Sunteți pe pagina 1din 46

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro

Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados


Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Manual do Usuário

Centrais de Penas e
Medidas Alternativas
(CPMA)
DCP

Template Versão 1.3


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

SUMÁRIO

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) .................................................................................................... 3

Introdução ............................................................................................................................................................. 3

Legislação Pertinente ................................................................................................................................... 3

Encaminhamento à CPMA e Cadastro de Penas, Medidas e Benefícios da Parte ............................................. 5

Consulta e Alteração de Cadastro de Penas, Medidas e Benefícios da Parte ............................................ 9

Acompanhamento da Pena na CPMA ................................................................................................................ 11

Prontuário do Beneficiário .......................................................................................................................... 11

Ofício de Encaminhamento à Defensoria Pública .................................................................................. 16

Questionário de Sub-Registro ................................................................................................................ 17

Histórico de Entrevistas .......................................................................................................................... 21

3.1.3.1 Opção Psicologia ............................................................................................................................ 22

3.1.3.2 Opção Serviço Social ..................................................................................................................... 26

Histórico de Encaminhamentos .............................................................................................................. 29

3.1.4.1 Prestação Pecuniária/ Cesta Básica .............................................................................................. 31

3.1.4.2 Prestação de Serviço à Comunidade ............................................................................................. 32

3.1.4.3 Limitação de Fim de Semana ......................................................................................................... 33

3.1.4.4 Impressão de Documentos para Encaminhamento ....................................................................... 34

3.1.4.5 Ficha de Encaminhamento ............................................................................................................. 35

3.1.4.6 Recibo da Instituição ...................................................................................................................... 36

3.1.4.7 Ficha de Frequência ....................................................................................................................... 37

Controle de Cumprimento de Penas e Medidas ........................................................................................ 38

Prestação Pecuniária ............................................................................................................................. 39

Prestação de Serviços à Comunidade ................................................................................................... 42

Limitação de Fim de Semana ................................................................................................................. 43

Controle de Prisões Provisórias ............................................................................................................. 43

Relatório de Beneficiários por Entidade ..................................................................................................... 44

Histórico de Versões ........................................................................................................................................... 46

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 2 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Centrais de Penas e Medidas


Alternativas (CPMA)
Introdução

As Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMAs) são órgãos administrativos, sem


atribuição jurisdicional, que têm por finalidade assessorar os Juizados Especiais Criminais,
os Juizados Especiais de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, as Varas Criminais,
na execução de suas medidas e penas alternativas à prisão, bem como na elaboração de
pareceres técnicos que se façam necessários durante o processo.

Considerando a necessidade de adequação e padronização de procedimentos, bem


como uniformização das rotinas pertinentes aos processos judiciais criminais em fase de
execução penal de sentença na própria Vara de origem e para o efetivo funcionamento do
Sistema de Monitoramento nas Centrais de Penas e Medidas Alternativas à Prisão, faz-se
necessária a contínua inserção pelas serventias de origem de informações indispensáveis
no menu Penas e Medidas da Parte e Cadastro de Prisões Provisórias, junto ao Sistema de
Distribuição e Controle de Processos – DCP.

Ademais, foram desenvolvidas no sistema DCP ferramentas próprias de controle para o


funcionamento das citadas centrais.

Legislação Pertinente

 Ato Executivo 3334/2011 do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro – Cria


as Centrais de Penas e Medidas Alternativas do Poder Judiciário do Estado do Rio
de Janeiro – CPMAs.

 Artigo 44 do Código Penal.

 Resolução 39/2010 do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de


Janeiro. Dispõe sobre as Centrais de Penas e Medidas Alternativas do Estado do
Rio de Janeiro.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 3 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

 Resolução 96/2009 do Conselho Nacional de Justiça – Dispõe sobre o Projeto


Começar de Novo no âmbito do Poder Judiciário, institui o Portal de Oportunidades
e dá outras providencias.

 Resolução 101/2009 do Conselho Nacional de Justiça – Define a política


institucional do Poder Judiciário na Execução das Penas e Medidas Alternativas a
Prisão.

 Resolução 07/2012 do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de


Janeiro – Regulamenta o procedimento da Execução Penal no âmbito do Estado
do Rio de Janeiro.

 Ato Normativo 32/2009 do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro – Institui


o Projeto Começar de Novo no âmbito do Poder Judiciário do Estado do Rio de
Janeiro, dispõe sobre a instalação dos Conselhos da Comunidade e dá outras
providências.

