Sunteți pe pagina 1din 1

@Maria Silva A Bíblia foi formada para toda a Igreja mas quem a interpreta doutrinalmente é

o Magistério autêntico desta mesma Igreja, que detém o auxílio do Espírito Santo. Engraçado
que Lutero, depois de pregar o individualismo eclesiológico e adulterar e destituir a Bíblia do
Magistério e Tradição da Igreja que a formou, combate esse subjetivismo exegético de vocês
protestantes para com as Escrituras, com a presunção de estarem sendo inspirados pelo
Espírito Santo. Aliás, a senhorita se equivoca novamente em sua interpretação, nesta
passagem Jesus Cristo, ao contrário do que tu concluíste, está advertindo os judeus que
esperançosamente buscavam a vida eterna nas Escrituras sendo que a vida eterna estava
diante deles, ou seja, o próprio Jesus Cristo. Vocês protestantes fazem o mesmo, porém, com a
Santíssima Eucaristia, e Jesus disse que isto ser-se-á causa de perdição (João 6,51-58). Israel
não é um território, nem tampouco este Estado de Israel anti-cristão e revolucionário que
sequer deveria existir. A Igreja Católica é também Romana não por causa do Império Romano,
que A perseguiu por séculos, mas por causa que São Pedro morreu em Roma, e é lá que
sucede seu Episcopado que detém a primazia da Igreja de Cristo (que é a nova Israel). Por isto
que Santo Irineu do século II, Bispo de Lyon, também martirizado, em seu livro "Adversus
Haereses" disse que todas as demais Igrejas deveriam estar em comunhão com a Igreja de
Roma, devido a sua proeminência. O latim no Ocidente foi, em boa parte do medievo, o
idioma mais falado, afinal era a língua do comércio. A Igreja nunca proibiu que se lessem as
Escrituras, tanto é que mesmo sem imprensa, que fora surgiu no séc. XIV, a Bíblia foi traduzida
em vários idiomas, mas isto era algo muito custoso já que tinha que se copiar à mão, esperar a
tinta secar, etc., só rico tinha Bíblia em casa. Mas a Bíblia era e é lida por completa a cada 2
anos, basta ir à Santa Missa todos os dias. Ora, minha querida, se eu cresse no que se ensina
na escola sobre história, eu com certeza seria um náscio comunista, creria que o socialismo
funciona e o mercado livre é opressor, que Constantino fundou a Igreja Católica, que esta é a
Babilônia, idealizaria um Jesus socialista, etc. Graças a Deus, fui privado desta idiotização e
espero que você tenha sido também. Enfim, não tenho tanta paciência para desmistificar as
balelas que a senhorita disse sobre os Santos, a Igreja e a Idade Média, que foi cunhada
pejorativamente como Idade das Trevas pelo movimento "iluminista", que, na verdade, foi a
Idade da Luz. Se porventura a senhorita quiser estudar mais sobre a História da Igreja,
recomendo começar pelo livro ou documentário "Como a Igreja Católica Construiu a
Civilização Ocidental", você o acha até em PDF no google, ou a Coleção da História da Igreja do
Daniel Rops, a disponibilizo em PDF na minha playlist de História da Igreja, há outras playlists
com vários vídeos sobre a Idade Média. Paz e Bem, caríssima!