Sunteți pe pagina 1din 28

Produção de plantas e

flores ornamentais
Expediente
Presidente do Conselho Deliberativo
Roberto Simões
Diretor-Presidente
Luiz Eduardo Pereira Barreto Filho
Diretor Técnico
Carlos Alberto dos Santos
Diretor de Administração e Finanças
José Claudio Silva dos Santos
Gerente da Unidade de Capacitação Empresarial
Mirela Malvestiti
Coordenação
Nídia Santana Caldas
Equipe Técnica
Carolina Salles de Oliveira
Autor
Maria Angela Soares Lopes
Projeto Gráfico
Staff Art Marketing e Comunicação Ltda.
http://www.staffart.com.br
Apresentação do Negócio
Aviso: Antes de conhecer este negócio, vale ressaltar
que os tópicos a seguir não fazem parte de um Plano de
Negócio e sim do perfil do ambiente no qual o empreendedor
irá vislumbrar uma oportunidade de negócio como a descrita a
seguir. O objetivo de todos os tópicos a seguir é desmistificar e
dar uma visão geral de como um negócio se posiciona no
mercado. Quais as variáveis que mais afetam este tipo de
negócio? Como se comportam essas variáveis de mercado?
Como levantar as informações necessárias para se tomar a
iniciativa de empreender?A floricultura é um ramo em expansão
do agronegócio, caracterizado pela produção de mudas de
flores e plantas ornamentais. As plantas ornamentais são
aquelas que produzem folhagens e/ou frutos que atraem por
sua beleza, possibilitando a ornamentação de espaços internos
ou externos, a utilização como complementos de
indumentárias, como os tradicionais buques das noivas ou
ainda para serem presenteadas.
O Brasil é um país privilegiado por possuir, em sua
extensão territorial, condições de diferentes temperaturas,
umidade do ar, solo, etc, o que favoreceu o surgimento de uma
riquíssima flora, com muitas espécies conhecidas e outras
ainda por serem descobertas e exploradas.
O maior centro de produção de flores e plantas ornamentais
está localizado em São Paulo, na cidade de Holambra, que
exporta para todo o Brasil e também para o exterior.
Este tipo de agronegócio vem se consolidando como um
ramo de negócio que gera uma quantidade de empregos
significativa e com alto potencial de exportação e rentabilidade.
Os produtores de flores e plantas ornamentais poderão
contar com uma certificação de implantação de boas práticas,
facilitando a colocação do produto no mercado interno e
externo, pela indicação do alto padrão da qualidade. Uma

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 3


parceria entre a EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa
Agropecuária), Ministério da Agricultura Associações de
produtores, está elaborando em 2009, o manual de boas
práticas, por meio da metodologia de Produção Integrada (PI),
que já é utilizada na fruticultura. A PI indica como fazer o
controle de resíduos e estudos do impacto ambiental que a
produção de plantas ornamentais pode provocar.
Para o empreendedor que gosta de lidar com a terra e a
produção agrícola, a Produção de Flores e Plantas
Ornamentais é uma boa opção.
Nesta “Idéia de Negócio” serão apresentadas informações
importantes para o empreendedor que queira produzir Flores e
Plantas Ornamentais.
Este documento não substitui o Plano de Negócios, que é
imprescindível para iniciar um empreendimento com alta
probabilidade de sucesso. Para a elaboração do Plano de
Negócio, consulte o SEBRAE mais próximo.

Mercado
"O mercado de plantas ornamentais no Brasil é menor
que em muitos países como, por exemplo, Estados Unidos e
países da Europa, em geral. Contudo, este é um mercado que
apresenta um grande potencial de crescimento caracterizado
pelo surgimento de novos pólos geográficos regionais de
produção, aumento das exportações e do consumo interno.
A produção de flores e plantas ornamentais no Brasil ainda
caracteriza-se como uma atividade típica de pequenos
produtores. Estima-se a existência de aproximadamente sete
mil produtores de flores que cultivam 7.500 hectares em 304
municípios brasileiros.
Como foi dito, o principal pólo produtor brasileiro é São
Paulo destacando-se a cidade de Holambra, seguido por Minas

4 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Outros estados do
Nordeste como por exemplo, Ceará, Alagoas, Pernambuco e
Bahia também começam a ampliar a produção de flores e
plantas ornamentais.
As plantas ornamentais correspondem a 50% da produção,
as flores de corte por 29% e, as flores em vaso por 13%, as
folhagens em vaso e de corte por 6%. Dentre as flores de corte,
a principal espécie produzida no Brasil é a rosa, ocupando
entre 25% e 30% da área total plantada no país.