 Aviso TJ/CGJ nº 29/2018 – “AVISAM aos Senhores Magistrados, Chefes de


Serventia e demais Serventuários, que detenham atribuição em matéria criminal,
nas Varas Criminais, Juizados Especiais Criminais e Juizados Especiais da
Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher... deverão alimentar o menu
"Penas e Medidas da Parte e Cadastro de Prisões Provisórias" do Sistema de
Distribuição e Controle de Processos – DCP....”

 Aviso CGJ nº 200/2019 - Dispõe sobre o Controle Gerencial do Sistema das


Centrais de Penas e Medidas Alternativas, no que concerne à inclusão de código
próprio para alimentar o Sistema de Distribuição e Controle de Processos - DCP
quando processos em execução na Vara de origem estiverem sobrestados
aguardando o cumprimento da pena restritiva de direitos.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 4 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Encaminhamento à CPMA e Cadastro de Penas,


Medidas e Benefícios da Parte

Para que um processo seja encaminhado à CPMA, o juiz, em sua sentença, deve
determinar o cumprimento de pena restritiva de direito em substituição à pena privativa de
liberdade.

Com a decisão do Juiz, as serventias criminais deverão incluir o Andamento “38 -


Execução Penal na Vara”. Selecione a parte indicada na decisão do Juiz. Clique em Gravar.

Figura 1 – Andamento 38 - Execução Penal na Vara.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 5 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

A tela Penas, Medidas e Benefícios da Parte será apresentada.

Figura 2 – Cadastramento de Penas, medidas e Benefício da Parte.

Prossiga com o cadastramento da pena, caso não tenha sido feito anteriormente.
Escolha a Parte. Na sequência, clique no botão Novo. Selecione o assunto a que se refere a
pena, no campo Tipicidade, e clique em Incluir. Escolha também o Tipo de pena definido na
sentença do juiz.

Figura 3 – Tipo de Pena.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 6 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Em seguida, preencha os dados referentes ao encaminhamento do apenado à CPMA.


Vale notar que a entidade na qual a pena será cumprida pode ser preenchida imediatamente
ou marque a caixa “A definir”. Isto permitirá à CPMA a definição e o preenchimento da
entidade de cumprimento da pena posteriormente.

Figura 4 – Entidade de cumprimento da pena.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 7 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Caso o Tipo de pena definido na sentença do juiz seja uma Prestação Pecuniária,
preencha os dados pertinentes.

Clique no botão Gravar para finalizar o encaminhamento à CPMA.

Figura 5 – Prestação pecuniária.

ATENÇÃO: Existe uma agenda disponível na CPMA, em papel, na qual o


cartório da CPMA agenda os réus para entrevista.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 8 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Consulta e Alteração de Cadastro de Penas, Medidas e


Benefícios da Parte

No menu Penas e Medidas, submenu Penas e Medidas da Parte, acesse a tela para
consultar encaminhamentos à CPMA.

Figura 6 – Menu Penas e medidas da parte.

A tela Penas, Medidas e Benefícios da Parte será aberta. Nesta tela, podem ser
selecionadas as partes e consultadas as penas cadastradas. A informação de cada parte é
individual.

Figura 7 - Consulta e Alteração de Penas e Medidas da Parte.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 9 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Existem casos, em que a CPMA necessita consultar os autos do processo. Quando isso
ocorrer, faça o andamento de remessa para a CPMA e encaminhe o processo físico.

Após a análise da CPMA, o processo é devolvido ao cartório, aonde é incluída a Data de


retorno para que o processo continue tramitando.

Figura 8 – Data de retorno.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 10 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Acompanhamento da Pena na CPMA


Prontuário do Beneficiário

Depois que o apenado é recebido pela CPMA, cadastre os dados que servem de apoio
ao cumprimento da medida. Para isso, clique no Menu Penas e Medidas, submenu Prontuário
– Entrevistas e Encaminhamentos.

Figura 9 - Menu de Acesso ao Prontuário do Apenado.

A tela Prontuário do Beneficiário contém informações gerais sobre o processo e a parte


beneficiada. A primeira aba, chamada de Vida Profissional, contém, além da informação
acerca do registro civil do apenado, dados acerca de sua vida profissional, tais como grau
de instrução, profissão e ocupação.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 11 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

A seleção da Ocupação e da Profissão é feita através da setinha ou do botão ?.

Figura 10 – Aba Vida Profissional.

Se clicar no botão ?, a tela Ajuda abaixo será exibida. Selecione na listagem a opção
para a parte.

Figura 11 - Ajuda

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 12 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

OBSERVAÇÃO: O prontuário do beneficiário só é disponibilizado para a


equipe técnica da CPMA.

