Sunteți pe pagina 1din 3

Resumo de História, professor anos

iniciais RJ 2019.
Prof. Jocimar Vieira.

Conceito História/Historiador.
História – é uma ciência humana que estuda o desenvolvimento do homem no
tempo, analisando processos históricos, personagens e fatos para poder
compreender um determinado período histórico; cultura ou civilização.

Com o objetivo de resgatar os aspectos culturais de um determinado povo ou


região para o entendimento do processo de desenvolvimento. – entender o
passado também é importante para compreensão do presente. –

Partindo daí, a historia é situado no tempo e no espaço, assumidas por


pessoas, como uma prática social obedecendo a uma deontologia (conjunto
de deveres de qualquer categoria profissional minuciados em códigos
específicos) de culto a ciência, em uma troca
constante com o publico que lê e escuta
estimulado pela curiosidade intelectual, havendo

(1)
um duplo reconhecimento, história e publico, Na Historiografia o
consagrando o historiador. A sua opinião é termo “escola”
determinada em época ou escola (1), suscetível á
denota paradigmas
de pensamentos em
duas leitura ao “pé dá letra” - empenhada na
consonância.
concepção da historia definido em textos - e a
distanciada - atenta ao contexto histórico -. 
Após entendermos o breve conceito de
História/Historiador vamos fundamentar o ensino de história
institucionalizado.

A Europa mais precisamente na França foi à percussora do ensino publico da


ciência história, os franceses dividiu a instrução do desenvolvimento do homem
no tempo (história) em duas vertentes: ensino fundamental e médio, sendo o
último ministrado por especialistas de formação acadêmica (superior), logo
assim, a França tem a História como status, estando presente nos discursos
políticos e comentários jornalísticos, sendo referencial obrigatório de toda a
reflexão. – esta dinâmica foi construída no século XVI, como memória
nacional, mas a institucionalização do ensino veio no séc. XIX,
privilegiando a Revolução Francesa (1789). -.

(...) No meu governo


durante 1840-1889, no
Brasil eu me apropriei
desta, dinâmica francesa
para implementar o
ensino de história, claro
com exaltação nacional
de construir um Estado
(...).

Dom Pedro II, aos 12 anos.


Pintura de Félix Taunay, 1837.

No decorrer do ano de 1880, a cadeira de história se separa de letras,


tornando-se uma ciência independente até 1929. Logo, no ínterim de 1880-
1929, a ciência história, predominava a historiografia política factual
(historicizante).

E ao final destes, quarenta e nove anos acontece para os historiadores a


“Revolução Francesa da historiografia”, surgi a ”Annales d'Histoire
Économique et Sociale” em 1929, que acolhe a sociologia, economia e
geografia, em uma inteligibilidade.

Portanto, no período de 1929-1945, há uma estagnação nas ciências humanas,


findando está depressão cientificista acontece uma renovação na cadeira de
História, com historia das mentalidades e historia cultural.
Exercitando...

1. A Revolução Francesa foi um marco de mudança na


sociedade do mundo ocidental, o ano de 1789, houve
mudanças de paradigmas na conjuntura sociopolítica.
Assim, qual a transformação que aconteceu na Europa de
cunho cientificista do homem no tempo, que mudou a forma
do ensino publico, impactando no Brasil?

a) Determinação do período histórico.


b) História/Historiador.
c) A divisão do ensino de História em duas vertentes,
fundamental e médio.
d) A divisão do ensino em dois aspectos, médio e superior.
e) História como prática social, em uma deotonlogia.

2. “No período de 1880-1929, houve uma estagnação nas


ciências humanas, e no pós-guerra vem surgindo no mundo, o
predomínio da história política factual”.
Explique o erro desta sentença em cinco (05) linhas.

REFERÊNCIAS .

PROST ANTOINE (DOZE LIÇÕES SOBRE A HISTÓRIA. PAG. 13-44).