Sunteți pe pagina 1din 90

Metodologia de Pesquisa

Etapas da Pesquisa – Parte 1


6 de abril de 2019

Prof. Edson Luis Geraldi Junior


CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS
Etapas da pesquisa

Fonte: QUIVY, Raymond; VAN CAMPENHOUDT, Luc. Manual de investigação em ciências


sociais. 1998.
Etapas da pesquisa

• Primeira etapa: a questão inicial;


• Segunda etapa: a exploração do tema;
• Terceira etapa: a problemática;
• Quarta etapa: a construção do modelo de análise;
• Quinta etapa: a coleta de dados;
• Sexta etapa: a análise das informações;
• Sétima etapa: as conclusões.
Etapas da pesquisa

• Primeira etapa: a questão inicial;


• Segunda etapa: a exploração do tema;
• Terceira etapa: a problemática;
• Quarta etapa: a construção do modelo de análise;
• Quinta etapa: a coleta de dados;
• Sexta etapa: a análise das informações;
• Sétima etapa: as conclusões.
Primeira etapa: a questão inicial
Primeira etapa: a questão inicial

• Formulação de um projeto a partir de uma questão


inicial;
Primeira etapa: a questão inicial

• Formulação de um projeto a partir de uma questão


inicial;
➢ Através dessa questão, o pesquisador tenta
expressar de forma precisa o que busca conhecer,
elucidar, compreender melhor.
Primeira etapa: a questão inicial

• Formulação de um projeto a partir de uma questão


inicial;
➢ Através dessa questão, o pesquisador tenta
expressar de forma precisa o que busca conhecer,
elucidar, compreender melhor.
➢ Questão inicial serve como o fio condutor da
pesquisa;
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


➢ Clareza:
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


➢ Clareza:
▪ ser precisa;
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


➢ Clareza:
▪ ser precisa;
▪ ser concisa e unívoca;
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


➢ Clareza:
▪ ser precisa;
▪ ser concisa e unívoca;
➢ Exequibilidade:
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


➢ Clareza:
▪ ser precisa;
▪ ser concisa e unívoca;
➢ Exequibilidade:
➢ ser realista;
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


➢ Pertinência:
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


➢ Pertinência:
▪ ser uma questão verdadeira;
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


➢ Pertinência:
▪ ser uma questão verdadeira;
▪ abordar o que já existe sobre o tema;
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


➢ Pertinência:
▪ ser uma questão verdadeira;
▪ abordar o que já existe sobre o tema;
▪ fundamentar as transformações do novo
estudo sobre o tema;
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial deve apresentar qualidades de:


➢ Pertinência:
▪ ser uma questão verdadeira;
▪ abordar o que já existe sobre o tema;
▪ fundamentar as transformações do novo
estudo sobre o tema;
▪ ter a intenção de compreender os fenômenos
estudados.
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial é um guia que ajuda a progredir:


Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial é um guia que ajuda a progredir:


➢ nas leituras;
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial é um guia que ajuda a progredir:


➢ nas leituras;
➢ nas coletas de dados exploratórios;
Primeira etapa: a questão inicial

• Questão inicial é um guia que ajuda a progredir:


➢ nas leituras;
➢ nas coletas de dados exploratórios;
• Hipóteses de trabalho que constituem os eixos
centrais da pesquisa são propostas de respostas à
questão inicial.
Primeira etapa: a questão inicial

• Exemplos de questão inicial:


Primeira etapa: a questão inicial

• Exemplos de questão inicial:


➢ Partindo do que é observado nas revistas de moda X
e Y, e levando em consideração a excessiva
utilização dos recursos tecnológicos na construção
do design gráfico das revistas, existe uma repetição e
padronização de itens visuais na formulação do
design gráfico das revistas de moda?
Primeira etapa: a questão inicial

• Exemplos de questão inicial:


➢ Levando em conta os trabalhos que já comprovaram
que os modos eletromecânicos de geradores
síncronos distribuídos são afetados pelo desbalanço
das cargas de sistemas de distribuição, de que forma
esses modos eletromecânicos são afetados
considerando os chaveamentos aleatórios das cargas
dos sistemas distribuídos?
Segunda etapa: a exploração do tema
Segunda etapa: a exploração do tema

• Consiste em realizar:
Segunda etapa: a exploração do tema

• Consiste em realizar:
➢ leituras;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Consiste em realizar:
➢ leituras;
➢ entrevistas exploratórias;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Consiste em realizar:
➢ leituras;
➢ entrevistas exploratórias;
➢ outros métodos complementares de exploração
do tema, caso necessário;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Leituras:
Segunda etapa: a exploração do tema