A aba seguinte, chamada de Composição Familiar, destina-se à descrição do contexto


familiar do apenado. A tela possui somente um campo, de preenchimento livre, que deve
ser preenchido pela equipe técnica da CPMA descrevendo a composição familiar do apenado.

Figura 12 – Composição Familiar do apenado.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 13 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

A próxima aba, Descrição Familiar, contém informações mais detalhadas a respeito da


família do apenado.

Figura 13 – Aba Descrição Familiar.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 14 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Finalmente, a aba Projeto Recomeçar, que apresenta informações acerca do projeto de


reinserção social do TJERJ. Nesta aba, as informações sobre o direcionamento do beneficiário
para programas como o SINE (Sistema Nacional de Emprego), EJA (Ensino de Jovens e
Adultos), entre outros, podem ser cadastradas.

Após o preenchimento de todos os dados, clique no botão Gravar para confirmar as


alterações realizadas.

Figura 14 – Aba Projeto Recomeçar.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 15 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Ofício de Encaminhamento à Defensoria Pública

Dependendo de algumas respostas dadas no prontuário, aba Vida profissional, certas


ações são tomadas. Existem três casos nos quais é criado um ofício de encaminhamento à
Defensoria Pública. A criação desse ofício depende da resposta dada à pergunta Possui
registro de Nascimento ?. Se a resposta for “Não”; quando a resposta for “Sim” e o usuário
informar que a 2ª via é “Acessível e há necessidade de obtê-la”; e quando a resposta for
“Sim” e o usuário informar que a 2ª via é “De difícil ou impossível acesso”. Nesses casos,
será exibida a mensagem demonstrada abaixo. Clique em Ok.

Figura 15 – Mensagem sobre encaminhamento de beneficiário à Defensoria Pública.

Na sequência, a tela Impressão de Textos será exibida. Preencha os parâmetros do ofício


e, ao final, imprima o texto utilizando o botão Imprimir.

Figura 16 – Criação do Ofício de encaminhamento à Defensoria Pública.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 16 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Após a impressão, entregue o Ofício ao beneficiário. Em posse desse ofício, o usuário


pode pedir à Defensoria Pública para que sejam tomadas as devidas providências.

Figura 17 – Exemplo do Ofício que deverá ser entregue à Defensoria Pública.

Questionário de Sub-Registro

Na tela do Prontuário do Beneficiário, após clicar no botão Gravar, dependendo da


informação preenchida na aba Vida profissional, a tela do Questionário do Sub-Registro será
automaticamente exibida.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 17 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Essa tela será exibida nos casos em que o beneficiário não possuir certidão de
nascimento ou quando o acesso à 2ª. Via deste documento for difícil ou impossível. Como
pode ser observado, essa tela também é dividida em abas.

A primeira aba, Dados Pessoais, apresenta dados gerais sobre o apenado. Vale notar que
múltiplos endereços podem ser incluídos nesta aba.

Figura 18 – tela Questionário do Sub-Registro – Aba Dados Pessoais.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 18 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Na aba seguinte, Sobre o Parto, adicione informações referentes ao parto do apenado.


De posse dessas informações, as chances de obtenção da segunda via do registro de
nascimento são maiores.

Figura 19 – Aba sobre o Parto.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 19 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

A aba História de Vida procura traçar um breve histórico da vida do apenado.


Informações como existência de registro de nascimento, escolas, batizado, podem ser
preenchidas nesta aba.

Figura 20 –Aba História de Vida.

Na última aba do Questionário, Histórico – Breve Relato, será feito um histórico sucinto
da vida do apenado. O preenchimento do campo único da aba é livre. Clique no botão Gravar.

Figura 21 – Aba Histórico – Breve Relato.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 20 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Histórico de Entrevistas

Voltando a tela Prontuário do Beneficiário, clique no botão Entrevistas.

Figura 22 – Botão Entrevistas.

A tela Histórico de Entrevistas do Beneficiário será disponibilizada. Clique no botão Novo.

Figura 23 – Tela Histórico de Entrevistas do Beneficiário.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 21 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

O sistema abrirá uma tela para que selecione com quem será a entrevista: com a
“Psicologia” ou com o “Serviço Social”. Marque a opção desejada e clique no botão Iniciar
para abrir a tela da entrevista. Ou, clique em Retornar, caso não queira seguir adiante.

Figura 24 – Opções de Entrevista.

3.1.3.1 Opção Psicologia

Caso a opção selecionada seja “Psicologia”, a tela Prontuário – Entrevista Psicologia será
exibida. A primeira aba exibida é referente ao Delito que levou à pena em execução.

