Sunteți pe pagina 1din 7

www.cers.com.

br 1
ASSUNTOS

1: Princípios
2: Poderes Administrativos
3: Organização Administrativa
4: Atos Administrativos
5: Responsabilidade civil do Estado
6: Principais artigos da lei 8.666/93 (licitação e contratos)

PRINCÍPIOS

www.cers.com.br 2
REGIME JURÍDICO ADMINISTRATIVO

- Conjunto de normas e princípios

- Princípios podem ser:

- Expressos;

- Implícitos.

- Supremacia do interesse público sobre o privado


(prerrogativas)

- Indisponibilidade do interesse público


(restrições)

ART. 37, CF/88

“A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.”

Lei 9.784/99

 finalidade

www.cers.com.br 3
 motivação
 razoabilidade / proporcionalidade
 ampla defesa / contraditório
 segurança jurídica
 Interesse público

Lei 8.987/95

 Generalidade
 Modicidade tarifária
 Segurança
 Atualidade
 Cortesia
 Continuidade do serviço público
 Regularidade

SÚMULAS

SÚMULA VINCULANTE, N: 03 (STF) - Nos processos perante o Tribunal de Contas da União asseguram-se o
contraditório e a ampla defesa quando da decisão puder resultar anulação ou revogação de ato administrativo que
beneficie o interessado, excetuada a apreciação da legalidade do ato de concessão inicial de aposentadoria, reforma
e pensão.

SÚMULA VINCULANTE, N: 05 (STF) - A falta de defesa técnica por advogado no processo administrativo discipli-
nar não ofende a Constituição.

SÚMULA VINCULANTE, N: 13 (STF) - A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou
por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica
investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança
ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos Poderes da União, dos

www.cers.com.br 4
Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a
Constituição Federal.

SÚMULA 473 (STF) - A administração pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornam
ilegais, porque deles não se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de conveniência ou oportunidade, respei-
tados os direitos adquiridos, e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judicial.

SÚMULA 683 (STF) - O limite de idade para a inscrição em concurso público só se legitima em face do art. 7º, XXX,
CF, quando possa ser justificado pela natureza das atribuições do cargo a ser preenchido.

PODERES ADMINISTRATIVOS

CONCEITO

“Conjunto de prerrogativas de direito público que a ordem jurídica confere aos agentes administrativos para o fim
de permitir que o Estado alcance seus fins”.
(José dos santos Carvalho Filho)

VINCULAÇÃO

- Ato – SEM liberdade ao administrador.

www.cers.com.br 5
DISCRICIONARIEDADE

- Ato – COM liberdade ao administrador;

- Juízo de conveniência e oportunidade;


- Possibilidade de controle judicial.
- Uso e abuso de poder

PODER HIERÁRQUICO

- Distribuir e escalonar as funções;

- Poder interno

- Poder permanente

- Não se aplica ao particular

www.cers.com.br 6
www.cers.com.br 7