostra, os milhões que jazem em trevas tão medonhas;
- Temos que nos esforçarmos para levar estas vidas à verdadeira luz, que é Jesus Cristo.

Que Ele nos abençoe nestes estudos e intentos.

BIBLIOGRAFIA
* Bíblia Sagrada - Scofield -
* Espiritismo a Magia do Engano - R. R. Soares - Graça Editorial/1984.
* Analisando Crenças Espíritas e Umbandistas - Delcir de Souza Lima - Juerp
* Os Deuses da Umbanda - Neusa Itioka
* Orixás, Caboclos e Guias - Deuses ou Demônios - Pastor Macedo.