Sunteți pe pagina 1din 18

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA

JORNAL OFICIAL
Sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Série

Número 191

Sumário
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA
Aviso n.º 350/2018
Alteração da lista nominativa de transição para as carreiras especiais da Assembleia
Legislativa da Região Autónoma da Madeira, publicitada no Jornal Oficial, II Série,
n.º 151, de 31 de agosto de 2012, na parte respeitante ao posicionamento
remuneratório do técnico de apoio parlamentar Ricardo Jorge Roque Gonçalves,
com efeitos a partir de 7 de setembro de 2018.

SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO


Aviso n.º 351/2018
Abertura de procedimento concursal para o preenchimento de 30 postos de trabalho
na carreira e categoria de Assistente Operacional dos mapas de pessoal das Áreas
Escolares e Delegações Escolares da Região Autónoma da Madeira (RAM).

Aviso n.º 352/2018


Abertura de procedimento concursal para o preenchimento de 100 postos de trabalho
na carreira e categoria de Assistente Operacional dos mapas de pessoal das Escolas
Básicas e Secundárias da Rede Pública da Região Autónoma da Madeira (RAM).

SECRETARIA REGIONAL DA SAÚDE


Aviso n.º 353/2018
Afixação da lista unitária de ordenação final dos candidatos admitidos ao
procedimento concursal comum para o preenchimento de um posto de trabalho na
carreira e categoria de técnico superior do mapa de pessoal do Serviço Regional de
Proteção Civil, IP-RAM.
2 7 de dezembro de 2018
Número 191

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO 1. Local de Trabalho: As vagas destinam-se a


AUTÓNOMA DA MADEIRA preencher a ocupação de 30 postos de trabalho dos
mapas de pessoal das Áreas Escolares e Delegações
Aviso n.º 350/2018 Escolares da RAM.
2. Legislação aplicável: LTFP, Decreto Legislativo
Torna-se público que, através da Resolução Regional n.º 11/2018/M, de 3 de agosto, Portaria
n.º 85/CODA/2018, de 7 de setembro, do Conselho de n.º 83-A/2009, de 22 de janeiro, alterada e republicada
Administração, foi alterada, ao abrigo do disposto no n.º 1 do pela Portaria n.º 145-A/2011, de 6 de abril Decreto-Lei
artigo 173.º do Código do Procedimento Administrativo, a lista n.º 29/2001, de 3 de fevereiro, adaptado à Região
nominativa de transição para as carreiras especiais da Autónoma da Madeira pelo Decreto Legislativo
Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, Regional n.º 25/2001/M, de 24 de agosto, Decreto-Lei
publicitada na II Série do JORAM, n.º 151 de 31 de agosto de n.º 4/2015 de 7 de janeiro, Decreto Regulamentar
2012, na parte respeitante ao posicionamento remuneratório do n.º 14/2008, de 31 de julho, Lei n.º 2/2018/M, de 2 de
técnico de apoio parlamentar Ricardo Jorge Roque Gonçalves, janeiro, Decreto Legislativo Regional n.º 29/2006/M,
com efeitos a partir de 7 de setembro de 2018. de 19 de julho e Decreto Legislativo Regional
Atentas as disposições conjugadas do artigo 60.º do Decreto n.º 5/96/M, de 30 de maio, alterado pela Portaria
Legislativo Regional n.º 24/89/M, de 7 de setembro, na redação n.º 182/2002, de 28 de novembro.
conferida pelo Decreto Legislativo Regional n.º 16/2012/M, de
13 de agosto, e do n.º 2 do artigo 104.º da Lei n.º 12-A/2008, de 3. Prazo de validade: O procedimento concursal é
27 de fevereiro, o trabalhador parlamentar é posicionado no válido para o preenchimento dos postos de trabalho
nível 6 da posição remuneratória 1 da carreira e categoria de a ocupar e para os efeitos previstos nos n.os 1 e 2 do
técnico de apoio parlamentar. artigo 40.º da Portaria.
Assembleia Legislativa da Madeira, aos 10 de setembro 4. Identificação e caracterização dos postos de
de 2018. trabalho a ocupar:
O SECRETÁRIO-GERAL, Ricardo Rodrigues 4.1. Área funcional: Em conformidade com o
estabelecido nos mapas de pessoal aprovados
para 2018, pretende-se recrutar 30
SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO trabalhadores com funções de complexidade
funcional do grau 1, com a categoria de
DIREÇÃO REGIONAL DE INOVAÇÃO E GESTÃO assistente operacional, com o conteúdo
descrito no anexo à LTFP, nos termos do n.º 2)
Aviso n.º 351/2018 do artigo 88.º da Lei n.º 35/2014, de 20/06, a
desenvolver nas seguintes áreas de atividade:
Procedimento concursal para o preenchimento de 30 postos - Para os postos de trabalho na área de apoio
de trabalho na carreira e categoria de Assistente Operacional geral: Fornecer apoio aos alunos, aos
dos mapas de pessoal das Áreas Escolares e Delegações docentes e aos encarregados de educação,
Escolares da Região Autónoma da Madeira (RAM). entre e durante as atividades letivas; exe-
cutar funções de apoio geral ao nível da
Nos termos do disposto no artigo 33.º da Lei Geral do vigilância do estabelecimento, atendimento
Trabalho em Funções Públicas (adiante designada por telefónico, reprografia, limpeza, arrumação,
LTFP), aprovada pela Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, conservação, boa utilização das instalações,
alterada pelas Leis n.os 82 B/2014, de 31 de dezembro, do material e do equipamento didático,
84/2015, de 7 de agosto, 18/2016, de 20 de junho, 42/2016, assegurar funções na cozinha e refeitório,
de 28 de dezembro, 25/2017, de 30 de maio, 70/2017, de 30 arrumação e conservação dos equipa-
de maio e 73/2017, de 16 de agosto, Lei nº 114/2017 de 29 mentos e utensílios de cozinha.
de dezembro e Lei nº 49/2018 de 14 de agosto, adaptada à - Para os postos na área de jardinagem:
RAM pelo Decreto Legislativo Regional n.º 11/2018/M de 3 Executar todas as tarefas inerentes à
de agosto, conjugado com o artigo 19.º da Portaria n.º 83- manutenção e limpeza do jardim possuindo
-A/2009, de 22 de janeiro (adiante designada por Portaria), os conhecimentos relativos ao uso das
na redação conferida pela Portaria n.º 145-A/2011, de 6 de alfaias na arte de jardinagem.
abril, e dado não existir ainda reserva de recrutamento
constituída junto das escolas, torna-se público que, por 4.2. Identificação dos postos de trabalho: As 30
despacho, 30 de novembro de 2018, do Secretário Regional vagas postas a concurso destinam-se a prover
de Educação, precedido de autorização de Sua Excelência o as necessidades de assistente operacional nos
Vice Presidente do Governo Regional, de 28 de novembro seguintes estabelecimentos de ensino:
de 2018, ao abrigo do disposto no n.º 1 do artigo 40.º do • Referência A - Área Escolar da Calhe-
Decreto Legislativo Regional n.º 2-A/2018/M de 2 de ta - 1 posto de trabalho (área de apoio
janeiro, se encontra aberto, pelo período de 10 dias úteis, a geral);
contar da data de publicação (distribuição) do presente aviso • Referência B - Área Escolar de Câmara
no Jornal Oficial da Região Autónoma da Madeira de Lobos - 2 postos de trabalho (área de
(JORAM), procedimento concursal comum, para apoio geral);
preenchimento de 30 postos de trabalho na categoria e • Referência C - Área Escolar do Funchal - 5
carreira de Assistente Operacional dos mapas de pessoal das postos de trabalho (área de apoio geral);
Áreas Escolares e Delegações escolares da Região • Referência D - Delegação Escolar do
Autónoma da Madeira (RAM), na modalidade de contrato Funchal - 1 posto de trabalho (área de
de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado. jardinagem);
7 de dezembro de 2018 3
Número 191

