Sunteți pe pagina 1din 1

Uma resposta à questão: “O que é esclarecimento?

Esclarecimento é o surgimento do homem da sua imaturidade “auto...”. A imaturidade é a


incapacidade de usar o conhecimento de si próprio sem a orientação do outro. Essa
imaturidade está auto-incorrida se sua causa não é a falta de conhecimento, mas a falta de
resolução e coragem para usá-la sem a orientação do outro. O lema do esclarecimento é,
portanto: Sapere aude! Tenha coragem para usar seu próprio conhecimento!

Preguiça e covardia são as razões pelas quais uma grande proporção de homens, mesmo
quando a natureza há muito os emancipou da orientação alheia, não obstante felizmente
mantêm imaturidade para a vida. Pelas mesmas razões, isso tudo também é fácil para as
manterem-se como seus guardiões. Isso é muito conveniente para ser imaturo! Se eu tiver um
livro para ter uma compreensão em meu lugar, um conselheiro espiritual para ter consciência
para mim, um doutor para julgar minha dieta para mim, então eu não preciso fazer quaisquer
esforços em tudo. Eu não preciso pensar, desde que eu possa pagar; outros irão em breve
tomar o trabalho cansativo para mim. Os guardiões que tomaram sobre si mesmos o trabalho
de supervisão verão em breve que a maior parte da humanidade (incluindo-se todo o belo
sexo) deve considerar os passos rumo à maturidade não apenas como uma dificuldade, mas
também como altamente perigoso. Tendo primeiramente apaixonado seus animais
domésticos, e cuidadosamente prevenido as criaturas dóceis da ousadia de dar um único passo
sem as andadeiras sem as quais eles estão amarrados, mostram-lhes o perigo que os ameaça
se eles tentam caminhar sem ajuda. Agora este perigo não é, de fato, tão grande, pois eles
certamente aprenderiam a caminhar após algumas quedas. Mas um exemplo desse tipo é
intimidante, e geralmente “.......”

Assim, é difícil para cada indivíduo em separado trabalhar sua saída da imaturidade que se
tornou quase sua segunda natureza. Ele tem ainda cultivado apaixonado isso, e é realmente
incapaz, para o momento, de usar seu conhecimento, pois ele nunca se permitiu fazer a
tentativa. Dogmas e fórmulas, aqueles instrumentos mecânicos para o uso racional (ou
bastante miserável) de seus dons naturais, são a bola e a cadeira de sua imaturidade
permanente. E se alguém os atirou, ele estaria incerto acerca do salto, até mesmo o mais
estreito de trincheiras, pois ele estaria desacostumado para o movimento livre desse tipo.
Assim, apenas poucos, pelo cultivo de suas próprias mentes, conseguiram libertar-se da
imaturidade e continuam ousadamente em seus caminhos.

Há mais chances de um público inteiro se esclarecer. Isso é de fato quase inevitável, se apenas
o público interessado é deixado em liberdade. Pois haverá de sempre ser pouco quem pensa
por eles mesmos, mesmo entre aqueles designados como os guardiões da massa comum. Tais
guardiões, uma vez que têm se libertado do julgo da imaturidade, estarão disseminando o
espírito do respeito racional como o valor pessoal e como o dever de todos os homens pensar
por si mesmos. A coisa notável sobre isso é que o público, que estava previamente sujeito a
esse julgo dos guardiões, está propriamente estimulado por alguns dos últimos que são
capazes de esclarecimento. Isso pode posteriormente obrigar os guardiões a manterem-se sob
o julgo.

Interese conexe