Ameaças e oportunidades
As oportunidades de negócios são definidas pelas
possibilidades de bons resultados financeiros que o
empreendedor vislumbra ao implantar um novo
empreendimento.
O conhecimento real das possibilidades de sucesso
somente será possível através de pesquisa de mercado.
Uma pesquisa não precisa ser sofisticada, dispendiosa - em
termos financeiros - ou complexa. Ela pode ser elaborada de
forma simplificada e aplicada pelo próprio empresário, para
estudar a concorrência já instalada, em termos de padrão de
qualidade e valores praticados.
O risco de abrir as portas sem conhecimento do ambiente
local é muito grande, e pode significar o fracasso da Produção
de Plantas Ornamentais
Oportunidades
- Investimento da Embrapa em pesquisas, possibilitando a
redução dos custos na produção;
- Programa de expansão e fortalecimento da cadeia
produtiva da floricultura do SEBRAE, que promove a
articulação de parcerias, pesquisas de mercado, capacitação,
sensibilização e estímulo ao associativismo.
- O Brasil possui grande biodiversidade natural, além de
existir a possibilidade de se descobrir muitas novas espécies,

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 5


possibilitando aos produtores nacionais concorrer com produtos
diferenciados no mercado internacional e oferecer maior
variedade de plantas aos clientes nacionais.
- Exportação: o mercado internacional movimenta nove
bilhões ao ano e a participação brasileira ainda é tímida neste
mercado.
Ameaças
As ameaças são representadas por todas as possibilidades
de insucesso que o futuro empresário pode identificar para o
novo negócio. A realização da pesquisa sugerida fornece
subsídios para a previsão de dificuldades que poderão
aparecer.
São ameaças para uma empresa de pequeno porte que
produz Flores e Plantas Ornamentais:
- Baixo consumo per capita de flores e plantas ornamentais
no Brasil;
- Dificuldade de transporte adequado para conservação das
plantas e flores;
- Se o empreendedor desejar exportar enfrentará a o
problema da falta de câmaras frias nos aeroportos brasileiros
para conservação do produto;
- Concentração maior das vendas em datas e ocasiões
específicas como dia dos namorados, dia das mães, ano novo
e finados.

Localização
A localização é um aspecto de relevância para iniciação
de um empreendimento. Ela poderá ser determinante para o
sucesso ou insucesso do futuro negócio.
Ao decidir sobre o local para o cultivo de Flores e Plantas
Ornamentais é importante observar os seguintes aspectos:

- Acesso para caminhão;

6 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


- Local com infra-estrutura básica (água, luz e telefone);
- Zonal rural dentro do perímetro urbano;
- Condições de solo favoráveis para o plantio;
- Terrenos pouco acidentados.
Neste tipo de negócio, a proximidade dos fornecedores não
uma variável relevante.

Exigências legais específicas


Para dar início ao processo de abertura de uma
empresa de Produção de Plantas Ornamentais é necessário
que se cumpra os seguintes procedimentos:
1) Consulta Comercial
Antes de realizar qualquer procedimento para abertura de
uma empresa é preciso realizar uma consulta prévia na
prefeitura ou administração local. A consulta tem por objetivo
verificar se no local escolhido para a abertura da empresa é
permitido o funcionamento da atividade que se deseja
empreender.
Outro aspecto que precisa ser pesquisado é o endereço.
Em algumas cidades, o endereço registrado na prefeitura é
diferente do endereço que todos conhecem. Neste caso é
necessário o endereço correto, de acordo com o da prefeitura,
para registrar o contrato social, sob pena de ter de refazê-lo.
Órgão responsável:
- Prefeitura Municipal;
- Secretaria Municipal de Urbanismo.

2) Busca de nome e marca


Verificar se existe alguma empresa registrada com o nome
pretendido e a marca que será utilizada.
Órgão responsável:
- Junta Comercial ou Cartório (no caso de Sociedade
Simples) e Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI).

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 7


3) Arquivamento do contrato social/Declaração de Empresa
Individual
Este passo consiste no registro do contrato social.
Verifica-se também, os antecedentes dos sócios ou empresário
junto a Receita Federal, por meio de pesquisas do CPF.
Órgão responsável:
- Junta Comercial ou Cartório (no caso de Sociedade
Simples.

4) Solicitação do CNPJ
Órgão responsável:
Receita Federal.

5) Solicitação da Inscrição Estadual


Órgão responsável:
Receita Estadual

6) Alvará de licença e Registro na Secretaria Municipal de


Fazenda
O Alvará de licença é o documento que fornece o
consentimento para empresa desenvolver as atividades no
local pretendido.
Órgão responsável:
- Prefeitura Municipal;
- Secretaria Municipal da Fazenda.