• Referência E - Área Escolar de Machico - 4 7. Nos termos da alínea l) do n.º 3 do artigo 19.º da
postos de trabalho (área de apoio geral); Portaria não podem ser admitidos candidatos que,
• Referência F - Área Escolar de Ponta do cumulativamente, se encontrem integrados na
Sol - 2 postos de trabalho (área de apoio carreira, sejam titulares da categoria e, não se
geral); encontrando em mobilidade especial, ocupem
• Referência G - Delegação Escolar da postos de trabalho previstos no mapa de pessoal do
Ponta do Sol - 1 posto de trabalho (área serviço, idênticos aos postos de trabalho para cuja
de jardinagem); ocupação se publicita o procedimento.
• Referência H - Área Escolar do Porto
Santo - 3 postos de trabalho (área de 8. Formalização de candidaturas:
apoio geral);
• Referência I - Área Escolar da Ribeira 8.1. A candidatura é formalizada, sob pena de
Brava - 2 postos de trabalho (área de exclusão, através do preenchimento obriga-
apoio geral); tório do formulário de candidatura, disponível
• Referência J - Área Escolar de Santa no Núcleo de Recursos Humanos das Áreas
Cruz - 2 postos de trabalho (área de apoio Escolares da Direção Regional de Inovação e
geral); Gestão sita ao Edifício Oudinot, Rua Briga-
• Referência L - Área Escolar de Santa- deiro Oudinot, 4.º andar, 9061-901 Funchal ou
na - 4 postos de trabalho (área de apoio poderá ser descarregado na página eletrónica
geral); desta Direção Regional em
• Referência M - Área Escolar de São www.madeira.gov.pt/drig, devendo ser
Vicente - 3 postos de trabalho (área de dirigido ao Diretor Regional de Inovação e
apoio geral); Gestão. As candidaturas poderão ser entregues
pessoalmente, durante as horas de atendimento
5. Posicionamento remuneratório: O posicionamento da Direção Regional de Inovação e Gestão –
do trabalhador recrutado numa das posições – 2.ª, 4.ª e 6.ª das 9H30 às 12H00 e das 14H30
remuneratórias da categoria é objeto de negociação às 16H00 e 3.ª e 5.ª das 9H30 às 16H00, sita
que terá lugar imediatamente após o termo do ao Edifício Oudinot, Rua Brigadeiro Oudinot,
procedimento concursal, tendo por base a 1.ª 4.º andar, 9061-901 Funchal, ou através de
posição remuneratória da carreira/categoria de carta registada com aviso de receção para a
assistente operacional, a que corresponde a remu- mesma morada, endereçada à Direção
neração mínima mensal garantida, nos termos do Regional de Inovação e Gestão, devendo a sua
Anexo III do Decreto Regulamentar n.º 14/2008, de expedição ocorrer até ao termo do prazo
31 de julho, observando o disposto no artigo 38.º da fixado para a entrega das candidaturas, não
LTFP e no artigo 42.º da Lei n.º 82-B/2014, de 31 sendo consideradas as que apresentem data de
de dezembro, que se mantém em vigor por força do registo posterior. Não serão aceites
disposto no n.º 1 do artigo 18.º da Lei n.º 7- candidaturas enviadas por correio eletrónico;
-A/2016, de 30 de março, conjugado com o artigo
2.º do Decreto Legislativo Regional nº 5/2018/M, 8.2. O formulário de candidatura devidamente
de 28 de fevereiro. preenchido, datado e assinado, deve ser
acompanhado da seguinte documentação:
6. Requisitos de admissão: Podem candidatar-se os a) Fotocópia legível do certificado de
indivíduos com ou sem vínculo à Função Pública, habilitações literárias;
que satisfaçam os seguintes requisitos gerais e b) Fotocópia do cartão de cidadão ou
especiais até ao termo do prazo fixado para a Bilhete de Identidade;
apresentação das candidaturas.
8.3. No caso do candidato já ser detentor de
6.1. Requisitos gerais: os candidatos devem reunir relação jurídica de emprego público por tempo
cumulativamente os requisitos previstos no indeterminado, se encontrar integrado na
carreira e seja titular da categoria, deverá
artigo 17.º da LTFP, a saber: apresentar para além dos documentos
a) Nacionalidade portuguesa, quando não mencionados nas alíneas a) e b) do ponto 8.2 a
dispensada pela Constituição, por conven- seguinte documentação.
ção internacional ou por lei especial; a) Declaração emitida pelo Serviço a que o
b) 18 anos de idade completos; candidato pertence, devidamente atuali-
c) Não inibição do exercício de funções zada, da qual conste a modalidade de
públicas ou não interdição para o exercício relação jurídica de emprego público que
daquelas a que se propõe desempenhar; detém, o tempo de execução das
d) Robustez física e perfil psíquico atividades inerentes ao posto de trabalho
indispensáveis ao exercício das funções; que ocupa e o grau de complexidade das
e) Cumprimento das leis da vacinação mesmas, para efeitos da alínea c) do n.º 2
obrigatória. do artigo 11.º da Portaria;
b) Declaração de conteúdo funcional
6.2. Requisitos especiais de admissão: emitida pelo Serviço a que o candidato se
a) Deter a escolaridade obrigatória de encontra afeto, devidamente atualizada,
acordo com a idade não sendo admitidos da qual conste a atividade que se
candidatos detentores de formação ou encontra a exercer, em conformidade
experiência profissional substitutiva com o estabelecido no mapa de pessoal
daquele grau habilitacional; aprovado;
4 7 de dezembro de 2018
Número 191

c) Currículo profissional detalhado atuali- Nos termos dos n.os 1 e 4 do artigo 36.º da
zado, dele devendo constar os seguintes LTFP conjugado com o n.º 2 do artigo 16.º do
elementos: nome, morada, contatos, Decreto Legislativo Regional n.º 11/2018/M
número de bilhete de identidade ou de 3 de agosto, da alínea a), do n.º 1 do artigo
cartão do cidadão, habilitações literárias, 6.º e da alínea a), do n.º 1 do artigo 7.º da
funções que exerce, bem como, as que Portaria, aos candidatos sem relação jurídica
exerceu, com indicação dos respetivos de emprego público e aos candidatos com
períodos de duração e atividades relação jurídica de emprego público, que não
relevantes, assim como a formação detenham a carreira/categoria colocada a
profissional detida, com indicação da concurso, serão aplicados os seguintes
entidade promotora, data de frequência e métodos de seleção:
duração (horas), datado e assinado; a) Prova Escrita de Conhecimentos (PC);
d) Fotocópias dos cursos de formação b) Entrevista Profissional de Seleção (EPS).
frequentados relacionados com o conteúdo
funcional dos postos de trabalho; 9.2 . Nos termos do n.º 2 do artigo 36.º da LTFP
e) A avaliação de desempenho relativa aos conjugado com o n.º 2 do artigo 16.º do
últimos três ciclos de avaliação, nos Decreto Legislativo Regional n.º 11/2018/M
termos da alínea d) do n.º 2 do artigo 11.º de 3 de agosto, aos candidatos que,
da citada Portaria ou sendo o caso, a cumulativamente, sejam titulares da
indicação dos motivos de ausência de carreira/categoria e se encontrem, colocados
avaliação. em situação de requalificação estejam a
cumprir ou a executar a atribuição,
8.4. Os candidatos que sejam trabalhadores da competência ou atividade caracterizadoras dos
Secretaria Regional de Educação, ficam postos de trabalho para cuja ocupação o
dispensados da entrega dos documentos procedimento é publicitado, serão aplicados os
exigidos nas alíneas a), b), e d) do ponto 8.3 seguintes métodos de seleção:
do presente aviso; a) Avaliação Curricular (AC);
b) Entrevista Profissional de Seleção (EPS).
8.5. Os candidatos que sejam trabalhadores da A valoração dos métodos anteriormente
Secretaria Regional de Educação, ficam referidos será convertida numa escala de 0 a
dispensados da entrega dos documentos 20 valores, de acordo com a especificidade de
comprovativos dos factos indicados no cada método, através da aplicação das
curriculum profissional, desde que expres- seguintes fórmulas finais:
samente refiram que os mesmos se encontram a).Candidatos previstos em 9.1:
arquivados no processo individual;

8.6. O júri pode exigir aos candidatos a apresen- CF = [(PC x 70%) + (EPS x 30%)]
tação de documentos comprovativos de factos
por eles referidos que possam relevar para b) Candidatos previstos em 9.2:
apreciação do seu mérito, e que se encontrem
deficientemente comprovados; CF = [(AC x 70%) + (EPS x 30%)]

8.7. A não apresentação dos documentos exigidos, em que:


determina a exclusão dos candidatos do CF = Classificação Final
procedimento concursal, nos termos do n.º 9 PC = Prova de Conhecimentos
do artigo 28.º da referida Portaria; EPS = Entrevista Profissional de Seleção
AC = Avaliação Curricular
8.8. Nos termos do Decreto-Lei n.º 29/2001, de 3
de fevereiro, e para efeitos de admissão ao 9.3. A Prova de conhecimentos visa avaliar os
procedimento concursal, os candidatos com conhecimentos académicos e, ou, profissionais
deficiência devem declarar, no requerimento e as competências técnicas dos candidatos,
de admissão, sob compromisso de honra, o necessárias ao exercício das funções corres-
respetivo grau de incapacidade, o tipo de pondentes à caracterização do posto de
deficiência e os meios de comunicação/ex- trabalho a ocupar.
pressão a utilizar no processo de seleção, nos A Prova de Conhecimentos, será de natureza
termos do diploma mencionado; teórica e realização individual, em suporte de
papel e sob a forma escrita, sem possibilidade
8.9. As falsas declarações prestadas pelos de consulta e terá a duração máxima de 60
candidatos serão punidas nos termos da lei. minutos, versando essencialmente sobre os
seguintes temas:
9. Métodos de seleção: a) De carácter geral:
Nos termos do artigo 36.º da LTFP conjugado com - Constituição da República Portuguesa;
o n.º 2 do artigo 16.º do Decreto Legislativo - Código do Procedimento Administrati-
Regional n.º 11/2018/M de 3 de agosto, da alínea a) vo;
do n.º 1 do artigo 6.º e da alínea a) do n.º 1 do artigo - Lei Geral do Trabalho em Funções Pú-
7.º da Portaria, aos candidatos serão aplicados os blicas (LTFP);
seguintes métodos de seleção: - Código do Trabalho;
- Lei Orgânica da Secretaria Regional de
9.1. Regra geral: Educação;
7 de dezembro de 2018 5
Número 191

Legislação recomendada para a prova de c) A formação profissional, considerando-se


