Sunteți pe pagina 1din 11

E-BOOK TÉCNICAS FOTOGRÁFICAS

Composição
Fotográfica POr
EDUARDO ROCHA
eduardorocha.fot.br - contato@eduardorocha.fot.br
fb/eduardorochafotografia - Ig/@eduardorochafotografia
4 E-BOOK composição fOtográfica WWW.EDUARDOROCHA.FOT.BR 5
EDUARDO ROCHA
Eduardo Rocha, fotógrafo e publicitário, natural de Dom Pedrito/
RS, tem seu trabalho fotográfico voltado à arte e cultura regional.
Suas imagens retratam o cotidiano da vida no campo e mostram
o ambiente onde homens, mulheres e crianças convivem, com
o cenário que lhes cerca.

Com 12 anos de carreira, possui experiência internacional,


fotografando em países como Argentina, Uruguai, Chile, Peru,
Canadá, África do Sul, Mongólia e China. Suas imagens ilustram
galerias, exposições, campanhas publicitárias, livros, revistas,
capa de álbuns musicais e páginas na internet.

Em 2008, fundou a Visual Comunicação e Design, agência de


marketing e desing gráfico que atende reconhecidas marcas do
agronegócio e da cultura regional do sul do Brasil.

Em 2017, foi convidado para dirigir o projeto multiplataforma


EloSul, um canal de comunicação relacionado a arte e a cultura,
envolvendo pesquisa, produção, música, história e cultura.

Eduardo atualmente ministra cursos, palestras e mentorias


voltadas ao posicionamento de fotógrafos no mercado.

6 WWW.EDUARDOROCHA.FOT.BR 7
8 E-BOOK composição fOtográfica WWW.EDUARDOROCHA.FOT.BR 9
a busca
do efeito
emocional
É a ordem dos elementos, do primei-
ro plano e dos motivos secundários, é
também a qualidade estética que inclui
textura, equilíbrio de cores e formas
entre outras variáveis que combinadas
formam uma imagem comunicativa e
agradável de se ver.

A composição de imagem tem como


objetivo alcançar um efeito emocional.

10 E-BOOK composição fOtográfica WWW.EDUARDOROCHA.FOT.BR 11


o registro
da sua
opinião
Um trabalho fotográfico possui vida própria. É, ou
deve ser, justificado por si mesmo.

Os elementos compostos podem ser manipula-


dos pelo estudo e pesquisa ou pela própria intui-
ção do fotógrafo.

O equipamento nos permite que a fotografia acon-


teça com certa precisão, mas são simplesmente
instrumentos que o fotógrafo utiliza dependendo
do seu posicionamento, conhecimento e vivência
da realidade que pretende retratar.

Cada fotógrafo deve estar consciente da ação de


fotografar, além de “captar imagens” está fazendo
um registro de sua opinião sobre as coisas, sobre
o mundo. Sua abordagem sobre qualquer tema o
define e o expressa.

A composição fotográfica é a ordem dos elemen-


tos, do primeiro plano e dos motivos secundários,
é também a qualidade estética que inclui textura,
equilíbrio de cores e formas entre outras variáveis
que combinadas formam uma imagem comuni-
cativa e agradável de se ver.

12 E-BOOK composição fOtográfica WWW.EDUARDOROCHA.FOT.BR 13


14 E-BOOK composição fOtográfica WWW.EDUARDOROCHA.FOT.BR 15
Ângulo
A câmera pode ser situada tanto na mesma altura do sujeito, como também abaixo ou

guia rápido
acima dele. Ao fotografarmos com a máquina de “cima para baixo” (mergulho), ou de “baixo
para cima” (contra-mergulho) temos que nos preocupar com a impressão subjetiva causada
por esta visão.

de composições 6 - Mergulho
A máquina na posição de mergulho, tende a diminuir o sujeito em relação ao espectador e
pode significar derrota, opressão, submissão, fraqueza do sujeito;

1 - Grande Plano
O ambiente é o elemento primordial. O sujeito é dominado
pela situação geográfica. Objetivamente a área do quadro é
7 - Contra-mergulho
Pode ressaltar sua grandeza, sua força, seu domínio. Evidentemente estas colocações vão
preenchida pelo ambiente deixando uma pequena parcela depender do contexto em que forem usadas.
deste espaço para o sujeito que também o dimensiona. Seu
valor descritivo está na importância da localização geográfica
do sujeito e o seu valor dramático está no envolvimento, ou
esmagamento do sujeito pelo ambiente.
8 - Perspectiva
A perspectiva auxilia a indicação da profundidade e da forma, uma vez que cria a ilusão de
espaço tridimensional. Ela se determina a partir de um ponto de convergência que centraliza

2 - Plano Geral a linha, ou as linhas principais da fotografia.

Neste enquadramento o ambiente ocupa uma menor parte


do quadro. Divide assim, o espaço com o sujeito. Existe aqui
uma integração entre eles. Tem grande valor descritivo, situa a
9 - Contraluz
O efeito de contraluz nada mais é do que quando o objeto a ser fotografado é colocado
ação e situa o homem no ambiente em que ocorre a ação. O entre a câmera e a fonte de luz, fazendo com que a iluminação fique na parte de trás do
dramático advém do tipo de relação existente entre o sujeito e elemento e não na frente, como o usual. Isso faz com que o fundo fique mais claro e
o ambiente. O Plano Geral é necessário para localizar o espaço produz lindas imagens de silhuetas.
da ação.

3 - Plano Médio 10 - Moldura


Consiste em criar um primeiro plano para emoldurar naturalmente o assunto principal.
É o enquadramento em que o sujeito preenche o quadro. A
cabeça encostando na linha superior de corte. Planos Médios
são bastante descritivos.
Movimento
O captar ou não o movimento do sujeito é também uma escolha do fotógrafo. Às vezes,
4 - Plano de Detalhe um objeto é realçado quando a sua ação é registrada em movimento, ou o movimento é o
principal elemento, portanto deve-se captá-lo. Outras vezes, a força maior da ação reside
Isola uma parte do rosto do sujeito. É um plano de grande na sua estagnação, na visão estática obtida pelo controle na máquina.
impacto pela ampliação que dá um pormenor que, geralmente,
não percebemos com minúcia. Pode chegar a criar formas
quase abstratas.
11 - Movimento congelado
Se você quer congelar o movimento de algum objeto em alta velocidade, use altas
5 - Textura velocidades de obturador. Para isso, é preciso prestar a atenção na iluminação, uma vez
que, usando um obturador muito rápido, a fotografia vai precisar de mais luz para continuar
Fornece a ideia de substância, densidade e tato. A textura corretamente exposta.
pode ser vista isoladamente. A superfície de um objeto pode
apresentar textura lisa, porosa ou grossa, dependendo do
ângulo, cortes e luz.
12 - Movimento borrado
Neste caso, o obturador é mais devagar, criando um rastro na imagem dando a sensação
de movimento.

16 WWW.EDUARDOROCHA.FOT.BR 17
1 - Grande Plano 4 - Plano de Detalhe 7 - Contra-mergulho 10 - Moldura

2 - Plano Geral 5 - Textura 8 - Perspectiva 11 - Movimento congelado

3 - Plano Médio 6 - Mergulho 9 - Contraluz 12 - Movimento borrado

18 E-BOOK composição fOtográfica WWW.EDUARDOROCHA.FOT.BR 19


eduardorocha.fot.br
contato@eduardorocha.fot.br
/eduardorochafotografia
@eduardorochafotografia