7) Matrícula no INSS
Órgão responsável:
- Instituto Nacional de Seguridade Social; Divisão de
Matrículas – INSS.

A Produção de Flores e Plantas Ornamentais precisa estar


em conformidade com a seguinte legislação:

8 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


- Lei n.º 9.456, de 25 de Abril de 1997 da Presidência de
República. . Institui a Proteção de Cultivares e dá outras
providências.

- Decreto n.º 2.366, de 05 de novembro de 1997 da


Presidência da República.
Decreto que regulamenta a Lei n.º 9.456 de 25 de abril de
1997, sobre a Proteção de Cultivares. Dispõe sobre o Serviço
Nacional de Proteção de Cultivares - SNPC, e dá outras
providências.

-. Portaria n.º 527, de 31 de Dezembro de 1997 do


Ministério da Agricultura e do Abastecimento.
Portaria do Ministro de Estado da Agricultura, Pecuária e
Abastecimento - MAPA, que institui o Registro Nacional de
Cultivares - RNC com a finalidade de promover a inscrição
prévia das cultivares, habilitando-as para a produção e
comercialização de sementes e mudas no País.

- Legislação. Serviço Nacional de Proteção de Cultivares -


SNPC
Relação de leis, decretos, portarias e instruções normativas
sobre cultivares.

- Instrução Normativa nº 6, de 16 de maio de 2005 do


Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que
condiciona a importação de espécies vegetais, suas partes,
produtos e subprodutos à publicação dos requisitos
fitossanitários específicos no Diário Oficial da União,
estabelecidos por meio de Análise de Risco de Pragas - ARP.
- Lei n.º 6.507, de 19 de Dezembro de 1977 da Presidência
da República.Lei que dispõe sobre a inspeção e fiscalização da
produção e do comércio de sementes e mudas e dá outras
providências.

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 9


- Resolução nº 3.094, de 25 de junho de 2003 do Ministério
da Agricultura e Pecuária - MAPA. Institui o Programa de
Desenvolvimento do Agronegócio - PRODEAGRO, amparado
por recursos administrados pelo Banco Nacional de
Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES. Disponível no
portal do Banco Central do Brasil - BACEN.

- Código Florestal (1965). Lei n.º 4771, de 15 de setembro


de 1965 da Presidência da República. Código que trata das
florestas existentes no território nacional e as demais formas de
vegetação, instituído pela Lei nº 4.771, de 15 de setembro de
1965. Destaque para o art.5º revogado pela lei nº 9.985, de 18
de Julho de 2000, que regulamenta o art. 225, § 1o, incisos I, II,
III e VII da Constituição Federal, que institui o Sistema Nacional
de Unidades de Conservação da Natureza e dá outras
providências. Disponível no portal da Presidência da República
Federativa do Brasil.

- Lei n.º 9.605, de 12 de fevereiro de 1998 da Presidência


da República. Lei ordinária que trata das sanções penais e
administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao
meio ambiente, e dá outras providências. Destacam-se os
artigos 38º a 53º da seção II, do capítulo V da referida lei, que
prevêem os crimes contra a flora. Disponível no portal da
Presidência da República Federativa do Brasil.

- Resolução n.º 278, de 24 de maio de 2001, do Conselho


Nacional do Meio Ambiente – CONAMA. Resolução sobre a
suspensão das autorizações concedidas para corte e
exploração de espécies da flora ameaçadas de extinção,
regulamentada pelo Decreto nº 99 274, de 6 de junho de 1990.
Destaque para o Art. 1º que determina ao Instituto Brasileiro do
Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA,

10 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


a suspensão das autorizações concedidas, por ato próprio ou
por delegação aos demais órgãos do Sistema Nacional do Meio
Ambiente. Disponível no portal do Ministério do Meio Ambiente
- MMA.

Estrutura
A área mínima para Produção de Plantas Ornamentais
é relativa. De acordo com especialistas do ramo, existem
produtores que utilizam apenas um espaço de 40m². Entretanto
eles relatam que numa área dessa dimensão não oferece a
possibilidade de se obter lucros vantajosos com o negócio,
apenas a possibilidade de “sobreviver”. É possível estruturar
uma produção que fomente bons negócios numa área de 230
m², dividida em estufa, área de produção a céu aberto, uma
doca para concentrar o produto final e espaço para atividades
administrativas.
Equipamentos necessários à realização de atividades
administrativas
- Mesa;
- Cadeiras;
- Arquivo para pastas suspensa;
- Computador;
- Impressora;
- Telefone/Fax
Equipamentos e materiais para produção em estufa e a céu
aberto
- Estufa;
- Máquina agrícola para desinfecção de solo;
- Equipamentos para irrigação;
- Tela plástica para sombreamento;
- Embalagem plástica para mudas;
- Caixas;

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 11


- Podador motorizado;
- Pá;
- Arado de disco;
- Enxada rotativa;
- Enxada.
Equipamentos para distribuição
- caminhão.

