Sunteți pe pagina 1din 5

OAB | Ordem dos Advogados do Brasil | Conselho Federal

https://www.oab.org.br/Ouvidoria/Acompanhe?z62lefCadyhkBiUp+pJ

Notícias Página Inicial Ouvidoria Acompanhe Sua
Notícias
Notícias
Página Inicial Ouvidoria Acompanhe Sua Manifestação Dados Consulta Tipo de Pessoa Física Jurídica
Página Inicial
Ouvidoria
Acompanhe Sua Manifestação
Dados Consulta
Tipo de Pessoa
Física
Jurídica
385.112.907-53
CPF *
CF010791/2018
Nº Protocolo
Levamos ao conhecimento de Vossa
Senhoria que, conforme Provimento
123/2007, esta Ouvidoria-Geral não está
habilitada a prestar esclarecimentos de
ordem jurídica. Deste modo, sugerimos
que consulte um advogado particular ou
um advogado defensor público.
No link abaixo é possível acessar os
contatos dos advogados defensores
públicos, por Unidade Federativa.

Nº PROTOCOLO

"CF010791/2018"

Nome: Plinio Marcos Moreira da Rocha Origem: Fale Conosco Assunto: Outros Sub-Assunto: outros

Andamentos:

Aberto

Data: 05/12/2018 CPF/CNPJ: 385.112.907-53

Data

Descrição

05/12/2018 13:35

Manifestação Aberta

05/12/2018 13:35

Encaminhado para setor Ouvidoria Geral

Relato:

De: Plinio Marcos Moreira da Rocha Enviado: quarta-feira, 5 de dezembro de 2018 13:03 Para: presidencia@tse.jus.br; Cc: gabmoraes@stf.jus.br;

Assunto: Proposta de Ajuda DIPLOMÁTICA em defesa da Democracia Brasileira e do Respeito ao Estado Holandes

Prezados,

Este email tem com finalidade chamar a atenção para a notícia de que a pastora damares alves, considerada a “mãe do kit gay”, funcionária pública, na função de assessora parlamentar do senador magno malta e da frente parlamentar evangélica, é hoje cotada para ser Ministra no governo de bolsonaro, segundo aponta reportagem de Joaquim de carvalho, no DCM – Diário do Centro do Mundo.

Joaquim de carvalho, no DCM – Diário do Centro do Mundo. O contato dos interessados poderá

O contato dos interessados poderá ser feito:

PESSOALMENTE:

SAUS Quadra 5 - Lote 2 - Bloco N Brasília (DF)

POR TELEFONE:

(61) 2193-9728

POR FAX:

(61) 2193-9647

CORRESPONDÊNCIA:

SAUS Quadra 5 - Lote 1 - Bloco M Brasília (DF) - 70070-939

OAB | Ordem dos Advogados do Brasil | Conselho Federal

https://www.oab.org.br/Ouvidoria/Acompanhe?z62lefCadyhkBiUp+pJ

Acessibilidade

Acessibilidade e histórias que não guardam nenhuma relação com a

e histórias que não guardam nenhuma relação com a verdade.

damares foi precursora do discurso de que as escolas públicas brasileiras teriam se tornado centros de perversões nos governos do PT.

Em 2013 uma ano antes da eleição em que malta apoiaria Aécio neves, ela já percorria as igrejas evangélicas de todo o Brasil, para palestrar com conteúdo mentiroso.

damares começa sua palestra com uma falsa acusação a marta Suplicy, que se elegeu Prefeita de São Paulo em 2000 pelo PT.

“Essa Mulher quando era Prefeita da Cidade de São Paulo, ela gastou dois milhões de reais com aquele grupo, o grupo GTPOS, para ensinar sobre ereção masculina e masturbação em bebês nas escolas”, ela disse.

A palestrante faz biquinho, ajeita os óculos, com ar de indignação, e

reforça com o indicador e o dedo médio da mão direita o valor que

supostamente teria sido gasto: “Dois Milhões de Reais”.

E então teoriza sobre esse suposto projeto de erotização das

crianças nas escolas:,’ chegou a conclusão (ela omite o sujeito da frase) a

um grupo de especialistas, e esse grupo começou na La Holanda, La na Europa e já esta influenciando que nós precisamos a aprender a masturbar os nossos bebês a partir dos sete meses de idade.

Em seguida conta que na Holanda os especialistas defendem a masturbação em bebês, com o objetivo de que , na idade adulta sejam saudáveis sexualmente.

damares não apresenta a fonte desta informação, mas o registro que apresenta é fraude pura.

