Sunteți pe pagina 1din 5

LIDERANÇA CRISTÃ – AULA 1/IBED

“A ARTE DE CRESCER COM AS PESSOAS” (Nancy G. Dusilek)


Profª. Rosangela Adell

“Liderança é a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente


visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum.” (James Hunter)
“A Liderança cristã ocorre quando alguém com capacidade e responsabilidade dadas
por Deus, influencia o povo de Deus rumo aos objetivos de Deus para este povo” (Robert
Clinton)
“LIDERAR NÃO É IMPOR. LIDERAR É DESPERTAR NOS OUTROS A VONTADE DE
FAZER”

A IMPORTÂNCIA DE EXERCER UMA LIDERANÇA EFICAZ


Quem pode ser considerado como o maior líder descrito na Bíblia? Porque?

Princípios de Liderança no AT
• Noé recebe os detalhes quanto à construção da arca;
• Moisés é capacitado quanto à condução do povo no deserto;
• Os israelitas recebem as instruções na formação do Tabernáculo;
• José do Egito é exemplo de administração nacional;
• Esdras e Neemias destacam-se na reconstrução de Jerusalém;
• Salomão constrói o templo, conforme orientação de Deus.
Êxodo 18.13-27 (PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA)
14 Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo, disse: Que é isto que
fazes ao povo? Por que te assentas só, e todo o povo está em pé diante de ti, desde a manhã
até ao pôr-do-sol? (Observação e inspeção pessoal)
15 Então disse Moisés a seu sogro: É porque este povo vem a mim, para consultar a
Deus; 16 quando tem alguma questão, vem a mim, para que eu julgue entre um e outro e lhes
declare os estatutos de Deus e as suas leis. 17 O sogro de Moisés, porém, lhe disse: Não é
bom o que fazes. (Interrogatório – Investigação x Resolução de Conflitos x Julgamento)
18 Sem dúvida, desfalecerás, tanto tu quanto este povo… (Avaliação do efeito sobre o
líder e sobre o povo)
19 …Ouve, pois, as minhas palavras; eu te aconselharei 20 E declara-lhes os estatutos
e as leis, e faze-lhes saber o caminho em que devem andar, e a obra que devem fazer.
(Instrução técnica… Determinação de procedimentos).
21 Procura, dentre o povo, homens capazes…(Seleção, atribuição de
responsabilidades)
22 …Toda causa grave trarão a ti, mas toda causa pequena eles mesmos julgarão
(Controle – Limite para tomada de decisões)
23 Se isto fizeres, e assim Deus to mandar, poderás, então, suportar; e assim também
todo este povo tornará em paz ao seu lugar (Exposição dos benefícios).
Princípios de Liderança no NT
 Jesus convoca 12 homens, aos quais envia com atribuições;
 Antes de multiplicar pães e peixes, ordenou aos discípulos que mandassem a multidão
assentar em grupos de cem e cinquenta, organizando o trabalho;
 Paulo, escrevendo aos coríntios, anuncia que Deus não é de confusão e recomenda que
tudo seja feito com decência e ordem.
Aprendendo com Jesus a desenvolver pessoas

1. Instrução em um contexto relacionado à vida Mt 5.1 (Ele ensinou e instruiu a


todos verbalmente).
2. Demonstrava em um contexto relacionado à vida Jo 13.15 (Ele era o modelo das
verdades que os discípulos podiam observar).
3. Experiência em um contexto relacionado à vida Mc 6.7 (Ele deixou os discípulos
participarem e aplicarem a verdade por si mesmos).
4. Avaliação em um contexto relacionado a vida. Lc 10.17-24. (Ele descreveu suas
experiências compartilhadas e avaliou seu crescimento).
“O líder cristão define sua liderança pelo exemplo de Cristo.” (Earley)

Capacidade dada por Deus (POTENCIAL)