Pessoal
O empreendedor que está iniciando um negócio deve
estar atento para não exceder os custos. Contratar muitas
pessoas inicialmente pode impactar negativamente os custos
iniciais de produção. É muito comum encontrar dentro deste
ramo produtores que contam com a ajuda de pessoas da
família, além de contratar mão de obra temporária para
períodos específicos de maior demanda de trabalho.
Uma área de 230 m² demanda um responsável técnico, que
pode ser o próprio produtor, duas pessoas para produção e um
motorista.
Floricultores
Responsabilidades:
- Colheita e pós-colheita de diversas plantas;
- Acondicionamento e embalagem;
- Plantação e manutenção de cultivos;
- Manuseamento e aplicação de produtos fitossanitários;
- Gestão do controle ambiental de estufas
Motorista
- Transportar as plantas até os clientes;
Responsável Técnico
Responsabilidades:
- Conhecer as principais espécies de plantas ornamentais
produzidas pelo mercado e orientar sobre seus respectivos
processos produtivos;

12 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


- Planejar a produção;
- Realizar a análise econômica da produção;
- Diferenciar as melhores técnicas para o cultivo;
- Preparar o substrato adequado a cada planta:
- Realizar o cultivo de flores e folhagens em canteiro e em
vasos;
- Reproduzir plantas usando as diversas técnicas de
multiplicação;

Equipamentos
Equipamentos
- Tela plástica para sombreamento: para favorecer um
microclima que evite a desidratação das mudas e protegê-las
da incidência direta dos raios do sol.
Como uma alternativa para aliviar os custos de quem está
começando o negócio de Produção Flores de Plantas
Ornamentais, o empreendedor poderá verificar a possibilidade
de adquirir alguns equipamentos de “segunda mão”, dentre
eles:
- Máquina agrícola de desinfecção de solo: aumenta a
produção e a qualidade das plantas evitando a infecção por
pragas e doenças.
- Equipamentos para irrigação:
- Arado de disco: Utilizado para preparar o solo.
- Enxada rotativa: Utilizada para misturar o adubo no solo.
Tecnologia
- Estufa:
Possibilita o controle sobre a produção e permite evitar o
estabelecimento de pragas e doenças.
É possível encontrar diversos tipos de estufa que variam
conforme o tipo de controle de ambiente que deseje se
estabelecer:, umidade, iluminação e temperatura. Além desses

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 13


controles a tecnologia já oferece estufas que controlam as
condições ambientais em seu interior com precisão permitindo
inclusive elevar ou abaixar qualquer variável ambiental por
meio de equipamentos eletrônicos.
- Sistema de irrigação “folha mágica”:
Sistema que detecta a umidade do ambiente. Evita que o
sistema de irrigação seja acionado durante as chuvas,
diminuindo o gasto com energia elétrica e o desperdício de
água.

Matéria Prima / Mercadoria

Organização do processo produtivo


O processo produtivo em um empreendimento de
Produção de Flores e Plantas Ornamentais pode ser
estruturado da seguinte forma:
Reprodução de flores e plantas ? Produção de Mudas /
Plantas ? Venda de Mudas / Plantas ? Logística / Distribuição ?
Reposição de insumos
Reprodução de Flores e Plantas
As flores e plantas podem ser multiplicadas de forma
vegetativa ou reprodutiva. A forma reprodutiva consiste no
plantio de semente e na sua germinação para obter uma nova
flor ou planta ornamental. A multiplicação por sementes é muito
utilizada para certas espécies vegetais, porém este método
proporciona o aumento da variabilidade genética o que pode
ser indesejável para as culturas em que se busca um produto
padronizado.
A multiplicação vegetativa pode ser realizada por divisão de
touceira, por estaquia, por mergulhia e por alporquia. As formas
mais difundidas são a divisão de touceira e estaquia.
Produção de Mudas e Plantas

14 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


Após o processo de reprodução das flores ou planta o
próximo passo consiste em envasar as mudas conforme sua
destinação. Mudas de árvores e arbustos destinados às praças
e jardins podem ser envasadas em sacos plásticos. Mudas de
plantas que serão comercializadas em vasos podem ser
transplantadas diretamente no vaso. “Em todas as etapas de
produção é imprescindível satisfazer às necessidades
fisiológicas das plantas.” (SARTOR, 2001 p. 51)
Venda de Mudas e Plantas
Os produtores de flores e plantas ornamentais são
responsáveis principalmente por abastecer o comércio
atacadista. Também é comum os produtores abastecerem as
lojas do segmento varejista e alguns também optam pelas
vendas no varejo.
Distribuição / Logística
Esta etapa consiste no transporte e entrega do produto ao
cliente.
Reposição de Insumos
Esta etapa consiste em repor os insumos necessários para
manter a produção de flores e plantas ornamentais.

