Sunteți pe pagina 1din 4

Sendo Batizado

“Jesus respondeu: Em verdade, em verdade lhe digo: quem não nascer da água e do
Espírito não pode entrar no Reino de Deus.”
– João 3:5-6

No trecho acima vemos o que Jesus disse a Nicodemos, que era um professor
religioso e um alto membro do conselho religioso da época. Nicodemos queria saber como
um homem pode entrar no Reino de Deus. Jesus indica claramente que há dois batismos
que são necessários antes que uma pessoa esteja pronta para entrar no Reino. O batismo
pela água e o batismo pelo Espírito, ambos têm significado especial e importância na vida
de um crente.

O batismo nas águas

O batismo em si é um conceito muito antigo, que começou quando Moisés batizou


os judeus quando eles passaram sob a nuvem através do Mar Vermelho. O batismo na
água como conhecemos hoje foi iniciado pouco antes do nascimento de Jesus, por um
profeta conhecido como João o batista. Na Bíblia, Jesus se refere a ele como o maior
profeta que já viveu. Ele é único, porque nasceu com o Espírito Santo.

O batismo na água é um gesto exterior de você nascer de novo. Simboliza que você
está morto para seus pecados quando se submerge e quando você se levanta você é uma
nova criatura. Você declara publicamente que se arrependeu de seus pecados e aceitou a
Jesus como seu Salvador e Senhor.

“Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do


Filho e do Espírito Santo,...”
– Mateus 28:19

É muito importante ser batizado como adulto, mesmo que algumas pessoas o
recebem quando ainda são bebês. É essencial fazê-lo quando você entende seu significado
e acredita com seu próprio coração que Jesus é o Salvador. O próprio Jesus instruiu
especificamente seus discípulos a batizar todos os crentes que aceitaram o evangelho.

Devido aos erros de interpretação de muitos em relação ao batismo nas águas, é


importante esclarecer alguns pontos. Primeiro ponto é que o batismo não salva ninguém e
muito menos garante que a pessoa nasceu do alto ou que recebeu Jesus Cristo de verdade.
O verdadeiro significado do batismo na água é compreendido, quando entendemos a
simbologia da água na Palavra de Deus. Pois muitas vezes a água é usada como um
símbolo para a própria Palavra de Deus. Para uma pessoa receber um batismo na água de
forma espiritual e não apenas algo físico, é preciso entender que a água representa o
Evangelho de Cristo.
A pessoa recebe a água (o Evangelho), e ela bebe dessa água viva, quando ela
entende todo o Evangelho de Cristo. Ao receber essa água, a pessoa é convencida do
pecado pelo Espírito Santo e então ela gera o arrependimento genuíno de seus pecados.
Mas somente quando ela entende a obra da Cruz e crê em Jesus como Salvador é que ela
pode nascer do alto (ou nascer de novo). Ao se batizar nas águas de forma física, ela
apenas mostra a todos que ela recebeu o evangelho e que essa escolha a fez nascer como
uma nova criatura.

“O que beber da água que eu lhe der jamais terá sede. Mas a água que eu lhe der
virá a ser nele fonte de água, que jorrará até a vida eterna.”​ (João 4:14)

Somente depois de nascer da água, isto é, receber o Evangelho, se arrepender e


crer em Jesus, é que podemos nascer do Espírito. Muito se enganam hoje em dia achando
que estão seguindo a Cristo ou que são salvos. Vão a uma reunião, ouvem uma pregação,
se emocionam e levantam suas mãos em público dizendo aceitar a Jesus. Porém isso
muitas vezes não passa de um ato sem sentido. Essas pessoas decidem se batizar e se
tornam membros de uma denominação. Passam um tempo seguindo as regras, mas logo
caem em alguma tentação ou se enfraquecem na fé. O problema dessas pessoas é que
não foram “convertidas”, elas não nasceram do alto, apenas entraram em uma religião e se
tornaram seguidores de regras humanas baseadas na Bíblia, porém sem transformação
espiritual. A verdadeira conversão só se inicia depois que uma pessoa nasce de novo, ou
melhor nasce do alto. Mas infelizmente a religião tem enganado e condenado a muitos a
viver no engano. Seguem doutrinas que buscam levar justificação e a salvação. Entretanto
somente a fé e a submissão a Cristo podem gerar um novo nascimento verdadeiro.