Figura 25 – Entrevista Psicologia – Aba Delito.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 22 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

A aba seguinte, Família/Drogas, disponibiliza um formulário para preenchimento de


dados referentes às relações familiares do apenado e um possível histórico de uso de drogas
no contexto familiar.

Figura 26 – Aba Família/ Drogas.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 23 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

A terceira aba Expectativas, possibilita o registro dos planos do apenado quanto à pena
e a seus projetos de vida.

Figura 27 – Entrevista Psicologia – Expectativas.

A última aba Sumário apresentada, exibe um formulário para preenchimento de


observações gerais acerca do comportamento do apenado durante a entrevista, bem como
um sumário psicológico.

Figura 28 – Entrevista Psicologia – Sumário.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 24 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

ATENÇÃO: O botão Imprimir Sumário, é habilitado após a gravação do


prontuário. Ao término da medida do Beneficiário, será impresso e
entregue à vara para anexar ao processo.

Após a gravação dos dados do prontuário, a tela Histórico de Entrevistas do Beneficiário


será exibida. Pode-se notar a entrevista registrada na lista.

Figura 29 – Histórico de Entrevistas do Beneficiário.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 25 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

3.1.3.2 Opção Serviço Social

Caso a entrevista seja de “Serviço Social”, a tela Entrevista Social será exibida. A
primeira aba exibida é referente ao Delito que levou à pena em execução.

Figura 30 - Entrevista Serviço Social – Delito.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 26 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

A aba seguinte, Medida Imposta, disponibiliza um formulário ao profissional para


preenchimento de informações sobre a percepção do apenado com relação ao processo e à
pena.

Figura 31 - Entrevista Serviço Social – Medida Imposta.

A terceira aba, Medidas Protetivas, permite a inclusão de informações sobre o


entendimento do apenado com relação às medidas protetivas tomadas no processo.

Figura 32 - Entrevista Serviço Social – Medidas Protetivas.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 27 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

A aba seguinte, Família, procura traçar um perfil da família do apenado, incluindo, por
exemplo, informações de delitos cometidos por outros membros de sua família.

Figura 33 - Entrevista Serviço Social – Família.

A última aba, Sumário, exibe um único campo de preenchimento livre para que o
profissional faça um resumo do serviço social acerca do apenado. Clique no botão Gravar.

Figura 34 – Sumário do Serviço Social.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 28 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Histórico de Encaminhamentos

Na tela Prontuário do Beneficiário, clique no botão Encaminhamentos.

Figura 35 – Botão Encaminhamentos.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 29 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

A tela Histórico de Encaminhamentos do Beneficiário será exibida. Nesta tela, serão


exibidos todos os encaminhamentos do beneficiário. Clique no botão Novo.

Figura 36 - Tela Histórico de Encaminhamentos do Beneficiário.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 30 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

3.1.4.1 Prestação Pecuniária/ Cesta Básica

A tela Prontuário – Encaminhamento será exibida. A tela apresenta o número do Processo


e o nome do Beneficiário. Além disso, existem três abas, uma para cada tipo de medida
adotada.

A primeira aba Prestação Pecuniária possibilita o controle do cumprimento de penas


pecuniárias, tanto em dinheiro, quanto em cestas básicas. Dados como Valor, Valor da
parcela, Data de Início e Término Previsto, podem ser registrados nesta página para
possibilitar o controle pela CPMA.

Figura 37 - Encaminhamento – Prestação Pecuniária

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 31 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

3.1.4.2 Prestação de Serviço à Comunidade

A aba seguinte, Prest. Serviço à Comunidade, permite o controle do cumprimento da


pena de prestação de serviços. Nesta tela, Horas a frequentar na instituição acima deve ser
preenchido, conforme o valor informado na aba Saldo Restante.

Figura 38 – Aba Prestação de Serviço à Comunidade.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 32 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

3.1.4.3 Limitação de Fim de Semana

A última aba Limitação de Fim de Semana permite ao usuário da CPMA o controle da


pena que limita fins de semana dos beneficiários. Ela contém informações como Tempo
Cumprido e Saldo restante.

Figura 39 – Prontuário – Limitação de Fim de Semana.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 33 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

3.1.4.4 Impressão de Documentos para Encaminhamento

Nas três abas, que podem ser utilizadas para cadastro e controle de encaminhamentos
de medidas, existe um campo para impressão de relatórios que permite a impressão de três
tipos de relatórios: Ficha de encaminhamento; Recibo da Instituição (somente Cestas Básicas/
valor); e Ficha de Frequência (exceto Cestas Básicas/Valor). Marque os relatórios desejados
e, em seguida, clique no botão Imprimir. A seguir, são apresentados os dois tipos de
relatórios disponíveis.