Automação
A automatização pode estar presente tanto na
produção quanto na gestão da Produção de Plantas
Ornamentais. Existem várias formas de substituir a força
humana em uma produção agrícola.
Existem também vários softwares no mercado que
possibilitam a automação da gestão do agronegócio. Dentre os
benefícios que um software de gestão pode oferecer, pode-se
elencar alguns.
- Custo de produção
- Custos com Insumos, Máquinas e Mão de Obra

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 15


- Controle da colheita e dos fretes
- Controle de estoques de Insumos e Produção
- Controle de Pedidos e entrega de pedidos por Fornecedor
- Comparativo entre Safras
- Gerenciamento de ação de pragas
- Controle de trabalho de máquinas
- Controle automatizado de Manutenção e Abastecimento
de Máquinas
- Controle das contas bancárias e fluxo de caixa
- Módulo Departamento Pessoal (Funcionários contratados
e diaristas, Folha de Pagamento, Adiantamentos, Horas Extras)

Canais de distribuição
Quanto mais canais de distribuição, maiores serão as
possibilidades de aumentar as vendas e de melhor atender os
clientes.
Para o negócio de produção de Flores e Plantas
Ornamentais o empresário poderá:
- Promover a venda diretamente aos clientes finais,
somando à sua equipe pelo menos um vendedor que fique
responsável pela prospecção e atendimento de clientes;
- Trabalhar com distribuidores transferindo a
responsabilidade de venda e entrega dos produtos;
- Vender pela internet, pois permite o alcance de um público
maior além de eliminar o custo com o vendedor ou abrir mais
um canal de distribuição .

Investimentos
Todas as respostas para as questões relacionadas a
investimento surgirão com a elaboração do plano de negócios.

16 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


Etapa fundamental para quem deseja empreender de forma
consciente, “o plano de negócios é a validação da idéia, análise
de sua viabilidade como negócio” (DOLABELA, 1999).
Considerando que a Produção de Flores e Plantas
Ornamentais seja instalada numa área de 230m² investimento
inicial pode ser estimado em R$ 45.500,00 mil,
aproximadamente, a ser alocado majoritariamente nos
seguintes itens:
* Infra Estrutura de Produção: R$ 10.000,00
* Equipamentos: R$ 20.000,00
* Estrutura Administrativa: R$ 3.000,00
* Insumos: R$ 2.000,00
* Capital de giro: R$10.500,00

Capital de giro

Custos
Os custos indicam as despesas (gastos) de um
negócio. Podem ser fixos, que independem do faturamento da
loja, tais como: aluguel, salários, gastos com contador, água,
luz, telefone, internet. Ou podem ser variáveis, que estão
relacionadas ao volume de negociações efetuadas pela loja,
por exemplo: impostos, comissões e, reposição de estoques.
De forma geral, os custos de um negócio de Produção de
Plantas Ornamentais podem ser estimados considerando os
itens abaixo:
1. Salários e encargos;
2.Tributos, impostos, contribuições e taxas;
3. Aluguel e segurança;
4. Água, luz, telefone e acesso a internet;
5. Produtos para higiene e limpeza da empresa e
funcionários;

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 17


6. Recursos para manutenções;
7. Assessoria contábil;
8. Propaganda e Publicidade da empresa;
9. Aquisição de insumos;
10. Despesas com armazenamento e transporte.
A escolha dos fornecedores é importante, por isso, vale
fazer uma boa pesquisa para selecionar os melhores preços e
insumos de qualidade.
O cuidado na administração e redução de todos os custos
envolvidos na produção e venda de flores e plantas
ornamentais, indica que o empreendedor poderá ter sucesso ou
insucesso, na medida em que encarar como ponto fundamental
a redução de desperdícios, a compra pelo melhor preço e o
controle de todas as despesas internas. Quanto menores os
custos, maior a chance de ganhar no resultado final do negócio.