Ao nascer da água, ou seja, nascer do alto, você pode ter o perdão de seus
pecados, se tornando justo diante de Deus. Mas é somente quando somos batizados no
Espírito, que começamos a nos parecer com Cristo, pois o mesmo Espírito que habita nele,
passa a habitar em nós. Esse Espírito, começa a trabalhar em nós, nos transformando a
semelhança do caráter de Cristo.

O batismo no Espírito Santo

“João tratou de explicar a todos: Eu, na verdade, batizo vocês com água, mas vem aquele
que é mais poderoso do que eu, do qual não sou digno de desamarrar as correias das suas
sandálias; Ele os batizará com o Espírito Santo e com fogo.”
– Lucas 3:16

O próximo batismo é dado pelo próprio Jesus, Ele abençoa todos aqueles que
acreditam nele com Seu próprio Espírito. No batismo na água você está submerso na água,
mas no batismo do Espírito Santo, Jesus derrama Seu Espírito sobre você e você é imerso
do alto.

Na maioria dos casos não há manifestações externas visíveis, o Espírito Santo


discretamente entra em sua vida e começa Seu trabalho. A maioria das pessoas hoje
recebe o Espírito Santo em silêncio. Se você obedecer a Jesus e for batizado, e aceitá-lo
como seu Salvador pessoal, Ele promete enchê-lo com o Espírito Santo.

“Pedro respondeu: Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus


Cristo para remissão dos seus pecados, e vocês receberão o dom do Espírito Santo.”
– Atos 2:38

Ter o Espírito Santo é um teste decisivo para os cristãos. Isso mostra que você se
arrependeu, foi purificado de seus pecados e o próprio Senhor Jesus pessoalmente aceitou
você e o batizou com o Seu Espírito.

Você absolutamente precisa do Espírito Santo para ser capaz de viver a vida vitoriosamente
como um cristão.

> ​Inspiração Bíblica

“Aconteceu que, enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, tendo passado pelas regiões
mais altas, chegou a Éfeso. Encontrando ali alguns discípulos, perguntou-lhes:
— Vocês receberam o Espírito Santo quando creram?
Ao que eles responderam:
— Pelo contrário, nem mesmo ouvimos que existe o Espírito Santo.
Paulo perguntou:
— Então que batismo vocês receberam?
Eles responderam:
— O batismo de João.”
- Atos 19:1-3

Esta é uma história de como o apóstolo Paulo encontrou alguns discípulos do


grande profeta, João o batista. A ironia é que estes eram discípulos de um homem cuja
mais famosa linha registrada na Bíblia é ele dizendo às multidões, que o Messias estava
chegando e que Ele iria batizar as pessoas com o Espírito Santo.

Toda a sua vida foi dedicada a preparar o caminho para Jesus e em todo o seu
ministério ele fez referências à vinda de Cristo e seu batismo com o Espírito Santo. É triste
que seus próprios discípulos não tivessem conhecimento do que era o batismo do Espírito
Santo. Somente quando o apóstolo Paulo os encontrou, explicou-lhes, pôs as mãos e orou
que então eles receberam o Espírito Santo.

Esta é a mesma história triste que acontece até hoje com muitos cristãos professos,
eles se chamam de seguidores de Cristo, mas eles nem sabem o que é o Espírito Santo.

> Aplicação para a vida


- Ser batizado é um ensinamento do Senhor Jesus, é muito importante entender o seu
real significado, especialmente o lado espiritual.
- Não pare com o batismo nas águas, vá até o fim e peça a Deus para enchê-lo com o
Espírito Santo, como ele prometeu.