conhecimentos de carácter geral: as áreas de formação e aperfeiçoamento
- Decreto-Lei n.º 4/2015, de 7 de janeiro; profissional relacionadas com as
- Decreto-Lei n.º 135/99, de 22 de abril, exigências e as competências necessárias
alterado e republicado pelo Decreto-Lei ao exercício da função;
n.º 73/2014, de 13 de maio; d) A avaliação do desempenho, caso
- Lei n.º 35/2014, de 20 de junho; aplicável, relativa aos últimos três ciclos
- Decreto Regulamentar Regional de avaliação, em que o candidato
n.º 20/2015/M, de 11 de novembro; cumpriu ou executou atribuição,
- Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro. competência ou atividade idênticas às do
Devem ser consideradas todas as posto de trabalho a ocupar.
atualizações e alterações que, entretanto, Só serão contabilizados os elementos relativos
venham a ser efetuadas à legislação às habilitações, formações profissionais,
indicada no presente aviso até à data da experiência e avaliação do desempenho que se
realização da prova de conhecimentos. encontrem devidamente concluídos e
b) De carácter específico (área de atividade comprovados por fotocópia.
de apoio geral):
- Segurança, Higiene e Saúde no 9.6. O método de seleção obrigatório a aplicar
trabalho; consoante o candidato de encontre na situação
- Higiene e Segurança alimentar em referida no pontos 9.1 e 9.2 do presente aviso
ambiente escolar; é de carater eliminatório.
- Atendimento ao Público;
- Relações Interpessoais. 9.7. A prova escrita a realizar pelos candidatos
c) De carácter específico (área de atividade admitidos é valida para todas as referências
de jardinagem): dentro da mesma área de atividade, a que o
- Instruções práticas de jardinagem; mesmo venha a candidatar-se, através do
- Conceção de jardins; preenchimento do Boletim de Candidatura.
- Solo do jardim; No que respeita ao método de seleção
- Plantação de árvores e arbustos e sua “Entrevista Profissional de Seleção” os
manutenção; candidatos aprovados aquele método tem de
- Relvados, tratamento e manutenção. submeter-se à avaliação do mesmo tantas
Será disponibilizado no site da Direção vezes quanto o número de referências a que
Regional de Inovação e Gestão em foram opositores.
www.madeira.gov.pt/drig, no separador
referente ao presente procedimento concursal,
um manual com os conteúdos mencionados 10. A publicitação dos resultados obtidos em cada
nas alíneas b) e c), que poderão servir de método de seleção é efetuada através de lista,
suporte à preparação dos mesmos. ordenada alfabeticamente, sendo gerada na lista
para cada referência identificada no ponto 4.2 do
9.4. Entrevista Profissional de Seleção (EPS): A presente aviso. As listas serão afixadas na Direção
entrevista profissional de seleção visa avaliar, Regional de Inovação e Gestão, sita ao Edifício
de forma objetiva e sistemática, a experiência Oudinot, 4.º andar e disponibilizada no site da
profissional e os aspetos comportamentais Direção Regional de Inovação e Gestão.
evidenciados durante a interação estabelecida
entre o Júri e o candidato. A entrevista 11. Os candidatos aprovados no método de seleção
profissional de seleção é avaliada segundo os obrigatório são convocados para a realização do
níveis classificativos de Excelente, Bom, método de seleção complementar por uma das
Razoável, Reduzido e Insuficiente, aos quais formas previstas no n.º 3 do artigo 30.º da Portaria.
correspondem, respetivamente, as
classificações de 20, 16, 12, 8 e 4 valores; 12. De acordo com o preceituado no n.º 1 do mesmo
artigo 30.º, os candidatos excluídos serão
9.5. Avaliação Curricular (AC): A Avaliação notificados por uma das formas previstas no seu
Curricular visa analisar a qualificação dos n.º 3 para a realização da audiência dos interes-
sados.
candidatos, designadamente a habilitação
académica ou profissional, percurso 13. As atas do Júri, onde constam os parâmetros de
profissional, relevância da experiência avaliação e respetiva ponderação de cada um dos
adquirida e da formação realizada, tipo de métodos de seleção a utilizar, a grelha classificativa
funções exercidas e avaliação de desempenho e os sistemas de valoração dos métodos serão
obtida, sendo considerados e ponderados os facultados aos candidatos sempre que solicitados.
elementos de maior relevância para o posto de
trabalho a ocupar, fixados pelo júri, sendo 14. Serão excluídos do procedimento os candidatos que
obrigatoriamente considerados, os seguintes: tenham obtido uma valoração inferior a 9,5 valores,
a) A habilitação académica; no método de seleção obrigatório, não lhes sendo
b) A experiência profissional com aplicado o método de avaliação complementar.
incidência sobre a execução de atividades
inerentes ao posto de trabalho e o grau de 15. Em situações de igualdade de valoração, aplica-se o
complexidade das mesmas; disposto no artigo 35.º da Portaria n.º 83 A/2009, de
6 7 de dezembro de 2018
Número 191

22 de janeiro. Persistindo igualdade serão aplicados - Nádia Filipa Ascensão Pires Jardim – Técnica
os critérios de desempate propostos na Ata de Superior da Divisão de Apoio Técnico da
definição dos métodos de seleção. DRIG.

16. A lista unitária de ordenação final dos candidatos Vogais Suplentes:


após homologação será afixada na Direção Regio- - Marília Gomes Camacho Freitas – Técnico
nal de Inovação e Gestão, sita ao Edifício Oudinot, Superior da Delegação Escolar do Funchal;
4.º andar, bem como disponibilizada no site da - Ana Maria da Silva Gomes – Coordenador do
Direção Regional de Inovação e Gestão sendo ainda Núcleo de Recursos Humanos das Áreas
publicado um aviso no JORAM com informação Escolares – DRIG.
referente à sua publicitação.
Referência D – Delegação Escolar do Funchal – 1 posto de
17. Júri do procedimento concursal: trabalho – área de jardinagem:

Referência A – Área Escolar da Calheta – 1 posto de Presidente:


trabalho – área de apoio geral: - Élia Maria Xavier de Freitas, Chefe de Divisão
de Gestão de Recursos Humanos - DRIG.
Presidente:
- Sílvia Cristina Rego de França Dória, Diretora Vogais Efetivos:
de Serviços de Planeamento e Gestão - DRIG. - Maria Heliodora Fernandes Palermo – Dele-
gada Escolar do Funchal;
Vogais Efetivos: - Nádia Filipa Ascensão Pires Jardim – Técnico
- Eva Natália de Jesus Buraco Gouveia – Dele- Superior da Divisão de Apoio Técnico da
gada Escolar da Calheta; DRIG.
- Ema Paula Olim Abreu Figueira – Técnico
Superior da Divisão de Apoio Técnico da Vogais Suplentes:
DRIG. - Marília Gomes Camacho Freitas – Técnico
Superior da Delegação Escolar do Funchal;
Vogais Suplentes: - Ana Maria da Silva Gomes – Coordenador do
- Fernando de Agrela Campos – Assistente Núcleo de Recursos Humanos das Áreas
Técnico da Delegação Escolar da Calheta; Escolares – DRIG.
- Maria Rute de Freitas Nunes Pita – Coor-
denador Especialista do Núcleo de Recursos Referência E – Área Escolar de Machico – 4 postos de
Humanos das Áreas Escolares - DRIG. trabalho – área de apoio geral:

Referência B – Área Escolar de Câmara de Lobos – 2 postos Presidente:


de trabalho – área de apoio geral: - Élia Maria Xavier de Freitas, Chefe de Divisão
de Gestão de Recursos Humanos - DRIG.
Presidente:
- Élia Maria Xavier de Freitas, Chefe de Divisão Vogais Efetivos:
de Gestão de Recursos Humanos - DRIG. - Maria Fátima da Silva Alves Correia – Dele-
gada Escolar de Machico;
Vogais Efetivos: - Ema Paula Olim Abreu Figueira – Técnico
- Maria Sónia Freitas Brazão – Delegada Es- Superior da Divisão de Apoio Técnico da
colar de Câmara de Lobos; DRIG.
- Anabela Correia de Sousa Albano – Técnico
Superior da Divisão de Apoio Técnico da Vogais Suplentes:
DRIG. - Maria Conceição Mendonça Franco – Coor-
denador Técnico da Delegação Escolar de
Machico;
Vogais Suplentes: - Ana Maria da Silva Gomes – Coordenador do
- Maria Néli Abreu dos Santos Brito – Coor- Núcleo de Recursos Humanos das Áreas
denador Técnico da Delegação Escolar de Escolares – DRIG.
Câmara de Lobos;
- Maria Rute de Freitas Nunes Pita – Coor- Referência F – Área Escolar da Ponta do Sol – 2 postos de
denador Especialista do Núcleo de Recursos trabalho – área de apoio geral:
Humanos das Áreas Escolares - DRIG.
Presidente:
Referência C – Área Escolar do Funchal – 5 postos de - Elizabeth Vieira Pereira Gonçalves, Diretora
trabalho – área de apoio geral: de Serviços de Recursos Humanos das Escolas
e dos Serviços - DRIG.
Presidente:
- Élia Maria Xavier de Freitas, Chefe de Divisão Vogais Efetivos:
de Gestão de Recursos Humanos - DRIG. - Teresa Maria Gomes Sousa Barros – Delegada
Escolar da Ponta do Sol;
Vogais Efetivos: - Tânia Raquel Calafatinho Nicolau – Técnico
- Maria Heliodora Fernandes Palermo – Dele- Superior da Divisão de Apoio Técnico da
gada Escolar do Funchal; DRIG.
7 de dezembro de 2018 7
Número 191

Vogais Suplentes: Vogais Suplentes:


- Maria Teresa de Marcos Olival e Freitas – - Maria Conceição Rodrigues Andrade – Coor-
– Coordenador Técnico da Delegação Escolar denador Técnico da Delegação Escolar da
da Ponta do Sol; Ribeira Brava;
- Ana Maria da Silva Gomes – Coordenador do - Maria Rute de Freitas Nunes Pita – Coor-
Núcleo de Recursos Humanos das Áreas denador Especialista do Núcleo de Recursos
Escolares – DRIG. Humanos das Áreas Escolares -
- DRIG.
Referência G – Delegação Escolar da Ponta do Sol – 1
postos de trabalho – área de jardinagem: Referência J – Área Escolar de Santa Cruz – 2 postos de
trabalho – área de apoio geral:
Presidente:
- Sílvia Cristina Rego de França Dória, Diretora Presidente:
de Serviços de Planeamento e Gestão - DRIG. - Élia Maria Xavier de Freitas, Chefe de Divisão
de Gestão de Recursos Humanos - DRIG.
Vogais Efetivos:
- Teresa Maria Gomes Sousa Barros – Delegada Vogais Efetivos:
Escolar da Ponta do Sol; - Armando Inácio Mendonça Machado – Dele-
- Tânia Raquel Calafatinho Nicolau – Técnico gado Escolar de Santa Cruz;
Superior da Divisão de Apoio Técnico da - Ema Paula Olim Abreu Figueira – Técnico
DRIG. Superior da Divisão de Apoio Técnico da
DRIG.
Vogais Suplentes:
- Maria Teresa de Marcos Olival e Freitas – Vogais Suplentes:
– Coordenador Técnico da Delegação Escolar - Maria Serafina Velosa Freitas Alves Santos –
da Ponta do Sol; – Coordenador Técnico da Delegação Escolar
- Ana Maria da Silva Gomes – Coordenador do de Santa Cruz;
Núcleo de Recursos Humanos das Áreas - Ana Maria da Silva Gomes – Coordenador do
Escolares – DRIG. Núcleo de Recursos Humanos das Áreas
Escolares – DRIG.
Referência H – Área Escolar do Porto Santo – 3 postos de
trabalho – área de apoio geral: Referência L – Área Escolar de Santana – 5 postos de
trabalho – área de apoio geral:
Presidente:
- Elizabeth Vieira Pereira Gonçalves, Diretora Presidente:
de Serviços de Recursos Humanos das Escolas - Sílvia Cristina Rego de França Dória, Diretora
e dos Serviços - DRIG. de Serviços de Planeamento e Gestão - DRIG.

Vogais Efetivos: Vogais Efetivos:


- Emília de Fátima Santos Batista da Silva – - António Joaquim Caires Batista – Delegado
– Delegada Escolar do Porto Santo; Escolar de Santana;
- Nádia Filipa Ascensão Pires Jardim – Técnico - Maria José de Sousa Correia Sepúlveda
Superior da Divisão de Apoio Técnico da Monteiro – Técnico Superior da Divisão de
DRIG. Apoio Técnico da DRIG.