Diversificação / Agregação de valor


Agregar valor é oferecer o inesperado ao cliente; ir
além da obrigação; oferecer mais e melhor e o que ninguém
ainda oferece. Uma forma de agregar valor na Produção de
Flores e Plantas Ornamentais é apresentar o produto em mais
de uma forma, por tamanho, formato ou modificar alguma
característica da planta que venha chamar a atenção do cliente,
como fez um produtor de Santa Catarina, que deu uma
aparência diferente ao caule do fícus o transformando numa
trança.
Além da opção de apresentação, existe a possibilidade de o
produtor aumentar a oferta de produtos incluindo em seu
catálogo de produtos o serviço de execução de projetos
paisagísticos.

Divulgação

18 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


A divulgação é um importante instrumento para tornar a
empresa e seus produtos conhecidos pelos clientes potenciais.
O objetivo da divulgação é construir uma imagem positiva
frente aos clientes.
As campanhas de divulgação desse ramo geralmente são
feitas por associações. As associações bem estruturadas
organizam feiras, eventos, seminários, exposições e catálogos
para divulgarem a produção dos seus associados, além de
conseguirem maior projeção, por representarem vários
produtores, e subsídios de órgão ligados ao governo.

Informações Fiscais e Tributárias

O segmento de PRODUÇÃO DE PLANTAS E FLORES


ORNAMENTAIS, assim entendido pela CNAE/IBGE
(Classificação Nacional de Atividades Econômicas) 0122-9/00
como a atividade de exploração de produção de flores,
folhagens e plantas ornamentais, para corte, para produção de
plantas em vasos, jardino-cultura, ornamentação ou
paisagismo, poderá optar pelo SIMPLES Nacional - Regime
Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições
devidos pelas ME (Microempresas) e EPP (Empresas de
Pequeno Porte), instituído pela Lei Complementar nº 123/2006,
desde que a receita bruta anual de sua atividade não
ultrapasse a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais)
para micro empresa R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos
mil reais) para empresa de pequeno porte e respeitando os
demais requisitos previstos na Lei.

Nesse regime, o empreendedor poderá recolher os seguintes


tributos e contribuições, por meio de apenas um documento
fiscal – o DAS (Documento de Arrecadação do Simples
Nacional), que é gerado no Portal do SIMPLES Nacional

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 19


(http://www8.receita.fazenda.gov.br/Simpl...):

• IRPJ (imposto de renda da pessoa jurídica);


• CSLL (contribuição social sobre o lucro);
• PIS (programa de integração social);
• COFINS (contribuição para o financiamento da seguridade
social);
• ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços);
• INSS (contribuição para a Seguridade Social relativa a parte
patronal).

Conforme a Lei Complementar nº 123/2006, as alíquotas do


SIMPLES Nacional, para esse ramo de atividade, variam de 4%
a 11,61%, dependendo da receita bruta auferida pelo negócio.
No caso de início de atividade no próprio ano-calendário da
opção pelo SIMPLES Nacional, para efeito de determinação da
alíquota no primeiro mês de atividade, os valores de receita
bruta acumulada devem ser proporcionais ao número de meses
de atividade no período.

Se o Estado em que o empreendedor estiver exercendo a


atividade conceder benefícios tributários para o ICMS (desde
que a atividade seja tributada por esse imposto), a alíquota
poderá ser reduzida conforme o caso. Na esfera Federal
poderá ocorrer redução quando se tratar de PIS e/ou COFINS.

MEI (Microempreendedor Individual): para se enquadrar no MEI


o CNAE de sua atividade deve constar e ser tributado conforme
a tabela da Resolução CGSN nº 94/2011 - Anexo XIII
(http://www.receita.fazenda.gov.br/legisl... ), Neste caso, este
segmento não pode se enquadrar no MEI, conforme Res.
94/2001.

Para este segmento, tanto ME ou EPP, a opção pelo SIMPLES

20 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


Nacional sempre será muito vantajosa sob o aspecto tributário,
bem como nas facilidades de abertura do estabelecimento e
para cumprimento das obrigações acessórias.

Fundamentos Legais: Leis Complementares 123/2006 (com as


alterações das Leis Complementares nºs 127/2007, 128/2008 e
139/2011) e Resolução CGSN - Comitê Gestor do Simples
Nacional nº 94/2011.

Eventos

O empresário do ramo de Produção de Flores e Plantas


Ornamentais pode contar com feiras e periódicos
especializados para manter-se informado, expandir sua rede de
relacionamentos e realizar negócios.
A seguir serão indicados alguns eventos e periódicos
tradicionais:

Hortitec – Exposição técnica de horticultura, cultivo protegido e


culturas intensivas.
Evento: Anual
Local: Holambra - SP
Site: http://www.hortitec.com.br/index.asp
Festa das flores e morangos
Evento: Anual / Setembro
Local: Atibaia – SP
Site: http://www.festadasfloresdeatibaia.com.b...
Expoflora
Evento: Anual
Local: Holambra – SP
Site: http://eptv.globo.com/expoflora/

Fiaflora Expo Garden

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 21


Evento: Anual
Local: São Paulo – SP
Site: http://www.fiaflora.com.br/

Enflor e Garden Fair - Congresso e feira de paisagismo.