A reportagem a que se refere, publicada no Estadão, não faz

nenhuma referência ao ensino de masturbação em crianças.

É na verdade que marta teria contratado uma ONG da qual foi

presidente para consultoria sobre educação sexual na rede pública, sobre

como fazer a abordagem correta sobre o tema, na educação de adolescentes.

No que diz respeito a creches não há nenhuma referência, mas contratos anteriores da Prefeitura com a mesma ONG indicam que houve sim, consultoria no ensino infantil, mas com o objetivo completamente diverso do que o propalado pela pastora damares.

O objetivo era esclarecer educadores municipais como “lidar com

temas como ereção e masturbação infantil”, tema estudado por Sigmund

Freudnos anos 20 do século passado.

A contratação recebeu críticas da imprensa, mas por outro motivo. A

contratção da ONG sem licitação.

O Estadão obordou o tema editorial e chegou a destacar como

positivo a preocupação da administração com o tema: a crítica do jornal era em relação ao preço da contratação.

“São inumeras as boas publicações a respeito do assunto (alguma até obrigatórias para qualquer educador), que poderiam tirar dúvidas dos profissionais das creches a custo bem menor”, escreveu.

Marta respondeu a processo movido pelo Ministério Público do Estado, mas pela contratação sem licitação.

OAB | Ordem dos Advogados do Brasil | Conselho Federal

https://www.oab.org.br/Ouvidoria/Acompanhe?z62lefCadyhkBiUp+pJ

Acessibilidade

Acessibilidade A história masturbação de bebês só existiu na cabeça

A história masturbação de bebês só existiu na cabeça de pessoas

como damares.

Na mesma palestra damares inventa que na Holanda estavam sendo distribuídas cartilhas para ensinar os pais como massagear sexualmente as crianças.

O texto acima é reprodução da reportagem apresentada no filme

abaixo:

HTTPS://you.tu.be/yJKI6R-gp18

A palestra na qual a Dra Damares Alves, denuncia erotização infantil

no Brasil pelo PT e Movimento LGBT, esta reproduzida no filme abaixo:

HTTPS://youtu.be/NauhvD1JZaw

Nosso entendimento é de que uma Funcionária do Estado Brasileiro, exercendo a função de assessora parlamentar, dissemina mentiras que agridem ao Governo da Holanda, bem como, da Europa, para induzir, massificar, alienar, Brasileiros INCAUTOS, através de FakeNews, que, efetivamente é Crime Eleitoral, e no entanto, ao invés de ser investigada, processada, e punida, esta sendo cogitada para ser um dos Ministros do próximo governo bolsonaro.

Será que a agressão à Estados Soberanos, através das mais grosseiras MENTIRAS, não pode, não deve, exigir por parte destes Estados uma cobrança ao Estado Brasileiro seja através do STF – Supremo Tribunal federal, seja através do TSE – Tribunal Superior Eleitoral, seja através da Presidência do Congresso Nacional, seja através da Presidência do Senado Federal ?

Afinal, sua projeção, em contexto de Ministro de Estado, apenas e tão somente, coloca sua afirmações, intrinsecamente, como “VERDADE ABSOLUTA”.

Vale ressaltar que muitos dos vídeos da “dra. damares alves” foram enviados via whatsapp durante o período das campanhas presidenciais de 2018, logo, a vinculação de Funcionária do Estado Brasileiro, através de grosseiras mentiras, ao Difamar, Caluniar e/ou Injuriar os Estado da Holando, e mesmo a Europa, pode, e deve, ser objeto de repúdio formal por partes destes países, incluindo, uma retratação do estado Brasileiro, com a necessária PUNIÇÃO por FakeNews divulgadas durante Campanha Eleitoral que é tpificável como “Crime Eleitoral”.

Se minha interpretação estiver certa, em respeito a um Pleito Legítimo, em respeito ao Países agredidos, os Embaixadores da União Européia, dos Países baixos, da Alemanha, da França, da Espanha, de Portugal, e da Itália, deveriam ser chamados para “explicarem como uma funcionária pública brasileira ao invés de ser processada e julgada por ataques aos respectivos Países, calcados em grosseiras MENTIRAS, esta sendo cogitada para o cargo de Ministro de Estado do Governo eleito de bolsonaro”.

Isto num momento em que o TSE – Tribunal Superior Eleitoral esta avaliando as FakeNews utilizadas por bolsonaro.