Vogais Suplentes: Vogais Suplentes:


- Lino André Pestana – Assistente Técnico da - Graça Maria Andrade Freitas Cunha – Coor-
Delegação Escolar do Porto Santo; denador Técnico da Delegação Escolar de
- Maria Rute de Freitas Nunes Pita – Santana;
– Coordenador Especialista do Núcleo de - Maria Rute de Freitas Nunes Pita –
Recursos Humanos das Áreas Escolares – – Coordenador Especialista do Núcleo de
– DRIG. Recursos Humanos das Áreas Escolares -
- DRIG.
Referência I – Área Escolar da Ribeira Brava – 2 postos de
trabalho – área de apoio geral: Referência M – Área Escolar de São Vicente – 2 postos de
trabalho – área de apoio geral:
Presidente:
- Elizabeth Vieira Pereira Gonçalves, Diretora Presidente:
de Serviços de Recursos Humanos das Escolas - Sílvia Cristina Rego de França Dória, Diretora
e dos Serviços - DRIG. de Serviços de Planeamento e Gestão - DRIG.
Vogais Efetivos: Vogais Efetivos:
- Sérgio Miguel Pereira Aguiar – Delegado - Maria da Paz Gomes da Encarnação Fernandes
Escolar da Ribeira Brava; – Delegada Escolar de São Vicente;
- Tânia Raquel Calafatinho Nicolau – Técnico - Catarina Teresa Sequeira Fernandes dos
Superior da Divisão de Apoio Técnico da Santos Guimarães – Técnico Superior da
DRIG. Divisão de Apoio Técnico da DRIG.
8 7 de dezembro de 2018
Número 191

Vogais Suplentes: 4. Identificação e caracterização dos postos de traba-


- Maria Filomena Pestana – Coordenador lho a ocupar:
Técnico da Delegação Escolar de São Vicente;
- Maria Rute de Freitas Nunes Pita – Coor- 4.1 Área funcional: Em conformidade com o esta-
denador Especialista do Núcleo de Recursos belecido nos mapas de pessoal aprovados para
Humanos das Áreas Escolares - DRIG. 2018, pretende-se recrutar 100 trabalhadores
com funções de complexidade funcional do
Direção Regional de Inovação e Gestão, 30 de novembro grau 1, com a categoria de assistente operacio-
de 2018. nal, com o conteúdo descrito no anexo à
LTFP, nos termos do n.º 2) do artigo 88.º da
O DIRETOR REGIONAL DE INOVAÇÃO E GESTÃO, António Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, a desenvolver
José de Carvalho Lucas nas seguintes áreas de atividade: Fornecer
apoio aos alunos, aos docentes e aos encarre-
gados de educação, entre e durante as ativida-
Aviso n.º 352/2018 des letivas; executar funções de apoio geral ao
nível da vigilância do estabelecimento; aten-
Procedimento concursal para o preenchimento de 100 postos dimento telefónico, reprografia, limpeza, ar-
de trabalho na carreira e categoria de Assistente Operacional rumação, conservação, boa utilização das ins-
dos mapas de pessoal das Escolas Básicas e Secundárias da talações, do material e do equipamento didáti-
Rede Pública da Região Autónoma da Madeira co, assegurar funções na cozinha e refeitório,
arrumação e conservação dos equipamentos e
Nos termos do disposto no artigo 33.º da Lei Geral do utensílios de cozinha.
Trabalho em Funções Públicas (adiante designada por
LTFP), aprovada pela Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, alte- 4.2 Identificação dos postos de trabalho: As cem
rada pelas Leis n.ºs 82-B/2014, de 31 de dezembro, 84/2015, vagas postas a concurso destinam-se a prover
de 7 de agosto, 18/2016, de 20 de junho, 42/2016, de 28 de as necessidades de assistente operacional nos
dezembro, 25/2017, de 30 de maio, 70/2017, de 30 de maio, seguintes estabelecimentos de ensino:
73/2017, de 16 de agosto, Lei n.º114/2017, de 29-12 e Lei • Referência 01 - Escola Secundária de
n.º49/2018, de 14 de agosto, adaptada à RAM pelo Decreto Jaime Moniz - 4 postos de trabalho;
Legislativo Regional n.º 11/2018/M de 3 de agosto, conju- • Referência 02 - Escola Secundária de
gado com o artigo 19.º da Portaria n.º 83-A/2009, de 22 de Francisco Franco - 5 postos de trabalho;
janeiro (adiante designada por Portaria), na redação conferi- • Referência 03 - Escola Básica e Secundária
da pela Portaria n.º 145-A/2011, de 6 de abril, e dado não Gonçalves Zarco - 6 postos de trabalho;
existir ainda reserva de recrutamento constituída nas Esco- • Referência 04 - Escola Básica dos 1.º, 2.º
las, torna-se público que, por despacho, de 30 de novembro e 3.º Ciclos C/Pré-Escolar Bartolomeu
de 2018, do Secretário Regional de Educação, precedido de Perestrelo - 8 postos de trabalho;
autorização de Sua Excelência o Vice Presidente do Gover- • Referência 05 -Escola Básica dos 2.º e 3.º
no Regional, de 28 de novembro de 2018, ao abrigo do dis- Ciclos do Estreito de Câmara de Lobos -
posto no n.º 1 do artigo 40.º do Decreto Legislativo Regio- 1 posto de trabalho;
nal n.º 2-A/2018/M de 2 de janeiro, se encontra aberto, pelo • Referência 06 -Escola Básica e Secundá-
período de 10 dias úteis, a contar da data de publicação ria de Santa Cruz - 5 postos de trabalho;
(distribuição) do presente aviso no Jornal Oficial da Região • Referência 07 -Escola Básica e Secundá-
Autónoma da Madeira (JORAM), procedimento concursal ria Padre Manuel Álvares - 3 postos de
comum, para preenchimento de 100 postos de trabalho na trabalho;
categoria e carreira de Assistente Operacional dos mapas de • Referência 08 -Escola Básica e Secundá-
pessoal das Escolas Básicas e Secundárias da Rede Pública ria com Pré-Escolar da Calheta - 4 postos
da RAM, na modalidade de contrato de trabalho em funções de trabalho;
públicas por tempo indeterminado. • Referência 09 -Escola Básica e Secundária
da Ponta do Sol - 5 postos de trabalho;
1. Local de Trabalho: As vagas destinam-se a preen- • Referência 10 - Escola Básica e Secundá-
cher a ocupação de 100 postos de trabalho dos ma- ria Prof.º Dr. Francisco de Freitas Bran-
co - 2 postos de trabalho;
pas de pessoal das Escolas Básicas e Secundárias da • Referência 11 - Escola Básica e Secundá-
Rede Pública da RAM. ria de Machico - 5 postos de trabalho;
• Referência 12 - Escola Básica Com Pré-
2. Legislação aplicável: LTFP; Decreto Legislativo -Escolar de Santo António e Curral das
Regional n.º 11/2018/M, de 3 de agosto, Portaria Freiras - 9 postos de trabalho;
n.º 83-A/2009, de 22 de janeiro, alterada e republi- • Referência 13 - Escola Básica dos 2.º e
cada pela Portaria n.º 145-A/2011, de 6 de abril, 3.º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia
Decreto-Lei n.º 29/2001, de 3 de fevereiro, adapta- - 8 postos de trabalho;
do à Região Autónoma da Madeira pelo Decreto • Referência 14 - Escola Básica e Secundá-
Legislativo Regional n.º 25/2001/M, de 24 de agos- ria Dr. Ângelo Augusto da Silva - 5 pos-
to, Decreto-Lei n.º 4/2015 de 7 de janeiro, Decreto tos de trabalho;
Regulamentar n.º 14/2008, de 31 de julho, Lei • Referência 15 - Escola Básica e Secundá-
n.º 2/2018/M, de 2 de janeiro, Decreto Legislativo ria Bispo D. Manuel Ferreira Cabral - 4
Regional n.º 29/2006/M, de 19 de julho de 2006. postos de trabalho;
• Referência 16 - Escola Básica e Secundá-
3. Prazo de validade: O procedimento concursal é vá- ria D.ª Lucinda Andrade - 1 posto de tra-
lido para o preenchimento dos postos de trabalho a balho;
ocupar e para os efeitos previstos nos n.ºs 1 e 2 do • Referência 17 - Escola Básica dos 2.º e 3.º
artigo 40.º da Portaria. Ciclos dos Louros - 5 postos de trabalho;
7 de dezembro de 2018 9
Número 191