Evento: Anual
Local: Holambra/SP
Site: www.rbbeventos.com.br

Revista Brasileira de Horticultura Ornamental


Publicada pela Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas
Ornamentais. Distribuída gratuitamente a todos os seus
associados.
Site: http://www.sbfpo.com.br/rbho/index.php/r...

Globo Rural
Versão eletrônica da revista de periodicidade mensal, editada
pela Editora Globo, com novidades e notícias do campo aos
produtores rurais.
Site: http://revistagloborural.globo.com

Revista Natureza
Versão eletrônica da revista de periodicidade mensal, editada
pela Editora Europa, com informações sobre paisagismo e
jardinagem.
Site: http://www.europanet.com.br/natureza/

Entidades em Geral

Relação de entidades para eventuais consultas:


Pró Flor - Associação dos Produtores de Flores e Plantas
Ornamentais Atibaia

22 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


Rua Eurico de Souza Pereira,Dr, 150, Alvinópolis
Atibaia - SP
CEP.: 12942-490
Telefone: (11) 4411-1443

IBRAFLOR – Instituto Brasileiro de Floricultura


Av. Rota dos Imigrantes, 605 – Centro
Holambra - SP
CEP :13825-000
Fone (19) 3884-6133/ 9102-6014
e-mail :ibraflor@terra.com.br
Site: http://www.ibraflor.org

Câmara Setorial de Flores e Plantas Ornamentais


Rua Primavera, 1094 - Centro
Holambra - SP
CEP :13825-000
Fone/Fax: (19) 3802-4196
E-mail: renatoopitz@uol.com.br

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária


Parque Estação Biológica – PqEB
Av. W3 Norte (final) - Ed. Sede
Brasília - DF
Caixa Postal 040315
CEP.: 70.770-901
Telefone: (61) 3448 4433 - Fax: (61) 3347 1041
Site: http://www.embrapa.br

MAPA – Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento


Esplanada dos Ministérios, Bloco D
Brasília – DF
Cep: 70043-900
PABX: (61) 3218-2828

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 23


E-mail: binagri@agricultura.gov.br
Atendimento ao Agricultor: 0800 704 1995
Site: http://www.agricultura.gov.br/

Normas Técnicas
Para a atividade de Produção de Flores e Plantas
Ornamentais, ainda não existem normas técnicas, entretanto
existe a intenção da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de
Flores e Plantas Ornamentais em reunir técnicos do Ministério
da Agricultura e da iniciativa privada para elaborarem uma
proposta de Instrução Normativa que trate da produção e
comercialização de mudas e sementes, incluindo flores e
plantas ornamentais, ainda no primeiro semestre de 2009.

Glossário
Alporquia – Técnica de multiplicação de vegetais na
qual faz-se um pequeno ferimento num ramo da planta,
retira-se uma porção de casca em forma de anel e cobre-se
com substrato úmido envolvendo em plástico e amarrando as
extremidades.
Cultivares - Variedades cultivadas, mudas ou sementes
desenvolvidas por meio da intervenção do homem e da
aplicação de técnicas derivadas da engenharia genética.
Divisão de touceira - Técnica de multiplicação de vegetais que
consiste em separar os afilhos ou rebentos da planta mãe e
plantá-los separadamente.
Doca – Local onde a produção de flores e plantas ornamentais
é concentrada para que posterior distribuição e venda.
Estaquia - A estaquia é um método de multiplicação de plantas
que consiste em seccionar o caule das plantas em pedaços de
aproximadamente 10 cm ou mais, e acomodá-las em um
substrato.

24 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


Mergulhia – Técnica de multiplicação de vegetais em que é
feito o enraizamento de um ramo da planta curvando-o até
chegar ao solo, sem separá-lo da planta mãe.
Substrato – Serve como suporte para raízes das plantas. É
preparado para especialmente para nutrir a planta.

