Sunteți pe pagina 1din 7

Significado de ética

Ética – Originada do grego “Ethus”, a palavra significa morada, refúgio, habitat. Ou


seja, lugar onde as pessoas habitam. Entretanto, para os filósofos, ética se refere a
índole de alguém, a sua natureza e o seu caráter. Aristóteles, por exemplo, acreditava
que o ser humano era fruto das próprias escolhas.

Em seu livro Ética a Nicômaco, o filósofo deixa claro sua observação sobre o assunto,
ao dizer que a ética, no sentido geral, é como lidamos diante das mais diversas
situações da vida. Ética é o estudo filosófico da moral! O modo como nos
comportamos, a nossa natureza e, principalmente, como estabelecemos relações uns
com os outros.

Os filósofos gregos e romanos tinham como princípio da ética o encontro de nossos


desejos e nossas razões. Dessa forma, os mesmos estabeleceram três aspectos como:

1. O naturalismo, considerado o agir em virtude e conformidade com a natureza;


2. O racionalismo, considerado o agir, em conformidade com a razão, uma vida virtuosa;
3. A inseparabilidade entre ética e política, considerada a conduta de alguém junto com
os valores da sociedade.

Já escrevemos sobre os assuntos de filosofia que mais caem no Enem. Não deixe de
conferir, são apenas 6 tópicos.

Significado de moral
Derivada do latim “Mores”, que significa “costume”, a palavra indica algo que se
consagrou como verdadeiro, seja por um padrão cultural vigente ou até mesmo por
regras determinadas pela sociedade. Essas mesmas regras ou “leis” estimulam os
valores éticos de alguém ao assumir a responsabilidade de seus atos e, claro, suas
consequências.

É daí que aparecem expressões como “comportamento imoral” e “uma moral


incontestável”. Ou seja, as regras e leis são obedecidas a partir da decisão da própria
pessoa em seguir esses valores ou não. A moral é uma escolha a ser feita.

Naturalmente o homem distingue entre o bem e o mal no contexto em que vive.


Estamos acostumados a cumprir estas leis. Quem segue as normas, valores e tradições
de um local é considerado moral. Aquele que desobedece é imoral.

Ainda assim, engana-se quem pensa que as questões de moral se resumem a apenas aos
filósofos, teóricos e artigos sobre o assunto. Situações simples como furar uma fila,
jogar lixo ao chão, falar mal de alguém, roubar e trapacear no jogo, além de serem
consideradas ilegais, são exemplos de situações e atos imorais.

Enquanto a ética funciona como um orientador de pensamento e ação, a moral chega


para balancear os seus valores. A ética questiona a moral sobre princípios,
mandamentos e o que deve ou não ser considerado justo.
Estes são apenas resumos sobre o que é ética, moral e imoral. Se o tema ainda não é
claro para você, inclua esse tema em seu plano de estudos.

Resumindo, o que é ética e moral?


Ética x Moral

Ética se relaciona a liberdade e rege a convivência das pessoas segundo a natureza


humana, não se resumindo a casos particulares, mas estudando-os. Animais fazem o que
fazem porque não pode ser de outro jeito, seguem o instinto. Os seres humanos podem
escolher fazer diferentemente.

Moral é o conjunto de normas vinculadas às ações, aprendidas por tradição ou


consenso, que decidimos seguir.

Separamos algumas questões de vestibular sobre ética e moral que serão ótimas para seu
aprendizado e que vão contribuir para avaliar seu conhecimento.

“Quais são as definições de moral e ética?” Resolva os


exercícios abaixo.
1. (Leopoldino Rocha) O sujeito ético-moral é somente aquele que preencher os
seguintes requisitos:

a) ser consciente de si, mas não precisa reconhecer a existência dos outros como sujeitos
éticos iguais a si.

b) saber o que faz, conhecer as causas e os fins de sua ação, o significado de suas
intenções e de suas atitudes e a essência dos valores morais.

c) não precisa controlar interiormente seus impulsos, suas inclinações e suas paixões,
deixando-as fluir livremente

d) dizer o que as coisas são, como são e por que são. Enunciar, pois, juízos de fato

e) ser responsável, mas não precisa reconhecer-se como autor da sua própria ação nem
avaliar os efeitos e as consequências dela sobre si e sobre os outros

2. (ENEM 2011) O brasileiro tem noção clara dos comportamentos éticos e morais
adequados, mas vive sob o espectro da corrupção, revela pesquisa. Se o país fosse
resultado dos padrões morais que as pessoas dizem aprovar, pareceria mais com a
Escandinávia do que com Bruzundanga (corrompida nação fictícia de Lima Barreto).
O distanciamento entre “reconhecer” e “cumprir” efetivamente o que é moral constitui
uma ambiguidade inerente ao humano, porque as normas morais são

a) decorrentes da vontade divina e, por esse motivo, utópicas.

b) parâmetros idealizados, cujo cumprimento é destituído de obrigação.

c) amplas e vão além da capacidade de o indivíduo conseguir cumpri-las integralmente.

d) criadas pelo homem, que concede a si mesmo a lei à qual deve se submeter

e) cumpridas por aqueles que se dedicam inteiramente a observar as normas jurídicas.