• Referência 18 - Escola Básica dos 2.º e 7. Nos termos da alínea l) do n.º 3 do artigo 19.º da
3.º Ciclos Dr. Eduardo Brazão de Castro Portaria não podem ser admitidos candidatos que,
- 2 postos de trabalho; cumulativamente, se encontrem integrados na car-
• Referência 19 - Escola Básica dos 2.º e reira, sejam titulares da categoria e, não se encon-
3.º Ciclos da Torre - 2 postos de trabalho; trando em mobilidade especial, ocupem postos de
• Referência 20 - Escola Básica dos 2.º e trabalho previstos no mapa de pessoal do serviço,
3.º Ciclos Dr. Alfredo Ferreira Nóbrega idênticos aos postos de trabalho para cuja ocupação
Júnior - 1 posto de trabalho; se publicita o procedimento.
• Referência 21 - Escola Básica dos 1.º 2.º
e 3.º Ciclos Com Pré-Escolar do Porto da 8. Formalização de candidaturas:
Cruz - 1 posto de trabalho;
• Referência 22 - Escola Básica dos 2.º e 3.º 8.1. A candidatura é formalizada, sob pena de ex-
Ciclos do Caniçal - 3 postos de trabalho; clusão, através do preenchimento obrigatório
• Referência 23 - Escola Básica dos 2.º e 3.º do formulário de candidatura, disponível no
Ciclos do Caniço - 6 postos de trabalho; Núcleo de Recursos Humanos dos Serviços e
• Referência 24 - Escola Básica e Secundá- Escolas da Direção Regional de Inovação e
ria Dr. Luís Maurílio da Silva Dantas - 2 Gestão sita ao Edifício Oudinot, Rua Brigadei-
postos de trabalho; ro Oudinot, 4.º andar, 9061-901 Funchal ou
• Referência 25 - Escola Básica dos 2.º e poderá ser descarregado na página eletrónica
desta Direção Regional em
3.º Ciclos Cónego João Jacinto Gonçal- www.madeira.gov.pt/drig, devendo ser dirigi-
ves de Andrade - 1 posto de trabalho; do ao Diretor Regional de Inovação e Gestão.
• Referência 26 - Escola Básica dos 2.º e As candidaturas poderão ser entregues pesso-
3.º Ciclos de S. Jorge - Cardeal D. Teo- almente, durante as horas de atendimento da
dósio Gouveia - 2 postos de trabalho. Direção Regional de Inovação e Gestão - 2.ª,
4.ª e 6.ª das 9H30 às 12H00 e das 14H30 às
5. Posicionamento remuneratório: O posicionamento 16H00 e 3.ª e 5.ª das 9H30 às 16H00, sita ao
do trabalhador recrutado numa das posições remu- Edifício Oudinot, Rua Brigadeiro Oudinot, 4.º
neratórias da categoria é objeto de negociação que andar, 9061-901 Funchal, ou através de carta
terá lugar imediatamente após o termo do procedi- registada com aviso de receção para a mesma
mento concursal, tendo por base a 1.ª posição re- morada, endereçada à Direção Regional de
muneratória da carreira/categoria de assistente ope- Inovação e Gestão, devendo a sua expedição
racional, a que corresponde a remuneração mínima ocorrer até ao termo do prazo fixado para a en-
mensal garantida, nos termos do Anexo III do De- trega das candidaturas, não sendo consideradas
creto Regulamentar n.º 14/2008, de 31 de julho, ob- as que apresentem data de registo posterior.
servando o disposto no artigo 38.º da LTFP e no ar- Não serão aceites candidaturas enviadas por
tigo 42.º da Lei n.º 82-B/2014, de 31 de dezembro, correio eletrónico.
que se mantém em vigor por força do disposto no
n.º 1 do artigo 18.º da Lei n.º 7-A/2016, de 30 de 8.2. O formulário de candidatura devidamente pre-
março, conjugado com o artigo 2.º do Decreto Le- enchido, datado e assinado, deve ser acompa-
gislativo Regional n.º 5/2018/M, de 28 de fevereiro. nhado da seguinte documentação:
a) Fotocópia legível do certificado de habi-
6. Requisitos de admissão: Podem candidatar-se os in- litações literárias;
divíduos com ou sem vínculo à Função Pública, que b) Fotocópia do cartão de cidadão ou Bilhe-
satisfaçam os seguintes requisitos gerais e especiais te de Identidade.
até ao termo do prazo fixado para a apresentação
das candidaturas. 8.3. No caso do candidato já ser detentor de rela-
ção jurídica de emprego público por tempo in-
6.1. Requisitos gerais: os candidatos devem reunir determinado, se encontrar integrado na carrei-
cumulativamente os requisitos previstos no ar- ra e seja titular da categoria, deverá apresentar
tigo 17.º da LTFP, a saber: para além dos documentos mencionados nas
a) Nacionalidade portuguesa, quando não alíneas a) e b) do ponto 8.2 a seguinte docu-
dispensada pela Constituição, por con- mentação:
venção internacional ou por lei especial; a) Declaração emitida pelo Serviço a que o
b) 18 anos de idade completos; candidato pertence, devidamente atuali-
c) Não inibição do exercício de funções pú- zada, da qual conste a modalidade de re-
blicas ou não interdição para o exercício lação jurídica de emprego público que
daquelas a que se propõe desempenhar; detém, o tempo de execução das ativida-
d) Robustez física e perfil psíquico indis- des inerentes ao posto de trabalho que
ocupa e o grau de complexidade das
pensáveis ao exercício das funções; mesmas, para efeitos da alínea c) do n.º 2
e) Cumprimento das leis da vacinação obri- do artigo 11.º da Portaria;
gatória. b) Declaração de conteúdo funcional emiti-
da pelo Serviço a que o candidato se en-
6.2. Requisitos especiais de admissão: contra afeto, devidamente atualizada, da
a) Deter a escolaridade obrigatória de acor- qual conste a atividade que se encontra a
do com a idade não sendo admitidos can- exercer, em conformidade com o estabe-
didatos detentores de formação ou expe- lecido no mapa de pessoal aprovado;
riência profissional substitutiva daquele c) Currículo profissional detalhado atuali-
grau habilitacional. zado, dele devendo constar os seguintes
10 7 de dezembro de 2018
Número 191

elementos: nome, morada, contatos, nú- taria, aos candidatos sem relação jurídica de
mero de bilhete de identidade ou cartão emprego público e aos candidatos com relação
do cidadão, habilitações literárias, fun- jurídica de emprego público, que não dete-
ções que exerce, bem como, as que exer- nham a carreira/categoria colocada a concurso,
ceu, com indicação dos respetivos perío- serão aplicados os seguintes métodos de sele-
dos de duração e atividades relevantes, ção:
assim como a formação profissional deti- a) Prova Escrita de Conhecimentos (PC);
da, com indicação da entidade promoto- b) Entrevista Profissional de Seleção (EPS).
ra, data de frequência e duração (horas),
datado e assinado; 9.2. Nos termos do n.º 2 do artigo 36.º da LTFP
d) Fotocópias dos cursos de formação fre- conjugado com o n.º 2 do artigo 16.º do Decre-
quentados relacionados com o conteúdo to Legislativo Regional n.º 11/2018/M de 3 de
funcional dos postos de trabalho; agosto, aos candidatos que, cumulativamente,
e) A avaliação de desempenho relativa aos úl- sejam titulares da carreira/categoria e se en-
timos três ciclos de avaliação, nos termos contrem, colocados em situação de requalifi-
da alínea d) do n.º 2 do artigo 11.º da citada cação estejam a cumprir ou a executar a atri-
Portaria ou sendo o caso, a indicação dos buição, competência ou atividade caracteriza-
motivos de ausência de avaliação. doras dos postos de trabalho para cuja ocupa-
ção o procedimento é publicitado, serão apli-
8.4. Os candidatos que sejam trabalhadores da Se- cados os seguintes métodos de seleção:
cretaria Regional de Educação, ficam dispen- a) Avaliação Curricular (AC);
sados da entrega dos documentos exigidos nas b) Entrevista Profissional de Seleção (EPS).
alíneas a), b), e d) do ponto 8.3 do presente
aviso. 9.3. A valoração dos métodos anteriormente refe-
ridos será convertida numa escala de 0 a 20
8.5. Os candidatos que sejam trabalhadores da Se- valores, de acordo com a especificidade de ca-
cretaria Regional de Educação, ficam dispen- da método, através da aplicação das seguintes
sados da entrega dos documentos comprovati- fórmulas finais:
vos dos factos indicados no curriculum profis- a) Candidatos previstos em 9.1:
sional, desde que expressamente refiram que
os mesmos se encontram arquivados no pro- CF = [(PC x 70%) + (EPS x 30%)]
cesso individual. b) Candidatos previstos em 9.2:

8.6. O júri pode exigir aos candidatos a apresenta- CF = [(AC x 70%) + (EPS x 30%)]
ção de documentos comprovativos de factos
por eles referidos que possam relevar para em que:
apreciação do seu mérito, e que se encontrem CF = Classificação Final
deficientemente comprovados. PC = Prova de Conhecimentos
EPS = Entrevista Profissional de Seleção
8.7. A não apresentação dos documentos exigidos, AC = Avaliação Curricular
determina a exclusão dos candidatos do proce-
dimento concursal, nos termos do n.º 9 do ar- 9.4. A Prova de conhecimentos visa avaliar os co-
tigo 28.º da referida Portaria. nhecimentos académicos e, ou profissionais e
as competências técnicas dos candidatos, ne-
8.8. Nos termos do Decreto-Lei n.º 29/2001, de 3 cessárias ao exercício das funções correspon-
de fevereiro, e para efeitos de admissão ao dentes à caracterização do posto de trabalho a
procedimento concursal, os candidatos com ocupar.
deficiência devem declarar, no requerimento A Prova de Conhecimentos será de natureza
de admissão, sob compromisso de honra, o teórica e realização individual, em suporte de
respetivo grau de incapacidade, o tipo de defi- papel e sob a forma escrita, sem possibilidade
ciência e os meios de comunicação/expressão de consulta e terá a duração máxima de 60 mi-
a utilizar no processo de seleção, nos termos nutos, versando essencialmente sobre os se-
do diploma mencionado. guintes temas:
a) De carácter geral:
8.9. As falsas declarações prestadas pelos candida- - Constituição da República Portu-
tos serão punidas nos termos da lei. guesa;
- Código do Procedimento Admi-
9 Métodos de seleção: nistrativo;
Nos termos do artigo 36.º da LTFP conjugado com - Lei Geral do Trabalho em Fun-
o n.º 2 do artigo 16.º do Decreto Legislativo Regio- ções Públicas (LTFP);
nal n.º 11/2018/M, de 3 de agosto, da alínea a) do - Código do Trabalho;
n.º 1 do artigo 6.º e da alínea a) do n.º 1 do artigo 7.º - Lei Orgânica da Secretaria Regi-
da Portaria, aos candidatos serão aplicados os se- onal de Educação;
guintes métodos de seleção: Legislação recomendada para a prova de
conhecimentos de carácter geral:
9.1. Regra geral: - Decreto-Lei n.º 135/99, de 22 de
Nos termos dos n.ºs 1 e 4 do artigo 36.º da abril, alterado e republicado pelo
LTFP conjugado com o n.º 2 do artigo 16.º do Decreto-Lei n.º 73/2014, de 13 de
Decreto Legislativo Regional n.º 11/2018/M, maio;
de 3 de agosto, da alínea a), do n.º 1 do artigo - Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro;
6.º e da alínea a), do n.º 1 do artigo 7.º da Por- - Lei n.º 35/2014, de 20 de junho;
7 de dezembro de 2018 11
Número 191

- Decreto-Lei n.º 4/2015, de 7 de 9.7. O método de seleção obrigatório a aplicar,


janeiro; consoante o candidato se encontre na situação
- Decreto Regulamentar Regional referida no ponto 9.1 e 9.2 do presente aviso, é
n.º 20/2015/M, de 11 de novembro. de carácter eliminatório.
Devem ser consideradas todas as atualiza-
ções e alterações que, entretanto, venham 9.8. A prova escrita a realizar pelos candidatos
a ser efetuadas à legislação indicada no admitidos é válida para todas as referências
presente aviso até à data da realização da identificadas no ponto 4.2 do presente aviso, a
prova de conhecimentos. que os mesmos venham a candidatar-se, atra-
b) De carácter específico: vés do preenchimento do boletim de candida-
- Segurança, Higiene e Saúde no tura. No que respeita ao método de seleção
trabalho; Entrevista Profissional de Seleção, os candida-
- Higiene e Segurança alimentar tos aprovados àquele método, terão de subme-
em ambiente escolar; ter-se à realização do mesmo tantas vezes
- Atendimento ao Público; quantas as referências a que foram opositores.
- Relações Interpessoais.
10. A publicitação dos resultados obtidos em cada mé-
Será disponibilizado no site da Direção Regio- todo de seleção é efetuada através de lista, ordenada
nal de Inovação e Gestão em alfabeticamente, sendo gerada uma lista para cada
www.madeira.gov.pt/drig, no separador refe- referência identificada no ponto 4.2 do presente avi-
rente ao presente procedimento concursal, um so. As listas serão afixadas na Direção Regional de
manual com os conteúdos acima mencionados Inovação e Gestão, sita ao Edifício Oudinot, 4.º an-
na alínea b) e que poderão servir de suporte à dar e disponibilizada no site da Direção Regional de
preparação dos mesmos. Inovação e Gestão.

