Sunteți pe pagina 1din 3

SIMULADO ARTES – 2° ANO A

QUESTÃO 01 – (Stoodi) O Romantismo, como movimento cultural do século XIX, merece


destaque pelas críticas que já fazia à forte presença do racionalismo na sociedade ocidental da
época e pela sua ampla e rica produção intelectual e artística. Sobre o Romantismo, podemos
afirmar que foi um movimento:

A) de nostalgia cultural, que buscou a recuperação das regras do Classicismo, as quais


dominavam a arte conservadora do século XVIII.

B) de grande diversidade cultural, com obras de artistas e pensadores, como Schiller, Chopin,
Byron e Goethe, importantes filósofos, compositores e escritores.

C) que, no século XIX, esteve na base das grandes revoluções que combatiam o capitalismo;
foi amplamente renovador, no contexto mundial, pelas suas utopias exclusivamente socialistas.

D) restrito à pintura e à música, sem expressões de destaque na poesia e na literatura em


prosa, pois as via com perspectivas bastante acadêmicas.

E) de convergência das forças conservadoras da época, com valor histórico secundário; foi um
movimento bastante mistificado pelos políticos alheios às mudanças.

QUESTÃO 02 – (MACKENZIE 2010)

Neste ano, em que comemoramos as relações Brasil-França,verificamos a que as interfaces


que ligam as duas nações são marcantes ao longo de toda a nossa história. A presença da
família real portuguesa no Brasil, em 1808, motivou, entre outros eventos, a vinda da Missão
Artística Francesa, em 1816, porque:

A) o estilo neoclássico trazido pelos artistas franceses traduzia o modelo ideal de civilização,
de acordo com os padrões da classe dominante europeia, sendo essa a imagem que o governo
português desejava transmitir, nesse momento, do Brasil.
B) a arte acadêmica, fruto da Missão Francesa chefiada por Joaquim Lebreton, tinha, como
objetivo, alterar o gosto e a cultura nacional, ainda marcadamente influenciada pela opulência
do Barroco e pela tradição indígena.

C) a arte acadêmica, afastando-se dos motivos religiosos e exaltando o poder civil, as datas e
os personagens históricos, agradava mais às classes populares nacionais, ansiosas por
imitarem os padrões europeus.

D) somente artistas franceses poderiam retratar, com exatidão e competência, a paisagem e os


costumes brasileiros, modificados com a vinda da família real para a colônia.

E) era necessário criar, na colônia, uma Academia Real de Belas Artes, a fim de cultivar e
estimular, nos trópicos, a admiração pelos padrões intelectuais e estéticos portugueses,
reconhecidamente superiores

QUESTÃO 03 – (UPE 2016) Embora tenha vivido numa época em que o Romantismo era
quem ditava as regras na literatura mundial, Honoré de Balzac (1799-1850) foi o escritor que
lançou as bases para o Realismo, movimento que encontrou o seu apogeu com a publicação
da obra de Flaubert.

MARTINS, Rafael Chaves. Eugênia Grandet: a triste história de uma mulher inaugural. Revista
Historiador nº 04. Ano 04. Dezembro de 2011. (Adaptado)
No contexto apresentado, a obra de Balzac teve como principal característica histórica

A) a produção de uma única classe social, o operariado.

B) o desenho do retrato da nobreza como soberana e única.

C) o retrato do amor romântico sem influência do contexto social.

D) a representação da vida burguesa com uma crítica à industrialização.

E) o estilo impressionista com uma forte relação com os movimentos sociais.

QUESTÃO 04 – (UEL 2016)

A imagem acima foi produzida por Debret. Sobre o artista e a imagem, considere as seguintes
afirmativas:
1) Debret fazia parte da Missão Artística Francesa, que chegou no Brasil em 1816.
2) A imagem foi feita com base nas observações do artista da vida cotidiana do Rio de Janeiro.
No entanto, graças à característica muito inventiva de Debret, não se pode considerá-la para
entender a ralidade brasileira da época.
3) Podemos observar elementos de uma sociedade hierarquizada, patriarcal e escravista na
imagem.

Estão corretas:

A) Somente a 2..

B) somente a 1 e 2

C) somente a 1

D) somente a 3

E) somente a 1 e 3