1. Inclui a capacidade de comunicar Ef 4.11; I Tm 3.2
2. A capacidade de comunicar pode ser aprendida e desenvolvida I Tm 3.2.
3. Uma pessoa também pode ser um presente de Deus para uma igreja Ef 4.114.
4. Incluem capacidade de supervisionar tarefas e cuidar de pessoas I Tm 3.1; At 20.28
5. Outras capacidades de liderança podem ser desenvolvidas: iniciativa e habilidade de
motivar outros rumo a uma visão, etc.
Responsabilidade dada por Deus
1. Deus dá ao líder um chamado interno At 20.23; 13.2.
2. Deus confirma Seu chamado através de outros líderes e pessoas At 21.11; 13.2,3.
3. Deus faz o líder responsável por pessoas Hb 13.17.
4. Deus faz o líder responsável por tarefas Tt 1.7.
5. Deus pedirá contas ao líder Hb 13.17.
Influência na liderança
Exerça sua influência de forma a levar seus colaboradores a atingir os objetivos que
Deus tem para eles.
1. Liderança é um ministério de influência Cl 1.28
2. O líder está comprometido a influenciar outros conscientemente Cl 1.28
3. A autoridade interna (do caráter, da espiritualidade) é à base da influência I Tm 4.12; 3.1-
8; Tt 1.5-9
4. A autoridade externa (recebida por delegação) provê uma plataforma de influência
5. O líder jamais usa sua autoridade para manipular ou dominar as pessoas I Ts 2.3-
Liderança do povo de Deus
1. O líder é um servo das pessoas Mt 20.25-28
2. O Povo de Deus é a Igreja ou parte específica da igreja pela qual o líder é responsável.
Objetivos de Deus para este povo
 Por isso, o primeiro compromisso do líder é com a oração e a Palavra, na busca da
vontade específica de Deus para aquela parte do povo de Deus que ele dirige Cl 4.3,4
 Sem uma vida comprovadamente consagrada aos objetivos de Deus, o líder não pode
ser líder do povo de Deus. Exemplo no lar e para os de fora I Tm 3.4,5, 7Deus tem objetivos
gerais para todo o seu povo: santidade, crescimento espiritual, evangelização, etc.
 Mas Deus também tem objetivos específicos para cada situação (ênfases anuais,
conteúdo de mensagens, alvos para casos de disciplina etc.). A equipe de líderes precisa estar
em sintonia com Deus para saber para onde Ele se move e quais são seus planos para o Seu
povo.
POR QUE LÍDERES - FALHAM EM DESENVOLVER PESSOAS
1. Eles percebem que equipar as pessoas é um trabalho muito árduo.
2. Eles são inseguros ou têm uma autoimagem deficiente.
3. Eles sentem que são as únicas pessoas qualificadas para fazer o trabalho.
4. Eles não confiam nos outros.
5. Eles possuem maus hábitos e perspectivas não bíblicas. Eles têm pouca confiança nas
pessoas.
6. Eles não sabem como treinar outras pessoas.
7. Para eles é mais fácil liderar seguidores do que liderar líderes.

A ATIVIDADE MAIS EFICAZ DO LIDER - Delegar Tarefas e Desenvolver Pessoas


1º. Como Selecionamos Pessoas?
A quem devemos escolher para equipe? Atos 6:1-4:
1. Conhecidos em suas esferas de influência – “escolhei dentre vós”.
2. Companheiros cristãos – “Irmãos”.
3. Pessoas que poderiam servir em equipe – “sete homens”.
4. Pessoas confiáveis dentro o povo – “de boa reputação”. Preparados para a tarefa –
“cheios de Espírito”.
5. Competentes e inteligente – “cheios de... sabedoria”.
6. Responsáveis – “aos quais encarregaremos deste serviço”.

2º. Como Desenvolver Pessoas?


1. Conheça-se a si mesmo. (Esteja familiarizado com os pontos fortes que você delegará
aos outros no trabalho).
2. Conheça a pessoa que você deseja desenvolver. (Identifique seus pontos fortes e
fracos).
3. Defina claramente as responsabilidades. (Não deixe nada na dúvida; escreva tudo).
4. Ensine “o porquê” por trás de cada responsabilidade. (por que é importante).
5. Discuta o processo de crescimento deles à medida que for acontecendo. (Converse
sobre como eles crescerão a partir daí).
6. Passe tempo como eles em comunhão. (Invista na comunhão sem falar só de trabalho).
7. Permita que eles o observem em seu ministério. (peça-lhes um feedback).
8. Dê a eles os recursos e a autoridade de que necessitam. (Dê as ferramentas para que
façam o trabalho).
9. Incentive-os a fazer anotações durante o processo. (Ajude-os a interpretar o seu
crescimento).
10. Chame-os à responsabilidade em seu ministério. (Obtenha a permissão deles para
mantê-los na linha).
11. Dê a eles a liberdade para falhar. (Comunique que eles podem aprender durante o
processo).
12. Explique e incentive regularmente. (Incentive-os durante todo o tempo quando obtiverem
sucesso).
Aplicação
Quem eu estou desenvolvendo hoje? Como posso começar a desenvolver? Qual é o
meu plano para essa pessoa?
“Liderança não é um evento, é um processo. Você não acorda um dia e se transforma
no melhor de sua empresa, de sua igreja em determinado aspecto, mesmo que seja
apaixonado por isso. Você precisa estar determinado a cada dia subir um degrau dessa escada
chamada liderança, e isto leva tempo, pois é aos poucos”.