9.5. Entrevista Profissional de Seleção (EPS): A 11. Os candidatos aprovados no método de seleção
entrevista profissional de seleção visa avaliar, obrigatório são convocados para a realização do
de forma objetiva e sistemática, a experiência método de seleção complementar, por uma das for-
profissional e os aspetos comportamentais mas previstas no n.º 3 do artigo 30.º da Portaria.
evidenciados durante a interação estabelecida
entre o Júri e o candidato. A entrevista profis- 12. De acordo com o preceituado no n.º 1 do mesmo ar-
sional de seleção é avaliada segundo os níveis tigo 30.º, os candidatos excluídos serão notificados
classificativos de Excelente, Bom, Razoável, por uma das formas previstas no seu n.º 3 para a re-
Reduzido e Insuficiente, aos quais correspon- alização da audiência dos interessados.
dem, respetivamente, as classificações de 20,
16, 12, 8 e 4 valores. 13. As atas do Júri, onde constam os parâmetros de ava-
liação e respetiva ponderação de cada um dos mé-
9.6. Avaliação Curricular (AC): A Avaliação Cur- todos de seleção a utilizar, a grelha classificativa e
ricular visa analisar a qualificação dos candi- os sistemas de valoração dos métodos serão faculta-
datos, designadamente a habilitação académi- dos aos candidatos sempre que solicitados.
ca ou profissional, percurso profissional, rele-
vância da experiência adquirida e da formação 14. Serão excluídos do procedimento os candidatos que
realizada, tipo de funções exercidas e avalia- tenham obtido uma valoração inferior a 9,5 valores
ção de desempenho obtida, sendo considera- no método de seleção obrigatório, não lhes sendo
dos e ponderados os elementos de maior rele- aplicado o método de avaliação complementar.
vância para o posto de trabalho a ocupar, fixa-
dos pelo júri, sendo obrigatoriamente conside- 15. Em situações de igualdade de valoração, aplica-se o
rados, os seguintes: disposto no artigo 35.º da Portaria n.º 83-A/2009, de
a) A habilitação académica; 22 de janeiro. Persistindo igualdade de valoração
b) A experiência profissional com incidên- serão aplicados os critérios de desempate previstos
na ata de definição dos parâmetros de avaliação dos
cia sobre a execução de atividades ine- métodos de seleção.
rentes ao posto de trabalho e o grau de
complexidade das mesmas; 16. A lista unitária de ordenação final dos candidatos
c) A formação profissional, considerando-se após homologação será afixada na Direção Regio-
as áreas de formação e aperfeiçoamento nal de Inovação e Gestão, sita ao Edifício Oudinot,
profissional relacionadas com as exigên- 4.º andar, bem como disponibilizada no site da Di-
cias e as competências necessárias ao reção Regional de Inovação e Gestão sendo ainda
exercício da função; publicado um aviso no JORAM com informação re-
d) A avaliação do desempenho, caso aplicá- ferente à sua publicitação.
vel, relativa aos últimos três ciclos de
avaliação, em que o candidato cumpriu 17. Júri do procedimento concursal:
ou executou atribuição, competência ou
atividade idênticas às do posto de traba- Referência 01 - Escola Secundária de Jaime
lho a ocupar. Moniz - 4 postos de trabalho:
Só serão contabilizados os elementos relativos
às habilitações, formações profissionais, expe- Presidente:
riência e avaliação do desempenho que se en- - Ana Isabel Fernandes Pereira de Freitas - Presidente
contrem devidamente concluídos e comprova- do Conselho Executivo da Escola Secundária Jaime
dos por fotocópia. Moniz.
12 7 de dezembro de 2018
Número 191

Vogais Efetivos: 2.º e 3.º Ciclos C/Pré-Escolar Bartolomeu Peres-


- Elizabeth Vieira Pereira Gonçalves -Diretora de trelo.
Serviços de Recursos Humanos das Escolas e dos
Serviços do mapa de pessoal da Direção Regional Vogais Efetivos:
de Inovação e Gestão; - Élia Maria Xavier Freitas -Chefe de Divisão de
- Lúcia Maria Olim Gomes de Mendonça - Técnica Gestão de Recursos Humanos do mapa de pessoal
Superior do mapa de pessoal da Escola Secundária da Direção Regional de Inovação e Gestão;
Jaime Moniz. - Micaela Sílvia Oliveira Carvalho Freitas da Silva -
- Vice-Presidente do Conselho Executivo da Escola
Vogais Suplentes: Básica dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos C/Pré-Escolar Barto-
- Maria Zita Gomes Sousa Carvalho - Vice-Presi- lomeu Perestrelo.
dente do Conselho Executivo da Escola Secundária
Jaime Moniz;
- José Manuel Menezes - Docente da Escola Secun- Vogais Suplentes:
dária Jaime Moniz. - Duarte Nuno Ferreira de Gouveia - Docente da Es-
cola Básica dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos C/Pré-Escolar
Referência 02 - Escola Secundária de Francisco Bartolomeu Perestrelo;
Franco - 5 postos de trabalho: - Jorge Paulo Silva Santos Antunes - Docente da Es-
cola Básica dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos C/Pré-Escolar
Presidente: Bartolomeu Perestrelo.
- Jaime Manuel Gonçalves de Freitas - Docente da
Escola Secundária Francisco Franco. Referência 05 -Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclos Estreito de
Câmara de Lobos - 1 posto de trabalho:
Vogais Efetivos:
- Elizabeth Vieira Pereira Gonçalves -Diretora de Presidente:
Serviços de Recursos Humanos das Escolas e dos - António Manuel Barros Mendonça - Presidente do
Serviços do mapa de pessoal da Direção Regional Conselho Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º
de Inovação e Gestão; Ciclos do Estreito de Câmara de Lobos.
- José Salvador Gomes Correia - Encarregado Opera-
cional do mapa de pessoal da Escola Secundária
Francisco Franco. Vogais Efetivos:
- Élia Maria Xavier Freitas -Chefe de Divisão de
Vogais Suplentes: Gestão de Recursos Humanos do mapa de pessoal
- João Francisco de Jesus Nunes - Vice-Presidente do da Direção Regional de Inovação e Gestão;
Conselho Executivo da Escola Secundária Francis- - José Rogério Pinto Andrade- Vice-Presidente do
co Franco; Conselho Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º
- José Fernando Gomes Rodrigues Alves - Vice- Ciclos do Estreito de Câmara de Lobos.
-Presidente do Conselho Executivo da Escola Se-
cundária Francisco Franco. Vogais Suplentes:
- João José Barbosa - Vice-Presidente do Conselho
Referência 03 - Escola Básica e Secundária Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos do
Gonçalves Zarco - 6 postos de trabalho: Estreito de Câmara de Lobos;
- Maria Delta Fernandes Pita - Assistente Técnico do
Presidente: mapa de pessoal da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ci-
- Sílvio de Jesus Nunez da Costa - Vice-Presidente clos do Estreito de Câmara de Lobos.
do Conselho Executivo da Escola Básica e Secun-
dária Gonçalves Zarco. Referência 06 -Escola Básica e Secundária de
Vogais Efetivos: Santa Cruz - 5 postos de trabalho:
- Elizabeth Vieira Pereira Gonçalves -Diretora de
Serviços de Recursos Humanos das Escolas e dos Presidente:
Serviços do mapa de pessoal da Direção Regional - Norberta Elisa Santos Fernandes - Vice-Presidente
de Inovação e Gestão; do Conselho Executivo da Escola Básica e Secun-
- Nina Cesária Gonçalves Figueira Afonso de Freitas dária de Santa Cruz.
Nunes - Coordenador Técnico do mapa de pessoal
da Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco. Vogais Efetivos:
- Élia Maria Xavier Freitas -Chefe de Divisão
Vogais Suplentes: de Gestão de Recursos Humanos do mapa de
- Rui Alberto Pereira Caetano - Presidente do Conse- pessoal da Direção Regional de Inovação e Ges-
lho Executivo da Escola Básica e Secundária Gon- tão;
çalves Zarco; - Maria Tomásia Spínola Mendonça -Encarregada
- Maurílio Rodolfo Rodrigues Ferreira - Docente do Operacional do mapa de pessoal da Escola Básica e
mapa de pessoal da Escola Básica e Secundária Dr. Secundária de Santa Cruz.
Luís Maurílio da Silva Dantas em mobilidade na
Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco. Vogais Suplentes:
Referência 04 - Escola Básica dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos - Ana Maria dos Santos Martins Nunes -Assistente
C/Pré-Escolar Bartolomeu Perestrelo - 8 postos de trabalho: Técnico do mapa de pessoal da Escola Básica e Se-
cundária de Santa Cruz;
Presidente: - Teresa Assunção Olim Ferreira - Assistente Opera-
- Gualberto Inácio Melim Soares - Presidente cional do mapa de pessoal da Escola Básica e Se-
do Conselho Executivo da Escola Básica dos 1.º, cundária de Santa Cruz.
7 de dezembro de 2018 13
Número 191

