Sunteți pe pagina 1din 9

MORFOLOAGIA DA

PALAVRA “SE”

Prof. Renato Porpino


Classificação morfológica Exemplos
Substantivo: Vem precedido de um artigo, pronome Ex: O se faz parte da vida.
adjetivo ou numeral.

Pronome apassivador: Aparece na formação do Voz Ex: Formaram-se vários times.


Passiva Sintética.

Partícula de Indeterminação do Sujeito: Acompanha Ex: Gosta-de de vitórias.


os verbos que não admitem Voz Passiva.

Conjunção Subordinativa Integrante: Introduz as Ex: O brasileiro não compreende se vive.


orações Subordinadas Substantivas.

Conjunção Subordinativa Causal: Introduz Orações Ex: Se tomou chuva, ficou doente mesmo.
Subordinadas Adverbiais Causais. Essas orações
exprimem o motivo, a razão para que se realize o fato
expresso na Oração Principal.
Conjunção Subordinativa Condicional: Introduz Ex: Se você estudar, este assunto ficará
Orações Sub. Adverbiais Condicionais. Essas fácil.
orações exprimem o pré-requisito para que se realize
o fato expresso na Oração Principal (Valor hipotético).
Classificação morfológica Exemplos
Pronome Reflexivo: Usado para indicar que a ação Ex: A menina se cortou com a faca.
praticada pelo sujeito recai sobre ele mesmo (É
substituível por “a si mesmo”).

Pronome Reflexivo Recíproco: Usado para indicar Ex: Pai e filho se abraçaram
que a ação praticada por um dos elementos do emocionados.
sujeito recai sobre outro elemento do sujeito e
vice-versa (É substituível por “um ao outro”).

Pronome de Realce: Quando ocorre junto a verbos Ex: Ela foi-se entristecida.
intransitivos que expressam deslocamento, ou que
exprimem atitudes da pessoa em relação ao
próprio corpo (ir-se, chegar-se, rir-se, sorrir-se...)

Sujeito Acusativo: Quando estiver junto a verbos Ex: Deixou-se ficar.


causativos (mandar, deixar, permitir, fazer…), ou
sensitivos (sentir, ver, ouvir)

Parte Integrante do Verbo: Há verbos que são Ex: O aluno sempre se lembra da
essencialmente pronominais. Referem-se a matéria.
sentimentos e a fenômenos mentais (indignar-se.
ufanar-se, atrever-se, orgulhar-se, arrepender-se,
queixar-se…
Mais exemplos:

• O se pode ser empregado de várias formas.


• Comprou-se uma pequena gramática.
• Gostou-se de uma pequena gramática.
• Nunca se compreendeu tão bem este assunto.
• Não se carecerá de ajuda de estranhos.
• Se quiser ganhar melhor, estude um pouco mais.
• O rapaz riu-se de passar mal.
• Ele se viu entrando.
Mais exemplos:
• O réu deixou-se calar.
• “Você já se esqueceu...”
• Meu se revela minha insegurança.
• Não se falam mentiras na Câmara.
• Morre-se feliz.
• Se os policiais não chegarem, teremos problemas.
• O lenhador machucou-se com uma foice.
• Os carros chocaram-se no cruzamento.
• Elas permitiram-se ficar deitadas até tarde.
• Não se sabe se ela está em casa.
1. Assinale a opção em que “se” funciona como índice de
indeterminação do sujeito:
A) Se Tereza não for à festa, também não irei.
B) A criança machucou-se na bicicleta.
C) Trata-se do primeiro e último fundo no Brasil (Revista Veja)
D) Ele impôs-se uma disciplina rigorosa.
E) “Ergueu-se, passou a toalha no rosto” (Lygia Fagundes Teles)
2. Classifique as funções da palavra “se” nas frases a seguir,
numerando, convenientemente, os parênteses:

1. Partícula apassivadora; 2. Índice de indeterminação do sujeito;


3. Partícula de realce; 4.Partícula integrante do verbo; 5.
Conjunção subordinativa.

( ) “Ela quer saber se eu me sinto realizado”. (Drummond)


( ) “Acabou-se a confiança no próximo”. (Drummond)
( ) Suicidou-se, pulando no fim da tarde de um prédio de 10
andares.
( ) Precisa-se de operários.
( ) “Sentia-se o cheiro da panela no fogo, chiando de toucinho no
braseiro”. (José L. do Rego)

A sequência correta é:
A) 4-3-5-2-1 B) 5-3-2-4-1 C) 4-5-2-1-3
D) 5-3-4-2-1 E) 5-3-2-1-4
3. Assinale a opção onde “se” exerce a função de índice de
indeterminação do sujeito:
A) Gosta-se muito de doces por aqui.
B) Comprou-se um novo prédio para a loja.
C) Emprestou-se o dinheiro ao professor.
D) Deixou-se sentar na soleira da porta.
E) As roupas, os varais, tudo isso se foi, levado pela correnteza.

4. Em todas as orações abaixo, a palavra “se” aparece


como pronome reflexivo, exceto em:
A) Os namorados beijavam-se calorosamente.
B) Mãe e filha queriam-se muito.
C) Suicidou-se numa noite de verão.
D) Era-se feliz na fazenda.
E) Cortou-se a pobre menina nos arames farpados.
5. No período: “ Não se fazem automóveis como antigamente”. A
palavra “se” é:
a) Partícula apassivadora
b) Índice de indeterminação do sujeito.
c) Pronome reflexivo.
d) Conjunção integrante.
e) Conjunção condicional.