Figura 40 - Encaminhamento – Destaque Impressão de Relatórios.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 34 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

3.1.4.5 Ficha de Encaminhamento

A ficha de encaminhamento será entregue ao beneficiário. Ela contém as principais


informações referentes ao processo e a medida em cumprimento. Ela deve ser entregue
pelo beneficiário na instituição para a qual ele foi encaminhado.

Figura 41 - Impressão – Ficha de Encaminhamento.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 35 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

3.1.4.6 Recibo da Instituição

O recibo deverá ser preenchido pela entidade para a qual o apenado foi encaminhado.

Figura 42 - Impressão – Recibo da Instituição.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 36 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

3.1.4.7 Ficha de Frequência

As figuras abaixo apresentam uma Ficha de Frequência que deverá ser preenchida pela
instituição na qual o apenado cumpre a medida alternativa.

Figura 43 - Impressão – Ficha de Frequência (página 1).

Figura 44 - Impressão – Ficha de Frequência (página 2).

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 37 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Controle de Cumprimento de Penas e Medidas

Com os dados preenchidos da forma apresentada nas seções anteriores é possível


realizar o controle da pena. Acesse o menu Penas e Medidas e o submenu Controle de
Cumprimento de Medida.

Figura 45 – Submenu Controle de


Cumprimento de Medida.

Assim como, no caso da ficha de encaminhamento, esta tela apresenta três abas em
referência às abas da ficha de encaminhamento: Pagamento de Pecuniária; Prest. Serviço –
Frequência e Limitação de Fim de Semana.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 38 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Prestação Pecuniária

A tela Controle de Cumprimento de Medida será aberta. Selecione a Medida no campo de


mesmo nome.

Nesta tela, pode ser observada a lista de Pagamentos Efetuados pelo apenado, com suas
informações detalhadas. Além disso, o Total a pagar também pode ser verificado.

Figura 46 – Seleção da Medida.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 39 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Clique no botão Novo. Preencha a Referência, com o Mês e o Ano. Preencha os demais
campos necessários. Após, clique no botão Incluir e Gravar.

Figura 47 – Referência.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 40 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Os dados cadastrados passarão a constar no campo Pagamentos Efetuados e na tabela


Pagamentos Selecionados com os respectivos campos Total pago e Total a pagar preenchidos
automaticamente.

Figura 48 – Aba Pagamento de Pecúnia.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 41 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Prestação de Serviços à Comunidade

Na aba Prest. Serviço – Frequências pode ser verificada a Frequência do apenado no


cumprimento da medida. Além disso, o Tempo Total Cumprido e o Tempo Restante podem
ser observados na parte inferior da tela.

Figura 49 – Frequência do Apenado na Prestação de Serviço.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 42 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Limitação de Fim de Semana

A aba Limitação de Fim de Semana apresenta a Frequência do apenado nos finais de


semana. Além disso, este tipo de frequência pode ser verificado para cada Mês e o Tempo a
Cumprir pode ser observado na parte inferior da tela.

Figura 50 – Aba Limitação de Fim de Semana.

Clique no botão Prisões Provis. do lado direito da tela Controle de Cumprimento da


Medida, figura acima.

Controle de Prisões Provisórias

A tela Cadastro de Prisões Provisórias será aberta, que servirá para consulta.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 43 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Figura 51 – Tela cadastro de Prisões Provisórias.

Relatório de Beneficiários por Entidade

Acesse através do menu Penas e Medidas, submenu Relatório de Beneficiários por


Entidade uma funcionalidade de criação de relatórios.

Figura 52 – Submenu Relatório de Beneficiários por Entidade.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 44 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Na tela Relatório de Beneficiários por Entidade, selecione a Entidade para a qual deseja
gerar um relatório. Escolha o Destino de impressão e clique em OK.

Figura 53 – Seleção da Entidade.

O sistema gerará um Relatório como o apresentado abaixo:

Figura 54 – Exemplo do Relatório de Beneficiários por Entidade.

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 45 de 46


Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro
Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados
Departamento de Atendimento e Suporte ao Usuário

Histórico de Versões
Versão Data Descrição da alteração Responsável
1.0 13/06/2017 Elaboração do Manual Rafael dos Santos Alves
1.0 13/06/2017 Revisão de Conteúdo Cláudia Vianna
1.0 13/06/2017 Revisão de Template e ortográfica Joanna Liborio
1.1 29/03/2019 Revisão de Conteúdo Cláudia Vianna

Centrais de Penas e Medidas Alternativas (CPMA) Página 46 de 46