Referência 07 -Escola Básica e Secundária Padre Manuel Referência 10 - Escola Básica e Secundária Prof.º Dr.
Álvares - 3 postos de trabalho Francisco de Freitas Branco - 2 postos de trabalho:
Presidente: Presidente:
- Alda Maria Aguiar da Silva Almeida - Vice- - José Ricardo Teixeira Vasconcelos - Presidente do
Presidente do Conselho Executivo da Escola Básica Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária
e Secundária Padre Manuel Álvares. Prof.º Dr. Francisco de Freitas Branco.
Vogais Efetivos: Vogais Efetivos:
- Sílvia Cristina Rego de França Dória - Diretora de - Paulo Manuel Escórcio - Vice-Presidente do Conse-
Serviços de Planeamento e Gestão do mapa de pes- lho Executivo da Escola Básica e Secundária Prof.º
soal da Direção Regional de Inovação e Gestão; Dr. Francisco de Freitas Branco;
- Luís Artur Freitas Ramos -Encarregado Operacional - Filomena do Carmo Jardim - Chefe de Departamen-
do mapa de pessoal da Escola Básica e Secundária to do mapa de pessoal da Direção Regional de Ino-
Padre Manuel Álvares. vação e Gestão.
Vogais Suplentes: Vogais Suplentes:
- Maria da Paz Gonçalves Soares - Vice-Presidente - Maria José de Sousa Vital - Vice-Presidente do
do Conselho Executivo da Escola Básica e Secun- Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária
dária Padre Manuel Álvares; Prof.º Dr. Francisco de Freitas Branco;
- Susana Maria Serrão Capelo - Vice-Presidente do - João Carlos Henriques da Silva - Docente da Escola
Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária Básica e Secundária Prof.º Dr. Francisco de Freitas
Padre Manuel Álvares. Branco.
Referência 08 -Escola Básica e Secundária com Pré-Escolar Referência 11 - Escola Básica e Secundária de
da Calheta - 4 postos de trabalho: Machico - 5 postos de trabalho:
Presidente: Presidente:
- Gabriela Maria Agrela Moniz da Silva - Vice- - José Maria Carvalho Dias - Presidente do Conselho
Presidente do Conselho Executivo da Escola Básica Executivo da Escola Básica e Secundária de Machico.
e Secundária com Pré-Escolar da Calheta.
Vogais Efetivos:
Vogais Efetivos: - José Manuel dos Santos Pimenta - Vice-Presidente
- Sílvia Cristina Rego de França Dória - Diretora de do Conselho Executivo da Escola Básica e Secun-
Serviços de Planeamento e Gestão do mapa de pes- dária de Machico;
soal da Direção Regional de Inovação e Gestão; - Filomena do Carmo Jardim - Chefe de Departamen-
- Tânia Maria Araújo Barradas - Técnica Superior do to do mapa de pessoal da Direção Regional de Ino-
mapa de pessoal da Escola Básica e Secundária com vação e Gestão.
Pré-escolar da Calheta.
Vogais Suplentes:
Vogais Suplentes: - Maria Manuela Pacheco Meireles - Docente contra-
- Maria Isabel Castanho Mendonça - Assistente Téc- tada na Escola Básica e Secundária de Machico;
nico do mapa de pessoal Escola Básica e Secundá- - Maria Fátima Gomes Correia Pestana - Assistente
ria com Pré-escolar da Calheta; Técnico do mapa de pessoal da Escola Básica e Se-
- Maria Odília da Silva Cabral Freitas -- Assistente cundária de Machico.
Técnico do mapa de pessoal Escola Básica e Se-
cundária com Pré-escolar da Calheta. Referência 12 - Escola Básica Com Pré-Escolar de Santo
António e Curral das Freiras - 9 postos de trabalho:
Referência 09 -Escola Básica e Secundária da Ponta
do Sol - 5 postos de trabalho: Presidente:
- Vítor Manuel Correia Gomes - Presidente do Con-
Presidente: selho Executivo da Escola Básica Com Pré-Escolar
- João Carlos Vieira Pestana - Docente da Escola Bá- de Santo António e Curral das Freiras.
sica e Secundária da Ponta do Sol.
Vogais Efetivos:
Vogais Efetivos: - Maria Luísa Rebolo Rodrigues de Abreu Ferreira -
- Sílvia Cristina Rego de França Dória - Diretora de Vice-Presidente da Escola Básica Com Pré-Escolar
Serviços de Planeamento e Gestão do mapa de pes- de Santo António e Curral das Freiras;
soal da Direção Regional de Inovação e Gestão; - Filomena do Carmo Jardim - Chefe de Departamen-
- Maria Margarida Cova Quintal - Vice-Presidente do to do mapa de pessoal da Direção Regional de Ino-
Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária vação e Gestão.
da Ponta do Sol.
Vogais Suplentes:
Vogais Suplentes: - António Miranda Olim - Vice-Presidente da Escola
- Hélia Maria Teixeira de Canha- Assistente Técnico Básica Com Pré-Escolar de Santo António e Curral
do mapa de pessoal Escola Básica e Secundária da das Freiras;
Ponta do Sol; - João Abel Nóbrega Silva - Docente da Escola Bási-
- Bento Alberto Machado da Silva - Docente da Es- ca Com Pré-Escolar de Santo António e Curral das
cola Básica e Secundária da Ponta do Sol. Freiras.
14 7 de dezembro de 2018
Número 191

Referência 13 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos - Maria Lúcia Menezes Mendonça -Chefe de Depar-
Dr. Horácio Bento de Gouveia - 8 postos de trabalho: tamento do mapa de pessoal da Escola Básica e Se-
cundária Bispo D. Manuel Ferreira Cabral.
Presidente:
- Fátima Maria Teles - Presidente do Conselho Exe- Referência 16 - Escola Básica e Secundária D.ª Lucinda
cutivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr. Ho- Andrade - 1 posto de trabalho:
rácio Bento de Gouveia.
Presidente:
Vogais Efetivos: - Ana Paula Freitas Teixeira Catanho - Vice-
- Carlos Manuel da Silva Gomes de Mendonça - Vice- Presidente do Conselho Executivo da Escola Básica
Presidente do Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária D.ª Lucinda Andrade.
dos 2.º e 3.º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia;
- Maygualida Josefina Martinez Y Dudamel de Vogais Efetivos:
Abreu - Técnica Superior do mapa de pessoal da - Telmo de Freitas Sousa - Técnico Superior do mapa
Direção Regional de Inovação e Gestão. de pessoal da Direção Regional de Inovação e Gestão;
- Carla Sofia Santos Teixeira Vieira - Encarregada
Vogais Suplentes: Operacional do mapa de pessoal da Escola Básica e
- Edgar Vieira Jardim - Vice-Presidente do Conselho Secundária D.ª Lucinda Andrade.
Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr.
Horácio Bento de Gouveia; Vogais Suplentes:
- Maria Manuela Silva Santos Antunes Ramos Pesta- - Ana Margarida Teixeira Magalhães - Vice-
na - Vice-Presidente do Conselho Executivo da Es- Presidente do Conselho Executivo da Escola Básica
cola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr. Horácio Bento e Secundária D.ª Lucinda Andrade;
de Gouveia. - Gilberto David Gonçalves de Sousa - Assistente
Técnico do mapa de pessoal da Escola Básica e Se-
cundária D.ª Lucinda Andrade.
Referência 14 - Escola Básica e Secundária Dr. Ângelo
Augusto da Silva - 5 postos de trabalho: Referência 17 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos
dos Louros - 5 postos de trabalho:
Presidente:
- Ricardo Bruno Silva - Vice-Presidente do Conselho Presidente:
Executivo da Escola Básica e Secundária Dr. Ânge- - Elder Rodrigues Pontes Cardoso - Vice-Presidente
lo Augusto da Silva. do Conselho Executivo da Escola Básica dos 2.º e
3.º Ciclos dos Louros.
Vogais Efetivos:
- Emanuel Paulo Ramos Oliveira - Vice-Presidente Vogais Efetivos:
do Conselho Executivo da Escola Básica e Secun- - Ana Patrícia Mendes Loja Rodrigues - Vice-
dária Dr. Ângelo Augusto da Silva; Presidente do Conselho Executivo da Escola Básica
- Maygualida Josefina Martinez Y Dudamel de dos 2.º e 3.º Ciclos dos Louros;
Abreu - Técnica Superior do mapa de pessoal da - Telmo de Freitas Sousa - Técnico Superior do mapa
Direção Regional de Inovação e Gestão. de pessoal da Direção Regional de Inovação e Gestão.
Vogais Suplentes: Vogais Suplentes:
- José Armando Farinha Barreiro - Presidente do - Maria de Lurdes Vargem Perdigão - Técnica Supe-
Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária rior do mapa de pessoal da Direção Regional de
Dr. Ângelo Augusto da Silva; Educação;
- Magna Raquel Teixeira Freire - Vice-Presidente do - Isabel Cristina Rodrigues da Cruz - Técnica Superi-
Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária or do mapa de pessoal da Escola Básica dos 2.º e 3.º
Dr. Ângelo Augusto da Silva. Ciclos dos Louros.
Referência 15 - Escola Básica e Secundária Bispo Referência 18 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos
D. Manuel Ferreira Cabral - 4 postos de trabalho: Dr. Eduardo Brazão de Castro - 2 postos de trabalho

Presidente: Presidente:
- Maria Inês Mendonça Andrade - Presidente do - António Pinto da Cruz - Vice-Presidente do Conse-
Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária lho Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos
Bispo D. Manuel Ferreira Cabral. Dr. Eduardo Brazão de Castro.

