Sunteți pe pagina 1din 1

FORMAS DE SOCIABILIDADE (Segundo Gurvitch)

“Diversos tipos de relações sociais que se estabelecem entre os membros de uma


colectividade e as diversas formas por que esses membros estão ligados ao todo social
ou pelo todo social.”

POR OPOSIÇÃO PARCIAL OU


POR FUSÃO PARCIAL OU “NÓS”
“RELAÇÕES COM OUTREM”

Os indivíduos, embora pertençam ao


Os membros da colectividade identificam-
agrupamento, mantêm a sua
se, em certo grau, com o todo.
individualidade, não querendo confundir-se
Fundem-se ou anulam-se parcialmente,
com o todo.
para passarem a ser membros do todo.
Os indivíduos podem actuar em conjunto,
Só em momentos excepcionais (p. ex.
mas fazem-no em função de interesses
uma luta estudantil, uma greve, uma
próprios.
revolução…) é que a solidariedade em
A individualidade é o factor predominante.
relação aos outros membros é de tal
Os indivíduos não estão dispostos a
ordem que a fusão é mais do que parcial.
sacrificar-se pelo todo.

MASSAS COMUNIDADES COMUNHÕES

Sentimento vago e Manifestam-se sob a


confuso de São mais estáveis e acção de um
solidariedade, que permanentes do que acontecimento
nasce da participação as massas e as catalisador (p. ex. uma
semelhante em certos comunhões. situação de crise).
valores. Consistem no querer Os indivíduos anulam-
Capacidade para ou no dever viver em se pelo todo.
compreender os conjunto de um grupo As personalidades
outros. permanente, individuais e as suas
Proximidade estruturado, possuindo interiorizações
psicológica que domínios comuns, anulam-se a favor dos
predispõe para a tradições, costumes... comportamentos
acção comum. comuns.

Fusão menos íntima Fusão mais intensa

António Padrão - ESAS - 2004/2005 - Sociologia