Sunteți pe pagina 1din 6

Os Benefícios Das Equipes Virtuais

Inicialmente existia uma preocupação muito grande em manter todos da


equipe dentro de um mesmo ambiente, pois a comunicação seria mais
simples e eficiente. Certamente, era muito mais fácil de atingir os objetivos
propostos pelo projeto com um time local ao invés de disperso.

Avanços na comunicação e seus benefícios

Com o grande avanço nos mecanismos e formas de comunicação, este


cenário se torna cada vez mais atrativo e interessante para as organizações,
e já podemos notar vários casos de sucesso em projetos com equipes
virtuais, tais como:

 Acesso às experiências diversas;


 Networking;
 Comodidade e bem estar do profissional (home office ou proximidade
da cidade natal);
 Flexibilidade para alocação da equipe;
 Escritório com custos reduzidos;
 Conhecimento sobre mercados diversos.

É importante ressaltar que tais vantagens só são possíveis e atingíveis se a


comunicação da equipe for bem gerida. A equipe deve manter o sentimento
de união e a motivação para atingir as metas propostas. Para atingir isto,
devem ser considerados:

 Entendimento da informação: Trabalhar de forma colaborativa no


planejamento do projeto para obter engajamento do time e entendimento
quanto aos objetivos do projeto, como exemplo o uso da ferramenta PM
Canvas explicado no artigo: Abordagem visual no Plano do projeto que
também pode ser usado online através do PMCanvasApp

 Compartilhamento de informações: Hoje temos, por exemplo


o trello que auxilia no acompanhamento das atividades sem que os
membros das equipes estejam no mesmo local, e diversas outras
ferramentas para o compartilhamento de arquivos como: dropbox,
onedrive, gdrive entre outros.

Como a comunicação em equipes virtuais, ocorre em sua grande parte de


forma não-verbal (quando a pessoa se expressa somente através de textos),
esta pode ser mal compreendida e gerar situações de conflitos gerando
desconforto e retrabalho. Para minimizar este tipo de problemas neste
cenário virtual e auxiliar uma comunicação limpa e transparente, existem
diversas ferramentas como:

 Videoconferência;
 Teleconferência;
 Ferramentas colaborativas para controle de atividades;
 VoiIP;
 Mensagens instantâneas;
 E-mails;
 Compartilhamento de área de trabalho.

As definições de comunicação, quanto ao tipo, forma e frequência é


definida pelo gerente de projetos e em concordância com o time que irá
executar as atividades para realizar os entregáveis do projeto. Mesmo tendo
em mãos várias formas de se comunicar, tudo será em vão se os membros
da equipe guardarem as informações para si. É importante promover a troca
de informações, a qual pode ser feita de diferentes maneiras:

 Reuniões periódicas;
 Painel colaborativo quanto ao andamento das atividades;
 bug tracking;
 Documentos Compartilhados;
 Chat do projeto;
Por fim, podemos concluir que, ultrapassadas as barreiras de comunicação,
as equipes virtuais se tornam muito vantajosas, atrativas e tão eficientes
quanto as equipes tradicionais hoje existentes.

TEAM WORK

Treinamentos de comportamentos. O comportamento se treina e


desenvolve uma metodologia que cria um contexto de exigência e de
avaliação. Sabendo como a vivência de uma experiência é mais eficaz do
que a mera passagem de conhecimento. Os comportamentos só se mudam
em ambientes de forte estimulação, repetição e feedback.

Treinar como se joga! Aprender a fazer fazendo! Desenvolvendo modelos


de treino baseado na experiência desportiva de Alto Rendimento. Os
treinadores dirigem um trabalho de melhoria de competências em clima de
exigência e com o recurso a exercícios de treino. Esta metodologia
dinâmica constitui fator decisivo do sucesso da abordagem.
EQUIPES VIRTUAIS

O que é uma equipe virtual?

O que a diferencia das outras equipes?

Que competências são essenciais para atuarmos numa equipe virtual?

Que conceitos e hábitos foram radicalmente transformados?

O que permanece como nas outras equipes?

Virtual, etimologicamente, é ” o que existe como faculdade porém sem


exercício ou efeito atual”. Virtual é quase real.
Entendemos como Empresa Virtual aquela que não precisa estar em lugar
nenhum
mas está em todos os lugares. As equipes virtuais transmitem e recebem
informações entre locais distantes através do uso intensivo da Tecnologia
da Informação.

Uma equipe é definida como um grupo de pessoas que tem um objetivo


comum. Para ter sucesso a equipe precisa ter coesão, dinamismo,
comunicar-se bem e boa liderança.
O que trazem de novo as equipes virtuais?
A grande novidade das equipes virtuais é a mudança radical nos conceitos
de espaço e tempo. Onde é minha mesa? Qual é minha sala? Onde estão
meus colegas? Sento perto de quem? Qual é a cadeira do chefe?

Quando vamos nos reunir?

Quando precisamos dar a resposta? Quanto tempo temos para decidir?


Quem fala primeiro? Todas essas inquietações vão por água abaixo nas
equipes virtuais.

As equipes virtuais vivenciam a experiência de não estar fisicamente juntos


no local de trabalho enquanto as tarefas são realizadas. Pode ser que as
pessoas nunca cheguem a se conhecer pessoalmente.

Seja um trabalho rotineiro ou que exija criatividade, os esforços individuais


aparecem espalhados geograficamente e nem sempre trazendo clareza do
tamanho da equipe.

A velocidade de respostas surge como exigência de competências


essenciais para o trabalho virtual. O gerundio. Tempo verbal muito usado
para desculpas (“Estamos providenciando”) agora precisa ser usado em
tempo real.
Quando falamos em equipes virtuais podemos estar nos referindo ao
relacionamento empresa-cliente, empresa-regionais, empresa-
fornecedores/prestadores de serviço ou empresa-funcionários.

O trabalho virtual muitas vezes resgata um sonho antigo de trabalhar em


casa, perseguido por alguns e rejeitado por outros.
No meu entender as equipes virtuais resgatam um hábito antigo das
conversas, do diálogo fluido nem sempre eficaz nas famosas reuniões de
trabalho e no cotidiano das paredes das organizações.

Compartilhar idéias ganha força real no mundo virtual.

No trabalho virtual a hierarquia perde força aparecendo em seu lugar a


organização informal e seu impacto no cotidiano. O poder informal sempre
teve influencia forte no desempenho das organizações e era mal utilizada.
Nas equipes virtuais esse poder emerge das mais diferentes formas seja
pelo senso de humor, pela espontaneidade, pela resposta imediata ou pela
empatia na solução conjunta dos problemas.