• Leituras:
➢ critérios de leitura:
Segunda etapa: a exploração do tema

• Leituras:
➢ critérios de leitura:
▪ partir da questão inicial;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Leituras:
➢ critérios de leitura:
▪ partir da questão inicial;
▪ evitar um grande número de textos;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Leituras:
➢ critérios de leitura:
▪ partir da questão inicial;
▪ evitar um grande número de textos;
▪ textos de síntese em primeiro lugar;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Leituras:
➢ critérios de leitura:
▪ partir da questão inicial;
▪ evitar um grande número de textos;
▪ textos de síntese em primeiro lugar;
▪ textos que tenham análises e interpretações
em um segundo momento;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Leituras:
➢ critérios de leitura:
▪ textos que apresentem enfoques e abordagens
diferentes sobre o tema;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Leituras:
➢ critérios de leitura:
▪ textos que apresentem enfoques e abordagens
diferentes sobre o tema;
▪ escolher os locais de busca de informações e
de textos sobre o tema.
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ Fazer resumos:
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ Fazer resumos:
▪ colocar em evidência as principais ideias do
autor;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ Fazer resumos:
▪ colocar em evidência as principais ideias do
autor;
▪ destacar as ideias que estão ligadas à questão
inicial;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ Fazer resumos:
▪ colocar em evidência as principais ideias do
autor;
▪ destacar as ideias que estão ligadas à questão
inicial;
▪ qualidade de um resumo está diretamente
ligada à qualidade da leitura realizada.
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ O objetivo das leituras é progredir na pesquisa;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ O objetivo das leituras é progredir na pesquisa;
➢ Comparações entre os textos:
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ O objetivo das leituras é progredir na pesquisa;
➢ Comparações entre os textos:
▪ pontos de vista dos autores e conteúdos:
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ O objetivo das leituras é progredir na pesquisa;
➢ Comparações entre os textos:
▪ pontos de vista dos autores e conteúdos:
o convergências;
o divergências;
o complementaridades.
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ Evidenciar as pistas de pesquisa para o estudo:
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ Evidenciar as pistas de pesquisa para o estudo:
▪ textos mais próximos da questão inicial:
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ Evidenciar as pistas de pesquisa para o estudo:
▪ textos mais próximos da questão inicial:
o o que sugerem?
Segunda etapa: a exploração do tema

• Como ler?
➢ Evidenciar as pistas de pesquisa para o estudo:
▪ textos mais próximos da questão inicial:
o o que sugerem?
• Após a leitura é necessário parar e refletir sobre a
questão inicial.
Segunda etapa: a exploração do tema

• Entrevistas exploratórias:
Segunda etapa: a exploração do tema

• Entrevistas exploratórias:
➢ permitem ao pesquisador tomar consciência dos
aspectos da questão que sua própria experiência
e leituras não puderam evidenciar;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Entrevistas exploratórias:
➢ permitem ao pesquisador tomar consciência dos
aspectos da questão que sua própria experiência
e leituras não puderam evidenciar;
➢ não devem ser muito diretivas:
Segunda etapa: a exploração do tema

• Entrevistas exploratórias:
➢ permitem ao pesquisador tomar consciência dos
aspectos da questão que sua própria experiência
e leituras não puderam evidenciar;
➢ não devem ser muito diretivas:
▪ o objetivo não é validar as ideias
preconcebidas do investigador;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Entrevistas exploratórias:
➢ permitem ao pesquisador tomar consciência dos
aspectos da questão que sua própria experiência
e leituras não puderam evidenciar;
➢ não devem ser muito diretivas:
▪ o objetivo não é validar as ideias
preconcebidas do investigador;
▪ objetivo é encontrar novas ideias.
Segunda etapa: a exploração do tema

• Entrevistas exploratórias:
➢ quem entrevistar?
Segunda etapa: a exploração do tema

• Entrevistas exploratórias:
➢ quem entrevistar?
▪ especialistas científicos sobre o tema em
estudo;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Entrevistas exploratórias:
➢ quem entrevistar?
▪ especialistas científicos sobre o tema em
estudo;
▪ informantes privilegiados;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Entrevistas exploratórias:
➢ quem entrevistar?
▪ especialistas científicos sobre o tema em
estudo;
▪ informantes privilegiados;
▪ pessoas diretamente envolvidas;
Segunda etapa: a exploração do tema

• Entrevistas exploratórias:
➢ quem entrevistar?
▪ especialistas científicos sobre o tema em
estudo;
▪ informantes privilegiados;
▪ pessoas diretamente envolvidas;
➢ ao final dessa etapa, o pesquisador poderá ser
levado a reformular a sua questão inicial.
Terceira etapa: a problemática
Terceira etapa: a problemática

• Qual é o significado de problemática?


