Sunteți pe pagina 1din 3

NÍVEIS DE ANÁLISE DA LÍNGUA

Licensed to José Maxsuel Lourenco Alves - Email: jmaxsuel17@hotmail.com


Pablo Jamilk

Níveis de Análise da Língua

Começando o estudo, é importante saber o que cada parte da matéria significa,


portanto, faremos uma divisão de análise da Língua Portuguesa. Existem cinco níveis em
que podemos analisar a Língua.

1. Fonético / Fonológico: estuda a produção, a emissão e a articulação dos sons da


língua. Nessa parte, é comum haver questões sobre contagem de fonemas (sons) e
letras nas palavras.

2. Morfológico: é a parte responsável pela análise da estrutura e da classificação das


palavras dentro de uma sentença. Essa é a base de todo estudo para compreender a
Língua, portanto, exige-se muita atenção.

3. Sintático: é a parte da Língua responsável pela análise das funções que cada termo
desempenha dentro de uma sentença. É nessa parte que nome como “sujeito”, “objeto”
e “predicativo” surgem.

4. Semântico: para o mundo do concurso público, essa é a parte que investiga o


significado das palavras, ou seja, o seu sentido dicionarizado.

5. Pragmático: nesse nível, encontra-se a análise do sentido que as palavras ou


expressões podem assumir em um contexto específico. As questões de interpretação
estão aqui!

Dentro da Pragmática, encontra-se a Estilística, que é a parte da análise linguística que


se preocupa com o sentido das sentenças. Podemos pensar o sentido de duas maneiras
específicas:

www.metodojamilk.com.br

Licensed to José Maxsuel Lourenco Alves - Email: jmaxsuel17@hotmail.com


Pablo Jamilk

• Denotação: sentido real ou literal das palavras ou das expressões.


Exemplo: É preciso investir na educação brasileira.

• Conotação: sentido figurado ou alegórico que as palavras podem receber.


Exemplo: A educação é a “bola da vez” nas políticas públicas.

www.metodojamilk.com.br

Licensed to José Maxsuel Lourenco Alves - Email: jmaxsuel17@hotmail.com