Dicas do Negócio
ara o empreendedor do ramo de Produção de Flores e
Plantas Ornamentais aumentar sua probabilidade de sucesso,
seguem algumas dicas:
- Visitar feiras e congressos do setor proporciona a
atualização e o conhecimento das tendências.
- Analisar em que fatores a empresa pode ser mais
competitiva e implementar as respectivas ações ;
- Projetar para produzir o ano todo;
- Antes de investir no negócio, ter uma clara projeção de
custos de investimento e capital de giro suficiente para suportar
o primeiro ano da atividade e uma possível expansão no ano
seguinte;
- Investir em assistência técnica, que para este negócio é
um fator de fundamental importância. Economizar neste item
pode arriscar todo o empreendimento;
- Supervisionar de perto o negócio. O ramo de Produção de
Flores e Plantas Ornamentais exige supervisão e mão de obra
qualificada;
- Atentar-se aos detalhes como por exemplo, lavar
implementos e caçambas que tenham sido utilizados em locais
fora da área de cultivo, pois podem trazer consigo restos de
substratos contaminados; - Investir na capacitação dos
trabalhadores;
- Ficar atento a quantidade de herbicida utilizada para que
não haja contaminação do solo e da água evitando o
comprometimento do cultivo de determinadas espécies de

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 25


plantas ornamentais no futuro.

Características específicas do empreendedor


O sucesso de um empreendedor é determinado por um
conjunto de fatores relacionados ao ambiente de negócios e ao
seu estilo pessoal de conduzir o empreendimento. É
recomendável uma auto-análise, identificando as
características que precisam ser desenvolvidas ou
aperfeiçoadas.
Algumas características empreendedoras importantes:
* Conhecer bem o ramo de negócio que vai atuar;
* Pesquisar e observar permanentemente o mercado onde está
instalado;
* Acompanhar o desempenho dos concorrentes;
* Conhecer bem os fornecedores;
* Saber administrar todas as áreas internas da empresa;
* Planejar e acompanhar o desempenho da empresa;
* Estar sempre disposto a inovar e promover mudanças;
* Ter capacidade para perceber novas oportunidades e agir
rapidamente aproveitando-as;
* Ter capacidade de liderança e gerenciamento;
* Ter empatia;
* Cultivar comportamentos éticos.
Para se manter no mercado de forma competitiva, de
acordo com Kampf, citado por Pickscius ( 2007), além do
conhecimento de mercado o empreendedor do ramo da
floricultura precisa também de conhecimentos técnicos e das
tecnologias utilizadas no processo produtivo.

Bibliografia Complementar

26 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais


DOLABELA, Fernando. Oficina do empreendedor. São
Paulo. Cultura. Editores Associados, 1999.
JUNQUEIRA, Antônio Hélio; PEETZ, Márcia da Silva. Perfil da
cadeia produtiva de flores e plantas ornamentais do Distrito
Federal. Brasília: SEBRAE / DF. (Edição SEBRAE), maio,
2005,121 p.
SEBRAE Agronegócios. Jardim de Oportunidades: flores e
plantas ornamentais atraem investimentos e adubam os lucros.
Brasília, Ipiranga. Vol. 1, outubro, 2005, 65 p.
Referências Eletrônicas
CASTRO, Samira de. Aposta que deu certo: flores e plantas
ornamentais que conquistam o mundo. Diário do Nordeste,
Fortaleza, 15, fevereiro, 2009. Negócios. Disponível em:
http://diariodonordeste.globo.com/materi.... Acesso em
Abril/2009.
CID, Anita . Mercado interno consome 95% da produção de
flores e plantas ornamentais Aue Paisagismo Digital.
27,setembro, 2008. Disponível em:
http://www.auesolucoes.com.br/revista/de...&CodRev=53
Acesso em: abril/2009
Cresce cultivo de flores no Nordeste. Revista Globo Rural.
Edição 239, setembro, 2005. Disponível em:
http://revistagloborural.globo.com/Edito... Acesso em abril/2009
FRANÇA, Carlos Alberto Machado de; MAIA, Moacyr Boris
Rodrigues. Panorama do agronegócio de flores e plantas
ornamentais no Brasil. Porto Velho: UNIR, 2008. 10 p.
Disponível em: http://www.sober.org.br/palestra/9/761.p....
Acesso em Abril/2009.
IBGE. Caracterização do setor produtivo de flores e plantas
ornamentais no Brasil: IBGE lança estudo sobre a produção de
flores e plantas ornamentais no Brasil. Comunicação Social,
2004. Disponível em:
http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/... Acesso em
Abril/2009.

Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais 27


JUNQUEIRA, Antônio Hélio; Antonio Hélio Junqueira, PEETZ,
Márcia da Silva. Mercado interno para os produtos da
floricultura brasileira: características, tendências e importância
sócio-econômica recente.
PICKSCIUS, Fabiano José. Acompanhamento da produção de
plantas ornamentais na empresa planta flor. Santa Catarina:
UFSC, 2007. 76p. Disponível em:
http://www.tcc.cca.ufsc.br/agronomia/RAG.... Acesso em
Abril/2009

28 Idéias de Negócios - producao-de-plantas-e-flores-ornamentais