Terceira etapa: a problemática

• Qual é o significado de problemática?


➢ conjunto de problemas da mesma natureza ou de
um mesmo campo de atuação, ou concernentes a
um mesmo objeto;
Terceira etapa: a problemática

• Qual é o significado de problemática?


➢ conjunto de problemas da mesma natureza ou de
um mesmo campo de atuação, ou concernentes a
um mesmo objeto;
➢ o conjunto das questões que se podem levantar
em relação aos meios, pontos de vista ou objetos
de estudo de uma ciência ou um sistema
filosófico.
Terceira etapa: a problemática

• Abordagem ou perspectiva teórica para tratar o


problema colocado pela questão inicial;
Terceira etapa: a problemática

• Abordagem ou perspectiva teórica para tratar o


problema colocado pela questão inicial;
• Forma de questionar os objetos estudados;
Terceira etapa: a problemática

• Abordagem ou perspectiva teórica para tratar o


problema colocado pela questão inicial;
• Forma de questionar os objetos estudados;
• Construir uma problemática significa responder à
questão:
Terceira etapa: a problemática

• Abordagem ou perspectiva teórica para tratar o


problema colocado pela questão inicial;
• Forma de questionar os objetos estudados;
• Construir uma problemática significa responder à
questão:
➢ Como abordar tal objeto?
Terceira etapa: a problemática

• Primeiro momento:
Terceira etapa: a problemática

• Primeiro momento:
➢ Levantamento das problemáticas possíveis:
Terceira etapa: a problemática

• Primeiro momento:
➢ Levantamento das problemáticas possíveis:
▪ conhecer e comparar as características;
Terceira etapa: a problemática

• Primeiro momento:
➢ Levantamento das problemáticas possíveis:
▪ conhecer e comparar as características;
▪ resultados exploratórios são úteis nesse
momento;
Terceira etapa: a problemática

• Primeiro momento:
➢ Levantamento das problemáticas possíveis:
▪ conhecer e comparar as características;
▪ resultados exploratórios são úteis nesse
momento;
▪ elucidar as perspectivas teóricas por trás das
abordagens encontradas;
Terceira etapa: a problemática

• Segundo momento:
Terceira etapa: a problemática

• Segundo momento:
➢ Escolher e explicitar a problemática da pesquisa;
Terceira etapa: a problemática

• Segundo momento:
➢ Escolher e explicitar a problemática da pesquisa;
➢ Escolha de métodos e quadros teóricos:
Terceira etapa: a problemática

• Segundo momento:
➢ Escolher e explicitar a problemática da pesquisa;
➢ Escolha de métodos e quadros teóricos:
▪ que se adaptam ao problema;
Terceira etapa: a problemática

• Segundo momento:
➢ Escolher e explicitar a problemática da pesquisa;
➢ Escolha de métodos e quadros teóricos:
▪ que se adaptam ao problema;
▪ que o pesquisador tem capacidade de dominar
o suficiente;
Terceira etapa: a problemática

• Perguntas importantes:
Terceira etapa: a problemática

• Perguntas importantes:
• Em quais contextos de pesquisa a problemática
adotada já foi utilizada anteriormente?
Terceira etapa: a problemática

• Perguntas importantes:
• Em quais contextos de pesquisa a problemática
adotada já foi utilizada anteriormente?
• Quais foram os problemas conceituais e
metodológicos eventualmente encontrados nas
pesquisas anteriores?
Terceira etapa: a problemática

• Perguntas importantes:
• Quais são os conceitos e ideias-chave da
problemática adotada?
Terceira etapa: a problemática

• Perguntas importantes:
• Quais são os conceitos e ideias-chave da
problemática adotada?
• É necessário reformular a questão central da
pesquisa ou questões específicas?
Terceira etapa: a problemática

• Questão inicial:
➢ Levando em conta os trabalhos que já
comprovaram que os modos eletromecânicos de
geradores síncronos distribuídos são afetados pelo
desbalanço das cargas de sistemas de distribuição,
de que forma esses modos eletromecânicos são
afetados considerando os chaveamentos aleatórios
das cargas dos sistemas distribuídos?
Terceira etapa: a problemática

• Problemática:
➢ Abordagens possíveis:
Terceira etapa: a problemática

• Problemática:
➢ Abordagens possíveis:
▪ Inserir perturbação no sistema e medir os
sinais que contém a resposta eletromecânica;
▪ Considerar o chaveamento aleatório das
cargas trifásicas e obter os sinais de medição
resultantes.
Terceira etapa: a problemática
E-mail:
edsongeraldi@cefetmg.br