Sunteți pe pagina 1din 5

Fortalezas da Mente

Um problema vem afligindo a igreja há alguns anos e está se


intensificando. Refiro-me à perda de conceito de majestade no
imaginário religioso. A igreja abandonou a visão elevada que
outrora tivera de Deus, substituindo-a por um conceito tão baixo
e ignóbil, a ponto de ser literalmente indigna de homens
pensantes e adoradores. Ela não fez isso deliberadamente, mas
aos poucos, sem o seu conhecimento; e sua ignorância torna
essa situação ainda mais trágica. A visão mesquinha de Deus,
observada quase universalmente entre os cristãos, é a causa de
centenas de males menores que estão em toda a parte entre
nós. (Aiden Wilson Tozer)

- Muitos problemas atuais no corpo de Cristo resultam de um


conceito errôneo da personalidade de Deus Pai.

- Não podemos basear o cristianismo em nossas necessidades,


sucesso, cura ou dons espirituais. Embora todas estas questões
sejam importantes, elas não são nosso foco principal, mas o
subproduto de uma espiritualidade genuína.

- As bênçãos emocionais, espirituais e físicas, certamente


transbordam em um cristão que tem o Senhor como seu centro.

Mas, vendo o povo que Moisés tardava em descer do monte,


acercou-se de Arão e lhe disse: Levanta-te, faze-nos deuses que
vão adiante de nós; pois, quanto a este Moisés, o homem que
nos tirou do Egito, não sabemos o que lhe terá sucedido. Disse-
lhes Arão: Tirai as argolas de ouro das orelhas de vossas
mulheres, vossos filhos e vossas filhas e trazei-mas. Então, todo
o povo tirou das orelhas as argolas e as trouxe a Arão. Este,
recebendo-as das suas mãos, trabalhou o ouro com buril e fez
dele um bezerro fundido. Então, disseram: São estes, ó Israel, os
teus deuses, que te tiraram da terra do Egito. Arão, vendo isso,
edificou um altar diante dele e, apregoando, disse: Amanhã,
será festa ao Senhor.
Êxodo 32:1-5

- O povo pediu para Arão fazer deuses, que iriam à frente deles.
A cultura egípcia estava impregnada no povo, que não
conseguia ver Deus na sua essência, e sim sempre um ídolo.

- Arão, o sacerdote escolhido por Deus para representar o povo


diante Dele, foi o autor do ídolo. Não bastando confeccionar o
ídolo, Arão usou das mesmas cerimônias do Senhor para adorar
o falso deus.

‘’um falso deus, criado com base em conceitos errados,


facilmente nos levará ao erro’’.

Porquanto, embora vivendo como seres humanos, não lutamos


segundo os padrões deste mundo. Pois as armas da nossa
guerra não são terrenas, mas poderosas em Deus para destruir
fortalezas! Destruímos vãs filosofias e a arrogância que tentam
levar as pessoas para longe do conhecimento de Deus, e
dominamos todo o pensamento carnal, para torná-lo obediente
a Cristo.
2 Corintios 10:3-5
1- Não estamos em uma luta deste mundo.

Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar


firmes contra as ciladas do Diabo; Porquanto, nossa luta não é
contra seres humanos, e sim contra principados e potestades,
contra os dominadores deste sistema mundial em trevas, contra
as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.
Efésios 6:11-12

2- Nossas armas não são naturais, mas são armas poderosas em


Deus para destruir fortalezas.

O que é uma fortaleza?


Nos tempos antigos, as fortalezas eram construídas com grossas
paredes de pedra para proteger uma cidade.

- Uma fortaleza espiritual é feita por pensamentos, conceitos e


mentiras que se opõem a verdade de Cristo a nosso respeito.

- O inimigo usa estes conceitos e pensamentos errados para


formar um ‘’lugar protegido’’ de influência em nossas vidas.

- As vãs filosofias e a arrogância levam o homem para longe do


conhecimento de Deus.

3- Devemos aprender a dominar nossos pensamentos, trazendo


eles cativos e obedientes aos pensamentos de Cristo.

‘’Uma mente obediente à Cristo esta


sendo liberta de fortalezas’’.
E vos revestistes do novo homem, que se renova para o pleno
conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou;
Colossenses 3:10

- As fortalezas em nossa mente não são automaticamente


eliminadas quando nascemos de novo em Cristo. A renovação é
essencial para aqueles que querem a liberdade de Cristo.

O deus, desta presente era perversa, cegou o entendimento dos


descrentes, a fim de que não vejam a luz do Evangelho da
glória de Cristo, que é a imagem de Deus.
2 Coríntios 4:4

- Existe uma influência maligna que cega o entendimento


daqueles que não creram em Jesus, formando fortalezas
mentais.

- A luz do evangelho revela a imagem do próprio Deus para


todos os que creem em Deus.

Como se forma uma fortaleza na mente?

Começa com um fundamento de mentiras e meias-verdades.


Em geral, mentiras sobre a personalidade de Deus Pai, e sobre
como Ele nos vê. São construídas por ideias inexatas a respeito
de Deus e percepções distorcidas do seu caráter, com relação
ao comportamento de Deus com relação a nós, quando
falhamos e somos imaturos espiritualmente. Consolidado pela
‘’argamassa’’ do raciocínio inadequado, a fortaleza fica cada vez
mais forte.
Assim sendo, se o Filho vos libertar, sereis verdadeiramente
livres.
João 8:36

Ele não tem direito e nada pode sobre mim;


João 14:30

- A vida de Jesus é o exemplo que devemos seguir. Ele não tinha


pecados, maus pensamentos, mentiras ou enganos em sua
mente. Jesus sabia exatamente quem era e o que o Pai pensava
sobre Ele.

Nós, porém, temos a mente de Cristo.


1 Coríntios 2:16b

‘’AQUILO QUE PENSAMOS DETERMINA A REALIDADE


QUE PERCEBEMOS E VIVEMOS’’