3. (Leopoldino Rocha) Um dos problemas centrais da Ética como disciplina filosófica


é a fundamentação da moral. Sobre essa questão, marque a alternativa FALSA.

a) “As teorias éticas são, ao final das contas, esforços de investigação da possibilidade
de fundamentação da moral, e em que medida disso ela é tal, ou seja, apontar uma
forma racional, dar razões para a moralidade. Entretanto, isso não significa dizer que
toda teoria ética aponte a razão como fundamento da moralidade”.

b) “O cientificismo não recusa uma fundamentação racional para a moral, pois


prescreve que não há uma separação entre fatos e valores. A neutralidade axiológica
própria da ciência, conforme Max Weber, permite que os valores possam ser captados
na sua objetividade”.

c) “Na perspectiva do racionalismo crítico de K. Popper e H. Albert, qualquer esforço


de fundamentação última da ética vai fracassar porque termina por cair no Trilema de
Münchaussen (Regresso infinito, Círculo lógico e Decisionismo). Para eles, essa
impossibilidade da fundamentação última da moral faz com que esta seja, ao final,
ancorada no dogmatismo que encobre a decisão de colocar um princípio arquimédico
imune a toda crítica”.

d) “O pensamento débil ou pós-moderno rejeita a possibilidade de fundamentar a moral


porque considera que a tradição filosófica foi vítima de um engano centrado na
epistemologia. Não é possível uma razão totalizante, que forneça uma metanarrativa que
integre os diversos aspectos do real. A razão é frágil, débil, própria da finitude de nossa
condição. Valores éticos universais são formas de mascaramento da vontade de poder
totalizante”.

e) “O etnocentrismo ético defende que só podemos justificar uma decisão moral para
aqueles que compartilham uma determinada forma de vida, porque só eles podem nos
entender. Além disso, a objetividade da moral como uma verdade universal acima das
contingências históricas e geográficas é uma forma de encantamento que dificulta o
consenso social de nossas sociedades democratas liberais”.

1 – Questão de vestibular sobre ética e moral – ENEM 2011 – O brasileiro tem


noção clara dos comportamentos éticos e morais adequados, mas vive sob o espectro da
corrupção, revela pesquisa. Se o país fosse resultado dos padrões morais que as pessoas
dizem aprovar, pareceria mais com a Escandinávia do que com Bruzundanga
(corrompida nação fictícia de Lima Barreto).

O distanciamento entre “reconhecer” e “cumprir” efetivamente o que é moral constitui


uma ambiguidade inerente ao humano, porque as normas morais são:

a) decorrentes da vontade divina e, por esse motivo, utópicas.

b) parâmetros idealizados, cujo cumprimento é destituído de obrigação.

c) amplas e vão além da capacidade de o indivíduo conseguir cumpri-las integralmente.

d) criadas pelo homem, que concede a si mesmo a lei à qual deve se submeter.

e) cumpridas por aqueles que se dedicam inteiramente a observar as normas jurídicas.

2 – Questão de vestibular sobre ética e moral – UPE 2014 – O que é ética? O que é
moral? No encaminhamento dessas questões, precisamos voltar ao sentido originário da
ética e da moralidade. Todas as morais, por mais diversas, nascem de um transfundo
comum, que é a ética. Ética somente existe no singular, pois pertence à natureza
humana, presente em cada pessoa, enquanto a moral está sempre no plural, porque são
as distintas formas de expressão cultural da ética. (BOFF, Leonardo, Ethos Mundial,
2003, p. 27-28. Adaptado.)

Acerca desse assunto, analise os itens seguintes:

I – A ética se constitui como ciência da moral. A ética é teoria, parte do fato da


existência da história da moral.

II – A esfera da ética é o campo de investigação da moral, área da filosofia que


fundamenta as questões dos valores.

III – A moral é a área da filosofia que procura investigar todos os problemas


apresentados pelo agir humano, relacionados com os valores éticos.

IV – Um dos grandes problemas da ética diz respeito à polêmica entre o relativismo


moral e ética objetiva. Ou seja, os que defendem que os valores éticos são objetivos e
universais e os que enfatizam que toda moral é relativa à determinada cultura.

V – A filosofia moral, mesmo sendo uma só em princípio, constituída de preceitos


concretos, que orientam o comportamento humano e lhe dão forma, há de mudar
conforme vai mudando o material histórico.

Estão CORRETOS:

a) I, II e V

b) II, III e V
c) I, IV e V

d) II, III e IV

e) I, III e V

3 – Questão de vestibular sobre ética e moral – UNICAMP 2016 – Por que a ética
voltou a ser um dos temas mais trabalhados do pensamento filosófico contemporâneo?
Nos anos 1960, a política ocupava esse lugar e muitos cometeram o exagero de afirmar
que tudo era político. (José Arthur Gianotti, “Moralidade Pública e Moralidade
Privada”, em Adauto Novaes, Ética. São Paulo: Companhia das Letras, 1992, p. 239.)