******************************************************************************************* No vídeo "Dra Damares Alves, denuncia erotização infantil no Brasil pelo PT e Movimento LGBT", damares se apresenta como Advogada, será esta uma participação, como advogada, que Respeita o Estatuto da Advocacia e o próprio código de ética da OAB ? Será que a OAB - Ordem dos Advogados do Brasil compactua com postura tão pusilâmine de um Advogado ? *******************************************************************************************

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 às 15:50

OAB | Ordem dos Advogados do Brasil | Conselho Federal

https://www.oab.org.br/Ouvidoria/Acompanhe?z62lefCadyhkBiUp+pJ

Acessibilidade

Acessibilidade Em resposta, agradecemos seu contato, registramos sua

Em resposta, agradecemos seu contato, registramos sua manifestação e informamos que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), mais do que um órgão representante de classe, é Instituição que se orgulha de seu envolvimento nos grandes acontecimentos de interesse da sociedade, atuando sempre na manutenção do Estado Democrático de Direito e na defesa da justiça social e pugnar pela boa aplicação das leis, pela rápida administração da justiça e pelo aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas.

Insta salientar que a OAB se orgulha de seu envolvimento com as grandes questões do País, atuando sempre pela melhoria das instituições da República, agindo de forma independente e apartidária.

Ademais, cabe ao Presidente do Conselho Federal bem como sua Diretoria a representação nacional dos advogados regularmente inscritos na OAB, salientamos, no entanto, que os posicionamentos oficiais da OAB são aprovados pelos 81 Conselheiros Federais eleitos democraticamente por mais de um milhão de advogados.

Por fim, a OAB permanece combativa na defesa intransigente das liberdades constitucionais, defendendo a autonomia dos Poderes do Estado, atuando como a voz da Sociedade, nos limites estabelecidos na Lei, contudo, inobstante acompanhar os casos de relevância nacional, esta Entidade tem adotado o compromisso de não ser mero comentarista de casos.

Sem mais para o momento.

Atenciosamente,

Gerência de Relações Externas Ouvidoria-Geral Conselho Federal da OAB

terça-feira, 11 de dezembro de 2018 às 16:33

Devo entender que o CFOAB não abrirá qualquer investigação sobre a atuação da advogada damares alves, que atundo como assessora parlamentar, como advogado, difundiu Grosseiras MENTIRAS ? em contexto de Funcionária Pública e em contexto NACIONAL ? Ou será encaminhado ao Colegiado a questão ? Atenciosamente, Plinio Marcos

ao Colegiado a questão ? Atenciosamente, Plinio Marcos Museu Histórico da OAB Relações Internacionais Centro

Museu Histórico da OAB

? Atenciosamente, Plinio Marcos Museu Histórico da OAB Relações Internacionais Centro Cultural OAB Editora 4 de

Relações Internacionais

Centro Cultural

OAB Editora

OAB | Ordem dos Advogados do Brasil | Conselho Federal

https://www.oab.org.br/Ouvidoria/Acompanhe?z62lefCadyhkBiUp+pJ

Acessibilidade

Acessibilidade Diretoria Boletim Informativo Membros Honorários Medalha

Diretoria

Boletim Informativo

Membros Honorários

Medalha Rui Barbosa

Conselheiros Federais

Consultas OEP

EmentáriosSúmulas

Atas do Conselho Pleno

Código de Ética e Disciplina (CED)

CED (anterior - revogado pelo novo Código)

Ouvidoria Geral

Bureau de Serviços

Certificação Digital

Cadastro Nacional

Identidade Profissional

Ouvidoria nas

Seccionais

Ouvidoria Diversas

Órgãos Colegiados

Prestação de Contas

Comissões

Quadro de Advogados

História do Conselho Federal

Marca Oficial da OAB

Constituição Federal

(Dispositivos

Aplicáveis)

RelatórioFale Conosco

Exame da OABENA

Tribunais

Seccionais

Estatuto da Advocacia e da OAB

OAB Recomenda

Instruções Normativas

Legislação sobre

Ensino Jurídico

Provimentos

Regulamento Geral

Resoluções

Procuradoria

Procuradoria Nacional de Defesa das Prerrogativas

Diversos

CalendárioNotícias

Publicações

Prerrogativas Diversos CalendárioNotícias Publicações SAUS Quadra 5 Lote 1 Bloco M - Brasília - DF |
Prerrogativas Diversos CalendárioNotícias Publicações SAUS Quadra 5 Lote 1 Bloco M - Brasília - DF |

SAUS Quadra 5 Lote 1 Bloco M - Brasília - DF | CEP 70070-939 Telefone: (61) 2193-9600 | Imprensa: (61) 2193-9678 / (61) 98173-5633 - imprensa@oab.org.br

www.oab.org.br