Vogais Efetivos: Vogais Efetivos:


- Sandra Maria Rocha - Vice-Presidente do Conselho - Telmo de Freitas Sousa - Técnico Superior do mapa
Executivo da Escola Básica e Secundária Bispo D. de pessoal da Direção Regional de Inovação e Gestão;
Manuel Ferreira Cabral; - José de Nóbrega Teixeira Petito - Encarregado Ope-
- Maygualida Josefina Martinez Y Dudamel de racional do mapa de pessoal da Escola Básica dos
Abreu - Técnica Superior do mapa de pessoal da 2.º e 3.º Ciclos Dr. Eduardo Brazão de Castro.
Direção Regional de Inovação e Gestão.
Vogais Suplentes:
Vogais Suplentes: - Nuno Gomes Jardim - Presidente do Conselho Exe-
- Mário Rogério Freitas Rodrigues Vice-Presidente cutivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr.
do Conselho Executivo da Escola Básica e Secun- Eduardo Brazão de Castro;
dária Bispo D. Manuel Ferreira Cabral; - Susana Maria Teixeira de Jesus Gouveia Castro -
Vice-Presidente do Conselho Executivo da Escola
7 de dezembro de 2018 15
Número 191

Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr. Eduardo Brazão de Vogais Suplentes:
Castro. - José Américo Vieira Mendonça - Vice-Presidente
do Conselho Executivo da Escola Básica dos 2.º e
Referência 19 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos da 3.º Ciclos Com Pré-Escolar do Porto da Cruz;
Torre - 2 postos de trabalho: - Maria Gorete Sousa Freitas - Chefe de Serviços do
mapa de pessoal da Escola Básica dos 1.º 2.º e 3.º
Presidente: Ciclos Com Pré-Escolar do Porto da Cruz.
- Helder José Vieira Miranda - Vice-Presidente do
Conselho Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º Referência 22 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos do
Ciclos da Torre. Caniçal - 3 postos de trabalho:

Vogais Efetivos: Presidente:


- Samuel Pereira de Freitas Andrade - Técnico Supe- - Lisete Maria Carvalho Brazão Garrido - Presidente
rior do mapa de pessoal da Direção Regional de do Conselho Executivo da Escola Básica dos 2.º e
Inovação e Gestão 3.º Ciclos do Caniçal.
- Zulay Rodrigues Freitas -Presidente do Conselho
Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos da Vogais Efetivos:
Torre. - Anália Pontes Carvalho Vasconcelos - Vice-Presi-
dente do Conselho Executivo da Escola Básica dos
Vogais Suplentes: 2.º e 3.º Ciclos do Caniçal;
- Maria José Figueira Teixeira Gouveia - Encarrega- - Micaela Fátima Freitas Ribeiro - Assistente Técnico
da Operacional do mapa de pessoal da Escola Bási- do mapa de pessoal da Direção Regional de Inova-
ca dos 2.º e 3.º Ciclos da Torre; ção e Gestão.
- Sílvia da Conceição Gonçalves de Oliveira Ferrei-
ra - Docente da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos da Vogais Suplentes:
Torre. - Maria Lúcia Pereira Olim Perestrelo - Vice-
-Presidente do Conselho Executivo da Escola Bási-
Referência 20 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos ca dos 2.º e 3.º Ciclos do Caniçal;
Dr. Alfredo Ferreira Nóbrega Júnior - 1 posto de trabalho: - Ana Maria dos Santos Rosário Pão - Chefe de De-
partamento do mapa de pessoal da Escola Básica
Presidente: dos 2.º e 3.º Ciclos do Caniçal.
- Carlos Paulo de Nóbrega - Vice-Presidente do Con-
selho Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ci- Referência 23 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos do
clos Dr. Alfredo Ferreira Nóbrega Júnior. Caniço - 6 postos de trabalho:

Vogais Efetivos: Presidente:


- Samuel Pereira de Freitas Andrade - Técnico Supe- - Ricardo Miguel Sá Santos - Vice-Presidente do
rior do mapa de pessoal da Direção Regional de Conselho Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º
Inovação e Gestão; Ciclos do Caniço
- Maria Luísa Gonçalves Pinto - Vice-Presidente do
Conselho Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º Vogais Efetivos:
Ciclos Dr. Alfredo Ferreira Nóbrega Júnior. - Maria Lurdes de Caires Luís Ascensão Gomes –
– Vice-Presidente do Conselho Executivo da Escola
Vogais Suplentes: Básica dos 2.º e 3.º Ciclos do Caniço;
- Maria Helena Baptista dos Santos - Chefe de Servi- - Micaela Fátima Freitas Ribeiro - Assistente Técnico
ços de Administração Escolar do mapa de pessoal do mapa de pessoal da Direção Regional de Inova-
da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr. Alfredo ção e Gestão.
Ferreira Nóbrega Júnior;
- Alda Rubina Corte e Silva Olival - Técnica Superi- Vogais Suplentes:
- Carlos Jorge Caires Natividade - Vice-Presidente do
or do mapa de pessoal da Escola Básica dos 2.º e 3.º Conselho Executivo da Escola Básica dos 2.º e 3.º
Ciclos Dr. Alfredo Ferreira Nóbrega Júnior. Ciclos do Caniço;
- Odília Bernardete Camacho Jardim - Vice-Presi-
Referência 21 - Escola Básica dos 1.º 2.º e 3.º Ciclos com dente do Conselho Executivo da Escola Básica dos
Pré-Escolar do Porto da Cruz - 1 posto de trabalho: 2.º e 3.º Ciclos do Caniço.
Presidente: Referência 24 - Escola Básica e Secundária Dr. Luís
- Manuel Luís Macedo de Andrade –Presidente do Maurílio da Silva Dantas - 2 postos de trabalho:
Conselho Executivo da Escola Básica dos 1.º 2.º e
3.º Ciclos Com Pré-Escolar do Porto da Cruz. Presidente:
- Marcelino Antelmo Vieira Gonçalves - Presidente
Vogais Efetivos: do Conselho Executivo da Escola Básica e Secun-
- António Zeferino Gouveia Nóbrega –Vice-Presidente dária Dr. Luís Maurílio da Silva Dantas.
do Conselho Executivo da Escola Básica dos 1.º 2.º e
3.º Ciclos Com Pré-Escolar do Porto da Cruz; Vogais Efetivos:
- Samuel Pereira de Freitas Andrade - Técnico Supe- - Manuel Luís dos Reis Martins –Vice-Presidente do
rior do mapa de pessoal da Direção Regional de Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária
Inovação e Gestão. Dr. Luís Maurílio da Silva Dantas;
16 7 de dezembro de 2018
Número 191

- Micaela Fátima Freitas Ribeiro - Assistente Técnico 2.º e 3.º Ciclos de S. Jorge - Cardeal D. Teodósio
do mapa de pessoal da Direção Regional de Inova- Gouveia;
ção e Gestão. - Sónia Maria Freitas Costa Ornelas - Assistente Téc-
nico do mapa de pessoal da Direção Regional de
Vogais Suplentes: Inovação e Gestão.
- Delta Solange Pestana Abreu - Técnica Superior do
mapa de pessoal da Escola Básica e Secundária Dr. Vogais Suplentes:
Luís Maurílio da Silva Dantas; - Andreia Martins da Silva - Vice-Presidente da Co-
- Helena de Andrade Aveiro Santos - Vice-Presidente missão Provisória da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ci-
do Conselho Executivo da Escola Básica e Secun- clos de S. Jorge - Cardeal D. Teodósio Gouveia;
dária Dr. Luís Maurílio da Silva Dantas. - Maria Idalina de Jesus Góis Freire- Assistente Técnica
do mapa de pessoal da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ci-
Referência 25 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Cónego clos de S. Jorge - Cardeal D. Teodósio Gouveia:
João Jacinto Gonçalves de Andrade - 1 posto de trabalho:
Direção Regional de Inovação e Gestão, 30 de novembro
Presidente: de 2018.
- João Manuel Freitas Gonçalves - Vice-Presidente O DIRETOR REGIONAL DE INOVAÇÃO E GESTÃO, António
do Conselho Executivo Escola Básica dos 2.º e 3.º José de Carvalho Lucas
Ciclos Cónego João Jacinto Gonçalves de Andrade.
Vogais Efetivos:
- Sónia Maria Abreu Fernandes - Vice-Presidente do SECRETARIA REGIONAL DA SAÚDE
Conselho Executivo Escola Básica dos 2.º e 3.º Ci-
clos Cónego João Jacinto Gonçalves de Andrade; SERVIÇO REGIONAL DE PROTEÇÃO CIVIL, IP-RAM
- Sónia Maria Freitas Costa Ornelas - Assistente Téc- Aviso n.º 353/2018
nico do mapa de pessoal da Direção Regional de
Inovação e Gestão. Nos termos do n.º 6 do artigo 36.º da Portaria n.º 83-
-A/2009, de 22 de janeiro, alterada e republicada pela
Vogais Suplentes: Portaria n.º 145-A/2011, de 6 de abril, torna-se pública a
- Elisa Maria Sousa Gomes - Coordenadora Técnica lista unitária de ordenação final dos candidatos admitidos ao
do mapa de pessoal da Escola Básica dos 2.º e 3.º procedimento concursal comum para o preenchimento de
Ciclos Cónego João Jacinto Gonçalves de Andrade; um posto de trabalho na carreira e categoria de técnico
- Renato Gil Gomes Carvalho - Técnico Superior do superior do mapa de pessoal do Serviço Regional de
mapa de pessoal da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ci- Proteção Civil, IP-RAM.
clos Cónego João Jacinto Gonçalves de Andrade. Mais se informa que a referida lista se encontra afixada
no placard existente nas instalações do Serviço Regional de
Referência 26 - Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de S. Proteção Civil IP-RAM, localizado no Caminho do
Jorge - Cardeal D. Teodósio Gouveia - 2 postos de trabalho: Pináculo, n.º 14, no Funchal e disponibilizada na página
eletrónica deste Serviço, em
Presidente: https://www.procivmadeira.pt/pt/protecao-
- Dinis Silva Mendonça - Presidente da Comissão civil/instrumentos-gestao.html.
Provisória da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de
S. Jorge - Cardeal D. Teodósio Gouveia. Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM, 6 de
dezembro de 2018.
Vogais Efetivos:
- Helder Duarte dos Santos Andrade - Vice-Presi- O PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETIVO, José António
dente da Comissão Provisória da Escola Básica dos Oliveira Dias
7 de dezembro de 2018 17
Número 191
18 7 de dezembro de 2018
Número 191

CORRESPONDÊNCIA Toda a correspondência relativa a anúncios e assinaturas do Jornal Oficial deve ser dirigida à Direção
Regional da Administração da Justiça.

PUBLICAÇÕES Os preços por lauda ou por fração de lauda de anúncio são os seguintes:
Uma lauda ..................... € 15,91 cada € 15,91;
Duas laudas ................... € 17,34 cada € 34,68;
Três laudas .................... € 28,66 cada € 85,98;
Quatro laudas ................ € 30,56 cada € 122,24;
Cinco laudas.................. € 31,74 cada € 158,70;
Seis ou mais laudas ....... € 38,56 cada € 231,36
EXEMPLAR A estes valores acresce o imposto devido.

ASSINATURAS Números e Suplementos - Preço por página € 0,29

Anual Semestral
Uma Série ............................. € 27,66 € 13,75;
Duas Séries ........................... € 52,38 € 26,28;
Três Séries............................. € 63,78 € 31,95;
Completa ............................... € 74,98 € 37,19.

A estes valores acrescem os portes de correio, (Portaria n.º 1/2006, de 13 de janeiro) e o imposto devido.

EXECUÇÃO GRÁFICA Departamento do Jornal Oficial


IMPRESSÃO Departamento do Jornal Oficial
DEPÓSITO LEGAL Número 181952/02

Preço deste número: € 5,48 (IVA incluído)