A partir desse fragmento sobre a ética e o pensamento filosófico, é correto afirmar que:

a) o tema foi relevante na obra de Aristóteles e apenas recentemente voltou a ocupar um


espaço central na produção filosófica

b) os impasses morais e éticos das sociedades contemporâneas reposicionaram o tema


da ética como um dos campos mais relevantes para a filosofia

c) o pensamento filosófico abandonou sua postura política após o desencanto com os


sistemas ideológicos que eram vigentes nos anos 1960

d) na atualidade, a ética é uma pauta conservadora, pois nas sociedades atuais, não há
demandas éticas rígidas

4 – Questão de vestibular sobre ética e moral – UNISC 2012 – Apresentados os


enunciados abaixo, qual deles melhor caracteriza o tema da ética filosófica?

a) a ética filosófica estuda a maneira como as pessoas agem dentro de uma determinada
sociedade

b) a ética filosófica consiste em um conjunto de normas relativas à vida sexual das


pessoas

c) a ética filosófica é o estudo das normas que regem o exercício de uma determinada
profissão

d) a ética filosófica é um discurso racional e argumentativo cujo objetivo é fundamentar


critérios para avaliar as ações humanas, seja para louvá-las ou para censurá-las

e) a ética filosófica consiste na explicação das normas de comportamento que se


encontram na bíblia

5- Questão de vestibular sobre ética e moral – UPE 2015 – Sobre a ética e a política,
considere o texto a seguir: “A verdade é filha legítima da justiça, porque a justiça dá a
cada um o que é seu. E isto é o que faz e o que diz a verdade, ao contrário da mentira. A
mentira, ou vos tira o que tendes, ou vos dá o que não tendes; ou vos rouba, ou vos
condena.” (Pe. Antônio Vieira, Sermão da Quinta dominga de Quaresma)
Sobre esse assunto, é CORRETO afirmar que:

a) a vida moral e a vida do poder prescindem de virtudes para sua condução

b) a ética na esfera pública deve ilegitimar a verdade para a garantia na esfera privada
de uma vida virtuosa

c) a moralidade pública e a moralidade privada são categorias basilares para o


encaminhamento da justiça no âmbito do poder

d) a justiça dá a cada um o que é seu. Então, a verdade, sendo filha da justiça, dela tira o
que tem e lhe dá o que não tem

e) a dimensão autêntica da vida moral se resume a um ato de justiça e de verdade,


deixando à margem a continuidade do agir moral

Agora que você já avaliou seus conhecimentos com nossas 5 questões de vestibular
sobre ética e moral, vamos ao gabarito para verificar os acertos?

 Questão 1, resposta correta: d) criadas pelo homem, que concede a si mesmo a


lei à qual deve se submeter
 Questão 2, resposta correta: c) I, IV e V
 Questão 3, resposta correta: b) os impasses morais e éticos das sociedades
contemporâneas reposicionaram o tema da ética como um dos campos mais
relevantes para a filosofia
 Questão 4, resposta correta: d) a ética filosófica é um discurso racional e
argumentativo cujo objetivo é fundamentar critérios para avaliar as ações
humanas, seja para louvá-las ou para censurá-las
 Questão 5, resposta correta: c) a moralidade pública e a moralidade privada
são categorias basilares para o encaminhamento da justiça no âmbito do poder

Gabarito
1. B
Resolução passo-a-passo:
a) Essa alternativa está errada, porque o sujeito moral precisa ter consciência de tudo
que o cerca.
b) Essa alternativa responde perfeitamente à questão. O sujeito moral é aquele que vive
em plena consonância com sua cultura, com seus objetivos e com os outros.
c) O agir moral é o resultado de um acordo comunitário, por isso o homem precisa
conter suas paixões para que possa exercitá-lo.
d) O sujeito moral precisar ter disposição para alterar a realidade através de seus atos.
e) O sujeito moral deve responsabilizar-se inteiramente pelo que faz e abraçar as
implicações de seus atos totalmente.

2. D
Resolução passo-a-passo:
a) As normas morais são fruto do pensamento de cada comunidade.
b) A moral é um padrão de conduta coletiva que deve existir na teoria e na prática.
c) As normas morais têm um caráter restritivo, uma vez que funcionam como um
conjunto de regras.
d) as normas morais foram criadas pelos homens e todos devem submeter-se a elas para
que possam ter uma convivência equilibrada.
e) O cumprimento das normas morais é um dever de todos.

3.B
Resolução passo-a-passo:
a) Embora a ética seja conhecida como filosofia da prática, ela não visa formular leis,
mas analisar o agir moral.
b) A ética apenas estuda os sistemas morais, por isso ela não é normativa, mas teórica.
c) A tarefa última da ética é esclarecer reflexivamente a moral.
d) A ética, assim como os demais campos da filosofia, não tem a finalidade de fazer um
estudo neutro dos sistemas morais, pelo contrário: ela tende a criticá-los, mas mesmo
assim não é sua responsabilidade eleger o melhor.
e) A metaética analisa a ética em seu aspecto linguístico.